head> Confraria Floydstock: livros
Mostrando postagens com marcador livros. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador livros. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 25 de outubro de 2022

Pink Floyd: banda prepara a chegada de luxuoso livro para celebrar os 50 anos de "The Dark Side Of The Moon"

Será um vasto e especialíssimo material sobre o cinquentenário de um dos álbuns mais vendidos da história

1º de março de 2023 marca o 50º aniversário do lançamento de "The Dark Side Of The Moon" pelo Pink Floyd. Comemorando o 50º aniversário do lançamento desse espetacular álbum, o grupo anunciou uma nova publicação da banda intitulada com o mesmo nome do álbum. Este pacote do tamanho de um álbum altamente desejável combina fotos raras e inéditas de bastidores e no palco com a evolução visual da arte icônica do disco.

Com uma data de publicação provisória para 1º de março de 2023, "The Dark Side Of The Moon by Pink Floyd" é um livro desenhado pela Pentagram com especificações elevadas, oficial comemorativo da banda e do álbum, que será um pacote cobiçado para as legiões de fãs do Floyd. Esta data também verá o lançamento de uma caixa de luxo contendo um relançamento do álbum, juntamente com vários itens musicais relacionados.

Este livro luxuoso é dividido em duas partes. O primeiro documenta os membros da banda entre 1972 e 1975, durante a produção do álbum, o lançamento e durante as turnês do mesmo no Reino Unido, EUA, Europa e Japão, trazendo 120 fotografias em preto e branco de Storm Thorgerson, Jill Furmanovsky, Aubrey Powell e Peter Christopherson. Uma análise do show de outubro de 1972 em Wembley por Chris Charlesworth, originalmente publicado no Melody Maker, fornece informações sobre uma das performances mais célebres do Floyd.

A segunda parte explora em 60 imagens coloridas como o motivo original do prisma de Hipgnosis e StormStudios evoluiu para uma variedade de gráficos e homenagens aos grandes artistas do mundo, alguns dos quais passaram a embelezar outros projetos da banda.

O livro custa £ 40 e já está em pré-venda clicando aqui.

quarta-feira, 6 de julho de 2022

Cantora de soul P.P. Arnold alega que Ike Turner a estuprou

A lendária cantora de soul P.P. Arnold está se preparando para lançar seu novo e revelador livro de memórias, "Soul Survivor: The Autobiography", que levanta a tampa de sua carreira, que a viu lado a lado com alguns dos maiores nomes da música, como Jimi Hendrix e The Rolling Stones.

Agora, em uma nova entrevista ao The Telegraph, foi divulgado que no livro, Arnold afirma que Ike Turner “a prendeu em um quarto e a estuprou”. No entanto, a data e a hora da suposta agressão não são especificadas.

"O que posso dizer? Foi horrível”, explicou Arnold. “Eu desprezava Ike nesse nível, mas não sabia como me expressar. Me disseram que Tina [Turner] queria se livrar de mim porque Ike estava atrás de mim. Se eu tivesse corrido para Tina ou ligado para meus pais, isso significaria que eu teria que voltar para casa.

Tina Turner também falou sobre o abuso que sofreu nas mãos de seu marido. Eles foram casados entre 1962 e 1978, e ao longo dos anos ela compartilhou suas experiências, muitas delas violentas. Em "My Love Story", de 2018, ela escreveu: “Sexo com Ike se tornou uma expressão de hostilidade, uma espécie de estupro – especialmente quando começava ou terminava com uma surra”.

Notoriamente, Arnold fez seu nome como membro das Ikettes, as cantoras de apoio da Ike & Tina Turner Revue. Em 1967, ela também se destacou como cantora solo, lançando uma versão de sucesso de "The First Cut Is The Deepest". Ela então lançou dois álbuns antes de desfrutar de um ressurgimento em meados da década de 1980, quando Andrew Lloyd Webber a escalou para Starlight Express. O novo livro de Arnold, "Soul Survivor: The Autobiography", será lançado amanhã pela Nine Eight Books.

Via FAR OUT.

quinta-feira, 9 de junho de 2022

"Nöthin' But a Good Time": Livro conta a história completa e sem censura do Hard Rock dos anos 1980

Material chega ao mercado brasileiro pela editora Estética Torta.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Recém lançado no mercado brasileiro pela conceituada editora Estética Torta, o livro "Nöthin’ But a Good Time" apresenta a história definitiva e sem censuras sobre o polêmico hard rock e hair metal dos anos 1980, contada pelos músicos e especialistas da indústria que viveram de perto aquela cena.

O hard rock na década de 1980 foi uma fonte hedonística e muitas vezes intensamente criativa de escapismo que encapsulou perfeitamente e talvez até ajudou a definir, uma década espetacularmente exagerada. De fato, sucessos de tirar o fôlego como “We’re Not Gonna Take It” do Twisted Sister, “Girls, Girls, Girls” do Mötley Crüe e “Welcome to the Jungle” do Guns N’ Roses estão tão intimamente ligados à essa década quanto Pac-Man e o filme "ET: O Extraterrestre".

Dos primeiros dias do movimento, passando pelos anos de glória, com hinos que sacudiam estádios e baladas no topo das paradas, até o súbito fim do movimento, com o surgimento do grunge, este livro de Tom Beaujour e Richard Bienstock captura a energia e o excesso dos anos do hair metal nas palavras de músicos, empresários, produtores, técnicos de som, executivos de gravadoras, publicitários, estilistas, figurinistas, fotógrafos, jornalistas, editores de revistas, diretores de videoclipes, donos de bares, roadies, groupies e parasitas que viviam desse universo.

Apresentando um prefácio apaixonado do vocalista do Slipknot, Corey Taylor, e elaborado a partir de mais de 200 entrevistas inéditas com membros do Van Halen, Mötley Crüe, Poison, Guns N’ Roses, Skid Row, Bon Jovi, Ratt, Twisted Sister, Winger, Warrant, Cinderela, Quiet Riot, Stryper, além de Ozzy Osbourne, Lita Ford e muitos outros, "Nöthin’ But a Good Time" é a crônica definitiva, sem censura e muitas vezes confusa de uma época em que o excesso e o sucesso andavam de mãos dadas, contada pelos homens e mulheres que criaram um som e um estilo que definiram toda uma era musical, aquela em que as bandas e seus fãs procuravam nada além de diversão... e encontraram.

A obra "Nöthin’ But a Good Time", com tradução de Marcelo Vieira, está a venda pelo site da editora Estética Torta: https://www.esteticatorta.com/produtos/livro-nothin-but-a-good-time-a-historia-completa-e-sem-censura-do-hard-rock-anos-80

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Novo livro retrata o Yes dos anos 80 em diante

"Yes A Visual Biography II: 1982-2022" chegará em 6 de maio próximo, via Wymer Publishing.

Um novo livro sobre as lendas do prog Yes, "Yes A Visual Biography II: 1982-2022", do escritor musical Martin Popoff, será lançado pela Wymer Publishing em 6 de maio.

O novo livro é uma continuação de "Yes: A Visual Biography" do ano passado, que cobriu os anos desde o álbum de estreia da banda em 1968 até o lançamento do álbum "Drama" em 1980.

O novo livro de capa dura de 224 páginas também cobre a miríade de projetos relacionados que cercaram a banda nos últimos 40 anos, incluindo Asia, GTR, Yes feat. Anderson Rabin Wakeman e muito mais.

Ele também analisa os lançamentos recentes do Yes, abrange os álbuns modernos como "Fly From Here", "Heaven & Earth" e "The Quest" do ano passado.

Popoff se baseara em suas próprias entrevistas com Jon Anderson, Bill Bruford, Steve Howe, Chris Squire, Rick Wakeman, Geoff Downes, Alan White e muitos outros. O livro de mesa de centro de grande formato é totalmente ilustrado, documentando visualmente a história de 1982. Além de uma abundância de imagens de concertos, o impressionante conteúdo fotográfico é complementado com muitas fotos de fora do palco.

Pré-encomenda "Yes A Visual Biography II: 1982-2022".

Via PROG.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Steven Wilson anuncia que o seu próximo lançamento solo será outro álbum conceitual

Músico também falara sobre o novo livro e o box set em que está trabalhando atualmente.

Steven Wilson anunciou que seu próximo álbum solo, que ele pretende lançar em 2023, será outro álbum conceitual. Em uma mensagem de ano novo para os fãs em seu site, Wilson citou seu próximo álbum, "Closure/Continuation", do Porcupine Tree, que será lançado no próximo ano, bem como uma série de outros projetos em que está trabalhando, que incluem um novo livro e uma caixa focando na influência da música progressiva nos anos 80.

"Espero lançar em meados de 2023, uma grande coisa conceitual parcialmente baseada em um conto que aparece em meu livro", diz ele sobre o sucesor de "The Future Bites", de 2021. "Um longo caminho a percorrer ainda, mas estou animado com isso e para onde a música está me levando, algo completamente diferente novamente com colaboradores antigos e novos. Continuo comprometido com a ideia de construir um corpo de trabalho onde cada álbum tenha personalidade própria e lugar único no catálogo."

Wilson também está trabalhando em um novo livro, "Limited Edition Of One", que será lançado em março pela Little, Brown & Company.

Além de conter algum material autobiográfico, também traz muito sobre minhas ideias sobre música e sobre a maneira como as coisas mudaram em meu tempo como profissional, listas, fotos de meus arquivos pessoais, transcrições de conversas e até alguns elementos de ficção,” ele diz. "Como já houve alguns livros escritos sobre mim e/ou Porcupine Tree nos últimos anos, escolhi focar nas coisas que as pessoas realmente não sabem sobre mim. Como você provavelmente pode imaginar, também haverá uma versão especial limitada de luxo. Contará com um segundo volume de material suplementar e fotos, além de um CD de 70 minutos com "ilustrações em áudio" de algumas das coisas sobre as quais falo no livro, incluindo misericordiosamente breves trechos de minhas bandas escolares, e demos inéditas do No-Man e Porcupine Tree, entre outros. Embora muitos de seus méritos musicais possam ser questionáveis, minha esperança é colocá-lo lá "na sala" quando estou falando sobre meus primeiros esforços musicais."

Por fim, ele revela que também está fazendo a curadoria de um novo box set, "que se concentrará em como o espírito progressivo dos anos 70 continuou a inspirar a música independente e alternativa ao longo dos anos 80, o que me permitiu revisitar muito do meu pós-punk favorito e arte pop/rock da década em que eu era um adolescente enlouquecido por música. Tudo, de Wire e Joy Division a Cardiacs e Cocteau Twins. Haverá novidades em breve."

Via PROG.

terça-feira, 28 de setembro de 2021

Robert Fripp fala sobre animosidade, raiva e ressentimento dentro da "família King Crimson"

"A música vem primeiro", ressaltou o guitarrista.

Em uma postagem recente por meio de seus canais sociais, o guitarrista do King Crimson, Robert Fripp, apresentou os "princípios essenciais" da banda.

O músico escreveu:

"Os princípios essenciais do King Crimson...

A música vem primeiro.

A banda vem primeiro.

Os músicos servem a música.

Os músicos privilegiam os interesses da banda acima dos seus próprios.

A história de animosidade, raiva e ressentimento dentro da família mais ampla de jogadores KC pode ser quase completamente explicada por referência a esses princípios, e como os membros individuais diferiam em suas atitudes e conduta diante deles.

O que é surpreendente, acima de tudo, é como a música de KC entrou no mundo apesar das pessoas a criarem e tocarem. Ainda mais do que isso, apesar das ações da gerência do King Crimson e do Endless Grief proferidas em abundância.

Do Prefácio: The DGM Companion to King Crimson1969."

Via UG.

segunda-feira, 27 de setembro de 2021

King Crimson lançará novo livro. Já em pré-venda

"Fifty Shades Of King Crimson", do músico e autor Pete Tomsett, será publicado em outubro.

Uma nova biografia sobre o King Crimson, escrita pelo músico e autor Pete Tomsett, será publicada ainda este ano.

"Fifty Shades Of King Crimson" será publicado pela editora norte-americana Rowman And Littlefield, e é descrito como a história do guitarrista inglês ímpar, Robert Fripp, e sua lendária banda King Crimson, produto de mais de quarenta anos de pesquisas obsessivas de fãs e entrevistas com ex-membros da banda, Bill Bruford, Peter Giles e Gordon Haskell, bem como outros associados à banda.

"Eu amei a música de Fripp e seus muitos companheiros de banda e colaboradores desde que eu era adolescente e também um aspirante a músico", disse Tomsett. "Comecei a escrever o livro porque senti que a música de Fripp e Crimson simplesmente não tinha o nível de cobertura contínua que seu status merecia, especialmente em comparação com algumas das outras bandas que começaram na mesma época. Depois tudo, eles desencadearam a imensa ascensão do rock progressivo e genuinamente mudaram o curso da história da música, e em mais de uma ocasião.

Tive o prazer de entrevistar alguns ex-membros do Crimson, Bill Bruford, Gordon Haskell e Peter Giles - junto com outros associados à banda, principalmente Judy Dyble (infelizmente também não está mais conosco). Enquanto Fripp e Crimson são os foco principal, eu me propus também uma missão bastante ampla, olhando para muitos do que vocês poderiam chamar de spin-offs, que vão desde as entidades massivas do Asia e Emerson, Lake e Palmer até o tom mais baixo, mas igualmente digno, as carreiras solo de ex-Crims, como Gordon Haskell e David Cross."

"Fifty Shades Of King Crimson" acaba de sair nas Américas e será publicado em outros lugares em meados de outubro.

ADQUIRA SEU LIVRO AQUI com frete grátis para Prime.

Via PROG.

terça-feira, 10 de agosto de 2021

Livro: biografia de Tarja chegará em português no Brasil via Liberation

O livro "Singing In My Blood" ("Cantar Está no meu Sangue"), onde a cantora Tarja Turunen discorre sobre sua vida pessoal e artística, ganhará edição nacional, lançada pela Liberation.

PRÉ-VENDA.

Confira o anúncio oficial:

"Com grande satisfação, anunciamos que o livro oficial da TARJA, "Cantar Está no meu Sangue", terá uma edição especial em português lançada pela editora da Liberation. 

Os 100 primeiros compradores também receberão um book plate autografado pela TARJA.

Todos os fãs que comprarem o livro através da pré-venda até o dia 20 de outubro terão seus nomes impressos no Rol de Honra do livro. 

Pré-venda: https://www.libtours.com/.../tarja-cantar-esta-no-meu...

Lançamento: 01/12/2021 

Versão: capa dura 

Número de páginas: 210

‘Cantar está no meu sangue. Desde pequena, gosto de me apresentar... mas como não pude estar no palco em 2020, passei muito tempo olhando álbuns de fotos, vendo todas aquelas cenas felizes da minha infância, de crescer e fazer música, poder conhecer meus fãs e viajar pelo mundo gravando e me apresentando, me divertindo. Essas memórias preenchem este livro’.

Frustrada por não poder se apresentar ao vivo e ver seus fãs no último ano, Tarja viu milhares e milhares de fotos de sua vida. Ela observou as artes, sessões de fotografias, turnês, imagens de sua vida... e viu como cresceu. Isso trouxe muitas memórias maravilhosas e elas estão todas em "Cantar Está no meu Sangue".

A edição nacional, que será lançada no Brasil pela editora Liberation em dezembro de 2021, terá capa dura, acabamento e impressão especiais, oferecendo aos fãs uma visão da intimidade e dos bastidores da Tarja fazendo música no estúdio, no palco e em casa. O livro também incluirá fotografias jamais divulgadas, assim como contribuições de alguns dos amigos mais próximos e companheiros da Tarja."

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Kiko Loureiro: Negócios para criativos nas listas de livros mais vendidos

Obra do guitarrista do Megadeth é um dos destaques da Editora Gente.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O livro do músico Kiko Loureiro, "Negócios para criativos", foi lançado em julho e de imediato se tornou um sucesso de vendas. A obra do guitarrista está em segundo lugar dos mais vendidos no país, na seção de Negócios, de acordo com a Publishnews, que publica semanalmente o ranking dos mais bem sucedidos livros no Brasil. O material também entrou no ranking da conceituada revista Veja.

Na obra, o artista mostra sua ampla visão sobre o mercado da música e passa este conhecimento aos leitores, mostrando que é possível tornar os sonhos mais improváveis uma realidade de sucesso. Kiko busca sempre utilizar conceitos empreendedores e de inovação para alavancar ainda mais sua carreira e suas criações, e estimula seus seguidores a fazer o mesmo.

Em Negócios para criativos, o autor oferece caminhos para unir trabalho na carreira artística com sucesso profissional, por meio de dicas simples para aproveitar as oportunidades e tornar-se um empreendedor. O livro tem prefácio escrito pelo renomado produtor musical Rick Bonadio, que produziu alguns dos maiores sucessos da música brasileira, como discos de Tihuana, Mamonas Assassinas e Charlie Brown Jr.

Ao longo de uma carreira de sucesso, o Kiko Loureiro cofundou e integrou a renomada banda brasileira Angra, recebeu diversos prêmios de melhor guitarrista do mundo e se tornou figura constante nas capas das maiores publicações sobre o instrumento. Atualmente integra o grupo americano Megadeth, com a qual se tornou o primeiro brasileiro a receber um Grammy com uma banda de metal, pelo álbum "Dystopia".

Garanta já o seu exemplar: https://gt.kikoloureiro.com/negocios-para-criativos/

terça-feira, 22 de junho de 2021

Kiko Loureiro inicia pré-venda do livro Negócios para Criativos

Obra traz dicas simples para alavancar a carreira nas artes com profissionalismo

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O guitarrista Kiko Loureiro é um dos maiores exemplos de união entre música e conhecimento do show business. O artista, que marcou época ao lado do Angra e hoje é integrante do gigante do thrash metal americano, o Megadeth, se aprofundou não apenas nas habilidades técnicas de seu instrumento, mas também em todo o mercado empresarial que cerca sua profissão.

Sua ampla visão do negócio o qual está inserido será compartilhada no livro "Negócios para Criativos", onde explica que sempre haverá desafios no caminho e que cada um deve finalmente correr atrás daquilo que mais ama, tornando o trabalho uma carreira criativa e de sucesso. Kiko Loureiro aplicou isto na música, porém, o livro abrange outras áreas do universo artístico, estimulando quem almeja trabalhar com o que realmente gosta: “Todo criativo deve ser um apaixonado pelo ato de criar, sem julgamento e sem medo de descartar as próprias ideias”, explica o guitarrista.

O livro está disponível para aquisição, na pré-venda, por R$ 57, com custos de postagem já inclusos. A aquisição antecipada prevê como bonificação o curso “Caminhos para monetizar sua carreira artística”. Para compras em quantidades, a partir de 10 cópias, será disponibilizada uma sessão de mentoria online, em grupo, com Kiko Loureiro.

Confira os detalhes através do link: https://amzn.to/3wSCauu

A obra estimula a busca dos objetivos, explica de maneira clara as nuances da indústria artística e conduz a arte ao profissionalismo com resultados, alcançando e conquistando seu público. Em Negócios para Criativos, o autor disponibiliza um verdadeiro passo a passo para transformar, por meio de dicas simples, as ideias mais malucas em atividades rentáveis e abraçar a coragem de viver do que você mais gosta de fazer.

Kiko Loureiro

O amor pela música surgiu cedo na vida de Kiko Loureiro. Aos 11 anos, iniciou os estudos de violão, mas só descobriu sua verdadeira vocação depois entrar no mundo do rock e suas vertentes, além do jazz e do fusion. Ao longo de uma carreira de sucesso integrou a banda brasileira Angra, premiada e reconhecida mundialmente. Lançou carreira solo em 2005, e em foi eleito o melhor guitarrista do mundo pela revista Burrn! em 2006. Desde 2015, é integrante do grupo americano de thrash metal Megadeth, com o qual gravou o álbum Dystopia (2016) e cujo single homônimo recebeu um Grammy. Em 2017, Kiko se tornou o primeiro músico brasileiro de rock e heavy metal a receber um Grammy pela The Recording Academy.

Sua trajetória artística impressionante é a verdadeira prova de que criativos podem transformar a arte em um negócio de sucesso: além da música, dedica-se ao ensino de music business, marketing musical e desenvolvimento de carreira, palestrando para artistas e corporações, e realizando cursos presenciais e on-line. O multi-instrumentista e escritor Kiko Loureiro também busca utilizar conceitos empreendedores e de inovação para alavancar ainda mais sua carreira e suas criações.

quinta-feira, 18 de março de 2021

Pink Floyd: livro compila todas as letras escritas por Syd Barrett

"The Lyrics of Syd Barrett" chegará em 6 de maio de 2021, via Omnibus Press, trazendo toda a obra escrita pelo Louco Diamante, em 52 canções, seja para a banda que ele criara, o Pink Floyd, seja em seus discos solo, somadas a fotos raras e obras de arte, para formar este livro belamente ilustrado.

O material fora compilado em colaboração com o espólio de Syd Barrett e apresentando um prefácio do ex-empresário do Pink Floyd, Peter Jenner, além de uma introdução abrangente do biógrafo Rob Chapman, "The Lyrics of Syd Barrett" investiga profundamente uma das mentes mais criativas e ardentes do rock'n'roll.

COMPRE AQUI

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Ligante Anfetamínico: Lança Revista Pôster + CD com 25 Clássicos (coletânea) Edição Limitada

No ano de 1998 nasce a Ligante Anfetamínico, a banda que viria a se tornar o expoente máximo do punk rock da serra gaúcha. Surge com muita personalidade e estilo definidos. Criatividade e produção incessantes tornam-se, pouco a pouco, a marca desta banda que teve a coragem de romper com o cover e mostrar somente trabalhos autorais. 

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

De fato, a consagração de vinte três anos de um trabalho diário de divulgação e compromissos será, enfim, finalizada com chave de ouro que tem data para acontecer, e hora marcada para surgir. 

Mudaram os meios de distribuição, as rádios viraram on line, as redes sociais vieram para ficar e criar a conexão entre o artista e o público e a Ligante não parou no tempo atualmente é uma das bandas que mais atende solicitações de entrevistas nas redes sociais, que mais toca nas diversas rádios web espalhadas pelo Brasil. Suas redes sociais crescem mais e mais a cada dia.

A revista é um grande resgate de todo material já lançado publicado nesses vinte dois anos de estrada trazendo fotos histórias.

A revista que vai sair com uma tiragem de edição limitada e conta com financiamento próprio e também privado para alguns parceiros da banda exporem sua marca nos espaços para publicidade nas páginas da revista.

Essa é a Ligante Anfetamínico, formada por Esqueleto – Vocal, Jocemar – Guitarra, Tchaina HC – Baixo, Luciano Paim – Bateria. 

Pontos de Vendas Oficiais:

Esses são os primeiros pontos de venda oficiais novos pontos de venda serão informados individualmente  conforme forem surgindo.

Pontos de venda On line:

Rock na Ativa Store: rocknaativa.com.br/loja/

Pagina Facebook: facebook.com/bandaliganteanfetaminico/

Instagram: instagram.com/liganteanfetaminico/

Pontos de venda Físicos:

Cachaçaria Sarau: 

Endereço: R. Cel. Flores, 749 - São Pelegrino, Caxias do Sul - RS

Horários de atendimento:

Quarta a sexta a partir das 18h30min

Sábado a partir das 20h

Hamburgueria Jaime Rocha:

Marquês do Herval, 983 - Centro, Caxias do Sul - RS

Horários de atendimento:

De segunda à sábado

11:00 às 14:00hs

18:00 às 23:30hs

Rock Skulls Shop:

Endereço: R. 18 do forte, 1881, Centro Caxias do Sul, RS

Horários de atendimento:

De segunda à sexta 

09:30 as 18:00

Sábado das 09:30 as 16:00

Sobre a Ligante Anfetamínico

Poucas bandas autorais surgidas na serra gaúcha se deram ao luxo de completar mais de 20 anos de trajetória ininterrupta. A  Ligante Anfetamínico,  nome que ninguém esquecerá no dia em que se biografar a história do punk e da cena underground de Caxias do Sul RS.  

Nascida no bairro Cruzeiro a Ligante passou por diversas fases, com diversos componentes. Ora puxou mais para o punk e hardcore, ora para o rock, mas sempre se manteve independente.

Com influências de Os Replicantes, Sex Pistols e Ramones, a banda Ligante Anfetamínico, do bairro Cruzeiro, em Caxias do Sul RS.

Meio que na contramão das tendências virtuais e buscando um resgate pelo material físico pelos produtos como Vinil, Cd  e Revistas a Ligante aposta alto na qualidade do material que vem sendo produzido em parceria com a editora Virtua.

E sua nova iniciativa inédita na  serra gaúcha é uma revista pôster é uma coletânea intitulada "Lembra??" com 25 músicas com toda a trajetória banda com músicas de todas resgatadas de todos os discos e demo tapes lançados pela banda.

Os garotos nunca esconderam a grande referência que são os replicantes e o cantor Wander Wildner, ex-Replicantes. Aliás, o nome da banda é inspirado num demo-tape chamado "Punk Rock Anfetamínico Que Matou a Modelo", da primeira banda de punk brega, o Sangue Sujo.

A Ligante Anfetamínico hoje é composta por Esqueleto, vocalista, que está desde o início, Luciano Paim, fundador da banda, Jocemar como guitarrista, Anderson Severo (Tchaina) como baixista.

A banda caxiense tem duas demos e três CDs de estúdio gravados, um DVD com a história da banda, e a coletânea "20 anos de Ligadeira", lançada em 2018.

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

El Efecto revisita álbum “Memórias do Fogo” com livro de canções

Obra está disponível em um esquema “pague o que quiser”

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Veterana e destaque da cena independente carioca, a El Efecto revisita o último álbum de estúdio da banda, “Memórias do Fogo”, em um livro de canções com partituras, tablaturas, letras e cifras das músicas do disco, além de alguns textos explicando as ideias e influências nas composições. A publicação está disponível para que o público pague o quanto quiser a partir de R$ 5 ou até para adquirir gratuitamente.

Inspirado na trilogia de nome semelhante de Eduardo Galeano, que fala sobre a trajetória da América Latina, o trabalho evoca a importância de cultivarmos a chama interior, seja para jamais esquecer que o mundo está pegando fogo, ou até mesmo, para juntos, incendiá-lo em algum sentido.

Ouça “Memórias do Fogo”: http://bit.ly/ElEfectoMemoriasdoFogo

Percebemos que, de uma maneira ou de outra, as músicas tinham em comum a referência ao elemento do fogo. E juntas, compunham um painel poético de situações, personagens e alegorias que evocam lutas coletivas contra diferentes formas de opressão, espalhadas em cenários, épocas e realidades distintas. Uma evocação à necessidade mais objetiva de torrar os ônibus, por exemplo, ou à imagem da barricada.  A ideia é que cada uma das músicas pretende ser uma chama, pra esquentar, pra botar lenha na fogueira, pra incendiar nossos corações”, explica Bruno Danton.

O álbum “Memórias do Fogo” é um convite a conhecer e contar histórias. Com letras que evocam desde tradicionais símbolos de luta, até a ideia do empreendedorismo de faz-de-conta, o disco chama o ouvinte a questionar-se e, porque não, rebelar-se contra as lógicas da opressão.

A banda é formada por Tomás Rosati (Voz, cavaquinho e percussão), Cristine Ariel (guitarra, cavaquinho e voz), Tomás Tróia (guitarra e voz), Bruno Danton (voz, violão e viola), Aline Gonçalves (flauta e clarinete e voz) e Vovô Bebê (baixo e voz). A temática com base política é recorrente nas canções do El Efecto, que ficou conhecido no país graças à canção “O Encontro de Lampião com Eike Batista”, em que mistura o rock com a literatura de cordel. Em junho de 2013, El Efecto foi indicado como Melhor Grupo de Rock no Prêmio da Música Brasileira. “Pedras e Sonhos”, álbum da faixa viral, foi considerado um dos três melhores discos do gênero. Desde então, a banda vem expandindo seu público em apresentações por todo o país e algumas incursões internacionais no Equador, Argentina, Portugal e Espanha. 

O livro está disponível no site https://elefecto.minestore.com.br junto de outros produtos da banda e a edição gratuita no e-mail elefecto@gmail.com.

Confira o livro de canções: http://bit.ly/ElEfectoLivro

quinta-feira, 18 de junho de 2020

O Senhor dos Metais: A Influência de J. R. R. Tolkien no Rock & Heavy Metal


"O Senhor dos Anéis" e "O Hobbit" não são apenas duas das principais obras de literatura fantástica de todos os tempos, aclamadas por gerações de leitores e cinéfilos de todo o mundo: os livros de J.R.R. Tolkien também são pilares sobre os quais inúmeras bandas repousam o imaginário de suas músicas.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Beatles, Led Zeppelin e Pink Floyd são apenas alguns dos primeiros grupos musicais nos quais podemos vislumbrar influências do universo tolkieniano, mas é com o advento do Black Sabbath e do Heavy Metal em especial, com todos os seus gêneros e subgêneros, que a obra do escritor inglês ganhou um lar no universo da música. Do Power Metal do Blind Guardian e do Epic Metal do Cirith Ungol, passando pelo Thrash e Death, até as infames e controversas hordas de Black Metal que surgiram nos anos 90, podemos enxergar o universo de Tolkien no meio do barulho das guitarras.

"O SENHOR DOS METAIS: A INFLUÊNCIA DE J.R.R. TOLKIEN NO ROCK E HEAVY METAL" explora o imenso impacto de Tolkien na cena Heavy Metal, com análises que vão intrigar e entusiasmar não apenas os fãs de Rock, Metal, fantasia ou cinema, mas também leitores mais experientes sobre a vida e obra desse gênio da literatura inglesa.

O livro chega da gráfica no dia 10 de agosto, mas pode ser adquirido antecipadamente no site da editora com 30% de desconto: https://bit.ly/Tolkien_Metal

Sobre o autor: Nascido em Zevio (Itália) em 1984, Stefano Giorgianni formou-se em Linguística pela Universidade de Verona. É ensaísta e tradutor de várias línguas. Gosta de Metal desde a infância e é editor chefe da Metal Hammer na Itália. Com a Associação Italiana de Estudos Tolkienianos, o principal órgão de estudos na Itália, do qual é membro fundador, têm cuidado da difusão dos pensamentos e obras de J.R.R. Tolkien, escrevendo artigos, ensaios e organizando conferências acadêmicas internacionais.

Ficha Técnica:

Lançamento oficial: 10/08/2020
Preço de capa: R$ 74,90
Preço durante a pré-venda: R$ 52,70
Acabamento: capa dura, formato de luxo
Quantidade de páginas: 350 (aprox.)
Editora: Estética Torta

Contato:

Site: http://www.esteticatorta.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/esteticatorta
Instagram: @esteticatorta
E-mail: contato@esteticatorta.com.br


segunda-feira, 6 de abril de 2020

The Who: biografia autorizada de John Entwistle chegando esta semana


Via Blabbermouth

Em 7 de abril, a Hachette Books lançará o novo livro do escritor britânico Paul Rees, "The Ox: A Biografia Autorizada de John Entwistle" . O livro é descrito pela editora como "a biografia definitiva e sem restrições de John Entwistle, o lendário baixista do The Who".

É um fato inequívoco que, em termos de bandas de rock, The Beatles, The Rolling Stones e The Who representam o Ano Zero; o começo de todas as coisas, os pioneiros. Para esse fim incontestável, Entwistle continua sendo uma figura enigmática, mas inegavelmente influente, reconhecida tanto por seu imenso talento quanto por seu caráter gloriosamente exagerado. No entanto, ao contrário de seus colegas músicos, Entwistle ainda não foi objeto de uma grande biografia. Nos anos que se seguiram à sua morte, seu legado duradouro foi cuidadosamente guardado por seus entes queridos, impedindo que biógrafos em potencial obtivessem acesso suficientemente próximo para escrever um relato definitivo de sua vida extraordinária - até agora. Pela primeira vez, e com a cooperação total da família Entwistle , "The Ox" lança uma luz muito atrasada sobre uma das figuras mais importantes da história do rock.

Baseando-se em suas próprias anotações para uma autobiografia inacabada que ele iniciou antes de sua morte em 2002, bem como em seus arquivos pessoais e entrevistas com sua família e amigos, "The Ox" oferece aos leitores uma visão nunca antes vista dos dois extremamente distintos lados de John Entwistle. Por um lado, ele era a estrela do rock encarnada - maior que a vida, excessivamente autocentrado, e quase desafiadoramente orgulhoso. Extravagante com dinheiro, ele encomendava carros antigos americanos através do Atlântico sem ter carteira de motorista, construía bares exponencialmente maiores e grandiosos a cada casa que adquiria e acumulou uma extraordinária coleção de posses, de armaduras e armas a suas patenteadas botas de salto cubano. Mas sob essa fama e agitação, ele também era um homem de gostos simples e opiniões tradicionais. Ele era um pai dedicado e um homem de família que amava nada mais do que acordar com um tradicional café da manhã inglês ou jantar peixe, batatas fritas e uma pint em seu pub local.

Após sua morte prematura, muitas dessas histórias foram trancafiadas nas lembranças de sua família e amigos. Finalmente, "The Ox" nos apresenta o homem por trás do mito - o icônico e inimitável John Entwistle .

Chris Entwistle , filho de John , disse: "A primeira, última e única biografia autorizada de papai. Meticulosamente pesquisada, entrevistada e escrita. Freqüentemente engraçada, às vezes dolorosa. É uma visão de sem concessões da vida de John. 'The Ox' Entwistle.

quinta-feira, 2 de abril de 2020

Pink Floyd: David Gilmour e Polly Samson farão live stream no Facebook


O eterno guitarrista floydiano, David Gilmour e sua esposa, Polly Samson farão uma exibição ao vivo hoje (02/04) em seu Facebook.

Samson, que é poeta e escritora, lançará seu novo livro, "A Theatre For Dreamers" em uma live stream especial no Facebook, às 16:30 (horário de Brasília). Seu marido, David Gilmour, a acompanhará, munido de seu violão.

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Livro que conta a história do Epica chegará em 9 de dezembro

"The Essence of Epica", contendo 208 páginas, já se encontra em pré-venda e chegará no dia 9 de dezembro próximo, trazendo inúmeras fotos, entrevistas e histórias de um dos pilares do symphonic metal mundial: a banda neerlandesa Epica, sendo um promissor compêndio ilustrado nas opções Classic Edition e Signature Edition, esta última com direito a vir autografado pela banda e conter 3 impressões artísticas originais, tudo dentro de uma caixa de apresentação.

Review: Epica - "Design Your Universe" (10th Anniversary)
Epica: os 10 anos de "Design Your Universe"
Epica - Mark Jansen: "Eu não ficaria feliz com um álbum que tenha apenas algumas músicas boas e o resto de preenchimento"
Epica: Assista ao vídeo da versão acústica de "Martyr of The Free Word"
Assista ao lyric video de "Kingdom Of Heaven", canção da edição comemorativa do álbum "Design Your Universe"
Epica: os 5 anos de "The Quantum Enigma" (also in English)

No player abaixo, assista ao vídeo com a frontwoman Simone Simons falando sobre e demonstrando ambas as edições da iminente obra:



Classic Edition

Signature Edition

sábado, 5 de outubro de 2019

Em biografia Debbie Harry conta sobre o dia em que David Bowie lhe mostrou seu pênis

Via PAPELPOP

Chega às livrarias do Hemisfério Norte neste mês de outubro o livro “Face It”, uma compilação de fotos e relatos autobiográficos de Debbie Harry, frontwoman do Blondie. São 74 anos de história, mais de 40 à frente da lendária banda da new wave… imagine você, desde que o anúncio foi feito, era mais do que esperado que a artista resolvesse fazer um trabalho honesto, bonito e possivelmente revelador.

No início desta semana trechos inéditos da publicação começaram a ser liberados e, além de falar sobre os desafios que enfrentou pra se estabelecer como artista, Debbie também tocou em uma pauta bastante comentada ao longo de sua carreira: as investidas que sofreu de David Bowie.

Nesta quarta-feira (2) a NME publicou mais um trecho do livro, desta vez dando a Harry a palavra para relembrar um episódio bastante pessoal com o astro. Após ter descolado algumas uma porção de drogas para o camaleão do rock, ele se sentiu à vontade e decidiu agradecer se masturbando na frente dela.

Uma vez, David e Iggy [Pop] estavam procurando drogas. Os contatos deles em Nova York morreram repentinamente ou desapareceram. Foi aí que um amigo me deu algumas gramas de cocaína, mas eu mal toquei naquilo. Eu não ligava muito, me deixava nervosa e afetava minha garganta. Então eu subi as escadas com a minha grande quantidade de cocaína e eles simplesmente a sugaram de uma só vez. Depois disso, David puxou seu pau, como se eu fosse uma verificadora ou algo do tipo. Desde que eu passei a fazer parte de uma banda só com homens, talvez eles tenham passado a achar que eu realmente era uma mulher com pênis”.

Debbie também descreveu a situação, dizendo que “o tamanho de Bowie era notório” e que ele adorava usá-lo “tanto com homens, quanto com mulheres”.

O tamanho do pau de David era notório. Isso foi engraçado, adorável e sexy ao mesmo tempo”.

Face It”, livro de memórias de Debbie Harry, ainda não tem previsão de publicação no Brasil.

quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Paul McCartney lança livro infantil, feito especialmente para os avós lerem para seus netos

"Hey Grandude", novo e primeiro livro infantil de Paul McCartney em parceria com a ilustradora Kathryn Durst chegara hoje (05/09).

Na obra, Macca discorre sobre um homem chamado Grandude e seus 4 netos os quais ele chama de “Chillers

A inspiração do título viera de um dos 8 netos do autor, que o apelidara de Grandude.

A atenção dispensada com as crianças é fundamental para seu amadurecimento como ser humano,” frisou Paul.

Sobre o trabalho da famosa ilustradora que desenhara as imagens coloridas do livro, Paul não poupara o elogio:

Tive o prazer de trabalhar com uma grande artista que colaborou muito com esse lançamento

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Fotógrafo lança livro de arte histórica com estrelas do metal para causa beneficente. Assista ao vídeo

Alissa White-Gluz (Arch Enemy) - "Marie-Antoinette"

O fotógrafo belga Tim Tronckoe está lançando "Portraits", o seu primeiro livro de retratos (artbook) temático, escolhendo como inspiração figurinos de grandes personalidades históricas à época de séculos passados.

Alguma vez você já se perguntou como Simone Simons (Epica) ficaria como a Rainha Elizabeth I, ou Alissa White-Gluz (Arch Enemy) como Maria Antonieta? E se os caras do Slayer fossem retratados por Caravaggio? E se Rembrandt fosse contratado para retratar o Cardinal Copia (Ghost)? Nos últimos três anos, Tim Tronckoe trabalhou em segredo, capturando seus amigos no estilo dos velhos mestres para responder a essas perguntas com "Portraits".

O livro traz ainda Kerry King (Slayer), Myles Kennedy (Alter Bridge & Slash), Sharon den Adel (Within Temptation), Tarja Turunen, e Charlotte Wessels (Delain) como você nunca viu antes.

Cristina Scabbia (Lacuna Coil)

"Portraits" terá tiragem limitada de apenas 1.000 cópias, trazendo 180 páginas, concebido em uma capa de linho e apresentado numa caixa personalizada

O trabalho será lançado no dia 28 de setembro próximo, numa exposição na Bélgica e já se encontra em pré-venda no site do artista. Toda a renda obtida será destinada a Psicosenxe, uma organização independente que ajuda aqueles que lutam pela a saúde mental, orientando as pessoas para o tipo certo de ajuda e tentando superar as longas listas de espera nos serviços de saúde.

Simone Simons (Epica) - "Queen Elizabeth I"

Enquanto trabalhava no livro, Tim perdeu sua amiga Jill Janus: "Sua morte me deixou ainda mais consciente do fato de que a saúde mental ainda é um tabu. Foi outro sinal de que eu deveria mostrar meu apoio a uma organização que luta para aqueles que experimentam a vida como uma luta, dia após dia ".


Anneke Van Giersbergen


Tarja Turunen - " Queen Mary Stuart"


Marcela Bovio (MaYan)

Charlotte Wessels (Delain)

Assista ao vídeo-ensaio COMPLETO no player do perfil de Anneke van Giersbergen no INSTAGRAM: