Confraria Floydstock: novidades
Mostrando postagens com marcador novidades. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador novidades. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 2 de março de 2021

Festival online traz Urantia, Torture Squad, Claustrofobia e mais

Neste domingo (07/03) acontece o festival “Eu Apoio o Metal Nacional - Live”, que acontece a partir das 16h, de forma gratuita, no YouTube. O evento contará com bandas do rock e do metal nacional, são elas: Raimundos, Torture Squad, Claustrofobia, Urantia, Project46, Gangrena Gasosa, Hatefulmurder, Noturnall, Maldita, Confronto, Involuntarium, Circus Rock, Agona, Pavio, Plastic Fire, Ataque Periférico, New Day Rising, Cervical, Unnature e Repressor.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Formada em 2015, a Urantia é uma banda de Heavy Power Metal com vocal feminino. Na sua discografia estão os EPs “Inneverse I” (2017) e “Inneverse II” (2019), além dos singles “Evil Angel” (2018) e “Van Gogh” (2021), que antecipa o clima do próximo álbum, com previsão de lançamento para ainda este ano. Com instrumental pesado e veloz, a banda mescla elementos de música regional brasileira e erudita do período barroco. Enquanto as letras buscam passar mensagens positivas ao abordar temas como filosofia, história e misticismo, e ainda ficção científica, literatura e fantasia. A Urantia é formada por Raíza Silva (voz), Wallace Oliveira (guitarra), Rafael Dalcero (baixo) e Vicktor Correa (bateria).

A Urantia apresentará seu material gravado durante a quarentena. O conteúdo foi gravado individualmente, no estúdio Krypta, cidade de Petrópolis (RJ), seguindo todos os protocolos de segurança. O responsável pelas filmagens, áudios e edição do vídeo é Vicktor Correa (bateria). 

O festival Eu Apoio o Metal Nacional - Live, foi criado pelos administradores da página “Eu apoio o metal nacional”, no Facebook, e que hoje conta com mais de 140 mil seguidores. O objetivo dos criadores é divulgar gratuitamente bandas de rock e metal que ainda não alcançaram o grande público, 

Serviço:

Eu Apoio o Metal Nacional - Live

Data: 07/03/2021 (domingo)

Horário: 16h00

Festival Gratuito

Evento: https://www.facebook.com/events/728249898082970

Canal: http://www.youtube.com/dannbarbosadrums

Classificação etária: Livre

segunda-feira, 1 de março de 2021

Iggor Cavalera participa de bate papo com Régis Tadeu e Paulo Baron

Entrevista repassa momentos importantes da carreira do baterista

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O renomado baterista Iggor Cavalera, músico de extrema importância na história da música pesada, é o mais novo entrevistado no Bate Papo com Regis Tadeu e Paulo Baron. A conversa, descompromissada, mostra Iggor explicando sua relação de longa data com a música industrial e eletrônica; seu método livre de tocar bateria e a situação mundial da atualidade.

A entrevista gravada à distância repassa a carreira musical de Iggor, falando inclusive de seus projetos mais recentes, como o PetBrick, duo industrial em parceria com Wayne Adams, do Big Lad, o eletrônico MixHell e o alternativo Soulwax. Também foram assuntos o Nailbomb e o futuro do Cavalera Conspiracy.

Assista o Bate Papo com Regis Tadeu e Paulo Baron:

Uma das mais recentes novidades de Iggor Cavalera é a série de vídeos Beneath the Drums, criada para mostrar um pouco mais de sua história e música, e vem obtendo grande destaque na mídia internacional, sendo destaque nos principais veículos de música especializados Em seu canal oficial no YouTube, o músico apresenta músicas marcantes de sua carreira, explicando o conceito, composição e tocando as faixas para os fãs.

O baterista também lançou este ano uma conta no Patreon, oferecendo recompensas exclusivas para os fãs. Com esta iniciativa, Iggor Cavalera se aproxima de seu público e oferece uma visão exclusiva sobre sua obra musical e seu legado, inspirando fãs e músicos.

Entre os atuais projetos musicais de Iggor estão o MixHell, o Soulwax, o Petbrick e a banda ao lado de seu irmão Max, o Cavalera Conspiracy. O último álbum da banda é "Psychosis", de 2017.

Mais informações sobre Iggor: https://www.youtube.com/IggorCavaleraDrums

Lyria retorna Lockdown Sessions com música queridinha dos fãs

Ícone do metal sinfônico nacional, o Lyria (RJ) lança novo vídeo da série Lockdown Sessions, iniciada há quase um ano no canal do YouTube. A canção escolhida desta vez é “Best of Me”, presente no disco "Immersion" (2018), e uma das queridinhas dos fãs nos shows.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A música fala sobre uma pessoa que estava vivendo uma vida péssima mas encontrou alguém que o ajuda a enxergar o melhor dele mesmo. É sempre uma música bem animada dos shows, com o público pulando e cantando. A ideia é trazer vídeos divertidos da banda tocando para que as pessoas possam se sentir próximas da banda, como se estivessem assistindo ao vivo.”, conta Aline Happ, vocalista e compositora do Lyria.

De maneira simples e muita criatividade, o Lyria já apresentou versões ao vivo gravadas à distância das músicas "Jester, Follow the Music, Light and Darkness", e um tributo em homenagem ao Linkin Park, com um mashup de "Crawling" e "Numb", entre outros. Enquanto o streaming de shows é feito do home studio do Lyria, nas Lockdown Sessions cada um está na sua própria casa, ou estúdio. Os vídeos da série são mixados, masterizados e editados por Aline Happ.

Uma das bandas mais conhecidas no cenário brasileiro de metal, o Lyria é formado por Rod Wolf (guitarra), Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria), além de Aline. O grupo existe desde 2012, e de lá pra cá eles se tornaram conhecidos no Brasil e no mundo, principalmente na Europa e nos Estados Unidos, a partir do lançamento de "Catharsis" (2014). Atualmente, eles seguem com lançamentos online e planejam em breve retornar à turnê com o disco "Immersion" (2018), que já passou por diversas cidades do Brasil.

Assista “Best of Me”: 

Conheça os outros vídeos da série: https://youtu.be/mvj16-4NByo

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Mick Fleetwood se une a Steven Tyler (Aerosmith) e Billy Gibbons (ZZ Top) em “Rattlesnake Shake”

Faixa estará em disco tributo a Peter Green e primeiros anos do Fleetwood Mac

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Em fevereiro do ano passado, o lendário Mick Fleetwood reuniu um time de estrelas em Londres para homenagear a vida e a obra de Peter Green. O registro dessa noite, que ganhou um novo sentido com o falecimento de Peter. “Mick Fleetwood & Friends Celebrate The Music Of Peter Green and The Early Years Of Fleetwood Mac” será lançado em abril e é antecipado por “Rattlesnake Shake”, clássico do Fleetwood Mac de 1969, com participações especiais de Steven Tyler (Aerosmith) e  Billy Gibbons (ZZ Top) e  Kirk Hammett (Metallica). A faixa está disponível em todas as plataformas de streaming de música no aniversário da apresentação.

Destaque dos primeiros anos do Fleetwood Mac, “Rattlesnake Shake” também faz parte da história do Aerosmith, estando presente no setlist de shows do início dos anos 70.  “Steven e eu nos encontramos há alguns anos e ele me disse que se não tivesse ouvido ‘Rattlesnake Shake’ na garagem de Joe Perry, o Aerosmith não existiria. Ele e Joe tentaram fazer algo juntos, tiveram alguns tropeços e decidiram dar uma última chance à música antes de desistir. Naquele dia ele ouviu essa música e algo mudou. Na época, ele não tinha ideia de que era Fleetwood Mac. Ela se tornou-se uma música central para o Aerosmith, que a toca ao vivo há anos. Ter o Steven Tyler, que é facilmente um dos maiores cantores de rock de todos os tempos, nessa música foi especial.  Essa é inteiramente ligada a mim, escrita sobre mim por Peter quando eu era jovem, cheio de vigor, querendo fazer de tudo por uma garota... E fazendo o que um jovem deve fazer quando não pode tê-la. Nós nos divertimos muito com essa música, o que é totalmente apropriado”, conta Mick.

A noite e o álbum são uma celebração à obra de um artista que influenciou gerações junto de um resgate de uma fase do Fleetwood Mac que muitos não conhecem, focada no blues.

O show foi uma homenagem ao blues, onde todos nós começamos, e é importante reconhecer o profundo impacto que Peter e essa primeira fase do Fleetwood Mac tiveram no mundo da música. Ele foi meu maior mentor e foi uma alegria homenagear seu incrível talento. Tive a honra de compartilhar o palco com alguns dos muitos artistas que Peter inspirou durante os anos e que compartilham meu grande respeito por ele”, relembra Mick Fleetwood.

Confira o trailer do projeto:

Passaram pelo evento nomes que fazem parte da história do rock como Neil Finn (Fleetwood Mac), Noel Gallagher, David Gilmour, John Mayall, Christine McVie (Fleetwood Mac), Jeremy Spencer (Fleetwood Mac), Zak Starkey (The Who), Pete Townshend (The Who), Kirk Hammett (Metallica) e Bill Wyman (Rolling Stones). O produtor Glyn Johns (The Beatles, The Who, The Rolling Stones, Led Zeppelin e Eric Clapton) foi o responsável pela gravação. 

Mick Fleetwood & Friends Celebrate The Music Of Peter Green and The Early Years Of Fleetwood Mac” é um lançamento da BMG previsto para o dia 30 de abril de 2021. “Rattlesnake Shake” está disponível para streaming nas principais plataformas.

Ouça “Rattlesnake Shake”: https://mfaf.lnk.to/Rattlesnakeshake

Confira o vídeo:

Confira mais informações: www.mickfleetwoodandfriends.com

Renaissance anuncia box set ao vivo da turnê de 50º aniversário

"Ashes Are Burning - Uma Antologia - Live In Concert" chegará no dia 30 de abril próximo, via Esoteric Recordings.

O Material consiste em quatro discos ao vivo gravado na turnê americana do cinquentenário da banda: dois CDs, DVDs e Blu-ray. 

O trabalho apresenta um tracklist que inclui músicas que nunca haviam sido orquestradas ou tocadas com uma orquestra antes. O show mais memorável ocorreu no Keswick Theatre em Glenside, PA em 12 de outubro de 2019.

o show em questão trouxera o membro-fundador do Renaissance e ex-Yardbird Jim McCarty se apresentando com o grupo pela primeira vez em 50 anos.

Pré-venda.

Tracklist completo:

Disc One: CD

1. Carpet Of The Sun

2. Ocean Gypsy

3. Running Hard

4. Modas Man

5. Symphony Of Light

6. Island – with Jim McCarty

Disc Two: CD

1. Opening Out

2. Day Of The Dreamer

3. Mystic And The Muse

4. A Song For All Seasons

5. Ashes Are Birning – with Jim McCarty

Disc Three: DVD

1. Carpet Of The Sun

2. Ocean Gypsy

3. Running Hard

4. Modas Man

5. Symphony Of Light

6. Island – with Jim McCarty

7. Opening Out

8. Day Of The Dreamer

9. Mystic And The Muse

10. A Song For All Seasons

11. Ashes Are Birning – with Jim McCarty


Disc Four: BLU RAY

1. Carpet Of The Sun

2. Ocean Gypsy

3. Running Hard

4. Modas Man

5. Symphony Of Light

6. Island – with Jim McCarty

7. Opening Out

8. Day Of The Dreamer

9. Mystic And The Muse

10. A Song For All Seasons

11. Ashes Are Birning – with Jim McCarty

Epica anuncia shows no Brasil, a Ωmega BrasileirΩ tour

O Epica anunciara agora há pouco cinco datas e locais de shows em terras brasileiras pela Ωmega tour, turnê que divulgará o seu 8º álbum de estúdio, "Ωmega" (saiba mais), que chegará amanhã, via Nuclear Blast.

Eis as datas e locais:

07/12/21 Opinião - Porto  Alegre

08/12/2021 Tork ’n' Roll - Curitiba

10/12/2021 Toinha - Brasília

11/12/2021 Audio Club - São Paulo

12/12/2021 Circo Voador - Rio de Janeiro

A venda de ingressos foi confirmada para iniciar no dia 4 de março próximo.

Além do anúncio da turnê brasileira do novo álbum para este ano, o Epica também comunicou outra novidade hoje.

Coincidindo com o início da pré-venda dos ingressos da turnê, a banda, junto à Liberation Music Company, lançará uma pop-up store na GALERIA DO ROCK em São Paulo (Av. São João, 439, loja #372, segundo andar). 

Horários de funcionamento da loja: 

Quintas-feiras: 12:00 - 19:00

Sextas-feiras: 12:00 - 19:00

Sábados: 11:00 - 17:00

A pop-up store venderá ingressos de shows da turnê, merchandise exclusivo da banda e o novo álbum ‘Ωmega’.

Ainda não temos informações sobre os preços dos ingressos. Divulgaremos aqui assim que possível. *

*Informações adicionais do fan Group EPICA BRASIL no Facebook.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Iggor Cavalera estreia vídeo de “Sanctuary” na série Beneath the Drums

Vídeos do baterista no YouTube explicam detalhes de grandes momentos de sua carreira

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O baterista Iggor Cavalera acaba de lançar mais uma música da série em seu canal no YouTube, chamada Beneath the Drums. Os vídeos dissecam grandes momentos de toda sua carreira, onde ele toca músicas e explica os processos de criação. O lançamento da semana é “Sanctuary”, do disco de estreia do Cavalera Conspiracy, "Inflikted".

A série Beneath the Drums, criada para mostrar um pouco mais de sua história e música, vem obtendo grande destaque na mídia internacional, sendo destacada nos principais veículos de música especializados. “Sanctuary”, lançada em 2008, é a terceira música a ser abordada por Iggor na série. As anteriores foram “Territory” e “Itsari”, sons marcantes registrados pelo baterista nos anos 90.

O baterista Iggor Cavalera também lançou recentemente lançou sua conta no Patreon, onde disponibiliza conteúdos únicos e diferenciados. A plataforma é um serviço de financiamento coletivo, onde os fãs contribuem com valores pré-determinados para obter acesso exclusivo a conteúdos e recompensas.

Entre os projetos musicais atuais de Iggor Cavalera estão o eletrônico MixHell, na ativa desde 2006; o alternativo Soulwax e o mais recente Petbrick, duo industrial em parceria com Wayne Adams, do Big Lad. O último álbum de Iggor com o Cavalera Conspiracy, ao lado de seu irmão Max, é Psychosis, de 2017. Depois, a dupla realizou turnês mundiais celebrando clássicos discos do passado, incluindo shows lotados pelo Brasil.

Assista no canal de Iggor Cavalera no YouTube:

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Ligante Anfetamínico: Lança Revista Pôster + CD com 25 Clássicos (coletânea) Edição Limitada

No ano de 1998 nasce a Ligante Anfetamínico, a banda que viria a se tornar o expoente máximo do punk rock da serra gaúcha. Surge com muita personalidade e estilo definidos. Criatividade e produção incessantes tornam-se, pouco a pouco, a marca desta banda que teve a coragem de romper com o cover e mostrar somente trabalhos autorais. 

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

De fato, a consagração de vinte três anos de um trabalho diário de divulgação e compromissos será, enfim, finalizada com chave de ouro que tem data para acontecer, e hora marcada para surgir. 

Mudaram os meios de distribuição, as rádios viraram on line, as redes sociais vieram para ficar e criar a conexão entre o artista e o público e a Ligante não parou no tempo atualmente é uma das bandas que mais atende solicitações de entrevistas nas redes sociais, que mais toca nas diversas rádios web espalhadas pelo Brasil. Suas redes sociais crescem mais e mais a cada dia.

A revista é um grande resgate de todo material já lançado publicado nesses vinte dois anos de estrada trazendo fotos histórias.

A revista que vai sair com uma tiragem de edição limitada e conta com financiamento próprio e também privado para alguns parceiros da banda exporem sua marca nos espaços para publicidade nas páginas da revista.

Essa é a Ligante Anfetamínico, formada por Esqueleto – Vocal, Jocemar – Guitarra, Tchaina HC – Baixo, Luciano Paim – Bateria. 

Pontos de Vendas Oficiais:

Esses são os primeiros pontos de venda oficiais novos pontos de venda serão informados individualmente  conforme forem surgindo.

Pontos de venda On line:

Rock na Ativa Store: rocknaativa.com.br/loja/

Pagina Facebook: facebook.com/bandaliganteanfetaminico/

Instagram: instagram.com/liganteanfetaminico/

Pontos de venda Físicos:

Cachaçaria Sarau: 

Endereço: R. Cel. Flores, 749 - São Pelegrino, Caxias do Sul - RS

Horários de atendimento:

Quarta a sexta a partir das 18h30min

Sábado a partir das 20h

Hamburgueria Jaime Rocha:

Marquês do Herval, 983 - Centro, Caxias do Sul - RS

Horários de atendimento:

De segunda à sábado

11:00 às 14:00hs

18:00 às 23:30hs

Rock Skulls Shop:

Endereço: R. 18 do forte, 1881, Centro Caxias do Sul, RS

Horários de atendimento:

De segunda à sexta 

09:30 as 18:00

Sábado das 09:30 as 16:00

Sobre a Ligante Anfetamínico

Poucas bandas autorais surgidas na serra gaúcha se deram ao luxo de completar mais de 20 anos de trajetória ininterrupta. A  Ligante Anfetamínico,  nome que ninguém esquecerá no dia em que se biografar a história do punk e da cena underground de Caxias do Sul RS.  

Nascida no bairro Cruzeiro a Ligante passou por diversas fases, com diversos componentes. Ora puxou mais para o punk e hardcore, ora para o rock, mas sempre se manteve independente.

Com influências de Os Replicantes, Sex Pistols e Ramones, a banda Ligante Anfetamínico, do bairro Cruzeiro, em Caxias do Sul RS.

Meio que na contramão das tendências virtuais e buscando um resgate pelo material físico pelos produtos como Vinil, Cd  e Revistas a Ligante aposta alto na qualidade do material que vem sendo produzido em parceria com a editora Virtua.

E sua nova iniciativa inédita na  serra gaúcha é uma revista pôster é uma coletânea intitulada "Lembra??" com 25 músicas com toda a trajetória banda com músicas de todas resgatadas de todos os discos e demo tapes lançados pela banda.

Os garotos nunca esconderam a grande referência que são os replicantes e o cantor Wander Wildner, ex-Replicantes. Aliás, o nome da banda é inspirado num demo-tape chamado "Punk Rock Anfetamínico Que Matou a Modelo", da primeira banda de punk brega, o Sangue Sujo.

A Ligante Anfetamínico hoje é composta por Esqueleto, vocalista, que está desde o início, Luciano Paim, fundador da banda, Jocemar como guitarrista, Anderson Severo (Tchaina) como baixista.

A banda caxiense tem duas demos e três CDs de estúdio gravados, um DVD com a história da banda, e a coletânea "20 anos de Ligadeira", lançada em 2018.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Existe uma gravação com Frank Zappa e Jimi Hendrix, mas os Zappa não conseguem encontrar

Um dos tesouros enterrados no cofre de Frank Zappa é uma gravação de Zappa com Jimi Hendrix. A má notícia é que ninguém sabe onde está

Ahmet Zappa, filho de Frank e Gail Zappa e co-curador da propriedade de Zappa, diz ao Noise11 que sabe que as fitas existem em algum lugar. “Posso dizer pessoalmente que aquela que ainda não encontramos, mas ouvi minha mãe e meu pai falarem sobre Frank e Jimi Hendrix tocando no jardim. Sempre quis ouvir como isso soava”, diz Ahmet.

As gravações de Zappa com John Lennon foram lançadas no álbum ‘Someime In New York City’ de Lennon. Uma sessão não lançada é Zappa e Eric Clapton juntos. “Isso é de uma noite em que tocaram em um show,” Ahmet disse ao Noise11.com. “As fitas de Eric Clapton são eles tocando em Nova York ou Londres. Eles estão conversando, Frank está tocando o solo e Eric está solando, então eles mudam de posição. Essas são muito impressionantes. Encontramos pepitas aqui e ali. Não sei se há mais especificamente de outra colaboração com John ou outra colaboração com Eric”.

Frank Zappa lançou 62 álbuns em sua vida e mais de 100 já foram lançados após sua morte aos 52 anos em 1993. “Temos provavelmente cerca de 35% nas fitas”, diz Ahmet. “Isso deve dar a você uma amostra de como o cofre é vasto. Temos mais de 100 lançamentos e em cada lançamento pode haver algumas fitas master que estamos lendo. É uma grande quantidade de mídia que meu pai fez durante sua vida. É extraordinário. Dezenas de milhares de fitas”.

Frank era alguém que sempre tinha um gravador ou vídeo funcionando. É extraordinário que todos tenham uma câmera de vídeo com alta definição no bolso agora, mas você teve que pagar alguém. Foi um empreendimento caro. Ele estava sempre documentando. Ele fazia a curadoria do melhor deles ou das coisas mais estranhas, apenas coisas específicas que o inspiravam. Nós descobrimos áudio incrível o tempo todo. Alguns shows podem ter multitracks, alguns podem ser uma fita de placa ou sessões que não sabíamos que tínhamos no Whitney Studios, algo que não foi para "Hot Rats". Encontramos coisas assim. O que tentamos fazer é ser completistas. É arqueologia, ele registrou aqui, do que isso pode fazer parte. Tentamos ouvir a base de fãs e fazer alguns pacotes bem especiais e esperamos que as pessoas gostem”.

Assista a entrevista inteira do Noise11.com com Ahmet Zappa.


Zappa - Official Trailer:

Wolfgang Van Halen mostra "You’re To Blame", canção de seu 1º álbum solo; ouça

Em 2013, acabado de tocar baixo no que viria a ser uma das últimas turnês do Van Halen, Wolfgang Van Halen voltou sua atenção para sua própria música, fazendo uma demo de uma canção que chamou de "Mammoth", uma homenagem a um dos primeiros nomes da banda de seu pai. “Foi a primeira vez que eu pensei,‘ Sim, estou pronto para fazer isso ’”, lembra Van Halen.

Sete anos depois, essa música finalmente está chegando na estreia autointitulada de "Mammoth WVH", sua banda de um homem só, no dia 11 de junho próximo.

O álbum incluirá 13 faixas, mais uma canção bônus, "Distance", o primeiro lançamento do "Mammoth WVH", que teve um sucesso viral no final do ano passado com um vídeo comovente repleto de imagens caseiras do falecido pai de Wolfgang, Eddie Van Halen. O Van Halen mais jovem tocou todos os instrumentos do álbum, criando um som de banda completa altamente convincente, mas montou uma formação em turnê para shows ao vivo, que estreara no Jimmy Kimmel Live!.

Eu simplesmente chego lá e toco”, diz Van Halen. “O que meu pai sempre disse é que a razão pela qual a seção rítmica é tão apertada é, sou eu. Normalmente, com uma ótima seção rítmica, eles são muito unidos porque sabem exatamente o que o outro está fazendo. Quando se trata de bateria e baixo, eu sei exatamente o que fiz com cada parte, então posso meio que reagir com isso, e vai encaixar.

O álbum abre com uma faixa chamada “Mr. Ed,”outro aceno para o pai de Wolfgang. “Era apenas o título de demonstração”, diz Wolfgang, “porque eu abro com um toque harmônico e bato no solo, e isso me lembrou meu pai, então, brincando, chamei-o assim.

A faixa mais pop do álbum, "Think It Over", que se baseia no gosto de Wolfgang por Jimmy Eat World, era a favorita de Eddie Van Halen. “É apenas uma música pop-rock direta”, diz Van Halen. “Mas papai simplesmente amou a energia da música. Isso o deixou feliz.

Outro destaque, "Don't Back Down", tem um ritmo de rock de estádio pesado e glam-ting que fica em algum lugar entre "Beautiful People" de um artista agora inominável e o também desgraçado Gary Glitter, mas o Van Halen originalmente tinha um influência específica em mente: "O título de demonstração para aquele era 'Sabbath'. Toda a vibração da música era apenas 'arena de esportes'. Apenas mãos para cima gritando pelo seu time, enlouquecendo."

Na maior parte, o Van Halen enfatizou as músicas, não sua habilidade multi-instrumental, mas ele a mostrara em uma faixa, "Feel". “Há uma espécie de solo de bateria ali, e o baixo fica muito louco”, diz ele.

Nessa faixa e em algumas outras, Van Halen tocou uma das guitarras mais valiosas do mundo: a Frankenstein original e signature de seu pai. “Meu pai estava lá quando o retiramos”, diz ele. “Essa guitarra obviamente não tem preço. Ed pega e começa a tocar, diz ‘Parece o que eu lembro’. E ele meio que jogou no sofá. E todos nós na sala pensamos, 'Ooooh'. Para ele, é como este pedaço de lixo que ele montou por algumas centenas de dólares, para outros, são algumas centenas de dólares, mas para todos os outros, é a guitarra mais icônica da história da música. Então, vê-lo fazer isso foi uma coisa tão engraçada.

Via RS.

Ouça "You’re To Blame":

Tracklist:

1. Mr. Ed

2. Horribly Right

3. Epiphany

4. Don’t Back Down

5. Resolve

6. You’ll Be the One

7. Mammoth

8. Circles

9. The Big Picture

10. Think It Over

11. You’re To Blame

12. Feel

13. Stone

14. Distance (Bonus Track)


Neil Young irá lançar álbum e filme de seu 1º concerto. Saiba mais

Neil Young anunciou o lançamento de "Young Shakespeare", um álbum e filme ao vivo de 1971 que chegará em 26 de março próximo e apresenta as primeiras imagens conhecidas de Young em um concerto.

Em 22 de janeiro de 1971, Young subiu ao palco no Shakespeare Theatre em Stratford, Connecticut. O show, gravado para a televisão alemã, mas não lançado publicamente até agora ,mostra o cantor e compositor fazendo uma performance despojada de violão, piano e gaita.

Entregue alguns meses após o lançamento de seu álbum de estúdio "After the Gold Rush", a performance inclui duas faixas desse LP: "Tell Me Why" e "Don't Let It Bring You Down", somadas às canções anteriores como "Cowgirl in the Sand”e “Down by the River”.

"Young Shakespeare" também traz as primeiras gravações ao vivo de "Old Man", "The Needle and the Damage Done", "A Man Needs a Maid" e "Heart of Gold", tocadas mais de um ano antes de serem lançadas no álbum "Harvest", de 1972 .

Assista a um trailer de "Young Shakespeare" no player abaixo:

"Young Shakespeare" chegará em vinil e CD, bem como em um DVD independente. Um box "Deluxe Edition" também estará disponível, apresentando todos os três formatos do lançamento, junto com material bônus. Todas as versões estão disponíveis para pré-encomenda agora no site Neil Young Archives.

Young descrevera seu show de "Young Shakespeare" como “uma performance mais calma, sem a atmosfera de celebração do Massey Hall, capturada ao vivo em 16 mm. "Young Shakespeare" é um evento muito especial. Para meus fãs, eu digo que esta é a melhor de todas ... uma das performances acústicas mais puras que temos no Arquivo.

Tracklist:

1. "Tell Me Why"

2. "Old Man"

3. "The Needle and the Damage Done"

4. "Ohio"

5. "Dance Dance Dance"

6. "Cowgirl in the Sand"

7. "A Man Needs a Maid/Heart of Gold"

8. "Journey Through the Past"

9. "Don’t Let It Bring You Down"

10. "Helpless"

11. "Down by the River"

12. "Sugar Mountain"

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Nova banda, a Plush libera clipe de seu 1º single, 'Hate'; ouça

A Plush lançou o videoclipe oficial de seu primeiro single, "Hate". A música é muito pessoal para a cantora/guitarrista Moriah Formica. Ela diz: "É sobre alguém que quebrou meu coração de uma maneira muito ruim. Eu estava com muita raiva e tristeza, mas não consegui dizer 'Eu te odiava' para aquela pessoa, porque a verdade é que eu realmente , realmente amei aquela pessoa, e eu simplesmente odiava que eu a amava."

O grupo é composto por quatro musicistas talentosas, todas com menos de 21 anos, cujas realizações e talento eclipsam sua idade. Essa força feminina do rock conta com a Formica, a baterista Brooke Colucci, a guitarrista Bella Perron e a baixista Ashley Suppa.

Refletindo sobre a gravação do vídeo "Hate", Moriah diz: "Foi incrível como uma banda recém-formada tocar em um teatro histórico, especialmente durante uma pandemia em que ainda não tivemos a oportunidade de fazer um show ao vivo. Também tivemos a chance de realmente se relacionar como uma banda, passando o dia inteiro juntos."

Moriah atingiu o reconhecimento nacional quando apareceu no programa da NBC "The Voice". Miley Cyrus se referiu a ela como uma "deusa do rock". Brooke, também conhecida pelo apelido de Rock Angel, até ganhou um aceno da página oficial de John Lennon no Facebook, enquanto construía seu império de mídia social. Juntos, Moriah e Brooke tiveram mais de 28 milhões de visualizações de seus vídeos em plataformas de mídia social em 2020.

Bella é caloura na Berklee College Of Music e virtuosa da guitarra. Ela acrescenta melodias ferozes da banda com backing vocals incríveis e uma marca incontestável de leads intransigentes. Ashley adiciona uma ressaca inegável de graves ao som de Plush. Ela foi notada por Ace Frehley (KISS), que solicitou suas habilidades em backing vocals para seu álbum solo "Anomaly".

Plush quer trazer de volta o coração do rock para o mainstream com um toque novo e fresco nos sons que você já ama. Já faz um bom tempo desde que uma banda de rock só feminina chegou ao mainstream, e a banda espera inspirar mulheres jovens em todos os lugares a seguir seus sonhos, independentemente de quaisquer desafios que possam atrapalhar.

Via Blabbermouth.

Assista ao clipe de "Hate" no player abaixo:

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Black Sabbath e King Crimson - Tony Iommi sobre Robert Fripp e Toyah Wilcox: "Eu acho que eles enlouqueceram"

"Acho que esse lockdown os deixou loucos." - disse Iommi, descontraindo

O guitarrista do King Crimson, Robert Fripp, e sua esposa Toyah Wilcox têm feito um baita sucesso viral com sua série de covers do Sunday Lunch, por motivos musicais e não musicais. A dupla recentemente fez um cover de "Paranoid" do Black Sabbath, sobre o qual a Heavy Consequence abordara em uma entrevista com ninguém menos que Tony Iommi, fornecedor de riffs do Sabbath.

Iommi disse brincando que acredita que a dupla "enlouqueceu" e que o "lockdown os deixou loucos".

Acho que eles ficaram loucos, na verdade”, disse ele. “Acho que esse bloqueio os deixou loucos. Oh querido, sim - alguém me contou sobre isso; na verdade, alguém me enviou e eu dei uma olhada nele. Eles fazem algo regularmente agora, aqueles dois, eles fazem algo online, onde eles estão agindo”.

Refresque sua memória do cover de "Paranoid" do Sunday Lunch no player abaixo:

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Weight of Emptiness: Banda ganha importante prêmio da música chilena

Há algumas semanas, foi divulgado que o Weight of Emptiness havia sido indicado em 2 categorias para o "Escuchar", o prêmio mais importante da música independente chilena.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

E o Weight of Emptiness ganhou um dos prêmios mais importantes do "Escuchar 2021" , o de "Melhor Disco do Metal Extremo" com o álbum "Conquering The Deep Cycle", lançado em 2019. O evento foi realizado no último domingo (31/01) e veio para coroar todo o trabalho árduo que os chilenos vem fazendo desde 2015, ano de sua fundação.

Sobre o prêmio de Melhor Disco do Metal Extremo, o guitarrista Juan Acevedo comenta: “Este prêmio que recebemos é muito importante para nós, pois destaca o trabalho de bandas independentes de rock e metal no Chile. Ser destacado como Melhor Disco de Metal Extremo, em um país onde existem grandes bandas do estilo, é uma verdadeira honra e nos dá energia para continuar trabalhando duro, como temos feito desde que a banda começou. Isso nos encoraja a continuarmos firmes"

O Weight of Emptiness, que desde sua fundação, já lançou 2 full álbuns ("Anfractuous Moments For Redemption" e "Conquering The Deep Cycle"), além de shows por Argentina e tours no México e na Europa, está compondo o seu terceiro álbum, que ainda não tem previsão de lançamento.

Confira abaixo o vídeo clipe de "The Flame", lançado no álbum "Conquering The Deep Cycle":

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

The Pretty Reckless libera clipe de "And So It Went", canção de seu novo álbum, com Tom Morello; assista

"And So It Went" integra "Death By Rock and Roll", 4º full-lenght da banda The Pretty Reckless, que chegará no dia 12 de fevereiro próximo, via Century Media Records / Fearless Records (EUA).

A canção traz a participação do notável guitarrista Tom Morello.

The Pretty Reckless libera clipe de "25", canção de seu novo álbum; assista.

The Pretty Reckless lança clipe de "Broomsticks", seu single de Halloween. Assista.

Assista ao clipe de "And So It Went" no player abaixo:


Tracklist:

1. Death By Rock And Roll
2. Only Love Can Save Me Now
3. And So It Went
4. 25
5. My Bones
6. Got So High
7. Broomsticks
8. Witches Burn
9. Standing At The Wall
10. Turning Gold
11. Rock And Roll Heaven
12. Harley Darling

quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Silver Lake: Projeto de Esa Holopainen (Amorphis) assina contrato com Nuclear Blast

A Nuclear Blast orgulhosamente anuncia a assinatura de contrato com o projeto solo do guitarrista do Amorphis Esa Holopainen, Silver Lake. Esa Holopainen aproveitou seu tempo em 2020 e realizou um sonho antigo gravando seu primeiro álbum solo nos estúdios Sonic Pump.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

"Como alguns de vocês devem ter notado, estou trabalhando em meu primeiro álbum solo. Bem, na verdade, prefiro chamar isso de um projeto que estou liderando, pois inclui diferentes músicos e vocalistas que tive grande privilégio de conhecer durante esses anos. Eu tive essa ideia na minha cabeça há anos e agora que a Covid-19 impactou as nossas vidas, era hora de ser criativo e começar este projeto. O projeto é intitulado Silver Lake de Esa Holopainen e estou muito feliz em anunciar que Silver Lake agora assinou contrato com a Nuclear Blast, o que foi uma escolha muito óbvia, já que NB também é a gravadora do Amorphis e conheço muito bem todo o pessoal da gravadora. Outra escolha natural foi a escolha da Gray Beard Concerts & Management, que também gerenciará meu trabalho solo. Estou ansioso para revelar mais novidades sobre os artistas que estão colaborando comigo no Silver Lake", comenta Esa Holopainen.

Markus Staiger, proprietário e CEO da Nuclear Blast Tonträger Produktion und Vertriebs GmbH acrescenta: “Uma velha amizade de quase três décadas, que remete aos primórdios do Amorphis, me conecta a Esa Holopainen. Naquela época, acabamos de licenciar a banda da Relapse para o mercado europeu. Esa Holopainen é um guitarrista notável, cuja forma inovadora de tocar é super-reconhecível. Você pode ouvir imediatamente se ele está envolvido e foi natural para nós trabalharmos juntos no lançamento de seu álbum solo. Fiquei muito surpreso com a diversidade do produto final e como Esa continua revelando lados ocultos de sua música. O fato de muitos amigos trabalharem no álbum como convidado faz com que este álbum fantástico seja completo e estou convencido de que não apenas os fãs do Amorphis irão adorar. Quero agradecer a Esa por sua lealdade e por conceder esta joia de álbum. É verdadeiramente lindo.

Mais informações sobre o próximo álbum do Silver Lake virão em breve, fiquem ligados!

Battle Beast: Banda renova contrato com a Nuclear Blast

Battle Beast e Nuclear Blast renovaram o vínculo de sua parceria de sucesso: O sexteto finlandês de heavy metal renova contrato com a maior gravadora de metal do mundo!

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Eero Sipilä, baixista do Battle Beast afirma: "Estamos entusiasmados em anunciar nossa renovação contratual com os titãs do metal Nuclear Blast Records. Com mais de 200 milhões de reproduções em vários serviços de streaming e com uma alta classificação em todo o mundo, não há absolutamente nenhuma dúvida que tivemos um fruto muito bom nesta nossa longa parceria. Os trabalhos para o próximo álbum do Battle Beast estão bem avançados e mal podemos esperar para pisar nos palcos ao redor do mundo assim que esta doença passar! Acreditamos que teremos muitos anos frutíferos adiante!"

Marcus Hammer, Diretor Executivo da Nuclear Blast Europa, comenta: “Estou muito feliz e orgulhoso por podermos estender a parceria com a Battle Beast e podermos continuar esta história de sucesso! Como podemos ver, ainda existem finais hollywoodianos para algumas histórias. Estamos muito felizes em começar juntos o próximo capítulo desta carreira notável.

Desde o álbum de estreia "Steel" de 2011, a banda atingiu mais de 200 milhões de audições em plataformas de streaming digital. Junto a este álbum, que conquistou o primeiro lugar em todas as paradas da Finlândia, seu álbum mais recente "Hollywood Endings" (2019) alcançou anotável 11ª posição nas paradas de colocação de álbuns mais vendidos na Alemanha.

Depois de conquistar a Europa em várias turnês e em todos os principais festivais, o Battle Beast fez sua primeira turnê na América do Norte em 2017, apoiando o Sabaton. No Brasil, o álbum “Hollywood Endings” (2019) foi lançado no Brasil pela parceria Shinigami/Nuclear Blast Records e pode ser adquirido através deste link.

A banda também fechou um acordo de gerenciamento para turnês com a Artist Group International (Metallica, Ghost, Sabaton) para a região da América do Norte e para a região européia a banda continua com a K2 (exceto Finlândia).

Battle Beast é:

Noora Louhimo | vocais

Eero Sipilä | baixo

Joona Björkroth | guitarra

Juuso Soinio | guitarra

Janne Björkroth | teclados

Pyry Vikki | bateria

FireWing anuncia lançamento de álbum e contrato com a Massacre Records

Disco de estreia da banda de symphonic metal sai no mês de abril

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A banda FireWing, baseada nos EUA, está com o lançamento marcado para seu primeiro álbum de estúdio, chamado "Resurrection". Para isto, o grupo assinou contrato com a importante Massacre Records. O trabalho chega às lojas no dia 23 de abril. A arte da capa foi desenvolvida por Junki Sakuraba. "Resurrection" também trará a participação de convidados de peso, que serão revelados em breve.

A proposta do grupo, que reúne músicos formados na conceituada Berklee College of Music, é trazer novos ares para o symphonic metal, ao unir a técnica do heavy metal com orquestrações melódicas. O grupo foi fundado pelo guitarrista Caio Kehyayan, reconhecido por sua técnica e formação. A banda internacional conta com músicos brasileiros e americanos em seu lineup.

O FireWing é formado por Airton Araujo (vocal), Chris Dovas (bateria),  Peter de Reyna (baixo), Bruno Oliveira (guitarra e orquestrações) e Caio Kehyayan (compositor e guitarrista). Caio tem formação em produção e engenharia de áudio pela Berklee College of Music. Ele assina a produção do primeiro disco da FireWing, assim como as músicas, letras e todo o conceito do trabalho. O vocalista Airton Araujo também integra o Age of Artemis, grande nome do metal brasileiro. Os músicos Chris Dovas e Peter de Reyna fazem parte da Seven Spires, banda americana cujos álbuns foram produzidos pelo renomado Sascha Paeth.

O jovem músico esteve nos grandes festivais e turnês de metal, como Morbid Fest Tour, Hell & Heaven Fest, Steel Fest e Freak Fest, entre outros. Desde 2019 atua como músico de turnê no grupo de death metal Vital Remains.

O FireWing surgiu em 2015 quando Caio e Airton começaram suas primeiras composições juntos. No ano seguinte, o guitarrista foi aos EUA para estudar música, e na Berklee conheceu os demais membros, Chris, Peter e Bruno. Eles estudaram concluíram o curso juntos, dando solidez aos alicerces do conjunto. O resultado de toda esta jornada é uma experiência de alto nível e conexão entre música, literatura e imagem, que poderá ser ouvida em "Resurrection."

Iggor Cavalera cria Patreon e oferece conteúdos exclusivos para fãs

Baterista apresenta soluções para celebrar sua carreira em variadas plataformas

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O baterista Iggor Cavalera lançou criou uma conta no Patreon, onde irá disponibilizar conteúdos exclusivos e diferenciados para seus fãs. Há dois níveis de contribuição, com diversas recompensas. No último mês, Iggor lançou seu canal no YouTube, onde está postando a série de vídeos “Beneath the Drums”, onde disseca grandes momentos de toda sua carreira, tocando músicas e contando mais sobre seu processo de criação.

O Patreon de Iggor Cavalera oferece duas modalidades. Uma delas é a “Bloody Roots”, com valor mensal de 30 dólares, que dá direito ao fã de obter as faixas de bateria em formato wav para tocar junto e aprender, a lista completa de todos os equipamentos usados em suas gravações e diversos benefícios para compra de produtos de merchandise limitados. Além disto tudo, o colaborador poderá participar de pesquisas exclusivas, assistir cenas de bastidores e transmissões ao vivo.

O patreon VIP “Beneath the Drums” prevê, por 50 dólares mensais, além de todos os benefícios da modalidade anterior, conversas online via “Zoom” após cada estreia de vídeo da série que ele postar no YouTube. Na conversa com Iggor, o fã terá a chance de aprender com mais detalhes como ele trabalhou nas gravações, seguido de uma sessão de perguntas e respostas; e também acesso antecipado a notícias, ingressos e lançamentos.

Com esta iniciativa, Iggor Cavalera se aproxima de seu público e oferece uma visão exclusiva sobre sua obra musical e seu legado, inspirando fãs e músicos.

O Patreon é um serviço de financiamento coletivo, onde os fãs contribuem com valores pré-determinados para obter acesso exclusivo a conteúdos e recompensas.

O primeiro vídeo da série “Beneath the Drums”, no canal Iggor Cavalera, pode ser conferido no player abaixo:

Entre seus projetos musicais atuais, estão o eletrônico MixHell, na ativa desde 2006; o alternativo Soulwax e o mais recente Petbrick, duo industrial em parceria com Wayne Adams, do Big Lad. O último álbum de Iggor com o Cavalera Conspiracy, ao lado de seu irmão Max, é "Psychosis", de 2017. Depois, a dupla realizou turnês mundiais celebrando clássicos discos do passado, incluindo shows lotados pelo Brasil.

Informações:

https://www.youtube.com/IggorCavaleraDrums

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Vocalistas da Hamen e Age of Artemis lançam feat com música do Revamp

Monica Possel, vocalista da Hamen (SC), convidou Airton Araújo, o novo vocalista do Age of Artemis (DF) e também da banda Firewing (EUA), para o lançamento do cover da música "Sweet Curse", do Revamp. A estreia acontece no canal oficial da cantora no YouTube, que já conta com tributos de canções do Kamelot, After Forever, Flowerleaf, entre outros.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Esta música é uma referência para mim, é da época em que a Floor Jansen começa a destacar mais o seu vocal crossover e colocar mais punch no vocal, desde então comecei a estudar técnicas de belting e drives no meu vocal.”, explica Monica Possel.

A música "Sweet Curse", está presente no álbum de estreia do Revamp, homônimo, lançado em 2010. A canção foi lançada com um feat com o vocalista do Symphony X, Russell Allen. O Revamp existiu entre os anos de 2009 e 2016 e lançou dois álbuns “Revamp” e “Wild Card", que os trouxe para uma turnê na América Latina, tocando no Brasil. 

A vocalista Monica Possel é uma cantora soprano de Joinville (SC) com mais de 10 anos de experiência. Frontwoman e principal letrista da banda Hamen, de power metal sinfônico, traz em seu currículo a atuação como soprano no Coro de Câmara do Conservatório Villa-Lobos, da Casa da Cultura de Joinville. No ano de 2020, a cantora foi agraciada com o prêmio "Best Operatic Vocals” (Melhor Vocal Operístico, em tradução livre), pelo site europeu FemMetal. Nesta ocasião a artista foi a única latinoamericana indicada, desbancando vozes femininas da Europa e América do Norte.

Criada em 2013, a Hamen surgiu no cenário nacional com o EP “Altar” (2015) e de lá pra cá a banda lançou o álbum “Unreflected Mirror” (2018), que contou com participação especial de Marcelo Barbosa (Angra) e já participou de coletâneas internacionais, se tornando uma das representantes do power metal sinfônico brasileiro. O disco traz como temática noções abordadas na ficção científica, como mundos alternativos e também conta com influências da literatura de Arthur C. Clarke, autor de “2001 - Uma Odisseia no Espaço”, entre outros clássicos. 

Já a Age of Artemis é uma banda de heavy metal de Brasília, na estrada desde 2008. O álbum de estreia, "Overcoming Limits" (2011) foi produzido por Edu Falaschi. De lá pra cá, o grupo lançou os discos “The Waking Hour” (2014) e “Monomyth" (2019). Em 2015 o grupo chegou a participar do Rock in Rio, no Rock Street. Airton também é vocalista da Firewing, banda de metal sinfônico americana, composta em sua maioria por músicos formados pela Berklee College of Music. A banda lançará seu álbum de estreia no primeiro semestre deste ano.

O vídeo contou com os músicos  Monica Possel (voz), Airton Araújo (voz), Alexandre Pedro (guitarra), Debora Silva (baixo) e Del Xavier (teclado). A mixagem, masterização e edição de vídeo ficaram por conta de Alexandre Pedro, enquanto a arte gráfica é de Monica Possel.

Assista “Sweet Curse”: