head> Confraria Floydstock: notícias
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 30 de novembro de 2022

Fleetwood Mac: morreu Christine McVie

Tecladista e vocalista tinha 79 anos de idadeFamília diz que estrela faleceu após uma curta doença.

Christine McVie, do Fleetwood Mac, morreu aos 79 anos, informou sua família.

Uma declaração no Facebook disse: “Em nome da família de Christine McVie, é com o coração pesado que estamos informando sobre a morte de Christine.

Ela faleceu pacificamente no hospital esta manhã, quarta-feira, 30 de novembro de 2022, após uma curta doença. Ela estava na companhia de sua família. Pedimos gentilmente que respeitem a privacidade da família neste momento extremamente doloroso e gostaríamos que todos mantivessem Christine em seus corações e se lembrassem da vida de um ser humano incrível e um músico reverenciado que era amado universalmente. Descanse em paz, Christine McVie.”

A banda de rock anglo-americana, fundada em Londres em 1967, vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo, tornando-se um dos grupos de maior sucesso de todos os tempos. Suas canções mais conhecidas incluem "Dreams", "Go Your Own" "Way" e "Everywhere".

A banda prestou homenagem à cantora e compositora McVie em um comunicado na noite de quarta-feira após a notícia de sua morte. “Não há palavras para descrever nossa tristeza pela morte de Christine McVie. Ela era verdadeiramente única, especial e talentosa além da medida."


A declaração no Twitter continuou: “Ela era a melhor musicista que alguém poderia ter em sua banda e a melhor amiga que alguém poderia ter em sua vida.

Tivemos muita sorte de ter uma vida com ela. Individualmente e juntos, estimamos profundamente Christine e somos gratos pelas memórias incríveis que temos. Ela fará muita falta."

Apesar de sua história tumultuada, o Fleetwood Mac se tornou uma das bandas de rock mais conhecidas das décadas de 1970 e 1980, composta por Mick Fleetwood, Christine e John McVie, além de Lindsey Buckingham e Stevie Nicks.

"Rumours", lançado em 1977, tornou-se um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos e incluiu sucessos como "Second Hand News" e "You Make Loving Fun". Além de várias faixas multi-platina, o disco vendeu mais de 40 milhões de cópias em todo o mundo. Falando desse período em particular, McVie disse "estávamos nos divertindo muito e parecia incrível para nós estarmos escrevendo aquelas canções".

A morte de McVie ocorre dois anos depois que o co-fundador do Fleetwood Mac, Peter Green, morreu aos 73 anos.

Originalmente conhecida como Christine Perfect, seu nome de solteira, ela começou com a banda de blues Chicken Shack. Eles fizeram sucesso com um cover de "I'd Rather Go Blind", de Etta James, com McVie nos vocais principais. Depois de se casar com John McVie em 1968, ela deixou a banda um ano depois e se juntou ao Fleetwood Mac em 1970.

Homenagens começaram a aparecer online de dentro da indústria. A conta oficial do Twitter da banda Garbage twittou: “Desanimado ao saber sobre a morte de Christine McVie. Apenas eviscerado. Pássaro canoro para sempre.” O músico Tim Burgess também twittou: “ah cara, adeus Christine McVie”.

Via THE GUARDIAN.

sábado, 26 de novembro de 2022

Morreu Irene Cara, cantora e atriz de "Fame e "Flashdance"

A cantora vencedora do Oscar por "What A Feeling" e que interpretou Coco Hernandez em "Fame", de 1980, morreu em sua casa na Flórida, aos 63 anos.

Irene Cara, mais conhecida por cantar as músicas-título dos filmes "Fame" e "Flashdance", morreu aos 63 anos.

Cara apareceu como a personagem principal Coco Hernandez em "Fame", que foi lançado em 1980. Contava a história de estudantes da High School of Performing Arts em Nova York, trazendo suas primeiras audições ao último ano.

No filme, ela foi mostrada cantando "Fame" enquanto caminhava pelas ruas de Nova York e se sentava em cima de um de seus famosos táxis amarelos. Ela havia sido originalmente escalada como dançarina, antes que o papel de Hernandez fosse escrito para ela.

Três anos depois, ela co-escreveu "Flashdance... What a Feeling" para "Flashdance", com a qual ela ganhou um Oscar de melhor canção original e dois prêmios Grammy de trilha sonora original para um filme e melhor performance vocal pop feminina.

Ambas as músicas foram top 10 hits no Reino Unido e nos EUA. "Flashdance … What a Feeling", que foi reutilizado na TV, cinema e publicidade, foi posteriormente regravado para sua aparição no filme de 1997, "The Full Monty".

Cara foi indicada ao Oscar de melhor atriz por Fama e ganhou gongos da Associação Nacional para o Avanço das Pessoas de Cor (NAACP), inclusive por sua participação no filme Sister Sister, de 1982. Ela começou sua carreira como atriz e cantora infantil, aparecendo no show de Johnny Carson na década de 1970, e em um concerto de homenagem ao ícone do jazz Duke Ellington.

Sua assessora Judith Moose anunciou a notícia em um comunicado divulgado na conta oficial de Cara no Twitter na manhã de sábado, dizendo que ela havia morrido em sua casa na Flórida.

Ela disse: “Esta é a pior parte de ser uma publicitária. Não acredito que tive que escrever isso, muito menos divulgar a notícia.

“Ela era uma alma lindamente talentosa, cujo legado viverá para sempre através de sua música e filmes.

A causa de sua morte é atualmente desconhecida e será divulgada quando for confirmada, disse Moose. Sua família pediu privacidade, e os serviços fúnebres e memoriais serão planejados em uma data posterior.

Moose acrescentou: “Irene era uma mulher talentosa cujo trabalho é amado por milhões de pessoas em todo o mundo. Ela se tornou um ícone para os amantes da música da década de 1980 e inspirou muitos dos cantores mais influentes da atualidade, como Mariah Carey e Whitney Houston. Estamos todos de luto por sua morte, mas vamos celebrar seu legado como um ponto brilhante em nossas vidas”.

Via The Guardian.

quarta-feira, 23 de novembro de 2022

Nightwish: Floor Jansen volta aos palcos após vencer o câncer

Show em Antuérpia na Bélgica marcou o retorno da frontwoman aos palcos.  

A vocalista do Nightwish, Floor Jansen, anunciou que está livre do câncer! A artista revelou recentemente seu diagnóstico de câncer de mama e passou por uma cirurgia logo após seu último show no México e antes de sua turnê europeia, que começou no domingo último, dia 20. Felizmente, os resultados mostram que tudo o que é canceroso foi removido. No entanto, após a turnê europeia do grupo e o show no cruzeiro marítimo 70.000 Tons of Metal, Floor terá que receber radioterapia em fevereiro para garantir que tudo permaneça limpo.

Floor divulgou a seguinte declaração via Instagram:

"Boas notícias! Estou livre do câncer A cirurgia tirou tudo o que era canceroso e não se espalhou! Farei radioterapia local em fevereiro para garantir que tudo limpo. Estou recuperando minhas energias após a cirurgia e sinto um alívio enorme em saber que foi um sucesso! Não estou de volta a 100%, mas não tenho dúvidas de que os shows me darão o impulso que preciso para arrasar com todos vocês na próxima turnê europeia. Obrigado por seu incrível apoio e votos de melhoras

Após seu retorno à estrada para a perna europeia da banda, ela expressou antes do show:

"E então começa! Depois de um tempo tumultuado, estamos de volta ao palco!! Mais do que nunca estou ansiosa e precisando de sua energia. Muito obrigado a todos pelos votos de melhoras nas últimas semanas e pelo apoio! Agora vamos dançar e arrasar! Vejo você hoje à noite em Antuérpia!

Floor continuou a mostrar gratidão após a apresentação:

"Conseguimos! Há pouco mais de 3 semanas voltei de nossa turnê latino-americana, tendo que passar por uma cirurgia para remover meu câncer de mama. E ontem à noite eu subi no palco novamente, na sua frente e com meus irmãos. Que sensação inacreditável! Obrigado a todos mais uma vez, de verdade. Hoje à noite, lotação esgotada na London Wembley Arena!!!

O Nightwish também entrou na conversa para compartilhar sua empolgação com as boas notícias:

Estamos muito felizes com a notícia de que @floor_jansen_official agora está livre do câncer! Saber que estamos começando a turnê europeia juntos amanhã com boa saúde é algo pelo qual somos incrivelmente gratos! Esperamos ver todos vocês em breve em um de nossos shows!"

Confira vídeos do show e o setlist:


Tracklist:

Music (intro)

Noise

Storytime

Tribal

Élan

Sleeping Sun

Dark Chest of Wonders

Harvest

I Want My Tears Back

Nemo

How’s the Heart? (acústica)

Shoemaker

Last Ride of the Day

Ghost Love Score

The Greatest Show on Earth

All the Works of Nature Which Adorn the World: Ⅷ. Ad Astra.



terça-feira, 22 de novembro de 2022

O último concerto de Peter Frampton; assista ao final do show

Devido a uma doença incurável, guitarrista se aposentou dos palcos tocando "While My Guitar Gently Weeps" dos Beatles.

Peter Frampton encerrou oficialmente sua carreira de turnê com findando sua turnê mundial de despedida, que começou em 2019.

A turnê mundial de despedida do guitarrista chegou à sua parada final em 16 de novembro último, no Mitsubishi Electric Halle em Düsseldorf, Alemanha, encerrando uma corrida que levou Frampton a uma série de mais de 50 shows nos EUA e ainda mais datas em todo o mundo após seu anúncio de que ele estar se aposentando das turnês devido a miosite do corpo de inclusão.

O setlist contou com vários covers, incluindo "Four Day Creep", de Ida Cox, e "Black Hole Sun", do Soundgarden, com o destaque vindo na forma de uma versão de 10 minutos de "While My Guitar Gently Weeps", dos Beatles, para fechar o show. Virando-se para a multidão no final de seu set, Frampton disse: “Muito obrigado. Eu quero que vocês saibam que vou continuar lutando contra isso, então nunca digamos nunca.

Ele disse à Rolling Stone em 2019 que a doença muscular degenerativa que enfraquece os músculos do corpo o levou a realizar a turnê de despedida. “Não quero sair e não poder tocar bem. Se vou fazer uma turnê de despedida, quero tocar bem. Eu quero arrasar”, disse ele, embora tenha sido forçado a cancelar o trecho Reino Unido / Europa de sua turnê de despedida em 2020 devido à pandemia da COVID-19.

Mais tarde, ele anunciaria três datas de regresso no Reino Unido que ocorreram no início deste mês.

No início deste ano, em setembro, Frampton revelou que teria que realizar os shows restantes da turnê de despedida sentado enquanto a doença progredia. "Nós iremos. . . minhas pernas não estão boas, e eu decidi que vou me sentar nessas próximas datas da turnê na Europa. Eu não aguento”, revelou.

Isso seria perigoso para mim agora, porque me empolgo tanto quando estou tocando que posso cair (risos). Está começando a afetar minhas mãos, mas ainda não o suficiente, então ainda posso tocar um bom lick.

Frampton lançou seu álbum instrumental "Frampton Forgets The Word" em 2019.

Via GUITAR.COM

Assista a imagens filmadas por fãs de Frampton encerrando sua carreira com "While My Guitar Gently Weeps".

Morreu Pablo Milanés

Cantor vencedor do Grammy e compositor de "Yolanda", faleceu aos 79 anos de idade

Pablo Milanés, vencedor do Grammy e membro-chave do movimento "nuevo trova" (música nova) de Cuba, morreu aos 79 anos.

Carinhosamente conhecido como Pablito, ele era conhecido por suas letras poéticas e vocais emocionais em sucessos como "Yolanda", "Yo Me Quedo (I'm Staying)" e "Amo Esta Isla (I Love This Island)".

Sua morte foi confirmada "com muita dor e tristeza" em sua página oficial do Facebook.

No início deste mês, Milanés cancelou vários shows enquanto procurava tratamento para leucemia na Espanha.

A cultura em Cuba está de luto pela morte de Pablo Milanes”, tuitou o primeiro-ministro Manuel Marrero Cruz na noite de segunda-feira.

Pablo Milanés Arias nasceu na cidade de Bayamo, no leste cubano, em 1943, o caçula de cinco irmãos nascidos de pais da classe trabalhadora.

Seus talentos musicais eram aparentes desde tenra idade. Aos seis anos, Milanés começou a entrar, e muitas vezes ganhou, concursos de canto na TV e rádio locais, e mais tarde estudou no Conservatório Municipal de Havana.

Apesar do treinamento formal, ele geralmente creditava os músicos boêmios de seu bairro como inspiração para o início de sua carreira.

Embora tenha apoiado a revolução cubana de 1959, Milanés foi inicialmente alvo do governo de Fidel Castro, que reprimiu a cultura "alternativa".

O músico teria sido assediado por usar o cabelo afro e, em 1965, foi enviado para um campo de trabalhos forçados agrícolas por seu interesse em música estrangeira.

Ele finalmente escapou e denunciou os campos. Mas as experiências não diminuíram seu fervor pela revolução, e ele começou a incorporar a política em sua música.

Trabalhando com músicos como Silvio Rodríguez e Noel Nicola, e patrocinado pelo governo de Castro, ele co-fundou o movimento nuevo trova, que foi projetado para atualizar a música folclórica cubana tradicional para a sociedade moderna e pós-revolucionária.

Em 1987, o New York Times, externo, chamou Rodriguez e Milanés, que eram colaboradores próximos, "um símbolo de Cuba e sua revolução tanto quanto Fidel Castro e sua barba".

O sucesso de Silvio e Pablo é o sucesso da Revolução”, disse Fidel Castro em uma recepção em homenagem aos artistas em 1984.

Em 1970, Milanés escreveu a seminal canção de amor latino-americana "Yolanda", uma homenagem à sua então parceira Yolanda Benet, que acabara de dar à luz a filha Lynn.

Uma favorita duradoura, a música eclipsou até mesmo sua própria fama, disse o músico.

"Yolanda tem sido avassaladora para a minha carreira. Ela foi mais forte do que eu, mais imprevisível do que eu, mais persistente do que eu desejaria.

Portanto, acredito que a criação em si supera as intenções do artista."

Suas outras canções conhecidas incluem "Yo No Te Pido", "Los Años Mozos" e "Cuba Va"; e ele ganhou vários prêmios Grammy Latino, incluindo um prêmio pelo conjunto da obra em 2015.

O firme apoio de Milanés a Castro fez dele uma figura divisiva, especialmente entre os exilados cubanos, mas ele se tornou mais crítico da revolução cubana em seus últimos anos.

Em 2010, ele apoiou um dissidente em greve de fome que exigia a libertação de presos políticos

E, depois que protestos generalizados varreram a ilha em 2021, Milanés assinou um documento intitulado Manifesto da Sociedade Civil Cubana pedindo reformas sociais e econômicas urgentes em Cuba.

"Nosso país, unido, precisa dar lugar a novas vozes e novas formas de pensar, que exigem novas leis e novas liberdades", disse ele ao assinar o documento.

Seu último show aconteceu em Havana em junho de 2022.

Via BBC.

domingo, 20 de novembro de 2022

Elton John: último show nos EUA será transmitido ao vivo hoje pelo Disney+

Estamos chegando ao fim da “Yellow Brick Road”.

Elton John, 74, fará hoje à noite no  Los Angeles Dodger Stadium, local do lendário show de 1975, que cimentou seu status de estrela, o último de seus 4 shows finais nos EUA como parte de sua turnê de despedida, a “Farewell Yellow Brick Road Tour”.

O show de 20 de novembro terá um significado especial para John: será seu 2.000º show nos EUA e o último na América do Norte.

Sir Elton John também contém a ansiedade:

“É o último show da minha última turnê na América, então vamos terminar com um estrondo, certo?”  ele compartilhou no Instagram.

As estrelas Dua Lipa, Kiki Dee e Brandi Carlile se juntarão a John para seu canto do cisne nos EUA.

E ainda poderá até haver mais convidados especiais, especialmente considerando que o show de 20 de hoje será transmitido ao vivo no Disney+.

Depois que John tocar todos os sucessos que você conhece e adora — "Bennie and the Jets", "Tiny Dancer", "Your Song" e tantos outros, no Dodger Stadium, ele ainda não vai pendurar seu casaco esporte de lantejoulas.

De abril a maio, John tem 10 shows agendados na O2 Arena de Londres.


Transmissão no Disney+


O Disney+ transmitirá o concerto de de três horas ao vivo hoje, as 23h30 (horário de Brasília) e prestará homenagem ao seu icônico show no Dodger Stadium de 1975 no processo, com tudo isso sendo abrangido no documentário vindouro “Goodbye Yellow Brick Road: The Final Elton John Performances And the Years That Made His Legend

sexta-feira, 18 de novembro de 2022

Stream of Passion anuncia show extra de sua reunião

 

Devido ao rápido esgotamento dos ingressos para o show de reunião, banda confirmou uma segunda data.

A Banda de prog symphonic metal da frontwoman Marcela Bovio havia encerrado as atividades em 2016.

Em outubro o grupo publicou hoje nas suas redes sociais um anúncio de novo show marcado para 9 de setembro de 2023, no Dynamo, em Eindhoven, Holanda.

Esse será o primeiro concerto e primeira reunião da banda, desde o show de despedida que deu origem ao CD/DVD "Memento" (LEIA A NOSSA RESENHA).

Leia abaixo o comunicado da banda:

"ESTÁ ACONTECENDO 😱🎉🔥

“Will you follow, I will follow”! Continuamos ouvindo você cantar junto depois de todos esses anos e simplesmente não resistimos… Um show de reunião intimista, onde tudo começou.

Dynamo, 9 de setembro de 2023. Marquem em seus calendários! Pré-venda começando em breve!"

Concomitantemente, a banda anunciou também o lançamento de um vindouro EP de inéditas.

Como os ingressos se esgotaram rapidamente, a banda anunciou uma nova apresentação no dia anterior, 8 de setembro, no mesmo local.

Nightwish: Floor Jansen comemora e diz que está livre do câncer

Cantora publicou alegremente uma mensagem de alívio nas redes sociais.

No fim de outubro, a vocalista do Nightwish, Floor Jansen, revelou ter sido diagnosticada com câncer de mama e que seria submetida a uma cirurgia, a qual fora bem sucedida, sendo retirado o tumor com sucesso.

Hoje ela celebrou, informando que o tumor não só sumiu por completo da região afetada, como também não se espalhou para outras partes do corpo, o que a possibilita celebrar estar curada.

"Ótimas notícias! Estou livre de cancêr 🤩 A cirurgia tirou tudo o que é canceroso e não se espalhou! Vou fazer radioterapia local em fevereiro para garantir que tudo fica fora.

Estou a recuperar as minhas energias depois da cirurgia e sinto um enorme alívio por saber que foi bem-sucedida! Não estou de volta aos 100%, mas não tenho dúvidas que os shows me darão o impulso de que preciso para rock com todos vocês na próxima turnê europeia 🤘🏻

Obrigado pelo vosso incrível apoio e votos de felicidades 🙏🏻 🙏🏻"

A frontwoman voltará ao seu posto junto ao Nightwish na vindoura turnê europeia da banda, que começa neste dia 20.

quinta-feira, 17 de novembro de 2022

Summer Breeze Brasil anuncia o seu line-up completo


1ª edição no Brasil acontecerá no Memorial da América Latina, em São Paulo, nos dias 29 e 30 de abril próximos.

A organização do festival Summer Breeze Brasil divulgou hoje o line-up completo, com as atrações divididas por dia, de sua edição de estreia no país, que acontecerá nos dias 29 e 30 de abril no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Confira:29/04, sábado

Hot Stage:


Blind Guardian

Lamb of God

Skid Row

Marc Martel

Voodoo Kiss


Ice Stage:


Stone Temple Pilots

Sepultura

Shaman + Viper + Felipe e Rafael (Angra) celebram Andre Matos

Benediction


Sun Stage:


Accept

Perturbator

Lord of the Lost

Crypta

Brutal Brega


Exclusivo – Waves stage – Summer Lounge:

(Para quem compra a pulseira lounge, vendida à parte)


Apocalyptica

Bruce Dickinson (palestra)

Tuatha de Danann

Première: documentário Andre Matos – episódio 2


30/04, domingo

Hot Stage
:


Parkway Drive
Kreator
Testament
H.E.A.T
Krisiun


Ice Stage:


Avantasia
The Winery Dogs
Bury Tomorrow
Grave Digger


Sun Stage:


Stratovarius
Napalm Death
Beast in Black
Finntroll
Project46


Exclusivo – Waves stage – Summer Lounge:
(Para quem compra a pulseira lounge, vendida à parte)


Evergrey
Palestra surpresa
Vixen
Bittencourt Project.

Confira abaixo o valor de todos os ingressos do evento:

Summer Card - Um dia de festival

Preço: R$ 700,00 (inteira) / R$ 350,00 (meia entrada)

Vendas em Outubro.

Summer Pass - Dois dias de festival

Preço: R$ 1300,00 (inteira) / R$ 650,00 (meia entrada)

Vendas dia 27/09, às 14 horas.

Summer Lounge Card - Pulseira de acesso ao lounge para um dia de festival, com ingresso vendido separadamente.

Preço: R$ 550,00 (sem meia-entrada)

Vendas em Outubro.

Summer Lounge Pass - Pulseira de acesso ao lounge para os dois dias de festival, com ingresso vendido separadamente.

Preço: R$ 1.000,00 (sem meia-entrada)

Vendas hoje a partir das 14 horas o site Ticket360 e pontos físicos autorizados (o único sem taxa é na Bilheteria 360 da Audio São Paulo – Av. Francisco Matarazzo, 694).

Neil Young critica a baixa qualidade de áudio do Spotify

Neil Young mais uma vez direcionou seus comentários contra o Spotify. Depois de remover seu catálogo de músicas da plataforma de streaming devido a desinformação de Joe Rogan sobre a vacina, Young perguntou a Howard Stern: “Por que eu manteria [sua música] lá quando parece um filme pixelado?

Young também deu mais detalhes sobre o motivo original de sua briga com o Spotify. Ele disse: “Acordei uma manhã e ouvi alguém dizendo que havia alguns cientistas dizendo algo sobre o Covid, ou alguns médicos e eles estavam dizendo algo sobre o Covid e quantas pessoas estavam morrendo em hospitais e muita desinformação”.

Spotify x Neil Young: empresa faz mudanças para lidar com desinformação sobre COVID-19.

Observando a falta de censura do Spotify sobre as alegações de Rogan, ele acrescentou: “E eu ouvi, eles estavam dizendo que ele propositalmente falava essas coisas que ele sabe que não são verdadeiras sobre a COVID e as pessoas estavam morrendo. Acabei de ligar para meu empresário e disse: 'Estamos fora de lá. Me tire daqui.” E nós ficaremos bem, e foi um pouco chocante porque eles sabem todos os números. Quem se importa? Você sabe, quem se importa? Qual o nome dele? Daniel Ek? Ele se preocupa com dinheiro.

De acordo com Young, a qualidade do som do Spotify é insignificante para alguns de seus concorrentes, incluindo a Apple Music. Young continuou: “Eu sabia que ia me sair bem. Há a Amazn; há a Apple; há o QoBuz; esses são três serviços de streaming que reproduzem alta resolução. E soa melhor em outros lugares. Por que eu iria querer mantê-lo no Spotify?

Amanhã (18 de novembro), Neil Young lançará um novo álbum "World Record" com sua banda de longa data Crazy Horse. A lenda do folk-rock canadense também lançará uma edição de 50 anos de um de seus melhores discos de todos os tempos, "Harvest", no dia 2 de dezembro. No entanto, como sabemos, com certeza não poderemos ouvir nenhum dos próximos lançamentos no Spotify.

Via FAR OUT.

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Titãs: integrantes e ex-integrantes confirmam shows com todos reunidos

Os 4 integrantes egressos devem se reunirão com os 3  remanescentes para celebrar os 40 anos da banda.

Conforme noticiamos anteriormente aqui, os Titãs sinalizaram na direção de uma reunião da banda para shows comemorativos das 4 décadas de existência da banda, que começou com 9 integrantes, se popularizou com 8 e hoje segue com 3 (Tony Belotto, Branco Mello e Sérgio Britto), após 4 saídas: Arnaldo Antunes (em 1992), Nando Reis (em 2002), Carles Gavin (em 2010) e Paulo Miklos (em 2016), além do falecimento de Marcelo Fromer em 2001.

Durante o dia 10/11, todos os integrantes e ex-integrantes alteraram as suas fotos de perfil para imagens do mesmo tema, sugerindo uma convergência na direção de um mesmo projeto, muito provavelmente uma turnê dos 40 anos de banda em 2023, com todos juntos nos palcos pelo Brasil.

Agora a banda concedeu uma entrevista à ex-VJ da MTV, Sarah Oliveira confirmando tudo e dando os seguintes detalhes:

Titãs anuncia neste momento a reunião em uma coletiva de imprensa apresentada por Sarah Oliveira, ex-VJ da MTV Brasil.

Todos os 7 músicos se reunirão para realizar dez concertos pelo Brasil:

28/04 Rio de Janeiro - Jeunesse Arena

29/04 Belo Horizonte - Expo Minas

05/05 Florianópolis - Hard Rock Live

06/05 Porto Alegre - Beira Rio

27/05 Salvador - Arena Fonte Nova

02/06 Recife - Classic Hall

03/06 Fortaleza - Marina Pa

07/06 Brasília - Nilson Nelson

10/06 Curitiba - Pedreira Paulo Leminski

16/06 São Paulo - Allianz Park (show extra)

17/06 São Paulo - Allianz Park (ingressos já esgotados)

A filha de Marcelo Fromer, Alice, participará representando o seu finado pai em algumas canções.

"É um tributo ao Marcelo" - disse Sérgio Britto.

INGRESSOS (a partir de amanhã, 17/11): https://www.titasencontro.com.br/https://www.eventim.com.br/

Maiores informações em breve, aguardemos.

Monsters of Rock Brasil voltará a acontecer após 8 anos de hiato

Produtora confirmou o retorno do festival para 22 de abril próximo.

A Mercury Concerts anunciou a volta do tradicional festival Monsters of ock no Brasil, a ser realizado no dia 22 de abril próximo, em São Paulo.

Nenhuma atração foi anunciada até aqui e o evento cairá bem próximo ao Summer Breeze Brasil, que acontecerá na semana subsequente.

Em breve teremos maiores informações. Aguardemos...

Confira a publicação:

terça-feira, 15 de novembro de 2022

Ozzy Osbourne é indicado a 4 categorias do Grammy Awards 2023

Ozzy e Kelly Osbourne na premiação do Grammy em 2020.

A noite de gala da música acontecerá no dia 5 de fevereiro próximo em Los Angeles.

O eterno frontman do Black Sabbath recebeu 4 indicações da Academia do Grammy Awards para a premiação de 2023, consistindo em todas as pertinentes ao rock e metal.

O madman concorre nas categorias Melhor álbum de rock (“Patient Number 9”), Melhor performance de rock (faixa-título), Melhor música de rock (faixa-título) e Melhor performance de metal (“Degradation Rules”).

Confira logo abaixo maiss indicados ao Grammy Awards 2023.

Categorias principais

Álbum do ano

ABBA – Voyage

Adele – 30

Bad Bunny – Un Verano Sin Ti

Beyoncé – Renaissance

Mary J. Blige – Good Morning Gorgeous (Deluxe)

Brandi Carlile – In These Silent Days

Coldplay – Music of the Spheres

Kendrick Lamar – Mr. Morale and the Big Steppers

Lizzo – Special

Harry Styles – Harry’s House


Artista revelação

Anitta

Omar Apollo

Domi & Jd Beck

Muni Long

Samara Joy

Latto

Måneskin

Tobe Nwigwie

Molly Tuttle


Música do ano

Adele – Easy on Me

Beyoncé – Break My Soul

Bonnie Raitt – Just Like That

DJ Khaled Featuring Rick Ross, Lil Wayne, Jay-Z, John Legend & Fridayy – God Did

Gayle – ABCDEFU

Harry Styles – As It Was

Kendrick Lamar – The Heart Part 5

Lizzo – About Damn Time

Steve Lacy – Bad Habit

Taylor Swift – All Too Well (10 Minute Version) (The Short Film)


Gravação do ano

ABBA – Don’t Shut Me Down

Adele – Easy on Me

Beyoncé – Break My Soul

Brandi Carlile Featuring Lucius – You and Me on the Rock

Doja Cat – Woman

Harry Styles – As It Was

Kendrick Lamar – The Heart Part 5

Lizzo – About Damn Time

Mary J. Blige – Good Morning Gorgeous

Steve Lacy – Bad Habit


Categorias rock

Melhor performance de rock

Beck – Old Man

The Black Keys – Wild Child

Brandi Carlile – Broken Horses

Bryan Adams – So Happy It Hurts

Idles – Crawl!

Ozzy Osbourne Featuring Jeff Beck – Patient Number 9

Turnstile – Holiday


Melhor performance de metal

Ghost – Call Me Little Sunshine

Megadeth – We’ll Be Back

Muse – Kill or Be Killed

Ozzy Osbourne featuring Tony Iommi – Degradation Rules

Turnstile – Blackout


Melhor música de rock

Red Hot Chili Peppers – Black Summer

Turnstile – Blackout

Brandi Carlile – Broken Horses

The War on Drugs – Harmonia’s Dream

Ozzy Osbourne featuring Jeff Beck – Patient Number 9


Melhor álbum de rock

The Black Keys – Dropout Boogie

Elvis Costello and the Imposters – The Boy Named If

Idles – Crawler

Machine Gun Kelly – Mainstream Sellout

Ozzy Osbourne – Patient Number 9

Spoon – Lucifer on the Sofa


Melhor performance de música alternativa

Arctic Monkeys – There’d Better Be a Mirrorball

Big Thief – Certainty

Florence and the Machine – King

Wet Leg – Chaise Lounge

Yeah Yeah Yeahs Featuring Perfume Genius – Spitting Off the Edge of the World


Melhor álbum de música alternativa

Arcade Fire – WE

Big Thief – Dragon New Warm Mountain I Believe in You

Björk – Fossora

Wet Leg – Wet Leg

Yeah Yeah Yeahs – Cool It Down


Melhor álbum de rock latino ou alternativo latino

Cimafunk – El Alimento

Fito Paez – Los Años Salvajes

Gaby Moreno – Alegoría

Jorge Drexler – Tinta y Tiempo

Mon Laferte – 1940 Carmen

Rosalía – Motomami


Outras categorias com músicos de rock

Melhor álbum de blues tradicional

Buddy Guy – The Blues Don’t Lie

Charlie Musselwhite – Mississippi Son

Gov’t Mule – Heavy Load Blues

John Mayall – The Sun Is Shining Down

Taj Mahal & Ry Cooder – Get on Board


Melhor álbum de blues contemporâneo

Ben Harper – Bloodline Maintenance

Edgar Winter – Brother Johnny

Eric Gales – Crown

North Mississippi Allstars – Set Sail

Shemekia Copeland – Done Come Too Far


Melhor performance – american roots

Aaron Neville & The Dirty Dozen Brass Band – Stompin’ Ground

Aoife O’Donovan & Allison Russell – Prodigal Daughter

Bill Anderson Featuring Dolly Parton – Someday It’ll All Make Sense (Bluegrass Version)

Fantastic Negrito – Oh Betty

Madison Cunningham – Life According to Raechel


Melhor música – american roots

Anaïs Mitchell – Bright Star

Aoife O’Donovan & Allison Russell – Prodigal Daughter

Bonnie Raitt – Just Like That

Brandi Carlile Featuring Lucius – You and Me on the Rock

Robert Plant & Alison Krauss – High and Lonesome

Sheryl Crow – Forever

Bonnie Raitt – Just Like That…

Brandi Carlile – In These Silent Days

Dr. John – Things Happen That Way

Keb’ Mo’ – Good to Be…

Robert Plant & Alison Krauss – Raise the Roof


Melhor performance de americana

Asleep at the Wheel Featuring Lyle Lovett – There You Go Again

Blind Boys of Alabama Featuring Black Violin – The Message

Bonnie Raitt – Made Up Mind

Brandi Carlile Featuring Lucius – You and Me on the Rock

Eric Alexandrakis – Silver Moon [A Tribute to Michael Nesmith]


Melhor filme de música

Adele – Adele One Night Only

Billie Eilish – Billie Eilish Live at the O2

Justin Bieber – Our World

Neil Young & Crazy Horse – A Band a Brotherhood a Barn

Rosalía – Motomami (Rosalía TikTok Live Performance)

Various Artists – Jazz Fest: A New Orleans Story


Melhor trilha sonora compilada para mídia visual

Various Artists – Elvis

Various Artists – Encanto

Various Artists – Stranger Things: Soundtrack From the Netflix Series, Season 4

Lorne Balfe, Harold Faltermeyer, Lady Gaga & Hans Zimmer – Top Gun: Maverick

Various Artists – West Side Story


Melhor álbum histórico

Blondie – Against the Odds: 1974 – 1982

Doc Watson – Life’s Work: A Retrospective

Freestyle Fellowship – To Whom It May Concern…

Glenn Gould – The Goldberg Variations: The Complete Unreleased 1981 Studio Sessions

Wilco – Yankee Hotel Foxtrot (20th Anniversary Super Deluxe Edition)

Confira todas as demais indicações no site oficial do GRAMMY.

sexta-feira, 11 de novembro de 2022

Titãs planeja reunião em 2023

Os 4 integrantes egressos devem se reunir com os 3 remanescentes para celebrar os 40 anos da banda.

Conforme rapidamente adiantou o IGORMIRANDASITE.COM , ainda sem muitos detalhes precisos, os Titãs apontam na direção de uma reunião da banda para shows comemorativos das 4 décadas de existência da banda, que começou com 9 integrantes, se popularizou com 8 e hoje segue com 3 (Tony Belotto, Branco Mello e Sérgio Britto), após 4 saídas: Arnaldo Antunes (em 1992), Nando Reis (em 2002), Carles Gavin (em 2010) e Paulo Miklos (em 2016), além do falecimento de Marcelo Fromer em 2001.

Durante o dia de ontem (10/11), todos os integrantes e ex-integrantes alteraram as suas fotos de perfil para imagens do mesmo tema, sugerindo uma convergência na direção de um mesmo projeto, muito provavelmente uma turnê dos 40 anos de banda em 2023, com todos juntos nos palcos pelo Brasil.

Tal possibilidade é real e dada como certa, uma vez que anteriormente já fora indicada e corroborada por declarações do guitarrista Tony Belotto:

Esta ideia de fazer a reunião existe sim, existe uma conversa. Talvez seja no ano que vem, a gente não sabe ainda, mas essa possibilidade existe sim.

A gente tem uma relação muito boa, nunca houve uma briga. Claro, a gente teve divergências, mas jamais uma ruptura.

CONFIRMADO!!!

Titãs: integrantes e ex-integrantes confirmam shows com todos reunidos.