head> Confraria Floydstock: novidades
Mostrando postagens com marcador novidades. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador novidades. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Instafest simula festival com seus artistas e bandas mais tocados no Spotify

Com direito até mesmo aos seus headliners prediletos.

Começou a rodar a internet uma série de banners virtuais com line-ups hipotéticos dos festivais trazendo os artistas e bandas mais ouvidos pelos usuários do Spotify.

Utilizando o algoritmo do serviço de streaming sueco, com a devida autorização do usuário, o site INSTAFEST gera um flyer customizado contendo um cast "dos sonhos" de cada ouvinte da plataforma, emulando os supostos headileners de cada dia, bem como as atrações que completam os os dias do evento.

Vale a brincadeira, clique AQUI para montar seu festival e caso queira, compartilhe e mostre nas suas redes sociais o resultado, que pode ser tanto mais homogêneo, bem como curiosamente mais eclético, como o festival deste que vos escreve, dono do blog Confraria Floydstock (vide imagem no topo desta postagem).








quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Projeto "A Viola Caipira e suas possibilidades" celebra 20 anos da Orquestra Filarmônica de Violas

O concerto acontece neste sábado, 19, às 20h, no Auditório 15 de Outubro, com entrada gratuita.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A Orquestra Filarmônica de Violas completa 20 anos de criação e, para celebrar esse momento especial, realizará neste sábado (19) uma apresentação em Cosmópolis, às 20h, no Auditório 15 de Outubro. O concerto especial, parte do projeto "A Viola Caipira e suas possibilidades", tem entrada gratuita e trará repertório de músicas que marcaram diversas fases do grupo.

O concerto será um resumo/tributo à história do grupo, reunindo clássicos do cancioneiro caipira e da MPB, além de composições de seus integrantes.

No repertório, o público poderá conferir “Vide Vida Marvada” de Rolando Boldrin, “Fé Cega, Faca Amolada” de Milton Nascimento e Fernando Brant, “Lamento Sertanejo” de Gilberto Gil e Dominguinhos, “Tocando em Frente” de Almir Sater e Renato Teixeira, entre outros arranjos que trazem uma atmosfera de profunda emoção e encantamento.

Com direção artística de João Paulo Amaral e contando com 16 integrantes, a Filarmônica de Violas é reconhecida como o mais inovador grupo musical em seu segmento, tendo esse ano recebido o Prêmio Inezita Barroso da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Segundo o maestro Nelson Ayres, "a Filarmônica já tem atrás de si uma história brilhante, em cada nota ponteada ouve-se aquilo que é a grande marca do grupo, a música feita com paixão."

O projeto "A Viola Caipira e suas possibilidades" ainda terá mais uma apresentação, marcada para o dia 1º de dezembro, na cidade mineira de Guaxupé.

Orquestra Filarmônica de Violas

O grupo surgiu por sua iniciativa a partir de uma oficina de aprendizado da viola para interessados da região de Campinas, teve seu formato dos arranjos orquestrais implementado no início do grupo em 2001, pelo seu idealizador, o renomado violeiro e pesquisador Ivan Vilela. Utilizando a estrutura equivalente aos naipes orquestrais, os arranjos permitem ao grupo tocar de forma semelhante a uma orquestra sinfônica convencional, com seus naipes de cordas, madeiras, metais e percussão, no entanto, utilizando apenas subgrupos de violas caipiras.

Utilizando a combinação minuciosa de diferentes linhas musicais, o conjunto das linhas, executadas com uma cuidadosa e lapidada interpretação, produz um resultado sonoro rico em detalhes, arrojado e ao mesmo tempo popular, colorido por uma ampla gama de sonoridades, texturas e nuances, assumindo funções melódicas, harmônicas e rítmicas.

Ao longo desses anos o grupo gravou três álbuns, dos quais recebeu diversos prêmios, indicações, homenagens e realizou gravações e diversas apresentações em espaços como a Sala São Paulo, além de tocar com nomes como Tinoco, Irmãs Galvão, Ana Luiza, Ná Ozetti, Suzana Salles, Paulo Freire, Renato Braz, Tetê Espíndola, Ana Gilli, Lenine Santos, Nailor Proveta, Toninho Ferragutti, Ricardo Herz, Alexandre Ribeiro, Crythian Dozza e Fabio Presgrave.

A Viola Caipira e suas possibilidades

A viola caipira, um instrumento brasileiro, marcado pela representatividade em manifestações populares e transmissão de conhecimento através da oralidade, vem ao longo dos tempos ganhando novos espaços e cenários no país. Desde 2005, a viola está na Academia, com a criação do primeiro curso de música, com bacharelado em viola caipira, pela USP (Universidade de São Paulo). Diante deste cenário, esse instrumento passa a transitar em diversas manifestações e segmentos musicais diferentes. Ao mesmo tempo em que o instrumento vem conquistando novos horizontes, não se pode negar as raízes.

Segundo o violeiro Thiago Rossi, tocar um instrumento pode ser algo que fortalece as pessoas, nas suas identidades, amplia repertório de vida, desenvolve competências numa fase de construção de identidade. “Acreditamos que o domínio de um instrumento musical, é mais completo quando o foco do ensino é voltado às tradições inicialmente. Valorizando e utilizando técnicas e repertórios tradicionais, só faz aumentar a possibilidade de criação do novo. Se conectar às origens para então traçar novos caminhos”, afirma.

Mais que uma série de shows, o projeto, que tem o incentivo federal, através do Ministério do Turismo, oferece aulas de viola na Escola Municipal de Música de Cosmópolis, Villa Musical, em parceria com a secretaria de educação e patrocínio da Stoller do Brasil.

Trio Zaravi

Nos últimos anos, o trio tem participado de inúmeros projetos, entre formação solo ou em colaboração com outros artistas, a exemplo de Gabriel Sater, João Paulo Amaral e Ricardo Matsuda.

Dalga Larrondo, Bruno Menegatti e Thiago Rossi estão envolvidos diretamente com a educação, em que imprimem um viés educativo ao trabalho, o que possibilitou a participação em projetos com a Orquestra de Violas das Oficinas de Música Caipira de Joaquim Egídio, com a Cia de Dança de Campinas no projeto Dança e Cidadania, e em oficinas musicais com o Projeto Primeira Nota em Campinas.

Atualmente, encontra-se no processo de finalização de seu primeiro CD.

Zavari é:

Jão Dalga (zarb)

Bruno Menegatti (rabecas)

Thiago Rossi (violas)

Mais informações: www.instagram.com/zaravitrio.

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Titãs: integrantes e ex-integrantes confirmam shows com todos reunidos

Os 4 integrantes egressos devem se reunirão com os 3  remanescentes para celebrar os 40 anos da banda.

Conforme noticiamos anteriormente aqui, os Titãs sinalizaram na direção de uma reunião da banda para shows comemorativos das 4 décadas de existência da banda, que começou com 9 integrantes, se popularizou com 8 e hoje segue com 3 (Tony Belotto, Branco Mello e Sérgio Britto), após 4 saídas: Arnaldo Antunes (em 1992), Nando Reis (em 2002), Carles Gavin (em 2010) e Paulo Miklos (em 2016), além do falecimento de Marcelo Fromer em 2001.

Durante o dia 10/11, todos os integrantes e ex-integrantes alteraram as suas fotos de perfil para imagens do mesmo tema, sugerindo uma convergência na direção de um mesmo projeto, muito provavelmente uma turnê dos 40 anos de banda em 2023, com todos juntos nos palcos pelo Brasil.

Agora a banda concedeu uma entrevista à ex-VJ da MTV, Sarah Oliveira confirmando tudo e dando os seguintes detalhes:

Titãs anuncia neste momento a reunião em uma coletiva de imprensa apresentada por Sarah Oliveira, ex-VJ da MTV Brasil.

Todos os 7 músicos se reunirão para realizar dez concertos pelo Brasil:

28/04 Rio de Janeiro - Jeunesse Arena

29/04 Belo Horizonte - Expo Minas

05/05 Florianópolis - Hard Rock Live

06/05 Porto Alegre - Beira Rio

27/05 Salvador - Arena Fonte Nova

02/06 Recife - Classic Hall

03/06 Fortaleza - Marina Pa

07/06 Brasília - Nilson Nelson

10/06 Curitiba - Pedreira Paulo Leminski

16/06 São Paulo - Allianz Park (show extra)

17/06 São Paulo - Allianz Park (ingressos já esgotados)

A filha de Marcelo Fromer, Alice, participará representando o seu finado pai em algumas canções.

"É um tributo ao Marcelo" - disse Sérgio Britto.

INGRESSOS (a partir de amanhã, 17/11): https://www.titasencontro.com.br/https://www.eventim.com.br/

Maiores informações em breve, aguardemos.

Monsters of Rock Brasil voltará a acontecer após 8 anos de hiato

Produtora confirmou o retorno do festival para 22 de abril próximo.

A Mercury Concerts anunciou a volta do tradicional festival Monsters of ock no Brasil, a ser realizado no dia 22 de abril próximo, em São Paulo.

Nenhuma atração foi anunciada até aqui e o evento cairá bem próximo ao Summer Breeze Brasil, que acontecerá na semana subsequente.

Em breve teremos maiores informações. Aguardemos...

Confira a publicação:

Paul McCartney, Elton John, Roger Waters e outros falam sobre Abbey Road em documentário: assista ao trailer

"If These Walls Could Sing", de Mary McCartney, chega ao Disney+ no próximo mês.

O primeiro trailer de "If These Walls Could Sing", o novo documentário de Mary McCartney sobre o Abbey Road Studios, estreou hoje (via Rolling Stone). O filme chega ao Disney+ em 16 de dezembro, se alinhando com o 90º aniversário dos estúdios. Os entrevistados no trailer incluem Paul McCartney, Elton John, Ringo Starr, Nile Rodgers, Noel Gallagher, Roger Waters, Celeste e George Lucas, cujas trilhas sonoras de Star Wars foram parcialmente gravadas no Abbey Road. Assista abaixo.

No início deste mês, Paul McCartney (que é o pai de Mary) anunciou uma caixa de vinil contendo 80 singles de 7". O documentário de Peter Jackson "Let It Be, Get Back", saiu no ano passado.

Assista ao trailer:

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Titãs planeja reunião em 2023

Os 4 integrantes egressos devem se reunir com os 3 remanescentes para celebrar os 40 anos da banda.

Conforme rapidamente adiantou o IGORMIRANDASITE.COM , ainda sem muitos detalhes precisos, os Titãs apontam na direção de uma reunião da banda para shows comemorativos das 4 décadas de existência da banda, que começou com 9 integrantes, se popularizou com 8 e hoje segue com 3 (Tony Belotto, Branco Mello e Sérgio Britto), após 4 saídas: Arnaldo Antunes (em 1992), Nando Reis (em 2002), Carles Gavin (em 2010) e Paulo Miklos (em 2016), além do falecimento de Marcelo Fromer em 2001.

Durante o dia de ontem (10/11), todos os integrantes e ex-integrantes alteraram as suas fotos de perfil para imagens do mesmo tema, sugerindo uma convergência na direção de um mesmo projeto, muito provavelmente uma turnê dos 40 anos de banda em 2023, com todos juntos nos palcos pelo Brasil.

Tal possibilidade é real e dada como certa, uma vez que anteriormente já fora indicada e corroborada por declarações do guitarrista Tony Belotto:

Esta ideia de fazer a reunião existe sim, existe uma conversa. Talvez seja no ano que vem, a gente não sabe ainda, mas essa possibilidade existe sim.

A gente tem uma relação muito boa, nunca houve uma briga. Claro, a gente teve divergências, mas jamais uma ruptura.

CONFIRMADO!!!

Titãs: integrantes e ex-integrantes confirmam shows com todos reunidos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2022

Stream of Passion anuncia show de reunião

Banda de prog symphonic metal da frontwoman Marcela Bovio havia encerrado as atividades em 2016.

A banda mexicano-neerlandesa Stream of Passion publicou hoje nas suas redes sociais um anúncio de novo show marcado para 9 de setembro de 2023, no Dynamo, em Eindhoven, Holanda.

Esse será o primeiro concerto e primeira reunião da banda, desde o show de despedida que deu origem ao CD/DVD "Memento" (LEIA A NOSSA RESENHA).

Leia abaixo o comunicado da banda:

"ESTÁ ACONTECENDO 😱🎉🔥

“Will you follow, I will follow”! Continuamos ouvindo você cantar junto depois de todos esses anos e simplesmente não resistimos… Um show de reunião intimista, onde tudo começou.

Dynamo, 9 de setembro de 2023. Marquem em seus calendários! Pré-venda começando em breve!"

terça-feira, 25 de outubro de 2022

Pink Floyd: banda prepara a chegada de luxuoso livro para celebrar os 50 anos de "The Dark Side Of The Moon"

Será um vasto e especialíssimo material sobre o cinquentenário de um dos álbuns mais vendidos da história

1º de março de 2023 marca o 50º aniversário do lançamento de "The Dark Side Of The Moon" pelo Pink Floyd. Comemorando o 50º aniversário do lançamento desse espetacular álbum, o grupo anunciou uma nova publicação da banda intitulada com o mesmo nome do álbum. Este pacote do tamanho de um álbum altamente desejável combina fotos raras e inéditas de bastidores e no palco com a evolução visual da arte icônica do disco.

Com uma data de publicação provisória para 1º de março de 2023, "The Dark Side Of The Moon by Pink Floyd" é um livro desenhado pela Pentagram com especificações elevadas, oficial comemorativo da banda e do álbum, que será um pacote cobiçado para as legiões de fãs do Floyd. Esta data também verá o lançamento de uma caixa de luxo contendo um relançamento do álbum, juntamente com vários itens musicais relacionados.

Este livro luxuoso é dividido em duas partes. O primeiro documenta os membros da banda entre 1972 e 1975, durante a produção do álbum, o lançamento e durante as turnês do mesmo no Reino Unido, EUA, Europa e Japão, trazendo 120 fotografias em preto e branco de Storm Thorgerson, Jill Furmanovsky, Aubrey Powell e Peter Christopherson. Uma análise do show de outubro de 1972 em Wembley por Chris Charlesworth, originalmente publicado no Melody Maker, fornece informações sobre uma das performances mais célebres do Floyd.

A segunda parte explora em 60 imagens coloridas como o motivo original do prisma de Hipgnosis e StormStudios evoluiu para uma variedade de gráficos e homenagens aos grandes artistas do mundo, alguns dos quais passaram a embelezar outros projetos da banda.

O livro custa £ 40 e já está em pré-venda clicando aqui.

sexta-feira, 21 de outubro de 2022

The Beatles: Liberado raro outtake de “Yellow Submarine”; ouça

Demo integrará o relançamento do álbum “Revolver” e traz John Lennon ao microfone, ao invés de Ringo Starr.

Foi lançada hoje “Yellow Submarine (Songwriting Work Tape / Part 1)”, trazendo a voz de John Lennon e não a de Ringo Starr, que apareceu no álbum "Revolver", 7º álbum de estúdio dos Beatles.

Na gravação, totalmente embrionária e na base do improviso, Lennon cantarola a melodia e canta uma letra ainda inconclusa.

Os caras costumavam escrever uma música para mim a cada disco. Eles apresentavam qualquer coisa que achassem que servia. Tinham essa canção e decidiram trabalhar nela.” - explicou Ringo.

Supersivor deste trabalho, Giles Martin, filho do "5º beatle", o grande produtor, George Martin, comentou:

Eu não fazia ideia que a fita existia. Não teria sido tão comercial naquela forma original. Você pode ouvi-los trabalhando juntos e empurrando uns aos outros em direções diferentes.

Revolver - Edição Especial" chegará no dia 28 de outubro próximo.

Ouça “Yellow Submarine” na voz de (John Lennon):


Tracklist:

SUPER DELUXE [5CD + 100-page hardbound book in slipcase | digital audio collection]

CD1: Revolver (New stereo mix)

1: Taxman

2: Eleanor Rigby

3: I’m Only Sleeping

4: Love You To

5: Here, There And Everywhere

6: Yellow Submarine

7: She Said She Said

8: Good Day Sunshine

9: And Your Bird Can Sing

10: For No One

11: Doctor Robert

12: I Want To Tell You

13: Got To Get You Into My Life

14: Tomorrow Never Knows

CD2: Sessions One

1: Tomorrow Never Knows (Take 1)

2: Tomorrow Never Knows (Mono mix RM 11)

3: Got To Get You Into My Life (First version) – Take 5

4: Got To Get You Into My Life (Second version) – Unnumbered mix – mono

5: Got To Get You Into My Life (Second version) – Take 8

6: Love You To (Take 1) – mono

7: Love You To (Unnumbered rehearsal) – mono

8: Love You To (Take 7)

9: Paperback Writer (Takes 1 and 2) – Backing track – mono

10: Rain (Take 5 – Actual speed)

11: Rain (Take 5 – Slowed down for master tape)

12: Doctor Robert (Take 7)

13: And Your Bird Can Sing (First version) – Take 2

14: And Your Bird Can Sing (First version) – Take 2 (giggling).

CD3: Sessions Two

1: And Your Bird Can Sing (Second version) – Take 5

2: Taxman (Take 11)

3: I’m Only Sleeping (Rehearsal fragment) – mono

4: I’m Only Sleeping (Take 2) – mono

5: I’m Only Sleeping (Take 5) – mono

6: I’m Only Sleeping (Mono mix RM1)

7: Eleanor Rigby (Speech before Take 2)

8: Eleanor Rigby (Take 2)

9: For No One (Take 10) – Backing track

10: Yellow Submarine (Songwriting work tape – Part 1) – mono

11: Yellow Submarine (Songwriting work tape – Part 2) – mono

12: Yellow Submarine (Take 4 before sound effects)

13: Yellow Submarine (Highlighted sound effects)

14: I Want To Tell You (Speech and Take 4)

15: Here, There And Everywhere (Take 6)

16: She Said She Said (John’s demo) – mono

17: She Said She Said (Take 15) – Backing track rehearsal

CD4: Revolver (Original mono master)

Album tracklist (same as above)

CD5: Revolver EP

1: Paperback Writer (New stereo mix)

2: Rain (New stereo mix)

3: Paperback Writer (Original mono mix remastered)

4: Rain (Original mono mix remastered)

SUPER DELUXE VINYL [limited edition 4LP+7-inch EP + 100-page hardbound book in slipcase]

LP One: Revolver (New stereo mix)

Side 1

1: Taxman

2: Eleanor Rigby

3: I’m Only Sleeping

4: Love You To

5: Here, There And Everywhere

6: Yellow Submarine

7: She Said She Said

Side 2

1: Good Day Sunshine

2: And Your Bird Can Sing

3: For No One

4: Doctor Robert

5: I Want To Tell You

6: Got To Get You Into My Life

7: Tomorrow Never Knows

LP Two: Sessions One

Side 1

1: Tomorrow Never Knows (Take 1)

2: Tomorrow Never Knows (Mono mix RM 11)

3: Got To Get You Into My Life (First version) – Take 5

4: Got To Get You Into My Life (Second version) – Unnumbered mix – mono

5: Got To Get You Into My Life (Second version) – Take 8

6: Love You To (Take 1) – mono

7: Love You To (Unnumbered rehearsal) – mono

Side 2

1: Love You To (Take 7)

2: Paperback Writer (Takes 1 and 2) – Backing track – mono

3: Rain (Take 5 – Actual speed)

4: Rain (Take 5 – Slowed down for master tape)

5: Doctor Robert (Take 7)

6: And Your Bird Can Sing (First version) – Take 2

7: And Your Bird Can Sing (First version) – Take 2 (giggling)

LP Three: Sessions Two

Side 1

1: And Your Bird Can Sing (Second version) – Take 5

2: Taxman (Take 11)

3: I’m Only Sleeping (Rehearsal fragment) – mono

4: I’m Only Sleeping (Take 2) – mono

5: I’m Only Sleeping (Take 5) – mono

6: I’m Only Sleeping (Mono mix RM1)

7: Eleanor Rigby (Speech before Take 2)

8: Eleanor Rigby (Take 2)

Side 2

1: For No One (Take 10) – Backing track

2: Yellow Submarine (Songwriting work tape – Part 1) – mono

3: Yellow Submarine (Songwriting work tape – Part 2) – mono

4: Yellow Submarine (Take 4 before sound effects)

5: Yellow Submarine (Highlighted sound effects)

6: I Want To Tell You (Speech and Take 4)

7: Here, There And Everywhere (Take 6)

8: She Said She Said (John’s demo) – mono

9: She Said She Said (Take 15) – Backing track rehearsal

LP Four: Revolver (Original mono master)

Album tracklist (same as above)

Revolver EP (7-inch vinyl)

Side 1

1: Paperback Writer (New stereo mix)

2: Rain (New stereo mix)

Side 2

1: Paperback Writer (Original mono mix remastered)

2: Rain (Original mono mix remastered)

DELUXE [2CD in digipak with 40-page booklet]

CD 1: Revolver (New stereo mix)

CD 2: Sessions

1: Paperback Writer (New stereo mix)

2: Rain (New stereo mix)

3: Tomorrow Never Knows (Take 1)

4: Got To Get You Into My Life (Early mix)

5: Love You To (Take 7)

6: Doctor Robert (Take 7)

7: And Your Bird Can Sing (First version) Take 2

8: Taxman (Take 11)

9: I’m Only Sleeping (Take 2) – mono

10: Eleanor Rigby (Take 2)

11: For No One (Take 10) – Backing track

12: Yellow Submarine (Take 4 before sound effects)

13: I Want To Tell You (Speech and Take 4)

14: Here, There And Everywhere (Take 6)

15: She Said She Said (Take 15) – Backing track rehearsal

STANDARD [1CD | digital | 1LP vinyl | limited edition 1LP picture disc vinyl]

Revolver (New stereo mix)



quinta-feira, 13 de outubro de 2022

Queen lança "Face It Alone", canção inédita com Freddie Mercury ; ouça

Faixa integra o vindouro box set de "The Miracle", que trará seis faixas inéditas.

O Queen lançou um lyric video para "Face It Alone", uma faixa gravada durante as sessões do álbum de 1989 da banda, "The Miracle". É a primeira música inédita com a voz de Freddie Mercury, desde o lançamento da compilação "Queen Forever", em 2014.

"Face It Alone" chegará na próxima edição do box set de oito discos de "The Miracle", que está programado para chegar em 18 de novembro, uma data que também verá o lançamento de um single de 7" desta canção.

A existência de "Face It Alone" foi originalmente revelada por Taylor e Brian May durante uma entrevista à BBC no início deste ano.

"Nós meio que esquecemos dessa faixa", disse Roger Taylor. "Mas lá estava, essa pequena joia. É maravilhosa, uma verdadeira descoberta. É uma peça muito apaixonante."

"Era meio que escondida à vista de todos", acrescentou May. "Nós olhamos para isso muitas vezes e pensamos: 'Ah, não, não podemos realmente resgatar isso'. Mas, na verdade, fomos lá novamente e nossa maravilhosa equipe de engenharia disse: 'OK, podemos fazer isso e isso'. É como costurar pedaços, mas é lindo, é tocante.

As sessões de "The Miracle" resultaram em mais de 30 músicas, 10 das quais fizeram o corte final. Outras mais tarde apareceram como b-sides ou como faixas solo, enquanto alguns finalmente viram a luz do dia nos álbuns "Innuendo" e "Made in Heaven".

Tínhamos todos esses pedaços de faixas, e alguns deles estavam pela metade, alguns deles eram apenas uma ideia, e alguns deles estavam quase finalizados, e meio que aconteceu por conta própria”, diz May. "Há algumas faixas que você sempre quer lançar e trabalhar, e assim elas são finalizadas, e há algumas faixas que você pensa: 'Ah, isso é ótimo, mas eu realmente não sei o que fazer com isso neste momento. momento', então eles naturalmente são deixados de lado."

Essas faixas farão sua estreia pública no box set, com "When Love Breaks Up", "You Know You Belong To Me", "I Guess We’re Falling Out", "Dog With a Bone" e "Water", se juntando a "Face It Alone" no disco Miracle Sessions da coleção.

O boxset "Miracle Collector's Edition" está disponível para pré-venda agora (abre em uma nova guia).

Via CLASSIC ROCK.

segunda-feira, 10 de outubro de 2022

Amberian Dawn anuncia novo álbum de covers do ABBA; confira o single "SOS"

"Take A Chance – A Metal Tribute to ABBA" chegará em 2 de dezembro próximo, via Napalm Records.

A banda finlandesa Amberian Dawn, notória no continente europeu no campo do metal sinfônico, anunciou o lançamento de um disco, intitulado "Take A Chance – A Metal Tribute to ABBA", que chegará no início de dezembro, trazendo canções do ABBA, ícones do pop no país vizinho, a Suécia.

Em nota, a gravadora publicou:

"Amanhecer de um novo som - AMBERIAN DAWN brilha com um tributo de metal ao ABBA! Continuando seu legado do álbum anterior, "Looking For You" (2020), a AMBERIAN DAWN se reuniu para seguir sua paixão e arriscar ser o alvo de uma nova era para o gênero metal com "Take A Chance – A Metal Tribute to ABBA", que será lançado em 2 de dezembro de 2022 pela Napalm Records. Apresentando o ABBA-Metal, a banda não se esquiva de experimentar gêneros, mantendo-se fiel às suas origens do metal. Earworms combinados com elementos característicos da AMBERIAN DAWN metalizam verdadeiramente o legado do ABBA e o transformam em uma experiência de metal como nunca antes ouvida. Com sintetizadores habilmente implementados para criar teclas de som vintage, riffs de guitarra e a voz angelical da vocalista Capri, as linhas originais mergulham perfeitamente com instrumentais de rock. A bateria arrojada garante uma experiência de ritmo acelerado que expressa a identidade da banda sem perder os teclados cativantes que lembram o ABBA, as letras renomadas e a sensação nostálgica do original. Incluindo sempre-vivas como “Mamma Mia” e “Super Trouper”, AMBERIAN DAWN encanta com uma variedade de faixas. Representando uma grande variedade de músicas do ABBA, de alta energia a baladas de metal comoventes, como “Like An Angel Walking Through My Room”, a banda oferece um incrível ABBA-Metal para um público amplo. Então dê uma chance ao novo álbum do AMBERIAN DAWN e se perca novamente no glorioso mundo do novo metal do ABBA."

O guitarrista Tuomas Seppälä falou sobre o disco:

Este foi um ‘álbum obrigatório’ para mim. Nos divertimos tanto em 2019 trabalhando em nossa primeira música cover (‘Lay All Your Love On Me’ do ABBA), que foi fácil tomar a decisão de continuar com um álbum cover completo do ABBA. As músicas foram cuidadosamente selecionadas, há algumas músicas de grande sucesso, é claro, mas algumas das minhas favoritas pessoais, como ‘The Day Before You Came’, também estão incluídas. O projeto de gravação acabou sendo um grande desafio para todos nós e precisou de muito trabalho, mas estamos todos 100% satisfeitos com os resultados. Este álbum realmente soa como um álbum da AMBERIAN DAWN.

Sobre o single SOS ele comentou:

’SOS’ é uma ótima música. É uma música alegre e triste ao mesmo tempo. A versão original usa um som de piano exclusivo. Eu não queria usar esse tipo de som de piano, porque não seria tão bom quanto o original. Em vez disso, usei guitarras mais potentes e outros sintetizadores em nosso arranjo. Nossa versão da música realmente traz o ABBA para o mundo do metal no século 21.

Assista ao lyric video de SOS no player abaixo:


Tracklist:

01 Super Trouper
02 Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight)
03 SOS
04 Head Over Heels
05 The Day Before You Came
06 Angeleyes
07 That's Me
08 Mamma Mia
09 Under Attack
10 Like An Angel Passing Through My Room
11 Lay All Your Love On Me.

quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Pink Floyd ilumina a Battersea Power Station para promover a reedição de "Animals"

Relançamento sugeriu que fosse reeditado o belo evento junto às famosas chaminés.

Imagens do Pink Floyd iluminando a Battersea Power Station apareceram em todas as mídias sociais, com a banda promovendo seu novo remix recém-lançado do álbum Animals, de 1977.

Pink Floyd lança, enfim, a versão remixada de "Animals"; ouça.

A banda divulgou imagens de Battersea na semana passada nas mídias sociais, sugerindo que algo pode estar acontecendo e agora eles acenderam a estação de energia renovada, que ficou famosa como pano de fundo para a capa do álbum original "Animals".

"Para marcar o lançamento do "Pink Floyd's Animals 2018 Remix", a Battersea Power Station de Londres será uma tela eminentemente adequada na próxima quarta e quinta-feira, entre 20h30 e 23h, com uma prévia na noite de terça-feira ao mesmo tempo, como um teste."

Você pode ver imagens do novo show de luzes deslumbrantes abaixo. Infelizmente, não há sinal de Algie, o porco, que ficou famoso por se libertar de suas amarras em dezembro de 1976, quando ocorreu a sessão de fotos original do Hipgnosis para a capa do álbum.

Então a história continua, o fotógrafo, que estava de prontidão na filmagem no primeiro dia, não foi instruído a retornar para o segundo dia. O mau tempo significava que o porco inflável não foi usado. No segundo dia, uma rajada de vento arrancou Algie de suas amarras, mandando-o para o céu, forçando o cancelamento dos voos de Heathrow (os pilotos até avistaram o enorme porco no ar). Ele acabou sendo encontrado no campo de um fazendeiro em Kent, consertado e voltou para fotografar a agora icônica capa do álbum.

A capa do recente álbum de remixes do Pink Floyd mostra uma visão mais contemporânea de Battersea com um porco rosa flutuando entre as chaminés, mas o horizonte mudou desde então devido aos trabalhos de modernização em andamento. De acordo com o site oficial, a antiga central elétrica deverá reabrir como espaço de lazer e entretenimento a 14 de outubro de 2022.

Via LOUDERSOUND.

Assista ao vídeo e veja as magníficas fotos:

quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Retratos feitos com Inteligência Artificial mostram como seriam hoje John Lennon, Jimi Hendrix, Kurt Cobain e outros

Intitulado “As If Nothing Happened”, os retratos incluem também Freddie Mercury, Elvis Presley, etc.

Em uma nova série de retratos de celebridades, um fotógrafo imaginou como alguns dos maiores nomes do mundo da guitarra seriam se ainda estivessem vivos em 2022.

Você já se perguntou como John Lennon, Kurt Cobain ou Jimi Hendrix seriam se ainda estivessem por aí hoje? O fotógrafo Alper Yesiltas tentou responder a essa pergunta, criando uma série de imagens intituladas "Como se nada acontecesse".

Usando a tecnologia de AI, o artista adaptou artificialmente fotos de alguns dos guitarristas mais famosos de todos os tempos, gerando um retrato de como ele acha que eles ficariam se não tivessem falecido prematuramente.

Com o desenvolvimento da tecnologia de AI, fiquei empolgado por um tempo, pensando que ‘qualquer coisa imaginável pode ser mostrada na realidade'”, escreveu Yesiltas no post original, descrevendo por que ele buscou o projeto. “Quando comecei a mexer com tecnologia, vi o que podia fazer e pensei no que me faria mais feliz. Eu queria ver algumas das pessoas que eu perdi novamente na minha frente e foi assim que esse projeto surgiu.

A parte mais difícil do processo criativo para mim é fazer com que a imagem pareça ‘real’ para mim”, continua ele a escrever. “O momento que mais gosto é quando acho que a imagem à minha frente parece muito realista, como se tivesse sido tirada por um fotógrafo.

Músicos como Janis Joplin, Freddie Mercury, Michael Jackson e Elvis Presley também estão incluídos na gama de retratos, além de rostos famosos do mundo do cinema, como Heath Ledger e Bruce Lee.

Explicando como ele renderizou as dez imagens usadas no projeto, Yesiltas afirma que usou software, incluindo o aprimorador de fotos AI Remini e os programas de edição de fotos VSCO e Adobe Lightroom.

Em outra parte de seu post inicial, o criador também admite que pretende estender o projeto no futuro, possivelmente sob o novo título de Life in 2050.

Via GUITAR.COM

Veja abaixo no trabalho de  Alper Yesiltas, como seriam hoje John Lennon, Kurt Cobain, Freddie Mercury, Elvis Presley e Janis Joplin, além de Jimi Hendrix no início desta matéria.

 

Veja a coleção completa de retratos no post do fotógrafo.

segunda-feira, 12 de setembro de 2022

ELP: Carl Palmer anuncia a “Welcome Back, My Friends” 50th anniversary tour

Shows trarão interações as imagens dos saudosos Keith Emerson e Greg Lake.

Você nunca viu um show como o que Emerson, Lake e Palmer planeja para sua próxima turnê de 50 anos de “Welcome Back, My Friends”.

O último membro sobrevivente, Carl Palmer, fará uma turnê com sua banda e tocará ao vivo ao lado de imagens de Keith Emerson e Greg Lake projetadas em grandes paredes de vídeo.

O site de Emerson, Lake and Palmer compara esses shows com a recente “Got Back Tour” de Paul McCartney, onde ele fez um dueto virtual com John Lennon.

Os fãs podem esperar ouvir hits, como "Lucky Man", "From The Beginning" e "Karn Evil 9", em todos os shows, mas é melhor agir rápido.

Esta turnê experimental já tem cinco datas em seu calendário.

Isso inclui grandes shows na 2300 Arena da Filadélfia em 18 de novembro, Wayne, Shea Center em Nova Jersey em 22 de novembro e na Prefeitura de Nova York em 25 de novembro.

Se você espera assistir ao grupo ao vivo, pode encontrar ingressos em sites como Vivid Seats, Ticketmaster e TicketCity.

Os usuários iniciantes do Vivid Seats podem economizar US$ 20 em pedidos de ingressos acima de US$ 200 com o código promocional NJ20 no checkout.

Na TicketCity, economize $ 15 em pedidos acima de $ 400 usando o código promocional TCITYSAVE15.

Um calendário completo com todas as datas da turnê do ELP, locais, horários de início dos shows e links para comprar ingressos está disponível aqui.

Outros roqueiros clássicos em turnê em 2022-2023

Muitos dos maiores artistas do passado estão trazendo todos os seus sucessos de volta ao palco.

Aqui estão cinco dos maiores artistas de rock clássico que você não vai querer perder ao vivo nos próximos meses:

Bruce Springsteen and the E Street Band

Ringo Starr

Eric Clapton

John Fogerty of Creedence Clearwater Revival

Yes.

Via NJ.COM

terça-feira, 6 de setembro de 2022

Bruce Dickinson voltará ao Brasil em 2023 para entoar o “Concerto For Group and Orchestra” e outros sucessos do Deep Purple

Frontman do Iron Maiden vem celebrando a grande obra do saudoso Jon Lord.

O jornalista José Norberto Flesch, conhecido por antecipar os grandes eventos do show business no Brasil, cravou que o vocalista Bruce Dickinson, que até o fim de semana último estava no Brasil para shows com o Iron Maiden, voltará ao nosso país para celebrar a obra “Concerto For Group and Orchestra”, composta pelo tecladista falecido do Deep Purple e originalmente apresentado no Royal Albert Hall em 1969, com a orquestra filarmônica de Londres conduzida por Malcom Arnold, registrado no álbum ao vivo da banda no mesmo ano e reapresentado 30 anos mais tarde, no mesmo local, dessa vez sobre a regência do maestro Paul Mann.

Iron Maiden: Bruce Dickinson perde a paciência com fã por usar sinalizador em show na Grécia.

Em 2012, no ano de sua morte, Jon Lord regravou em estúdio e também reeditou apresentações ao vivo da obra, e nela contou com os vocais de Bruce Dickinson e novamente com a regência de Paul Mann.

Dickinson voltou a se apresentar a peça com orquestra no ano passado em shows pelo continente europeu que contaram também com a participação de Roger Glover, baixista do Deep Purple.

No ano que vem a atração chegará ao Brasil, novamente sob a regência de Paul Mann, com Bruce Dickinson cantando, além das partes vocais do “Concerto For Group and Orchestra”, também outros sucessos do Purple, em datas e locais a seguir:

15/04/2023: São Paulo (Vibra São Paulo)

19/04/2023: Curitiba (Teatro Positivo)

21/04/2023: Rio de Janeiro (Vivo Rio)

25/04/2023: Porto Alegre (Auditório Araújo Vianna)

segunda-feira, 22 de agosto de 2022

Summer Breeze Brasil anuncia suas primeiras atrações para a sua 1ª edição no país

Mais atrações e informações sobre ingressos serão anunciadas em breve.

A organização do Summer Breeze, festival germânico tradicional de metal e rock que estreará no Brasil no Memorial da América Latina, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de abril próximos, anunciou neste fim de semana suas primeiras atrações.

Diferentemente do festival na Alemanha, por aqui o evento não se restringirá apenas à música pesada, abrindo o leque para outros estilos também.

Como bem apurou o IGORMIRANDASITE, serão três palcos para shows, além de atrações à parte envolvendo gastronomia diversa e com culinária alemã presente, feira geek, feira de cultura urbana e tatuagens e espaços kids com monitores. Também estão programadas sessões de autógrafos com músicos que se apresentarão, além da instalação de lojas com produtos ligados à temática principal do festival, bem como merchandising das bandas participantes.

Estão previstos ainda shows paralelos com algumas das atrações acontecendo na Audio, casa de eventos de São Paulo. As performances devem ser realizadas antes e após às datas do festival.

Confira abaixo as atrações já confirmadas:

Stone Temple Pilots

Avantasia

Kreator

Accept

Stratovarius

Sepultura

Testament

Marc Martel

Skid Row

Grave Digger

H.E.A.T

Shaman + Viper + Felipe Andreolli e Rafael Bittencourt celebrando Andre Matos

Benediction

Perturbator

Voodoo Kiss

Beast In Black

Project46

Crypta

João Gordo & Brutal Brega.

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Scorpions lança "Hammersmith", faixa bônus da edição inglesa de seu novo álbum; ouça


"Hammersmith" integra a edição bretã de "Rock Believer", 19º álbum de estúdio do Scorpions, que chegou em 25 de fevereiro último.

A banda Scorpions lançou hoje uma faixa bônus que integra somente a versão inglesa de seu mais recente trabalho de estúdio, "Rock Believer".

Trata-se de "Hammersmith", canção que homenageia a lendária casa de shows de mesmo nome na Inglaterra, que hoje se chama Eventim Apollo.

O vocalista Klaus Meine discorreu sobre a música:

Esta música nos leva de volta a uma época em que tocávamos nos clubes menores, apenas sonhando em poder tocar no templo do rock, o Hammersmith Odeon.

Scorpions lança clipe ao vivo (no estúdio) de "Gas In The Tank", canção do seu novo álbum; assista.

Scorpions lança "Seventh Sun", canção de seu novo álbum; ouça.

Scorpions lança faixa-título de seu novo álbum "Rock Believer"; ouça.

Scorpions lança clipe de "Peacemaker", canção de seu novo álbum; assista.

O trabalho é o primeiro com a bateria gravada pelo ex-Motörhead, Mikkey Dee, que co-assina esta canção, sendo a sua 1ª participação como compositor no Scorpions.

’Rock Believer’ traz a velha vibe de álbuns como ‘Blackout’, ‘Love at First Sting’ ou até ‘Lovedrive’. Nós tentamos focar nesses álbuns e nessa atitude. Se chegarmos lá… quem sabe, faz tantos anos. Mas esse é o espírito e é a vibe que nos cerca neste álbum. Dessa vez, o foco é nas músicas mais pesadas.” - declarou o frontman Klaus Meine.

Ouça "Hammersmith" no player abaixo:

Ouça "Rock Believer" no player abaixo:

Tracklist:

"Gas In The Tank"

"Roots In My Boots"

"Knock 'Em Dead"

"Rock Believer"

"Shining Of Your Soul"

"Seventh Sun"

"Hot And Cold"

"When I Lay My Bones To Rest"

"Peacemaker"

"Call Of The Wind"

"When You Know (Where You Come From)"

A Banda:

Klaus Meine: vocal

Rudolf Schenker: guitarra

Matthias Jabs: guitarra

Pawel Maciwoda: baixo

Mikkey Dee: bateria