Confraria Floydstock: notícias
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Black Sabbath: Políticos britânicos convocam a rainha para condecorar a banda

Um grupo de políticos britânicos está pedindo que os membros do Black Sabbath sejam homenageados por seus serviços à música.

Uma seleção transversal de MPs (membros do Parlamento) uniu forças com o líder do Conselho da Cidade de Birmingham, Ian Ward, e a vice-líder, a Conselheira Brigid Jones, e escreveu à rainha pedindo sua "intervenção direta".

O pedido vem menos de uma semana depois que o guitarrista do Sabbath, Tony Iommi, e o vocalista Ozzy Osbourne fizeram uma aparição surpresa juntos na cerimônia de encerramento dos Jogos da Commonwealth em Birmingham, que é sua cidade natal.

Khalid Mahmood, deputado trabalhista de Birmingham Perry Barr, também iniciou uma petição pedindo que a banda seja reconhecida por seus serviços à música e à cidade de Birmingham.

"Apesar de toda a sua fama global, eles mantiveram fortes ligações com Birmingham, demonstrado por seu desempenho surpresa na cerimônia de encerramento dos Jogos da Commonwealth", disse ele.

"Aprecio que este pedido não esteja dentro dos procedimentos normais de busca de honras reais. No entanto, sentimos que esta ocasião extraordinária merece um reconhecimento extraordinário deste extraordinário grupo de músicos", continuou a carta.

"Nós, portanto, buscamos a intervenção direta e o apoio de Vossa Majestade para reconhecer a grande contribuição feita por esses músicos excelentes e inovadores, que foram feitos em Birmingham e que mais uma vez não apenas entretiveram Birmingham, o Reino Unido e toda a Commonwealth mas talvez o mundo."

A formação original do Sabbath surgiu em 1969 com Iommi, Osbourne, Geezer Butler no baixo e Bill Ward na bateria. Essa formação gravou e excursionou até 1978, e periodicamente reformada nos anos 90 e 2000 para trabalhos ao vivo.

Eles se reagruparam novamente no final de 2011 para um novo álbum e turnê, embora Ward desistiu depois de alguns meses por questões financeiras. O Sabbath usou o baterista regular de turnê de Ozzy, Tommy Clufetos, desde então, para trabalhos ao vivo. Brad Wilk, do Rage Against The Machine, lançou as faixas de bateria em "13", que saiu em junho de 2013.

Em fevereiro de 2017, o grupo terminou a turnê "The End" em Birmingham, encerrando a carreira inovadora de 49 anos do quarteto.

"The End" foi a última turnê da banda porque Iommi, que foi diagnosticado com câncer em 2012 e está atualmente em remissão, não pode mais viajar por muito tempo.

O Sabbath escreveu e gravou seu álbum de reunião de 2013, "13", e excursionou por todo o mundo enquanto Iommi estava passando por tratamento para sua doença, com o guitarrista tendo que voar de volta para a Inglaterra a cada seis semanas.

Via BLABBERMOUTH.

Where’s My Bible se consagra campeão do concurso cultural Finlandês Come To Latin America

Público latino-americano elege Where’s My Bible campeão do primeiro concurso cultural de bandas promovido pelo Governo da Finlândia.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O concurso sem fins lucrativos Come To Latin America, financiado pelo Governo Finlandês, elegeu ontem (10/08) o grande campeão: Where’s My Bible. Eleito pelo público latino-americano a banda finlandesa que é de uma pequena cidade finlandesa chamada Heinola, faz uma mescla musical entre o Deathcore e o Death N Roll sendo a musicalmente mais extrema das três bandas finalistas.

O vocalista Jussi Matilainen comentou a grande conquista: “O concurso Come To Latin America foi algo novo e interessante desde o começo. É muito legal ser parte de um projeto assim que ajuda na exportação de bandas agora e no futuro. A sensação é surreal estar aqui como vencedor e nos sentimos felizes pela oportunidade. Vamos juntos e unir duas culturas diferentes!

Jussi complementa: “No momento estamos gravando o nosso novo álbum e queremos fazer uma turnê pela América Latina o mais breve possível. Não vemos a hora de testemunhas o público mais louco do Mundo e com uma bagagem cultural tão distinta, sem contar com todos por trás do concurso.Esperamos que vocês estejam prontos América Latina, por que nós certamente estamos. Vamos fazer uma grande festa. Gracias, Obrigado!

Formado por Jarno Laakkonen (baixo), Pasi Löfgrén (guitarra), Toni Hinkkala (guitarra), Jussi Matilainen (vocais) e Teppo Ristola (bateria) a banda se destacou pela forte proximidade com o público latino-americano em suas redes sociais.

Jussi, o vocalista da banda, gravou vídeos falando em espanhol e em português pedindo votos aos fãs de heavy metal da região latino-americana – ação que lhe rendeu muitos elogios de todos os países da América Latina – especialmente do Chile.

Com seu último EP chamado “Circle” lançado em 2022, Where’s My Bible faz uma reflexão sobre a depressão e a luta pela sanidade entre as estações do ano sendo elas Verão, Primavera, Outono e Inverno.

Where’s My Bible recebe como vencedora da competição um acordo de distribuição com a Nuclear Blast por meio da subsidiária Blood Blast Digital Distribution – uma das maiores gravadoras do nicho do Mundo e que atua como parceira da iniciativa.

David Kaiser, Diretor Executivo da Blood Blast Digital Distribution comentou: “Estamos muito felizes em anunciar WHERE’S MY BIBLE como a campeã do projeto musical e cultural Come To Latin America e dá as boas vindas ao cast da Blood Blast Digital Distribution. Parabéns também as outras duas bandas finalistas. Todos deram o seu melhor e nos surpreenderam com a alta qualidade de seu material. Agora os fãs na América do Sul decidiram! Logo eles ouvirão músicas do primeiro álbum de estúdio e terão a oportunidade de ver a banda ao vivo num palco. Fiquem ligados!

O Projeto Come to Latin America

O Metal pode ser considerado um pária em muitas nações do globo, entretanto, na Finlândia este é um estilo musical presente na cultura e bastante prestigiado pela população, com ampla presença nas grandes mídias, rádios e, portanto, na vida dos habitantes do país.

Uma das ações de maior abrangência do governo para fomentar à cultura local é o financiado de projetos através do Ministério da Educação e Cultura. Em pauta neste momento temos o concurso “Come to Latin America”, destinado a bandas emergentes de metal finlandês, com o objetivo de difundir a música, promover a cultura do país e colaborar com a quebrar alguns preconceitos que ainda existem em torno o estilo de música, heavy metal. O projeto em formato híbrido prevê alcançar aproximadamente 10 milhões de pessoas entre jurados, público participante e atrações. 

O júri do concurso "Come to Latin America", formado por mais de 100 músicos latino-americanos, jornalistas, radialistas, organizadores de festivais e profissionais ligados ao entretenimento ao vivo, escolheu as três bandas finalistas e agora será a vez do público latino-americano escolher o vencedor.

O “Come to Latin America” é um projeto que visa o intercâmbio e o fomento cultural da Finlândia para o mundo, e que cujo capítulo que estamos vivendo agora é o primeiro de muitos outros.

Come To Latin America obteve um engajamento significativo na mídia sendo o concurso mencionado em diversos meios de comunicação especializada em música como também veículos que abordam a temática cultural.

Niina Fu, idealizadora do concurso comentou: “Estamos muito felizes com o retorno da mídia latino-americana para o projeto. Recebemos atenção de grandes veículos e tivemos retorno de jornalistas de grande prestígio em nosso mercado. Um dos momentos mais importantes do concurso foi a grande interação que a banda teve com novos fãs da América Latina – o que para nós é uma grande vitória”.

Fu complementou: “Esperamos sinceramente que este projeto aumente o diálogo cultural entre a Finlândia e a América Latina e que o Heavy Metal una espiritualmente todos aqueles que anseiam por música”.

Os próximos passos do projeto é tentar organizar uma turnê latino-americana com a banda vencedora.

Info: https://www.cometolatinamerica.fi/

segunda-feira, 8 de agosto de 2022

Wacken Open Air vende todos os ingressos em seis horas para a edição de 2023

Ingressos para 2023 se esgotaram logo após o fim da edição 2022, sendo o sold out mais rápido da história do festival.

A edição de 2022 do Wacken Open Air, foi findada há pouco menos de dois dias e os promotores já podem confirmar que a edição do próximo ano do festival anual de metal esgotou. Em seis horas, 80.000 ingressos para o Wacken Open Air de 2023 foram vendidos. Isso marca a venda mais rápida da história do Wacken.

Os organizadores do Wacken Open Air disseram em um comunicado: "Metalheads! Não podemos acreditar no que acabou de acontecer: o Wacken Open Air 2023 está completamente esgotado após um tempo recorde de 6 horas - todos os 80.000 ingressos estão esgotados! Obrigado por sua incrível fidelidade , o apoio e a confiança que vocês nos dão!"

Eles acrescentaram: "Vocês são os melhores fãs do mundo! Então, mal podemos esperar para celebrar outra festa de metal superlativa com vocês no ano que vem. Esperamos por muitas outras grandes bandas e um festival com o qual nós os levaremos de volta à idade. dos Vikings - oficialmente em quatro dias em vez de três!"

O promotor Thomas Jensen acrescentou: "Um festival com ingressos esgotados nesse período de tempo - inacreditável. E especialmente nestes tempos, o apoio da comunidade é extremamente importante.

Ainda estamos tirando a poeira do Open Air deste ano e agora, graças à confiança de nossos fãs, podemos continuar a nos concentrar totalmente no programa em 2023 sob o lema 'Vikings', que terá um ou dois destaques além do grande Iron Maiden!"

"Esta é uma enorme prova de confiança dos nossos fãs e agradecemos muito", disse o promotor Holger Hübner. “Isso nos permite impulsionar o Wacken Open Air e desenvolver vários projetos e temas ao lado do faturamento, que anunciaremos durante o ano”.

Como relatado anteriormente, as lendas britânicas do heavy metal Iron Maiden serão a atração principal da edição do próximo ano do Wacken Open Air, que acontecerá de 2 a 5 de agosto de 2023.

O Wacken Open Air acontece anualmente na vila de Wacken, que tem uma população de apenas cerca de 2.000 habitantes.

Até 85.000 pessoas participam do evento, que tem 32 anos.

O primeiro evento Wacken Open Air em 1990 atraiu menos de 800 pessoas, mas desde então cresceu e se tornou o maior festival ao ar livre do gênero.

Cerca de 30% viajam de outros países para o festival, que nos últimos anos vem crescendo em popularidade.

Até agora, os seguintes artistas foram confirmados para a edição de 2023 do Wacken Open Air:

IRON MAIDEN

MEGADETH

THE DROPKICK MURPHYS

WARDRUNA

JINJER

BEARTOOTH

TWO STEPS FROM HELL

ENSIFERUM

DEICIDE

PENTAGRAM

NERVOSA

BURNING WITCHES.

200 bandas se apresentaram no Wacken Open Air deste ano, incluindo os headliners Slipknot, Powerwolf e Judas Priest.

O Wacken Open Air foi forçado a fazer uma pausa por dois anos devido às restrições do coronavírus.

O evento normalmente não anuncia os nomes de seus headliners antes de os ingressos começarem a ser vendidos. Ainda assim, o festival costuma esgotar em poucas horas.

O festival também não vende acesso VIP ou upgrades e todas as compras são para todos os dias sem a opção de ingresso de um dia, algo que eles eliminaram há quase duas décadas.

Via BLABBERMOUTH.

sábado, 6 de agosto de 2022

Wacken Open Air anuncia as primeiras atrações para 2023, incluindo banda brasileira

Antes mesmo do fim da edição de 2022 nesta noite, a organização do Wacken Open Air já adiantou algumas das suas atrações para 2023, que acontecerá entre os dias 2 e 5 de agosto.

Dentre elas, como você pode conferir na imagem no fim deste post, estão headliners como Iron Maiden e o Megadeth.

Outro destaque é a presença da banda brasileira Nervosa, que anteriormente havia sido convidada para 2020, porém com a pandemia da COVID-19 e o cancelamento das edições de 2020 e 2021, a estreia da banda no gigantesco festival germânico acontecerá em 2023.

Vale lembrar que na edição de 2022 que acaba hoje, tivemos a presença da Crypta, banda das egressa da Nervosa, a baixista e vocalista Fernanda Lira e a baterista Luana Dametto.

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

Morreu Jô Soares

Ator, dramaturgo, diretor, escritor, músico e apresentador tinha 84 anos e sofria com uma pneumonia.

Faleceu nesta madrugada o multi-artista José Eugênio Soares, ou Jô Soares, sucumbindo à pneumonia da qual tratava desde 28 de julho último, no Hospital Sírio Libanês em São Paulo.

Em nota, sua esposa noticiou:

 “Faleceu há alguns minutos o ator, humorista, diretor e escritor Jô Soares. Nos deixou no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, cercado de amor e cuidados.

O funeral será apenas para família e amigos próximos.

Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida.

A vida de um cara apaixonado pelo país aonde nasceu e escolheu viver, para tentar transformar, através do riso, num lugar melhor.

Viva você meu Bitiko, Bolota, Miudeza, Bichinho, Porcaria, Gorducho. Você é orgulho pra todo mundo que compartilhou de alguma forma a vida com você. Agradeço aos senhores Tempo e Espaço, por terem me dado a sorte de deixar nossas vidas se cruzarem. Obrigada pelas risadas de dar asma, por nossas casas do meu jeito, pelas viagens aos lugares mais chiques e mais mequetrefes, pela quantidade de filmes, que você achava uma sorte eu não lembrar pra ver de novo, e pela quantidade indecente de sorvete que a gente tomou assistindo.

Obrigada para sempre, pelas alegrias e também pelos sofrimentos que nos causamos. Até esses nos fizeram mais e melhores

Amor eterno, sua,

Bitika”.

Jô Soares era carioca e quando jovem estudou no Rio, mas logo mudou-se para Suíça no intuito primeiro de tornar-se diplomata, mas foi vencido pela paixão da veia artística e já na década de 50, estreou na televisão brasileira em “Praça da Alegria” (1956) na Record.

Na década de 80, já na Rede Globo, fez o Brasil rir com "Viva o Gordo", até se transferir para o SBT e estrear como apresentador no talk show "Jô Soares - Onze e Meia", onde passou a ser figura tradicional dos fins de noite da televisão, entrevistando míríades de convidados, entre artistas e anônimos, além de sua impagável interação com os músicos do a princípio quarteto Onze e Meia (que depois se tornaria quinteto e a seguir sexteto). Foi lá que Raul Seixas, por exemplo, deu sua última entrevista, antes de falecer no mês seguinte.

Em 2000, Jô retorna à Globo, agora com o "Programa do Jô", reestreando inclusive entrevistando o "dono da casa", Roberto Marinho. Por lá, Jõ ficaria por mais 16 anos.

Além da televisão, Jô escrevia e dirigia peças de teatro, escreveu livros, que se tornaram filmes e também tinha sua veia musical, sendo amante incondicional de jazz, tocando inúmeras vezes com seu Sexteto.

quinta-feira, 4 de agosto de 2022

Roger Waters homenageia Marielle Franco em sua turnê pela América do Norte

Nome da vereadora carioca assassinada vem sendo projetado nos telões dos shows do eterno líder floydiano.

Em sua atual turnê pelos EUA, Roger Waters novamente tem prestado homenagens à Marielle Franco, como fizera em sua passagem pelo Brasil em 2018, no show do Maracanã.

O nome da vereadora, covardemente morta no Rio de Janeiro em março daquele ano, agora vem sendo projetado por Waters em suas apresentações pela turnê This is not a drill, junto com os de outros paladinos dos Direitos Humanos.

Veja nas imagens abaixo, além da imagem na parte superior deste texto.

terça-feira, 2 de agosto de 2022

Wacken Open Air 2022: confira os shows que terão transmissão online

Maior festival de rock e metal da Europa retorna amanhã na Alemanha.

Após 3 anos de pausa, o festival germânico Wacken Open Air está de volta em 2022.

Com as edições de 2020 e 2021 canceladas devido à pandemia da COVID_19, a administração do evento, que acontece desde 1990, promete entregar sua edição mais pujante, pra voltar em grande estilo.

E uma mostra disso é o número de concertos que serão mostrados online desta vez, o maior até aqui, confira nos diagramas abaixo a nota oficial e todas as apresentações dos artistas e bandas que serão transmitidas ao vivo, pelo site magenta musik, lembrando que o fuso-horário de Brasília, cada show começará 5 horas antes do indicado nas imagens.

"Finalmente Wacken novamente! Tivemos que ficar sem ele por tanto tempo, agora está finalmente de volta - o festival de heavy metal mais famoso do mundo. De 4 a 6 de agosto de 2022 e em 3 de agosto, a vila Schleswig-Holstein de Wacken se tornará uma meca para os metaleiros. A Telekom mostra o W:O:A 2022 na MagentaTV ou na transmissão ao vivo gratuita na MagentaMusik.

Finalmente! Depois de dois anos sendo forçado a fazer uma pausa devido à pandemia, Wacken está fazendo mosh novamente como planejado. Com muitos especiais: Duas transmissões garantem a sensação final do festival: Além das apresentações nos Palcos Harder e Faster, os destaques do Palco Louder e do Bullhead City Circus serão exibidos em uma transmissão adicional. Além disso, a Telekom já está transmitindo o programa bônus no Wacken Wednesday. Seja online ou no local : as transmissões de cinco estágios fazem os dispositivos tremerem.

Palcos Harder, Faster, Louder - o line-up:

Ansiosos por velhos conhecidos, novos destaques e músicos realmente excepcionais - o line-up do W:O:A 2022 tem muito a oferecer: pela terceira vez no Wacken Open Air deste ano, a banda finlandesa Lordi apresentará momentos metálicos. Pela primeira vez, mas de forma alguma desconhecida, é a banda Slipknot. Corey Taylor, Shawn Crahan & Co vão realmente esquentar e, junto com outras bandas como Thundermother, Powerwolf e Rose Tattoo, vão garantir experiências espetaculares em shows. Se você quiser ainda mais variedade musical, confira os shows de Alligatoah e Ann Wilson.

Devido à situação atual, ainda pode haver mudanças no programa."

Os shows transmitidos e seus respectivos horários no horário central europeu (em Brasília 5 horas a menos):

Quarta-feira (03/08)


Quinta-feira (04/08)


Sexta-feira (05/08)


Sábado (06/08)

segunda-feira, 1 de agosto de 2022

Morreu a atriz e cantora Nichelle Nichols, a tenente Uhura de “Star Trek”

Ela ajudou a inovar na TV ao mostrar uma mulher negra em posição de autoridade e que compartilhou com William Shatner um dos primeiros beijos inter-raciais no horário nobre da televisão americana.

Nichelle Nichols, uma atriz cujo papel como chefe de comunicação Uhura na franquia original “Star Trek” nos anos 1960 ajudou a inovar na TV ao mostrar uma mulher negra em uma posição de autoridade e que dividia com o protagonista William Shatner uma das primeiros beijos interraciais no horário nobre da televisão americana, morreu em 30 de julho em Silver City, N.M. Ela tinha 89 anos.

Seu filho, Kyle Johnson, anunciou a morte no Facebook. Seu ex-agente Zachery McGinnis também confirmou a morte, mas não deu mais detalhes. A Sra. Nichols teve um derrame em 2015.

Na noite passada (sábado, 30 de julho), minha mãe, Nichelle Nichols, sucumbiu por causas naturais e veio a falecer. Sua luz, de qualquer forma, como as antigas galáxias que agora estão sendo vistas pela primeira vez, vai continuar para nós e para que as futuras gerações a aproveitem, aprendam com ela e se inspirem. Sua vida foi bem vivida e foi um modelo para todos nós.

Nichols, uma dançarina escultural e cantora de boate, teve alguns créditos de atuação quando foi escalada para “Star Trek”. Ela disse que via a série de TV como um "bom trampolim" para o estrelato da Broadway, dificilmente prevendo que um show de ficção científica de baixa tecnologia se tornaria um marco cultural e lhe traria um reconhecimento duradouro.

Star Trek” quebrou barreiras de muitas maneiras. Enquanto outros programas de rede da época ofereciam bruxas domésticas e cavalos falantes, “Star Trek” trazia contos alegóricos sobre violência, preconceito e guerra, os problemas sociais da época, sob o disfarce de uma aventura intergaláctica do século 23. O show contou com membros do elenco negros e asiáticos em papéis coadjuvantes, mas ainda assim visíveis e não estereotipados.

A Sra. Nichols trabalhou com o criador da série Gene Roddenberry, seu antigo amante, para imbuir Uhura de autoridade, uma mudança marcante para uma atriz negra da TV quando “Star Trek” estreou na NBC em 1966. Quando adolescente, ela gritou para sua família: “Venha rápido, venha rápido. Há uma senhora negra na televisão e ela não é empregada!

Na ponte da nave estelar Enterprise, em um minivestido vermelho que lhe permitia exibir as pernas de dançarina, Nichols se destacou entre os oficiais que eram todos homens. Uhura foi apresentado com naturalidade como o quarto no comando, exemplificando um futuro esperançoso quando os negros desfrutariam de plena igualdade.

O programa recebeu críticas e classificações medianas e foi cancelado após três temporadas, mas se tornou um dos pilares da TV na distribuição. Uma animação “Star Trek” foi ao ar no início dos anos 1970, com a Sra. Nichols dublando Uhura. Comunidades de fãs conhecidos como “Trekkies” ou “Trekkers” logo irromperam em convenções de grande escala onde eles se vestiam como personagens.

A Sra. Nichols reprisou Uhura, promovido de tenente a comandante, em seis longas-metragens entre 1979 e 1991 que ajudaram a tornar “Star Trek” um rolo compressor. Ela foi acompanhada por grande parte do elenco original, que incluía Shatner como o heróico capitão, James T. Kirk, e Leonard Nimoy como o oficial de ciências meio-humano e meio-vulcano Spock; DeForest Kelley como o azedo Dr. McCoy; George Takei como timoneiro da Enterprise, Sulu; James Doohan como o engenheiro-chefe, Scotty; e Walter Koenig como o navegador, Chekov.

Nichols disse que Roddenberry permitiu que ela nomeasse Uhura, que ela disse ser uma versão feminizada de uma palavra suaíli para “liberdade”. Ela imaginou seu personagem como um renomado linguista que, de um console piscante na ponte, preside uma equipe de comunicações oculta nas entranhas da espaçonave.

Mas no final da primeira temporada, ela disse, seu papel havia sido reduzido a pouco mais do que uma “glorificada operadora de telefonia no espaço”, lembrada por sua frase frequentemente citada para o capitão: “Frequências de saudação abertas, senhor”.

Em seu livro de memórias de 1994, “Beyond Uhura”, ela disse que, durante as filmagens, suas falas e as de outros atores coadjuvantes eram rotineiramente cortadas. Ela culpou Shatner, a quem chamou de “egoísta insensível e ofensivo” que usou seu faturamento de estrela para monopolizar os holofotes. Ela também disse que o pessoal do estúdio tentou minar seu poder de negociação de contratos escondendo suas amplas cartas de fãs.

Anos depois, a Sra. Nichols afirmou em entrevistas que ela ameaçou sair durante a primeira temporada, mas reconsiderou depois de conhecer o líder dos direitos civis Martin Luther King Jr. em um evento de arrecadação de fundos da NAACP. Ela disse que ele se apresentou como fã e ficou visivelmente horrorizado quando ela explicou seu desejo de abandonar seu papel, um dos poucos papéis não-servis para negros na televisão.

Elenco principal de Star Trek durante as filmagens 

Por causa de Martin”, ela disse ao site “Entertainment Tonight”, “eu olhei para o trabalho de forma diferente. Havia algo mais do que apenas um trabalho.

Seu momento mais proeminente em “Star Trek” veio em um episódio de 1968, “Plato’s Stepchildren”, sobre um grupo de seres “superiores” que usam o controle mental para fazer a tripulação visitante da Enterprise se submeter à sua vontade. Eles forçam Kirk e Uhura, colegas platônicos, a se beijarem apaixonadamente.

Nas últimas décadas, a Sra. Nichols e Shatner divulgaram o beijo como um evento marcante que foi altamente controverso dentro da rede. Não atraiu quase nenhuma atenção do público na época, talvez por causa das classificações mornas do programa, mas também porque os filmes de Hollywood já haviam quebrado esses tabus. Um ano antes do episódio de “Star Trek”, a NBC havia exibido Nancy Sinatra e Sammy Davis Jr. dando um beijo na boca um do outro durante um especial de TV.

Star Trek” saiu do ar em 1969, mas a contínua associação de Nichols com Uhura nas convenções de Trekkie levou a um contrato da NASA em 1977 para ajudar a recrutar mulheres e minorias para o nascente corpo de astronautas do ônibus espacial.

Historiadores da Nasa disseram que sua campanha de recrutamento, a primeira desde 1969, teve muitas pontas, e o impacto específico de Nichols como embaixadora itinerante foi modesto. Mas a turma de astronautas de 1978 tinha seis mulheres, três homens negros e um homem asiático-americano entre os 35 escolhidos.

Grace Dell Nichols, filha de um químico e dona de casa, nasceu em Robbins, Illinois, em 28 de dezembro de 1932, e cresceu nas proximidades de Chicago.

Depois de estudar balé clássico e dança afro-cubana, ela fez sua estreia profissional aos 14 anos no College Inn, um clube de jantar da alta sociedade de Chicago. Sua performance, em homenagem à pioneira dançarina negra Katherine Dunham, supostamente impressionou o líder da banda Duke Ellington, que estava na plateia. Alguns anos depois, recém-rebatizada Nichelle, ela apareceu brevemente em seu show itinerante como dançarina e cantora.

Aos 18 anos, ela se casou com Foster Johnson, um sapateador 15 anos mais velho que ela. Eles tiveram um filho antes de se divorciar. Como mãe solteira, a Sra. Nichols continuou trabalhando no circuito de boates.

No final dos anos 1950, ela se mudou para Los Angeles e entrou em um ambiente cultural que incluía Pearl Bailey, Sidney Poitier e Sammy Davis Jr., com quem ela teve o que descreveu como um caso “curto, tempestuoso e emocionante”. Ela conseguiu um papel não creditado na versão cinematográfica do diretor Otto Preminger de “Porgy and Bess” (1959) e ajudou seu então namorado, ator e diretor Frank Silvera, em suas encenações teatrais.

Em 1963, ela ganhou um papel convidado em "The Lieutenant", um drama militar da NBC criado por Roddenberry. Ela começou um caso com Roddenberry, que era casado, mas rompeu quando descobriu que ele também estava seriamente envolvido com a atriz Majel Barrett. “Eu não poderia ser a outra mulher para a outra mulher”, ela escreveu em “Beyond Uhura”. (Roddenberry mais tarde se casou com Barrett, que interpretou uma enfermeira em “Star Trek”.)

O segundo casamento de Nichols, com o compositor e arranjador Duke Mondy, terminou em divórcio. Além de seu filho, Kyle Johnson, ator que estrelou o filme de 1969 do roteirista e diretor Gordon Parks, “A Árvore do Aprendizado”, uma lista completa de sobreviventes não estava disponível imediatamente.

Depois de seu papel em “Star Trek”, Nichols interpretou uma madame dura ao lado de Isaac Hayes no filme de 1974 “Truck Turner”. Por muitos anos, ela realizou um show de uma mulher homenageando artistas negros como Lena Horne, Eartha Kitt e Leontyne Price. Ela também foi creditada como co-autora de dois romances de ficção científica com uma heroína chamada Saturna.

A Sra. Nichols não apareceu no diretor J.J. O reboot do filme “Star Trek” de Abrams, que incluiu a atriz Zoe Saldana como Uhura. Mas ela corajosamente continuou a promover a franquia e falou com franqueza sobre sua parte em um papel que eclipsou todos os outros.

Se você precisa ser estereotipado”, disse Nichols ao serviço de notícias UPI, “pelo menos é alguém com dignidade”.

Via WASHINGTON POST.

Elenco principal de Star Trek em evento, 1986.

terça-feira, 26 de julho de 2022

Epica transmitirá online o show de seus 20 anos de carreira

Banda neerlandesa vem celebrando suas 2 primeiras décadas de carreira em 2022.

Este ano a banda Epica está chegando aos seus 20 anos de estrada. E no auge das festividades a banda fará um grande show no Poppodium 013, em Tilburgo na Holanda, país natal da banda, no dia 3 de setembro próximo.

Com todos os ingressos já esgotados, a banda resolveu transmitir online e on demand o concerto, com ingressos podendo ser adquiridos no site oficial do grupo.


Epica no Brasil: cancelados os shows em Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro.




Leia abaixo o comunicado oficial do Epica:

"🚨ALERTA DE TRANSMISSÃO AO VIVO! 🚨 Estamos 🥳 tão entusiasmados por celebrar o nosso SHOW do 20º ANIVERSÁRIO com todos vocês🥳! 🎫Ingressos antecipados 🎫 estão disponíveis em epicastream.com até 12 de agosto, por isso CORRA para comprar! A mercadoria da edição limitada só estará disponível lá ou no show.
Como Tilburgo está longe para muitos dos nossos fãs mundiais e com o Poppodium 013 esgotado (obrigado! ), sabíamos que tínhamos de encontrar uma maneira de trazer isto aos EPICANS EM TODO LUGAR! Este será um pró-shot com áudio de alta qualidade, vários convidados e muitas surpresas na setlist.
Quem está sintonizando?!"

Rage Against the Machine: Tom Morello cai do palco ao ser empurrado sem querer por segurança; assista


A
cidente aconteceu depois que fã invadiu o palco durante "Killing in the Name".

Diga o que quiser sobre o Rage Against the Machine, mas ninguém poderia chamar a turnê de reunião do "Public Service Announcement" sem intercorrências. Como se os agitadores do rap-metal fazendo seus primeiros shows em mais de 10 anos não fossem grandes notícias o suficiente, a jornada foi marcada por acidentes e lesões.

Primeiro, apenas na segunda parada da turnê, Zack de la Rocha machucou a perna, o vocalista tem se apresentado principalmente sentado desde então. Então no sábado (23 de julho) em Toronto, um fã invadiu o palco durante a música final da noite, "Killing in the Name", e em meio ao caos, os seguranças acidentalmente acertaram o guitarrista Tom Morello, derrubando-o e caindo da frente do palco. O incidente ocorre por volta da marca de 1:00 no vídeo.

Demorou um segundo para de la Rocha perceber o que havia acontecido, mas assim que percebeu, ele rapidamente interrompeu a apresentação: "Espere! Espere!" Felizmente, Morello não parecia estar seriamente ferido, e ficou de pé, batendo os punhos para a multidão exultante – e para os rugidos comemorativos do vocalista. RATM rapidamente se reagrupou e recomeçou a música, terminando o show com uma nota triunfante.

O incidente ofuscou o que teria sido a manchete do show da noite passada: Rage estreando um cover ao vivo de "Close Your Eyes (And Count to Fuck)" do Run the Jewels. Assista abaixo.

Via REVOLVER.

sábado, 23 de julho de 2022

Deep Purple: Steve Morse anuncia sua saída da banda

Guitarrista irá se dedicar a cuidar de sua esposa, que luta contra um câncer.

Steve Morse deixou o Deep Purple permanentemente para cuidar de sua esposa, Janine, que tem câncer.  No início de março, o guitarrista anunciou que faria um hiato da banda, na esperança de retornar ao grupo assim que sua saúde melhorasse.

Em um comunicado compartilhado na página oficial do Deep Purple no Facebook, Morse disse que não havia como ele se comprometer com turnês nessas circunstâncias. A situação veio à tona no outono passado, quando Morse teve que deixar uma sessão de composição na Alemanha, após o que ele sugeriu à banda que eles poderiam precisar de um substituto.  Simon McBride entrou na programação da turnê quando Morse anunciou seu hiato.

 “Quase um ano depois, estamos aprendendo a aceitar o câncer agressivo de estágio 4 e o tratamento de quimioterapia pelo resto da vida”, escreveu Morse.  “Nós dois sentimos falta de estar em shows, mas eu simplesmente não podia me comprometer com turnês longas ou distantes, já que as coisas podem mudar rapidamente em casa.  Eu sugeri arranjar um guitarrista substituto no outono passado, esperando que pudéssemos ver a cura milagrosa do câncer de que todos nós já ouvimos falar.  Com o passar do tempo, pude ver como as coisas estavam indo, depois de 28 anos na banda.

O último show de Morse com o Deep Purple foi no Rock Legends Cruise em 14 de fevereiro. Quanto ao seu substituto, Morse disse que McBride tinha o show “acertado”.

Agora estou entregando as chaves do cofre que guarda o segredo de como a introdução de Smoke on the Water de Ritchie foi gravada”, escreveu Morse. “Eu acho que você tem que balançar a chave corretamente porque eu nunca a abri.

Morse agradeceu aos fãs por transformarem “cada show de um ensaio geral em uma experiência estrondosa e emocionante” e disse que sentirá falta da banda e da equipe.

 “Ser o ajudante e defensor de Janine fez uma diferença real em muitos pontos-chave”, continuou ele. “À medida que Janine se ajusta às suas limitações, ela é capaz de fazer muitas coisas sozinha, então tentaremos fazer algumas turnês mais curtas com amigos para, espero, tirar nós dois de casa!

Morse se juntou ao Deep Purple em 1994, gravou oito álbuns de estúdio com a banda e é o guitarrista mais longevo da banda.  Prestando homenagem a ele, Ian Gillan descreveu Morse como um “gênio musical”.

Tomei conhecimento de Steve pela primeira vez através do Dixie Dregs, particularmente a faixa Take it off the Top, que foi a música tema do show de rock de Tommy Vance na BBC e me impressionou muito”, escreveu Gillan. “Eu não percebi na época que um dia eu teria a sorte de estar no palco com Steve e desfrutar de suas habilidades consumadas de perto e perigosas."

Via GUITAR WORLD.

quarta-feira, 20 de julho de 2022

Projeto "Come to Latin America" traz diversidade de estilos da capital do metal mundial

O Ministério da Educação e Cultura da Finlândia promove nova safra do heavy metal através de um intercâmbio cultural com a América Latina trazendo diversidade de estilos e oportunidade para novos artistas.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O Heavy Metal é um estilo muito presente na Finlândia e atualmente é um país considerado a capital do estilo no Mundo todo. O júri do concurso 'Come To Latin America' possui mais de cem especialistas em música. Entre eles há músicos latino-americanos, jornalistas, radialistas, organizadores de festivais e profissionais ligados ao entretenimento ao vivo, votaram em três bandas finalistas. Mas para que estas três pudessem ser escolhidas, tivemos dez semifinalistas filtrados de uma lista de mais de 136 bandas escolhidas por jornalistas e especialistas em música da Finlândia.

Abaixo um pouco mais dos dez semifinalistas que fazem parte da campanha 'Come To Latin America' e que estão conectados pelo mesmo desejo — vir á América Latina:

BLAME ME!

Blame Me! é um quarteto finlandês de Helsinki. O grupo é liderado pela vocalista Bini Silvennoinen e o grupo faz um rock alternativo contagiante. Com seu álbum de estreia 'The Invisible You' lançado em 2021, receberam a atenção da grande mídia especializada em seu país. Eles possuem hoje em dia 46.029 ouvintes apenas no Spotify e foi uma das dez, selecionadas para fazer parte da campanha “Come To Latin America".

As canções 'Fears Don't Matter', 'In The Shadows' e o ousado cover para a canção 'All The Things She Said', que ficou famosa com as russas do TaTu., tocadas em todas as rádios em seu país.

Recentemente a banda lançou um novo single chamado 'Musket Fire'. A canção já é a mais bem sucedida na plataforma digital Spotify, pois já foi escutada por mais de 15.000 vezes em uma semana apenas após lançamento. BLAME ME! está pronto para o Mundo e estão ansiosos para conhecer você.

FATAL EFFECT

FATAL EFFECT é um quinteto finlandês de Oulu. Liderada pelo vocalista Jim Junkkari a banda é uma grande pedrada nos seus tímpanos. O Thrash Metal de primeiríssima qualidade é apenas um dos pontos que chamou atenção dos jurados. Eles também fazem parte da seleção de dez bandas finalistas para a campanha Come To Latin America e hoje se prepara para lançar músicas inéditas em Julho. Os finlandeses têm se apresentado em festivais europeus como o Nummirock 2022 que ocorreu em 25 de Junho e também se apresentará no Qstock 2022 que ocorre no dia 29 de Julho.

Filmagens de bastidores estão sendo produzidas agora. O material usado para fazer um videoclipe para uma segunda música ainda está em desenvolvimento. Durante o festival Nummirock a banda fará o show que concorre para conseguir uma das vagas na final do Wacken Metal Battle na Finlândia. Se conseguirem consagrar-se campeões irão para o famoso festival Wacken Open Air disputar o lugar de campeão entre todas as bandas do Mundo.

Seu álbum mais recente, a pedrada “Roadkill” (2021) é um grande exemplo de como esta banda se preocupa em entregar violência com rapidez e absoluto peso!

FEASTEM

FEASTEM é uma banda de grindcore com fortes influências de bandas como NAPALM DEATH e NASUM. Rápidas e curtas, as faixas possuem elementos o suficiente para te manter interessado na música. Influências também do death e do trash metal são de fácil identificação. Músicas bem estruturadas e muito coerentes deixam ainda mais evidente de que o grindcore é o foco para estes finlandeses altamente agressivos.

'Fear In Concrete' lançado em 2011, é a menina dos olhos azuis da discografia e audição obrigatória para aqueles que ainda não sabem da existência da banda. O álbum mais recente da banda, o poderoso 'Graveyard Earth' (2020) foi destacado na imprensa finlandesa como um soco no estômago e eleito um dos melhores álbuns em seu estilo.

GARDENHEAD

O trio de Helsinki acabou de gravar e mixar o álbum de estreia auto-intitulado e estão procurando uma gravadora para ajudar no lançamento do material. Enquanto isto não acontece, a banda está se preparando para lançar no dia oito de Julho o próximo single chamado “Ghost to Ghost”. Como eles mesmo destacam a nova faixa ela será “mais açucarada e progressiva” do que as anteriores. O grupo já tem duas músicas disponíveis com seus respectivos videoclipes. Músicas como “Devoured” e “The Ordeal” possuem uma influência forte do stoner rock que remete muito a bandas como TOOL, The Queens Of The Stone Age e The Mars Volta.

I REVOLT

Um dos grupos mais pesados desta campanha COME TO LATIN AMERICA, I REVOLT é um quinteto que tem influências fortes de bandas como Lamb Of God, As I Lay Dying e Hatebreed trazendo um forte foco em riffs muito pesados. Já fizeram parte do Festival Pulse Of The Maggots Fest em 2020, um braço do consagrado festival Knotfest e do famoso Tuska Festival 2019 na Finlândia são algumas das conquistas das quais a banda se orgulha muito. A música “The Deep End” emplacou na lista de 50 músicas mais ouvidas no Spotify da Finlândia e com isto atingiram a impressionante quantidade de mais de um milhão de audições para a faixa. Os finlandeses terminaram as gravações do álbum de estreia e atualmente procuram uma forma de lançar ele.

LUNA KILLS

LUNA KILLS lançou o novo single “here for the drama” em Março deste ano e foi muito bem recebido por fãs e pela mídia. A música foi escolhida por uma das maiores rádios em seu país YleX como a melhor da semana (Uuden Musiikin X) e eles nomearam a banda como como a mais empolgante da cena rock finlandês.

Seu mais recente álbum “not to be bitter, but it helps” (2021) também gerou bastante barulho, pois o single “liar, liar” foi incluído em diversas playlists editoriais do Spotify. Notados com interesse pela mídia europeia com a faixa “honey trap” e ovacionada pela maior revista online de rock/metal Loudwire, LUNA KILLS é suave, mas agressivo ao mesmo tempo. Possuem uma forte influência do rock alternativo e recebe constantes comparações com bandas de renome como DON BROCO e Arctic Monkeys. Em entrevistas a banda costuma dizer que uma das maiores inspirações para sua música são os artistas Mick Gordon e Muse.

NOIRA

NOIRA possui um visual impactante e possui uma forte influência de ícones do new metal como KORN, DEFTONES com fortes elementos de MARILYN MANSON. Com a impactante “Parasite”, NOIRA produziu e masterizou este single com Jacob Hansen no estúdio Hansen, na Dinamarca. Um dos grandes destaques da banda é a interpretação da femme fatale Inka Inkinen em que ela mistura vocais gritados aos mais melódicos. Um detalhe curioso para ‘Parasite’ foi que os corais de crianças foram gravados numa escola primária perto de onde a banda mora, na Finlândia.

Parasite” possui letras baseadas em experiências da vocalista em que ela escreve sobre pessoas que apenas se interessam por você quando percebe que há valor para elas. O script para a música foi feito pela banda e eles queriam apresentar um curta para o tema clássico do cinema “vingança é um doce veneno” com uma pitada NOIRA. O clipe, filmado numa fábrica abandonada, dirigido, parcialmente filmado e editado pelo baterista Petri Inkinen.

ROJU

Alguém pediu por Nu-Metal? ROJU foi formada no meio da pandemia em 2020. Eles têm forte influência do nu-metal e muitos elementos também do metalcore, djent e do metal moderno. Riffs pesados e melodias cativantes destacam-se nesta talentosa banda da Finlândia. Com riffs pesados e melodias cativantes, o grupo motiva o público a cantar e criar rodas de mosh. Apesar de o grupo ser novo, estão inspirados e em pouco tempo de atividade já lançou quatro singles e um EP.

O single chamado apenas de "#9" lançado este ano, traz muita referência a bandas como Deftones, Korn e Slipknot. O videoclipe ‘Salvation’ lançado em Janeiro deste ano, traz um lyric video que faz uma reflexão sobre o preço que um Humano precisa pagar ao seguir um líder e caminhar para a prometida salvação. Tudo relacionado á banda hoje é criado e produzido por eles.

SACRED DIMENSION

SACRED DIMENSION é um quarteto que se identifica com o metalcore melódico. Os membros do grupo tocam junto há pelo menos dez anos e cada integrante tem uns 25 anos cada um. Com guitarra, baixo, bateria, um baixo e uma guitarra-teclado a banda projetou seu estilo para ter melodias memoráveis. Acrescente a elas breakdowns com solos de guitarra e muita mudança de ritmo. Uma receita que conforme eles sempre é bem vinda pelo público nos diversos palcos que tem pisado.

Os vocais são interpretados por três vocalistas diferentes deixando muito espaço para gritos, vocais guturais e cantos limpos. SACRED DIMENSION lançou este ano um novo single chamado 'White Dove's Crown' e a faixa já foi escutada 42.972 vezes na plataforma digital Spotify.

WHERE'S MY BIBLE

Um dos três finalistas desta campanha, WHERE'S MY BIBLE é a banda que mescla death e black metal com elementos do metal moderno e punk rock. Musicalmente, este quinteto possui um som muito complexo e cheio de detalhes. Com seu EP mais recente chamado 'Circle', a banda quis trazer á tona um tema recorrente no Mundo da música que são as doenças da mente e o problema ligado á depressão. Registro que possui quatro músicas, assimila este estado da mente às quatro estações do ano — Verão, Inverno, Primavera e Outono. WHERE'S MY BIBLE fez clipes para o EP que narram isto numa espécie de curta.

'Circle' é para a banda um marco histórico, pois é o momento em que decidiram fazer a música que estava em seus corações e que sentiam que precisava ser exposto para o Mundo. WHERE'S MY BIBLE tem orgulho de sua presença de palco e a considera muito enérgica como também notou a mídia especializada e aqueles que tiveram a chance de ver um show deles.

Para votar nos três finalistas, que são as bandas Luna Kills, Noira e Where's My Bible, uma plataforma interativa foi criada e já está no ar. Votos já estão liberados em: www.cometolatinamerica.fi

segunda-feira, 18 de julho de 2022

Eddie Vedder expulsa fã de show do Pearl Jam por agressão: “Nenhuma violência é permitida”

Uma mulher deu um soco em outro espectador no show da banda em Zurique depois de ficar irritada com ele filmando o show.

Uma fã do Pearl Jam foi expulsa do show da banda em Zurique pelo vocalista Eddie Vedder por começar uma briga com outro espectador.

A banda de Seattle estava tocando no Hallenstadion na cidade suíça como parte de sua turnê pelo Reino Unido e Europa.

Conforme relatado pelo Rock Feed, durante a apresentação da banda de 'Animal' no show, Vedder notou uma briga no meio da multidão e parou o show para abordar o suposto agressor.

"Acenda as luzes, por favor", disse ele. “Ei, ei, ei, ei, ei, eu vi a coisa toda, eu sei, estava te irritando. Você ficou chateada porque ele estava filmando o tempo todo.

Foi o show todo ou só agora? Só agora quando eu vim? Foi o tempo todo? Sim, você está filmando todo mundo.

Vedder acrescentou: “A coisa é, eu sei que isso te chateou, mas você também não pode bater na parte de trás da cabeça dele, mesmo sendo uma mulher. Eu aprecio o fato de que você pode ser forte. Pare de bater nele, você está fora daqui. A violência não é permitida.

Sinto muito, senhora, não há violência permitida. Você poderia ter acenado para mim, eu estava olhando para você. Desculpe por isso, não é legal, não estamos batendo nas pessoas aqui. Desculpe."

Via NME.

Veja imagens do incidente no player abaixo.

Iron Maiden: Bruce Dickinson perde a paciência com fã por usar sinalizador em show na Grécia

"O que eu estou vendo? Um babaca com um sinalizador!"

Bruce Dickinson nunca foi um homem de esconder seus verdadeiros sentimentos sobre qualquer assunto, e o vocalista do Iron Maiden não perdeu tempo em arrancar um novo fã de um show na Grécia na noite de sábado, 16 de julho.

O show, que aconteceu no Estádio Olímpico de Atenas, foi a última parada da épica turnê Legacy Of The Beast do Maiden, que finalmente começou no início deste verão depois de uma pausa de três anos induzida pela pandemia (uma pausa que também incluiu a chegada de seu décimo sétimo álbum de estúdio, "Senjutsu").

Perto do final do set principal, quando o Maiden entoou o hino "The Number Of The Beast", Dickinson se opôs claramente a um fã acendendo um sinalizador na multidão, cortando suas próprias letras para repreendê-los com alguma linguagem bastante, hum, desagradável. "O que eu vi?" Dickinson canta em algumas imagens capturadas do momento que já foram enviadas para o Youtube, acrescentando enquanto assiste ao sinalizador: "Um babaca com um maldito sinalizador!"

"Eu tenho que cantar aqui!" ele continua, rotulando o fã como um "chupador de pau" e um "fdp grego". "Eu tenho que cantar, porra, certo?" ele diz novamente, antes de terminar com um caloroso "Foda-se!" Dickinson parece não continuar cantando a letra de "The Number Of The Beast" nesse ponto, embora o Maiden tenha terminado a música e, finalmente, o resto do set.

O Iron Maiden continua a turnê Legacy Of The Beast pela Europa este mês antes de chegar aos EUA, Canadá, México e América do Sul nos meses seguintes. Se você estiver assistindo a algum desses shows, pode ser aconselhável deixar os sinalizadores em casa.

Via CLASSIC ROCK.

Assista à filmagem de Bruce deitado no ventilador que carrega o sinalizador.

sexta-feira, 15 de julho de 2022

Roberto Carlos manda fã calar a boca durante show no Rio; assista

Equipe do artista atesta que o barulho junto ao palco era intenso e atrapalhava a interpretação do Rei.

O cantor Roberto Carlos (81) perdeu a paciência com um expectador de seu show na noite de quarta-feira última no Rio de Janeiro e o mandou calar a boca. O fato foi registrado em vídeo.

Durante a execução da canção "Cavalgada", já no segmento final do espetáculo, o público começou a chegar demasiadamente junto ao palco, segundo relatou a equipe de Roberto.

Logo após, na penúltima canção do concerto, "Como é grande o meu amor por você", de tom extremamente suave, veio o incidente: um homem gritava aos berros bem perto do palco "minha mãe quer casar com você".

"CALA BOCA E ASSISTA, esbravejou o Rei, apoplético.

"(...) Por ele ser perfeccionista, preparou com muito carinho aquele número. Aí quando viu que não ia conseguir entregar do jeito que idealizou, ficou um pouco triste" - relatou um assessor do artista.

Assista à cena: 

Nita Strauss faz sua estreia na banda de apoio de Demi Lovato

Guitarrista acompanhou a cantora pop tocando o novo single "Substance" no Jimmy Kimmel Live.

Depois de anunciar no início desta semana que ela havia deixado a banda de Alice Cooper com um novo empreendimento promissor pela frente, a guitarrista Nita Strauss foi confirmada como a nova integrante da banda de apoio da estrela pop Demi Lovato . Ela fez sua estréia com Lovato durante uma apresentação do novo single da cantora, "Substance", no  Jimmy Kimmel Live na noite passada (14 de julho).

Lovato está fazendo seu retorno a um som orientado ao rock com seu novo álbum, "HOLY FVCK" , e já deu aos fãs um gostinho de como será, em junho com o lançamento da faixa "Skin of My Teeth". A cantora, que também toca guitarra, se dobrou as graças as do rock e até tocou uma guitarra em forma de V que disparou faíscas do cabeçote no videoclipe dessa música.

Em Kimmel , ela adotou uma imagem punk, ostentando um blazer preto adornado com remendos de pano, botões, correntes e alfinetes de segurança enquanto balançava no palco, rasgando a contagiante "Substance" com sua banda de apoio de quatro peças (duas guitarras, baixo e bateria).

Veja imagens da apresentação na TV, que foi compartilhada por um fã no Twitter , logo abaixo.

"HOLY FCVK" chega em 19 de agosto.Enquanto isso, Alice Cooper deu as boas-vindas ao guitarrista Kane Roberts , que esteve na banda de 1986 a 1988, como substituto de Strauss.



quinta-feira, 14 de julho de 2022

Epica no Brasil: cancelados os shows em Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro

Apresentações em São Paulo e Curitiba são mantidas, porém com alteração da data na capital paranaense.

Epica libera vídeo ao vivo de “The Last Crusade”, faixa do CD/DVD 'Live at Paradiso'.

Epica comemora 20 anos de “We Will Take You With Us” e libera vídeo ao vivo de "Sensorium (Live At Paradiso)", assista.

O Epica viria à América do Sul no fim do ano passado, em turnê de divulgação do seu mais recente álbum, "Omega"(Review).

Com a pandemia do coronavírus, as datas foram remarcadas para novembro deste ano e agora a banda e a promotora de eventos responsável pelos shows anunciaram a queda dos shows em  Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro.

Em nota, a banda declarou:

"Como estamos saindo de um período de pandemia, muitas coisas mudaram. Enfrentamos vários desafios relacionados à nossa turnê sul-americana.

O promotor brasileiro foi forçado a limitar as datas no Brasil devido a motivos fora de seu controle e tocaremos apenas em São Paulo e Curitiba. Pedimos sinceras desculpas pelo transtorno aos nossos fãs brasileiros. Os ingressos serão devolvidos nos pontos de venda."

A Liberation, Promotora dos eventos publicou:

"Epica Brazil Tour 2022: Mudanças

Lamentamos informar mudanças nos shows do Epica no Brasil em 2022.

Infelizmente, os shows em Porto Alegre, Brasília e Rio de Janeiro foram cancelados. 

O show em Curitiba está mantido, mas será em nova data (20/11/2022 -  domingo). 

Não haverá alterações no evento em São Paulo (19/11/2022  - sábado).

Informações sobre o reembolso dos ingressos e Meet and Greets dos shows cancelados abaixo.

Sentimos pelos transtornos."

Reembolsos:

Brasília

O link para solicitação de reembolso ou pedido para troca de cidade: https://www.clubedoingresso.com/centraldeajuda

Rio de Janeiro

Ingressos:

Os ingressos comprados pela internet serão reembolsados automaticamente pela Eventim. Para mais informações, entrar em contato pelo atendimento@eventim.com.br. Quem comprou na bilheteria deve comparecer ao local com o ingresso em mãos (terça a quinta, de 12 às 19h | sexta, de 12h à 0h | sábado, de 14h à 0h)

Meet & Greet:

Link para solicitação de reembolso: https://www.clubedoingresso.com/centraldeajuda

Porto Alegre:

Ingressos:

As compras realizadas no cartão de crédito terão o reembolso de forma automática em até 90 dias. A própria Sympla é responsável pelo processo de restituição.

2) Compras realizadas no boleto bancário serão restituídas mediante solicitação na própria plataforma. A própria Sympla é responsável pelo processo de restituição.

3) Se você comprou o ingresso nos pontos de venda físicos deve ir à loja Planeta Surf do Bourbon Wallig devolver o ingresso e receber o seu reembolso. Endereço: Loja Planeta Surf Bourbon Wallig (Av. Assis Brasil, 2611 – Loja 249 – Jardim Lindóia – Porto Alegre). Horário funcionamento: das 10h às 22h

Meet & Greet:

Link para solicitação de reembolso: https://www.clubedoingresso.com/centraldeajuda

terça-feira, 12 de julho de 2022

Nita Strauss pode se juntar à banda de turnê da estrela pop Demi Lovato

Guitarrista já anunciou a sua saída da banda de Alice Cooper e cancelou shows solo.

Um novo boato está circulando e envolvendo a guitarrista Nita Strauss, que possivelmente estaria se juntando a outra banda de turnê; embora se possa supor que ela estaria participando de algum tipo de banda de rock ou metal, esse boato na verdade envolve a estrela pop Demi Lovato. Ontem, Nita Strauss compartilhou que estava saindo da banda de Alice Cooper e cancelou algumas datas da turnê solo. De acordo com uma declaração que ela forneceu via Instagram:

Depois dessa corrida absolutamente incrível na Europa, é agridoce para mim informar a vocês que não vou me juntar à banda de Alice Cooper para a próxima turnê de outono. Infelizmente, também terei que cancelar as datas do festival que minha banda solo havia planejado para o resto do ano.

EU NÃO ESTOU GRÁVIDA!!! Não há drama algum e meu ano de turnê ainda está MUITO cheio, na verdade, estou em um voo direto para a próxima aventura enquanto publico isso, e estarei no palco novamente muito mais cedo do que você pensa! Mas isso é notícia para outro dia. Os últimos oito anos juntos foram a experiência de uma vida, e eu não poderia estar mais grata a Alice, Sheryl Cooper e Shep Gordon, à incrível banda, equipe e fãs por me receberem em todo o seu pesadelo. Não sei o que o futuro reservará depois disso, mas sou eternamente grata

De acordo com esse novo boato, compartilhado pelo Metal Sludge, parece que Nita poderia se juntar à banda de turnê de Demi Lovato. De acordo com o site, eles escreveram:

Depois de um anúncio chocante de Nita Strauss hoje cedo de que ela está deixando a Alice Cooper Band, a indústria está perguntando para onde ela está indo e quem a está substituindo? Bem, Metal Sludge tem algumas respostas, ou o que achamos que provavelmente serão as respostas. A palavra é que Nita vai se apresentar com a estrela pop Demi Lovato.

No momento da redação deste artigo, nenhuma fonte foi indicada sobre esse boato. Mas, se for verdade, quais são seus pensamentos sobre Nita se unindo à estrela pop Demi Lovato?

Via The Pit