Confraria Floydstock: notícias
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador notícias. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de janeiro de 2022

Epica lança o seu 'Universo' online

Para o 20º aniversário da banda em 2022, os titãs holandeses do metal sinfônico Epica prepararam uma grande celebração de janeiro a dezembro, com muitas surpresas, novos projetos e, claro, algumas músicas novas que serão reveladas ao longo do ano.

Epica redefine datas dos shows adiados no Brasil e em outros países da América do Sul; veja como ficou.

Epica lança clipe de "The Phantom Agony" em full HD e dá pontapé inicial nas comemorações do 20º aniversário da banda.

Depois de anunciar os planos de relançar seus três primeiros álbuns, o agora clássico "The Phantom Agony", "Consign To Oblivion" e "The Score 2.0" via Nuclear Blast, em CD, vinil, bem como earbooks e boxsets estritamente limitados ainda este ano, o grupo começou o ano com o lançamento de seu próprio "universo".

Nós realmente sentimos que há um universo dentro da banda, um mundo próprio, e queremos convidar nossa força vital a ser cidadãos – Epicans, se você preferir”, explica a banda. "Pense nisso como uma sequência de antigos fã-clubes do Epica como 'The Fantom Agony' e 'The French Crusade', mas atualizado para a era moderna; é mais uma comunidade de fãs do que um clube. Epica Universe dará aos Epicans uma visão de nossas vidas, tanto pessoais e profissional, por meio de fotos exclusivas dos bastidores, podcasts, enquetes, vlogs, hangouts ao vivo e muito mais. Há até um pacote (super limitado) que inclui videochamadas individuais com um membro da banda a cada mês!"

Junte-se ao universo Epica em www.epicauniverse.com.

Tenha um primeiro vislumbre do que esperar através do vídeo abaixo apresentado por toda a banda.

terça-feira, 11 de janeiro de 2022

Morreu Burke Shelley, baixista e vocalista do Budgie

Frontman tinha 71 anos.

Sua filha, Ela Shelley, confirmou a triste notícia via Facebook em uma mensagem que dizia: “É com grande tristeza que anuncio a morte de meu pai, John Burke Shelley. Ele faleceu esta noite enquanto dormia no Heath Hospital em Cardiff, sua cidade natal. Ele tinha 71 anos”.

Nascido em Cardiff, em sua juventude, Burke Shelley se inspirou nos Beatles e notavelmente no jogo de palavras absurdo de John Lennon. Isso se tornaria um estilo que ele incorporaria em suas próprias composições quando adquiriu um baixo por volta dos 16 anos de idade.

Junto com o baterista Ray Phillips e os guitarristas Kevin Newton e Brian Goddard, ele formou o Budgie em 1967 e decidiu seguir carreira musical com a banda em tempo integral. Enquanto Newton e Goddard deixariam a banda, Tony Bourge logo os substituiria e se tornaria um membro chave por mais de dez anos.

Ao longo de sua carreira, Burke Shelley garantiu que a banda tivesse sucessos cult com faixas como 'Breadfan', 'Crash Course in Brain Surgery' e 'Guts', entre outras.

Seu estilo era muitas vezes referido como uma espécie de meio-termo único entre os estilos de proto heavy metal do Black Sabbath e os modos super progressivos do Rush. Essa fusão de som e a própria composição literária de Shelley criou um nicho amado na cena musical britânica e mais além.

Homenagens foram feitas para o herói cult, incluindo o seguinte do ator Mark Benton, que escreve: “Adeus Burke Shelley. Quando eu era jovem, fiz minha mãe bordar o logotipo do Budgie na minha jaqueta jeans, eles eram meus favoritos. Pais, prontos para matar, pirâmides.

Até o momento, nenhuma causa de morte foi anunciada.

Via FAR OUT.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Metallica e Tool usaram cães farejadores de COVID para segurança em shows recentes

De acordo com a Rolling Stone, o Metallica e o Tool estão entre os artistas que recrutaram cães especialmente treinados para farejar vestígios de COVID-19 em membros de sua equipe, comitiva ou qualquer outra pessoa que esteja nos bastidores.

O Metallica contratou uma empresa sediada em Ohio, Bio Detection K9, para seus shows de outono em Fort Lauderdale e Atlanta e também nos shows do 40º aniversário da banda em San Francisco no mês passado.

"Até agora, bata na madeira, os cachorros estão derrubando o parque", diz John Peets da Q Prime, a empresa de gestão que representa o Metallica. "Nós não tivemos um cachorro detectando ninguém."

A Bio Detection K9 está no negócio de usar cães para detectar vírus, bactérias e fungos há mais de uma década em parceria com o Departamento de Agricultura dos EUA e outras agências governamentais. A empresa planeja canalizar esforços para implantar ativos caninos de detecção de COVID em todo o mundo, ajudando a população em geral a retomar eventos sociais e esportivos com segurança. Olhando para o futuro, eles planejam enfrentar os próximos desafios biológicos e médicos de maneira sustentável, revolucionando a maneira como o mundo vê a capacidade de um canino de detectar e prevenir problemas de saúde em escala global.

Os cães Bio Detection K9 são treinados especificamente para COVID-19 e suas várias cepas e não respondem a gripes e resfriados sazonais.

Os cães não são usados ​​para revistar grandes multidões, apenas grupos gerenciáveis.

"Nós não procuramos estádios inteiros; não é para isso que estamos lá", disse Shawn Reed, diretor de treinamento e operações da Bio Detection K9, ao SWVA Today. "Eu não pego um cachorro e vasculho uma multidão de 60.000 pessoas."

Wade Morrell, CEO da Priority One Canine, que comprou recentemente o Bio Detection K9, disse ao WBNS que “há cerca de 100 funcionários” em um típico estádio ou concerto de arena “e para procurar esses 100 funcionários, levaria cerca de cinco minutos. mais tempo para alinhar todo mundo e tirar as máscaras do que fazer os cães descerem a fila e revistá-los".

De acordo com Morrell, o teste é feito com os participantes alinhados de quatro a seis pés de distância e removendo uma máscara que usaram por cerca de 10 minutos. Os cães então descem a fila cheirando as máscaras e param e sentam para indicar um participante positivo para COVID-19.

Como você tem uma área tão concentrada de odor, há uma probabilidade maior de que os cães o encontrem na máscara”, disse Morrell.

Via Blabbermouth.

sexta-feira, 7 de janeiro de 2022

Morreu Calvin Simon, vocalista original do Parliament-Funkadelic

Cantor tinha 79 anos de idade.

Ele está no Hall da Fama do Rock and Roll por seu papel em Parliament-Funkadelic, mas talvez tenha encontrado seu trabalho mais gratificante cantando louvores mais tarde na vida. Hoje dizemos um triste adeus a Calvin Simon, um grande cantor que superou as adversidades para criar uma carreira que durou mais de meio século. Ele tinha 79 anos. A notícia saiu por meio de postagens nas redes sociais de outros membros do P-Funk esta manhã.

Simon, nascido na Virgínia Ocidental, juntou-se a George Clinton no final dos anos 50 como parte do grupo doo wop The Parliaments, e lá ele permaneceu por duas décadas: de "(I Wanna) Testify" a "Tear The Roof Off The Sucker (Give Up The Funk)", enquanto o grupo se transformava no ato pioneiro Parliament-Funkadelic, com Simon desempenhando um papel em alguns dos álbuns mais icônicos do grupo. Simon deixou o grupo no final dos anos 70, juntando-se a outras ex-estrelas do P-funk para criar o show The Original P, mas ele voltou à nave-mãe um pouco mais de uma década depois como parte do P-Funk Allstars.

Por volta da virada do século, Simon deixou o funk para sempre, na esperança de se afastar dos excessos da vida da música popular e se voltar para uma vida de fé, por meio de uma nova carreira como artista gospel independente.

Nos anos seguintes, Simon superou o câncer e gravou uma série de álbuns gospel antes de se aposentar em 2019, alguns anos após o falecimento de sua esposa.

Via Soul Tracks.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Criador de "Beavis e Butt-Head" anuncia a chegada do novo filme e revela nova arte dos personagens

A película trará os protagonistas agora adultos e sendo pais.

Um “novo” filme de Beavis e Butt-Head, “e mais”, chegará no serviço de streaming da Paramount +, anunciou o criador Mike Judge no Twitter, mostrando os designs dos personagens atualizados. A série animada para adultos, sobre dois preguiçosos adolescentes imprestáveis, ambos dublados por Judge, foi ao ar originalmente entre 1993 e 1997 na MTV por oito temporadas. Uma série revival foi ao ar no Comedy Central em 2011.

Judge, que desde então criou a aclamada série de comédia da HBO Silicon Valley, tuitou que o novo conteúdo de Beavis e Butt-Head está chegando neste ano. Ele escreveu:

Beavis e Butt-Head retornarão este ano com um filme novo e mais na Paramount +. Nenhuma data exata ainda, mas em breve. Eles precisam de algum tempo para voltar à forma.

A arte que Judge revelara mostra um Beavis e Butt-Head significativamente mais velhos, que agora parecem ter atingido a meia-idade. Uma segunda série de avivamento foi anunciada para o Comedy Central em 2020, e apresentaria Beavis e Butt-Head da geração X como pais dos filhos da Geração Z. “Parecia que era o momento certo para ser estúpido novamente”, disse Judge em um comunicado na época.

O segundo filme de Beavis e Butt-Head foi anunciado inicialmente em fevereiro de 2021. O primeiro filme - Beavis e Butt-Head Do America - foi lançado nos cinemas em 1996, durante a exibição original do programa. Ele arrecadou mais de $60 milhões em todo o mundo.

Judge é mais conhecido como o satirista por trás de comédias cult como Office Space e Idiocracy, bem como os programas animados King of the Hill e a curta vida The Goode Family. Sua última série é aclamada pela crítica, Mike Judge Presents: Tales from the Tour Bus. O documentário animado durou duas temporadas entre 2017 e 2018.

Via Collider.com

terça-feira, 4 de janeiro de 2022

Documentário sobre Ronnie James Dio chegará em 2022

Um novo documentário centrado na vida do lendário deus do rock, Ronnie James Dio, está programado para ser lançado este ano, quase dois anos depois que os detalhes do filme foram anunciados pela primeira vez. O lançamento do filme ainda sem título foi confirmado pela viúva do falecido cantor, Wendy, durante uma entrevista no The Lucas H. Gordon Show no YouTube.

Na entrevista, Dona Dio revelou ter visto “o primeiro corte” do documentário, descrevendo-o como “muito emocionante”. Dio continuou: “(Isso) percorre todo o caminho pela vida dele até o fim”, ela explicou, em uma reportagem no Blabbermouth. “Estava assistindo com a minha publicitária e uma pessoa da BMG, que está financiando o documentário, e todos choramos”.

Wendy Dio também confirmou que uma série de outros músicos e figuras icônicas do mundo do rock e do metal aparecem no documentário. Entre eles estão o vocalista do Judas Priest, Rob Halford, o ator e vocalista do Tenacious D, Jack Black, Lita Ford do The Runaways e Geezer Butler do Black Sabbath.

Não é surpreendente que Black apareça no documentário, já que qualquer pessoa com uma excelente memória lembrará que Dio é referenciado nos estágios iniciais do filme de 2006 de Tenacious D, "The Pick of Destiny". Dio refuta a jornada surreal do protagonista JB para formar a banda de rock "mais incrível" do mundo.

Conforme declarado nos relatórios originais que datam de fevereiro de 2020, o documentário é codirigido por Demian Fenton e Don Argott. Os dois já colaboraram antes, incluindo em "Rock School" de 2005, deixando os fãs com esperança de que o novo filme seja brilhante. O documentário também irá incorporar elementos das memórias inacabadas de Dio, "Rainbow in the Dark", dando ao documentário um toque orgânico.

Dio estava trabalhando na autobiografia com Mick Wall antes de sua morte. Depois que Dio faleceu em 2010, Wall e os familiares do cantor terminaram o livro, que acabou sendo lançado em 2021.

Via Far Out.

Assista Wendy Dio discorrer sobre o vindouro documentário no player abaixo.

Epica redefine datas dos shows adiados no Brasil e em outros países da América do Sul; veja como ficou

Banda remarcou apresentações no continente para o fim de 2022.

O Epica viria à América do Sul no fim do ano passado, em turnê de divulgação do seu mais recente álbum, "Omega"(Review).

Epica: O que se sabe sobre o vídeo criptográfico ‘Epica Universe’.

Epica lança clipe de "The Phantom Agony" em full HD e dá pontapé inicial nas comemorações do 20º aniversário da banda.

Epica: o álbum de estreia 'The Phantom Agony'.

Epica: "Omega" ganha a categoria de "Melhor Álbum" e Simone Simons a de "Melhor Vocal" do FemMetal Awards 2021.

Epica lança "Omega Alive"; ouça e assista ao clipe de "Victims of Contingency".

Contudo, devido às pendências pandêmicas da COVID-19, a banda acertadamente adiara as apresentações em um ano, shows esse que enfim tiveram suas novas datas definidas.

Os ingressos, para aqueles que ainda não os tiverem, poderão serem adquiridos no site da banda. Confira as novas datas e seus respectivos locais nas imagens abaixo:

Epica: O que se sabe sobre o vídeo criptográfico ‘Epica Universe’

Banda neerlandesa postara um teaser nas redes sociais com uma mensagem lacônica.

No 2º dia deste ano o Epica abriu as comemorações de esu 20º aniversário de carreira disponibilizando um vídeo Full HD da faixa-título de seu álbum de estreia, "The Phantom Agony".

Epica redefine datas dos shows adiados no Brasil e em outros países da América do Sul; veja como ficou.

Epica: o álbum de estreia 'The Phantom Agony'.

Epica: "Omega" ganha a categoria de "Melhor Álbum" e Simone Simons a de "Melhor Vocal" do FemMetal Awards 2021.

Epica lança "Omega Alive"; ouça e assista ao clipe de "Victims of Contingency".

Mas não parou por aí. A banda holandesa parece ter muitos mimos e surpresas reservadas para os fãs.

Já se sabe sobre ‘The Phantom Agony’ - show do 20º aniversário do Epica, que acontecerá em Tilburg, Holanda. Em 10 de dezembro de 2021, a banda postou no Facebook:

“🔥 Alpha to Ωmega 🔥

"Iremos levá-lo conosco ao início de Epica, de The Phantom Agony a Omega e tudo mais. Será um passeio selvagem pela história do Epica. Você está pronto?"

Omega por Epica Versus "Dark" (série germânica da NETFLIX) - Análise Comparativa.

Este artigo é uma análise comparativa entre o novo álbum "Omega" (Review) do Epica e a aclamada série de TV da Netflix ... (Clique na imagem para ler).

O Epica explicou como “demorou cerca de cinco dias e noites inteiros para filmar esta história épica sobre a caça às bruxas”.

Epica Universe:

Agora em 3 de janeiro último, a banda sinfônica holandesa fez um anúncio enigmático nas redes sociais sobre o “Universo Epica” e lançou um pequeno teaser:


Sabemos que o Epica estará relançando seus três primeiros álbuns. Além disso, a banda também está trabalhando em novas músicas. Portanto, talvez eles estejam nos provocando sobre o lançamento de um box-set comemorativo do 20º aniversário intitulado “Epica Universe”. Os fãs do Epica no Reddit estão inclinados a um evento especial ao vivo semelhante ao Ayreon Universe: um show único com estrelas convidadas especiais e um setlist selecionado de todos os álbuns do Ayreon, organizado e arranjado por Arjen A. Lucassen e Joost van den Broek (produtor do Epica). Ainda assim, estamos apenas supondo aqui. Mas estou inclinado a concordar com os fãs. Pensamentos de despedida O que você acha que a banda está fazendo? Haverá um novo trabalho conceitual em breve ou o Epica está indo além da música?

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Catálogo de David Bowie é vendido para a Warner Music por $250mi

Espólio do saudoso camaleão enfim cedera a nova tendência da indústria fonográfica.

A Warner Chappell Music (WCM) e o espólio de David Bowie anunciaram hoje que a WCM adquiriu os direitos globais de publicação de música para o revolucionário catálogo de canções de Bowie. O acordo histórico, no valor de mais de US $ 250 milhões, de acordo com a Variety, inclui todo o corpo de trabalho de Bowie, abrangendo centenas de canções que abrangem a carreira de seis décadas do artista icônico e compositor, incluindo pioneiras como "Space Oddity", "Changes", "Life on Mars?","Ziggy Stardust"," "Starman","Rebel Rebel","Fame","Young Americans","Golden Years","Heroes","Ashes to Ashes","Modern Love","Let's Dance","Where Are We Now?","Lazarus" e muitos mais. O acordo inclui canções dos 26 álbuns de estúdio de David Bowie lançados durante sua vida, bem como o lançamento póstumo do álbum de estúdio "Toy". Também inclui os dois álbuns de estúdio do Tin Machine, junto com faixas lançadas como singles de trilhas sonoras e outros projetos.

Ao fazer o anúncio, o copresidente e CEO do WCM, Guy Moot disse:

"Todos nós da Warner Chappell estamos imensamente orgulhosos de que o espólio de David Bowie nos escolhera para ser os zeladores de um dos catálogos mais inovadores, influentes e duradouros na história da música. Estas não são apenas canções extraordinárias, mas marcos que mudaram o curso da música moderna para sempre. A visão e o gênio criativo de Bowie o levaram a ir além dos limites, liricamente e musicalmente, escrevendo canções que desafiavam as convenções, mudaram uma época e se tornaram parte do cânone da cultura global. Seu trabalho abrangeu grandes sucessos pop e aventuras experimentais que inspiraram milhões de fãs e incontáveis ​​inovadores, não apenas na música, mas em todas as artes, moda e mídia. Estamos ansiosos para atender seu corpo incomparável de canções com paixão e cuidado enquanto nos esforçamos para construir sobre o legado deste ser humano mais extraordinário."

"Gostaria de agradecer a todos os envolvidos na realização desse negócio maravilhoso", continuou Moot.

Este acordo com a WCM segue o anúncio no ano passado de um acordo global de carreira entre o Warner Music Group (WMG) e o espólio Bowie, por meio do qual a Warner Music licenciou os direitos mundiais do catálogo de músicas gravadas de Bowie em 1968. Com este novo contrato com a Warner Chappell, WMG é agora o lar do corpo de trabalho de Bowie como compositor e artista de gravação.

A copresidente e COO do WCM, Carianne Marshall, observou: "Este pacto fantástico com o espólio de David Bowie abre um universo de oportunidades para levar sua música extraordinária a novos lugares dinâmicos. Este não é apenas um catálogo, mas uma coleção viva e vibrante de canções atemporais que são tão poderosas e ressonantes hoje quanto eram quando foram escritas. Ficamos satisfeitos em saber que o espólio sentiu que a Warner Chappell tem o conhecimento, a experiência e os recursos para tomar as rédeas e continuar a promover uma coleção dessa estatura. Todos os nossos líderes e departamentos globais estão incrivelmente entusiasmados e preparados para trabalhar com essas canções brilhantes em várias vias e plataformas. E com os dois lados do WMG agora representando a carreira de Bowie, não poderíamos estar melhor preparados para representar este ilustre corpo de trabalho."

Em nome do David Bowie Estate e da RZO, Allen Grubman acrescentou: "Estamos verdadeiramente gratos que o corpo musical de David Bowie agora estará nas mãos capazes da Warner Chappell Music Publishing. Temos certeza de que eles irão valorizá-lo e cuidar dele com o maior nível de dignidade."

Via BLABBERMOUTH.

Steven Wilson anuncia que o seu próximo lançamento solo será outro álbum conceitual

Músico também falara sobre o novo livro e o box set em que está trabalhando atualmente.

Steven Wilson anunciou que seu próximo álbum solo, que ele pretende lançar em 2023, será outro álbum conceitual. Em uma mensagem de ano novo para os fãs em seu site, Wilson citou seu próximo álbum, "Closure/Continuation", do Porcupine Tree, que será lançado no próximo ano, bem como uma série de outros projetos em que está trabalhando, que incluem um novo livro e uma caixa focando na influência da música progressiva nos anos 80.

"Espero lançar em meados de 2023, uma grande coisa conceitual parcialmente baseada em um conto que aparece em meu livro", diz ele sobre o sucesor de "The Future Bites", de 2021. "Um longo caminho a percorrer ainda, mas estou animado com isso e para onde a música está me levando, algo completamente diferente novamente com colaboradores antigos e novos. Continuo comprometido com a ideia de construir um corpo de trabalho onde cada álbum tenha personalidade própria e lugar único no catálogo."

Wilson também está trabalhando em um novo livro, "Limited Edition Of One", que será lançado em março pela Little, Brown & Company.

Além de conter algum material autobiográfico, também traz muito sobre minhas ideias sobre música e sobre a maneira como as coisas mudaram em meu tempo como profissional, listas, fotos de meus arquivos pessoais, transcrições de conversas e até alguns elementos de ficção,” ele diz. "Como já houve alguns livros escritos sobre mim e/ou Porcupine Tree nos últimos anos, escolhi focar nas coisas que as pessoas realmente não sabem sobre mim. Como você provavelmente pode imaginar, também haverá uma versão especial limitada de luxo. Contará com um segundo volume de material suplementar e fotos, além de um CD de 70 minutos com "ilustrações em áudio" de algumas das coisas sobre as quais falo no livro, incluindo misericordiosamente breves trechos de minhas bandas escolares, e demos inéditas do No-Man e Porcupine Tree, entre outros. Embora muitos de seus méritos musicais possam ser questionáveis, minha esperança é colocá-lo lá "na sala" quando estou falando sobre meus primeiros esforços musicais."

Por fim, ele revela que também está fazendo a curadoria de um novo box set, "que se concentrará em como o espírito progressivo dos anos 70 continuou a inspirar a música independente e alternativa ao longo dos anos 80, o que me permitiu revisitar muito do meu pós-punk favorito e arte pop/rock da década em que eu era um adolescente enlouquecido por música. Tudo, de Wire e Joy Division a Cardiacs e Cocteau Twins. Haverá novidades em breve."

Via PROG.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2021

Nick Mason adia os shows da Saucerful of Secrets na América do Norte

A Saucerful of Secrets, de Nick Mason, adiou sua turnê norte-americana de 2022 "para o final do ano".

A decisão foi tomada "com grande pesar ... devido à incerteza em torno da pandemia de Covid", de acordo com um comunicado oficial postado no Twitter.

A Saucerful of Secrets foi formada em 2018 e se concentra principalmente na música antiga do Pink Floyd. Mason é acompanhado pelo guitarrista do Spandau Ballet, Gary Kemp, o baixista de longa data do Pink Floyd, Guy Pratt, o guitarrista Lee Harris e o tecladista Dom Beken.

Gostamos muito de nossa turnê de 2019 na América”, disse Mason há apenas dois meses, quando esta jornada foi anunciada pela primeira vez. “Estamos felizes por estar de volta e tocar o Pink Floyd para os fãs de música podem nunca ter tido a chance de experimentar ao vivo.

Um aumento na pandemia em curso causou uma série de cancelamentos recentes, particularmente em áreas com grandes populações. Phish, LCD Soundsystem, The Strokes e Patti Smith adiaram grandes shows em Nova York, citando os recentes aumentos em casos positivos.

"A capacidade desta variante de transmissão rápida é sem precedentes", disse Phish em um comunicado publicado em seu site. “Também estamos cientes de que um número significativo de pessoas viaja para assistir a esses shows e depois retorna para suas comunidades, e queremos evitar a transmissão acelerada do vírus”.

Os donos de ingressos foram aconselhados a aguardar mais informações de seus respectivos locais e empresas de ingressos, enquanto a equipe de Mason trabalha para reagendar as datas canceladas.

Confira abaixo as datas que foram adiadas:

segunda-feira, 27 de dezembro de 2021

KISS: Paul Stanley diz que toda a sua família contraiu a Omicron: 'Estou tão feliz por ter sido vacinado'

O co-líder do KISS, Paul Stanley, diz que ele e sua família contraíram omicron, a cepa dominante do coronavírus nos EUA.

No domingo à noite (26 de dezembro), Stanley acessou seu Instagram para compartilhar o que parece ser uma selfie e incluiu a seguinte mensagem: "Meu rosto Omicron! Sim. Minha família inteira o tem. Estou cansado e fungando. A maior parte minha família não apresenta absolutamente nenhum sintoma. Faça o que quiser. Estou tão feliz por ter sido vacinado."

A variante omicron altamente contagiosa se tornou rapidamente a forma mais comum do coronavírus nos EUA, sendo responsável por 73% de todos os casos, de acordo com autoridades federais.

Com base em estudos anteriores, aqueles que estão em dia com suas vacinas COVID-19 têm muito menos probabilidade de serem hospitalizados com a variante omicron do que com a cepa delta anterior. No entanto, a maior transmissibilidade do omicron significa que o risco de sobrecarga dos sistemas de saúde durante o inverno ainda é bastante elevado.

"É claro que se você for vacinado, especialmente se você recebeu um reforço, o omicron tende a produzir infecções mais brandas", disse o Dr. William Schaffner, especialista em doenças infecciosas do Vanderbilt University Medical Center em Nashville, Tennessee, à NBC Notícias.

"O que ainda não vimos é um corpo substancial de informações sobre o que o omicron fará em pessoas não vacinadas", acrescentou.

Esta é, aparentemente, a segunda vez que Stanley contrai COVID-19, tendo previamente testado positivo em agosto, forçando o KISS a adiar uma série de shows. Poucos dias depois, o KISS anunciou que o baixista Gene Simmons também havia testado positivo para o vírus. Como resultado, a banda adiou mais quatro shows.

Em março, Stanley disse ao programa "At Home And Social" da AXS TV que estava "muito animado e agradecido" por receber sua segunda vacina para a COVID-19. "Eu gostaria [de ver] todo mundo voltar a uma vida normal", disse ele na época. "Tem sido devastador para tantas pessoas. Para nós, que somos incomodados, é mínimo em comparação com o que algumas pessoas passaram."

Stanley também criticou as pessoas que eram desafiadoramente céticas quanto ao uso de máscaras, dizendo que representavam um risco para si mesmas e para todos ao seu redor.

"Parte do problema é que não aderimos adequadamente ao que deveriam ser restrições de bom senso", disse ele. “E enquanto houver pessoas negando o que está sendo dito a elas, essa [crise do coronavírus] se estenderá ainda mais.

Devemos ser uma comunidade. E se houver a menor possibilidade de que seja a coisa certa a fazer, você não deveria fazer?" ele perguntou retoricamente.

No mês passado, Simmons criticou pessoas que são céticas em relação às vacinas COVID-19, chamando-as de "delirantes" e "inimigas" e dizendo que elas representam um risco para si mesmas e para todos ao seu redor.

Em outubro, a revista Rolling Stone publicou uma história em que um grupo de roadies do KISS sugeriu que a falta de protocolos COVID aplicados na turnê de despedida "End Of The Road" da banda levou à morte de um técnico de guitarra de longa data, de 53 anos. Francis Stueber. Stueber morreu de coronavírus em seu quarto de hotel em Detroit em 17 de outubro, apenas dois dias depois de ser colocado em quarentena. Os membros da tripulação alegaram que a turnê não tomou medidas de segurança estritas o suficiente, incluindo não testar todos regularmente. Além disso, alguns membros da equipe supostamente disfarçaram sua doença com falsos cartões de vacinação.

Em um comunicado, os membros do KISS disseram que ficaram "profundamente desolados" com o falecimento de Stueber, mas acrescentaram: "Agora estamos cientes de que havia membros da equipe que tentaram esconder sinais de doença e, quando foi descoberta, recusaram atendimento médico …. Além disso, recentemente fomos informados de que certos membros da equpe podem ter fornecido carteiras de vacinação falsas que, se verdadeiras, consideramos moralmente repreensíveis (e também ilegais), colocando toda a viagem em perigo."

Via Blabbermouth.

Epica: "Omega" ganha a categoria de "Melhor Álbum" e Simone Simons a de "Melhor Vocal" do FemMetal Awards 2021

O álbum “Omega” do Epica recebeu o maior número de votos nas pesquisas do FemMetal Awards 2021 e, posteriormente, ganhou a categoria de Melhor Álbum lançado no referido ano.

Review: "Ωmega", oitavo álbum do Epica, é puro Jung em metal-lírico.

Omega” foi lançado em fevereiro de 2021, apresentando singles como "Abyss of Time", "Rivers" e "The Skeleton Key". Otrabalho fora o oitavo álbum de estúdio do Epica, via Nuclear Blast.

Além do Melhor Álbum, o Epica tivera também a sua vocalista Simone Simons agraciada na categoria "Melhor Vocal"

Veja as classificações completas de ambas as categorias:

"Melhor Álbum":

Epica - 27.6 %
Temperance - 22.7 %
Charlotte Wessels - 10.7 %
Jinjer - 9.7 %
Nervosa - 9.7 %
Crypta - 5.3 %
Blackbriar - 4.0 %
Seven Spires - 3.1 %
Burning Witches - 2.3 %
Phantom Elite - 2.1 %
Scarlet Aura - 1.8 %
Sumo Cyco - 1.1 %

"Melhor Vocal":

Simone Simons - 30.9 %
Alessia Scolletti - 20.0 %
Charlotte Wessels - 11.0 %
Melissa Bonny - 8.7 %
Courtney LaPlante - 7.1 %
Taylor Momsen - 6.9 %
Anneke van Giersbergen - 5.4 % 
Zora Cock - 4.5 %
Moriah Formica - 3.2 %
Liv Kristine - 2.4 %


quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Foto de Alice Cooper servindo comida às crianças carentes viraliza no Twitter

Uma foto de Alice Cooper servindo comida para crianças no que parece ser um posto de alimentos (VIDE ACIMA) está circulando no Twitter esta semana, e as reações dos internautas fizeram a coisa viralizar.

A imagem não é nova, entretanto, e já apareceu online antes. Mas a justaposição visual do padrinho do rock de choque, agora com 73 anos, dando uma mãozinha para aqueles que podem ser menos afortunados, parece suscitar uma riqueza de observações de quem o vê.

"Alice Cooper servindo comida em um abrigo", disse um usuário do Twitter que o compartilhou novamente em 18 de dezembro em meio a uma onda de retuítes relacionados sobre a imagem comovente.

Vários comentaristas subsequentes fizeram observações políticas ou religiosas relacionadas à imagem. "Alice Cooper fazendo mais pelas pessoas necessitadas do que [o senador Joe Manchin]", disse um deles. "Você sabe como Jesus nos disse para servir aos outros como uma demonstração de nossa fé Nele?" perguntou outro. "Alice Cooper está fazendo o certo."

Com base nessa vibração, Alex Skolnick do Testament juntou-se ao tweet em 20 de dezembro, "Uma vez considerado uma ameaça à sociedade educada, [Cooper] acaba por ser um cidadão decente e notável, enquanto tantos os chamados 'cidadãos modelo' de escolas, igrejas, negócios e especialmente política, são como os personagens malignos de suas canções."

Cooper costumava dar uma festa anual para crianças carentes em seu restaurante agora fechado em Phoenix, a cidade de Cooper, conforme mostrado em uma atualização de 2013 no site do roqueiro. Ele também organiza o evento anual de arrecadação de fundos para pudim de Natal para jovens carentes.

O Rock and Roll Hall of Famer, cuja carreira musical icônica abrange meio século, partirá em uma turnê norte-americana no início de 2022. O cantor, que fora assolado pela COVID-19 no ano passado e perdeu 7 quilos com a doença, lançou o novo álbum "Detroit Stories" em fevereiro último.

Via LOUDWIRE.

terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Carl Palmer anuncia datas da ELP Legacy Tour 2022 pelos EUA

Carl Palmer anunciou datas expandidas para sua ELP Legacy Tour, que começará em 27 de janeiro próximo, em Jacksonville, Flórida.

Os três primeiros shows da jornada de 2022 terão datas previamente adiadas junto com o Alan Parsons Live Project. A partir daí, Palmer planeja sair para mais uma dúzia de shows solo pela Costa Leste até meados de fevereiro.

As novas datas da turnê seguem o sucesso da primeira etapa da ELP Legacy Tour de Palmer, que aconteceu em novembro. “Nossa turnê de outono de 2021, foi a primeira vez desde a pandemia que pudemos estar juntos e tocar”, observou o roqueiro por meio de um comunicado à imprensa, acrescentando que “a resposta foi notável e provou para nós que a música ao vivo estava em grande demanda mais uma vez."

Palmer é o único membro sobrevivente do trio Emerson, Lake & Palmer. O baterista promete que sua próxima turnê incluirá "o material mais amado do ELP, incluindo clipes de filmes artísticos originais e filmagens de arquivo que abrangem a carreira do trio."

Além do próprio baterista, a banda "Carl Palmer’s ELP Legacy" apresenta Paul Bielatowicz na guitarra e voz e Simon Fitzpatrick no baixo. Palmer tocará bateria na maior parte do tempo, mas pegará o microfone para cantar “Benny the Bouncer”.

A jornada é parte de uma celebração de três anos do 50º aniversário da ELP, que também inclui a coleção recentemente lançada de gravações ao vivo da banda, intitulada "Out of This World: Live (1970-1997)", uma nova coleção de arte de Palmer baseada nas cinco principais álbuns de estúdio do grupo, um documentário e "Karn Evil 9", um importante filme de ficção científica de Hollywood baseado na canção de mesmo nome.

Os ingressos para a turnê de 2022 já estão à venda.

Via UCR.

Carl Palmer's 2022 ELP Legacy Tour:

Jan. 27 - Jacksonville, Fla. @ Florida Theatre (with Alan Parsons Live Project)

Jan. 29 - Clearwater, Fla. @ Ruth Eckerd Hall (with Alan Parsons Live Project)

Jan. 30 - Ft. Lauderdale, Fla @ Broward Center Performing Arts (with Alan Parsons Live Project)

Jan. 31 - Key West, Fla. @ Key West Theater

Feb. 1 - Caddelberry, Fla. @ Casselberry’s Patio & Lounge

Feb. 6 - Carrboro, N.C. @ Cat's Cradle

Feb. 8 - Sellersville, Pa. @ Sellerville Theater 1894

Feb. 9 - Ridgefield, Ct. @ Ridgefield Playhouse

Feb. 10 - Shirley, Mass. @ Bull Run

Feb. 11 - Patchogue, N.Y. @ Patchogue Theatre

Feb. 12 - New York, N.Y. @ Iridium Club

Feb. 13 - New York, N.Y. @ Iridium Club

segunda-feira, 13 de dezembro de 2021

King Crimson: The Final Concert?

Mensagem do baixista Tony Levin e tuite da banda indicam que recente show pode ter sido o último do gigante do prog.

Uma legenda na foto (acima) do King Crimson se encaminhando para o palco, prestes a iniciar a o show da noite do dia 8 de dezembro último, em Bunkamura Orchard Hall, Tóquio, postada pelo baixista Tony Levin em seu blog, denota que possivelmente o grupo esteja encerrando seus trabalhos:

"É a segunda noite no Bunkamura Orchard Hall. Esta noite é o show final da turnê, e possivelmente o show final do King Crimson.

Antes da passagem de som, tive uma visão melhor do local."

Corroborando com o provável fim, o Twitter da banda publicara o seguinte:

"Um momento significativo em que King Crimson 'foi do som ao silêncio' hoje no Japão."

quinta-feira, 9 de dezembro de 2021

Amazon Music e Prime Video transmitirão ao vivo os 2 shows de 40º aniversário do Metallica

A Coda Collection apresentará um evento de transmissão ao vivo e exclusivo, intitulado "40 Years Of Metallica", em duas noites celebrando suas 4 décadas.

Desenvolvido pelo grupo de streaming Amazon Music e canais Prime Video, o stream ao vivo global gratuito e exclusivo trará as apresentações completas da banda na sua cidade natal em 17 e 19 de dezembro próximos, no Chase Center de São Francisco.

Embora os ingressos presenciais estivessem disponíveis exclusivamente para membros do fã-clube Fifth Member do grupo, agora os fãs do Metallica em todo o mundo poderão assistir as duas apresentações ao vivo de casa ou no celular via Amazon Music, canal Twitch da Amazon Music e Prime Video ( com ou sem assinatura de visualização on-demand Prime) começando às 2 horas da manhã. Os programas serão disponibilizados exclusivamente no canal The Coda Collection / Prime Video para visualização posterior.

Os fãs do Metallica também poderão assistir a filmes apresentados como parte do SF Takeover Film Fest, incluindo "Cunning Stunts" e "Orgullo, Pasión, Y Gloria: Tres Noches em La Ciudad De México" no canal The Coda Collection / Prime Video no mesmo fim de semana.

A transmissão ao vivo e os filmes do 40º aniversário são apenas o começo, dando início a uma ampla parceria entre The Coda Collection e o Metallica, que incluirá uma lista completa de filmes de concerto, documentários e conteúdo adicional abrangendo a carreira da banda chegando ao canal exclusivamente em 2022, ao lado de filmes de música popular como Foo Fighters, Jimi Hendrix, Grateful Dead e muitos mais.

Para mais informações sobre "40 Years Of Metallica" e para se inscrever e receber um lembrete , vá para este local. Para ver uma lista completa das atividades do Metallica San Francisco Takeover e obter atualizações diárias, acesse www.metallica.com.

O Metallica também está se unindo à Amazon Music para lançar "The Metallica Takeover", uma estação hospedada por convidado disponível exclusivamente para assinantes e membros Prime da Amazon Music Unlimited. Os membros da banda contarão histórias sobre a evolução de sua música, com uma trilha sonora com curadoria de seus maiores sucessos, favoritos dos fãs e conteúdos raros.

"The Metallica Takeover" é a mais recente estação DJ Mode a estrear na Amazon Music - uma experiência de audição totalmente nova e on demand, que combina a personalização, o controle e a amplitude do catálogo de streaming com a vibração e personalidade de rádios hospedadas por DJs . Os fãs podem ouvir "The Metallica Takeover" agora na Amazon Music, simplesmente pedindo "Alexa, toque The Metallica Takeover" no aplicativo Amazon Music para iOS e Android e em dispositivos habilitados para Alexa.

Lançado em fevereiro de 2021, The Coda Collection está disponível exclusivamente através dos canais Prime Video. Esta oferta única de streaming por assinatura apresenta uma seleção exclusiva com curadoria dos documentários musicais mais icônicos, filmes de concerto e séries episódicas de décadas e gêneros combinados com um site complementar que explora novas perspectivas sobre a música e apresenta entrevistas exclusivas com alguns dos maiores nomes do música.

A coleção Coda está disponível para membros do Amazon Prime nos EUA agora por US $ 4,99 por mês com uma avaliação gratuita de sete dias.

Para explorar a The Coda Collection e se inscrever para um teste gratuito de sete dias, visite www.codacollection.co.

Os shows do 40º aniversário farão o Metallica retornar ao Chase Center pela primeira vez desde os shows "S & M²" de setembro de 2019, que também serviram como a grande inauguração do local. Era impossível não notar que fãs de mais de 60 países viajaram para o City by the Bay e assumiram completamente o controle de San Francisco para o fim de semana "S & M²". Essa efusão de vibrações positivas de todo o mundo inspirou o Metallica a convidar os "Quintos Membros de volta" - e desta vez, além dos dois shows no Chase Center, o grupo fará a curadoria de outros eventos de comédia e música ao vivo, degustações de Blackened Whisky e muito mais mais em toda a cidade durante o longo fim de semana de celebrações de quatro dias começando na quinta-feira, 16 de dezembro.

Via BLABBERMOUTH.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Duas franquias internacionais se unem em São Paulo para estimular a música na nova geração

School of Rock e Blue Note proporcionam experiência profissional para os músicos do amanhã.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Uma casa de shows internacional conhecida por apresentações de artistas renomados e por acolher diversos estilos musicais, o Blue Note São Paulo vai abrir as suas portas e a sua famosa varanda na avenida Paulista para os alunos da School of Rock, a maior rede de escolas de música do mundo. Conhecida por incentivar o estudo da música desde a infância até a maturidade, a School of Rock trará bandas de dez escolas do grupo para apresentar um show recheado de clássicos do rock.

 “O pessoal do Blue Note apoia a música assim como a School of Rock. Queremos que daqui uns anos esses jovens, que estão hoje se apresentando aqui, tragam seus filhos e famílias para continuarem a ouvir e aprender música. Vamos incentivar e trazer experiências inesquecíveis para quem está começando a aprender um instrumento musical ou a cantar”, diz o diretor geral da School of Rock no Brasil, Fernando Quesada,

A proposta é trazer a experiência que artistas consagrados têm de tocar neste famoso palco, com som e estrutura profissional, para que os adolescentes e jovens possam sentir um pouco da sensação de fazer um show de verdade. O evento acontece no dia 05 de dezembro (domingo) e os ingressos podem ser adquiridos no site da Eventim com 30% de desconto para pais e alunos da School of Rock.

https://www.eventim.com.br/artist/school-of-rock/

A School of Rock, líder mundial em ensino musical baseado em performance, atua em diversas frentes para levar o ensino e o gosto pela música adiante, como a parceria com a Outono Music, que deu origem ao primeiro programa autoral da rede e irá lançar anualmente uma coletânea especial com as melhores músicas compostas 100% por alunos e jovens talentos.

Localizada na Avenida Paulista, o Blue Note proporciona aos artistas e ao público um ambiente intimista para os aficionados por música boa, do Jazz a Bossa Nova, da Mpb ao Blues, do Samba Raiz ao Rock e ao Pop. O Blue Note São Paulo é uma filial de um dos mais lendários clubes de Jazz de Nova York, que tem casas, além do Brasil e Estados Unidos, no Japão, China e Itália.

Outras informações:

http://www.schoolofrock.com.br

https://bluenotesp.com/

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

"The Beatles: Get Back": documentário de Peter Jackson no Disney Plus

Confira os bastidores da gravação de um dos álbuns de rock mais controversos do mundo.

"Get back to where you once belonged!"

Finalmente temos em mãos a primeira parte do documentário de três partes de Peter Jackson, "The Beatles: Get Back" no Disney Plus.

Jackson, - que é mais conhecido por dirigir as franquias "O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit", admitiu recentemente que convencera a Disney a quebrar uma de suas maiores regras ao fazer o documentário.

Tivemos que conversar com a Disney sobre o juramento. Os Beatles são garotos malvados e xingam livremente, mas não de forma agressiva ou sexual”, disse ele à revista Radio Times.

Conseguimos que a Disney concordasse em fazer liberar palavrão, o que eu acho que é a primeira vez para um canal da Disney. Isso também os faz sentir modernos.

A próxima série de três partes apresenta imagens de arquivo nunca antes vistas da banda Liverpudlian, com Jackson revisando 57 horas de vídeo ao longo de quatro anos enquanto edita os filmes sobre a produção dos Beatles de seu álbum Let It Be, de 1970.

Quem está pensando que isso vai ser uma pá de cal, pense novamente”, disse Jackson ao The Guardian. “Eu não queria reter ou higienizar nada, mas houve uma reação muito positiva de todos, mesmo que alguns deles dissessem que partes dela eram estressantes de assistir.

The Beatles: Get Back - Part 1 estreou hoje, quinta-feira, 25 de novembro de 2021.

The Beatles: Get Back - Part 2 chegando amanhã, sexta-feira, 26 de novembro de 2021.

The Beatles: Get Back - Part 3 chegando sábado, 27 de novembro de 2021.

Cada episódio dura cerca de duas horas, com seis horas ao total.

Para assistir "The Beatles: Get Back", você precisará assinar o Disney +, se ainda não o tiver feito.

Grammy Awards: prog comanda com as indicações de Steven Wilson, Dream Theater e Mastodon

Nomeações também para Gojira, Chick Corea e mais tornam a noite atipicamente positiva para música progressiva.

Steven Wilson, Dream Theater, Mastodon e outros lideraram uma noite atipicamente positiva para a música progressiva com as indicações para o Grammy Awards 2022 reveladas nessa semana.

Também houve indicações para o prog metal Gojira, o maestro Chick Corea, Pat Metheny e Sun Ra Orkestra.

Steven Wilson recebeu duas nomeações para o álbum 'The Future Bites' deste ano, nas categorias de "Melhor Álbum de Áudio Imersivo" e "Melhor boxset ou Edição Limitada".

"Estou muito feliz e orgulhoso de ter "The Future Bites" nomeado duas vezes para os prêmios Grammy do próximo ano, nas categorias de "Melhor Álbum de Áudio Imersivo" e "Melhor boxset ou Edição Limitada". Nos vemos em LA", tuitou o músico e produtor.

As bandas de metal progressivo Dream Theater, Mastodon e Gojira lideraram a caminhada para a Melhor Performance de Metal (os Grammy nunca tiveram uma categoria de rock progressivo) por "The Alien", "Pushing The Tides" e "Amazonia", respectivamente.

"Estamos muito honrados com a nomeação para um Grammy este ano na categoria "Melhor Performance de Metal", disse em nota o Dream Theater.

O falecido Chick Corea, que infelizmente morreu no início deste ano, recebeu duas indicações na categoria "Jazz", de 'Melhor Álbum de Jazz Instrumental' por "Akoustik Band LIVE" e também de Melhor Solo de Jazz Improvisado por "Humpty Dumpty" do mesmo álbum. The Sun Ra Arkestra recebeu sua indicação de Melhor Álbum de Large Jazz Ensemble por "Swirling", enquanto o vencedor de vários Grammy Awards, Pat Metheny, foi indicado para Melhor Álbum Instrumental de Jazz por "Side-Eye NYC (V1.IV)".

A 64ª noite do Grammy Awards acontecerá no dia, 31 de janeiro próximo.

Via PROG.