Confraria Floydstock: lançamentos
Mostrando postagens com marcador lançamentos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador lançamentos. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 24 de março de 2021

Cellar Darling lança clipe do novo single "Dance"; assista

"Dance", novo single de onze minutos da banda Cellar Darling, chegara em janeiro último nas plataformas de streaming, CD e agora em vinil com edição limitada e ganhando um novo videoclipe.

À VENDA.

Em nota de divulgação a banda discorre sobre a faixa:

"Nunca colocamos tanto trabalho em uma música antes. E embora sempre desejemos que nossa música fale por si mesma, gostaríamos de compartilhar algumas palavras com você sobre a jornada pela qual essa música nos levou. A história de "DANCE compreende três partes:

Capítulo I - Passado:

Como você deve ter adivinhado, DANCE se originou nas sessões de nosso álbum conceitual "The Spell". Era para ser mais um capítulo da nossa história sobre uma garota que se apaixona pela morte, mas a música no final das contas não entrou no corte. Isso também não nos deixaria em paz, então, cerca de um ano atrás, decidimos desenterrá-la e tentar novamente.

Capítulo II - Presente:

Tão gratificante e empolgante quanto o trabalho intenso no conceito de "The Spell" foi - desde a criação de uma trilha sonora de contos de fadas até colocar tudo em prosa - assim que foi concluído, estávamos prontos. Anna estava pronta para deixar essa história de lado e reescrever todas as letras de "DANCE" e a maior parte da música. Desta vez, a inspiração veio de duas fontes: a praga da dança de 1518, que é uma história fascinante em si mesma, e um envolvimento com nosso mundo contemporâneo: às vezes não parece que estamos no processo de dançar até a morte?

Capítulo III - Futuro:

Essa música, que hoje compartilhamos com vocês por enquanto apenas como o que é, ou seja, sem uma enxurrada de imagens, é apenas a primeira parte deste extenso projeto. Um coletivo de artistas brilhantes interpretou DANCE visualmente e a transformou em seu próprio mundo de imagens. Fique atento para mais…

🖤 ​​Obrigado.

2020 foi um desafio. Em primeiro lugar, queremos agradecer a todos por seu apoio, que tem sido mais importante do que nunca. Graças a você, pudemos passar algum tempo escrevendo essa música ao invés de apenas nos preocupar com nossa sobrevivência como banda..."

Assista ao clipe de "Dance" no player abaixo:

terça-feira, 23 de março de 2021

Com a pegada no rock clássico e blues americano, Old Lamp lança novo single "Body N' Soul"

Com a pegada no rock clássico e blues americano, a banda Old Lamp lança novo single intitulado "Body N' Soul" em todas as plataformas de streaming via Electric Funeral Records.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A faixa apresenta riffs marcantes de guitarra que se estendem por toda a música e um vocal singular de tons altos. A track foi mixada e masterizada pelo produtor Leandro Osterne do estúdio Esconderijo.

A banda formada por Sérgio Murillo (vocal e guitarra), Ricardo Nobre Jr. (guitarra), Raul Ponte (guitarra), Robson Serra (contrabaixo) e Franzé Batera (bateria), traz em suas composições influências como Led Zeppelin, Guns N' Roses, Rolling Stones e Jimi Hendrix.

A letra de "Body N' Soul" vem em formato de metalinguagem, pois trata da própria arte musical que, por sua vez, intima o músico a exercê-la de "corpo e alma", com toda dedicação possível. Isso deve-se ao fato de que Sérgio Murillo estava, há muito tempo, afastado dos palcos e em 2019,  Ricardo Nobre Jr., seu antigo parceiro de composição que já tinha há 30 anos de estrada ao seu lado e que já havia tocado com ele na banda de hard rock Dafne, o convenceu a voltar a compor e a formarem juntos a banda Old Lamp.

A Old Lamp conta com mais de 78 composições, e dentre elas podemos encontrar algumas que foram resgatadas da época em que Sérgio e Ricardo formaram a banda Dafne.

Com apenas 2 anos de formação a Old Lamp celebra inúmeras conquistas, dentre elas destaca-se a participação no festival FORCAOS 2020, terceira colocação no festival "O Benfica", produzido pela rádio FM BENFICA, Exibição de Body N' Soul no projeto "Sons do Ceará" do cineteatro São Luís, Exibição do DVD da banda, na íntegra, pela TV FORTALEZA. Participação em duas coletâneas de rock a saber: UNDERGROUND BR 1079 com a música "Body N' Soul"o e ROCK SOLDIERS VOL. 28. com a música "Lame Ass".

Confira "Body N' Soul": https://ps.onerpm.com/6676952874

Cheap Trick anuncia "In Another World”, vigésimo disco de estúdio

Álbum será disponibilizado no dia 09/04

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Uma verdadeira instituição do rock americano, o Cheap Trick lançará no próximo dia 09 de abril seu vigésimo álbum de estúdio. “In Another World” chega ao Brasil via BMG e traz uma banda com espírito e gás de quem está só começando a estrada apesar dos quase 50 anos de história.

Pré-save e venda do álbum: https://cheaptrick.lnk.to/InAnotherWorld

Nós somos irresponsáveis o suficiente para não desistir", brinca o guitarrista e fundador Rick Nielsen. “Amamos nos unir e tocar. No nosso primeiro disco eu dizia ‘tenho 30 anos mas sinto como se tivesse 16’. E bem, ainda me sinto assim… Pelo menos até a realidade me alcançar. Mas quando toco, me sinto o cara mais jovem do mundo”.

Fundado em 1974, o Cheap Trick atualmente conta, além de Nielsen, com Robin Zander (voz, guitarra base), Tom Petersson (baixo) e Daxx Nielsen (bateria). Membros do Hall da Fama do Rock and Roll, eles tem mais de 20 milhões de cópias vendidas e  40 certificações internacionais de ouro e platina em sua premiada carreira. Produzido pelo parceiro de longa data Julian Raymond, o novo álbum traz a banda indo do clima de rock de estádio até o blues de Chicago passando por uma versão de “Gimme Some Truth”, de John Lennon.

Esse disco em especial reflete o mundo atual e o que estamos passando”, conta o vocalista Robin Zander. “Sempre fomos uma banda com um olhar positivo, esperançoso, mesmo quando éramos irônicos. Mas agora que estamos ficando mais velhos, vemos que não temos muito o que comemorar ao nosso redor”.

Com lançamento previsto para dia 09/04, “In Another World” é um lançamento da BMG. Os singles “Light Up The Fire” e “Boys & Girls & Rock N Roll” estão disponíveis em todas as plataformas de música digital.

Confira o single “Light Up The Fire”: https://CheapTrick.lnk.to/LightUpTheFire

Confira o single “Boys & Girls & Rock N Roll”: https://cheaptrick.lnk.to/BoysAndGirlsAndRockNRoll

Tracklist:

The Summer Looks Good On You

Quit Waking Me Up

Another World

Boys & Girls & Rock N Roll

The Party

Final Days

So It Goes

Light Up the Fire

Passing Through

Here’s Looking At You

Another World reprise

I’ll See You Again

Gimme Some Truth

segunda-feira, 22 de março de 2021

Radiohead: Thom Yorke lança “Creep”, em versão acústica; ouça

Versão de 9 minutos no formato acústico da canção que integra o debut do Radiohead, "Pablo Honey" (1993), fora destinada à um desfile de moda japonês.

"O tema é de uma pessoa que é frágil e fraca, mas tem um coração verdadeiramente puro", frisara Jun Takahashi, designer de moda que assina o desfile.

Confira no player abaixo:

sábado, 20 de março de 2021

Blackmore's Night lança clipe de '"Second Element", canção de seu novo álbum; assista"

 

"Second Element" íntegra "Nature's Light", o novo álbum do Blackmore's Night, que chegara no dia 12 de março último, em diversos formatos.

Blackmore's Night libera clipe de "Nature's Light"; faixa-título de seu novo álbum; assista.

Blackmore's Night libera "Four Winds"; canção de seu novo álbum; ouça.

Blackmore's Night anuncia novo álbum e libera lyric video da canção "Once Upon December"; assista.

Blackmore's Night lança EP natalino e libera lyric video da canção "O Little Town Of Bethlehem".

Assista ao clipe de "Second Element" no player abaixo:

Ouça "Nature's Light" integralmente no player abaixo:

Tracklist:

01. ONCE UPON DECEMBER
02. FOUR WINDS
03. FEATHER IN THE WIND
04. DARKER SHADE OF BLACK (INSTRUMENTAL)
05. THE TWISTED OAK
06. NATURE’S LIGHT
07. DER LETZTE MUSKETIER (INSTRUMENTAL)
08. WISH YOU WERE HERE (2021)
09. GOING TO THE FAIRE
10. SECOND ELEMENT

sexta-feira, 19 de março de 2021

System Of A Down: Serj Tankian lança novo EP solo, "Elasticity", e libera clipe; ouça e assista

"Elasticity", novo EP de Serj Tankian, o primeiro lançamento solo do cantor do System Of A Down desde "Orca" de 2013, chegara hoje, via Alchemy/BMG.

"Electric Yerevan", que integra o trabalho, ganhara um clipe. Tankian disse sobre a melodia:

"A música foi inspirada nos protestos bem-sucedidos 'Electric Yerevan' na Armênia no verão de 2015, onde as pessoas protestaram contra os aumentos propostos nos preços dos serviços públicos. Minha escrita daquela época está grafada palavra por palavra na música."

O clipe dirigido por Garin Hovannisian fornece uma linha do tempo visual dos eventos que levaram aos protestos de 2015 "Electric Yerevan" e a Revolução de Veludo 2018 que se seguiu, ao mesmo tempo em que mostra o poder das manifestações pacíficas em todo o mundo.

Sobre como surgiu a ideia de "Elasticity", Serj disse:

"Quando concebi a possibilidade de fazer outro álbum com os caras do System Of A Down alguns anos atrás, comecei a trabalhar em um conjunto de músicas que arranjei em formato de rock para esse propósito. Como não podíamos estar de acordo com a visão do futuro com um álbum do SOAD, decidi lançar essas músicas com o meu nome."

O System Of A Down não lança um álbum completo desde "Mezmerize" e "Hypnotize", chegados em 2005.

Assista ao clipe de "Electric Yerevan" e a seguir o EP "Elasticity" na íntegra nos players abaixo:



Tracklist:

Elasticity
Your Mom
How Many Times?
Rumi
Electric Yerevan


Chegou "Inspirations", novo álbum de covers do Saxon; ouça

 

"Inspirations", novo álbum do Saxon, composto por canções de artistas e bandas que influenciaram o grupo bretão, chegara hoje, em diversos formatos, via Silver Lining Music.

Saxon libera clipe de "Paint it Black", canção dos Rolling Stones de seu novo álbum; assista.

Ouça o álbum na íntegra no player abaixo:

Tracklist:

01. Paint It Black
02. Immigrant Song
03. Paperback Writer
04. Evil Woman
05. Stone Free
06. Bomber
07. Speed King
08. The Rocker
09. Hold The Line
10. Problem Child
11. See My Friends

Burning Witches divulga clipe de, "Flight Of The Valkyries", canção de seu novo álbum; assista


"Flight Of The Valkyries", novo single da banda suíça Burning Witches, integra "The Witch of The North", novo álbum que chegará ém 28 de março próximo, via Nuclear Blast.


O trabalho marca a estreia da guitarrista Larissa Ernst, que substituíra Sonia "Anubis" Nusselder, que deixara a banda em maio de 2020 para se juntar à nova banda de death metal Crypta.

Assista ao clipe de "Flight Of The Valkyries" no player abaixo:


Tracklist:

01. Winter's Wrath
02. The Witch Of the North
03. Tainted Ritual
04. We Stand As One
05. Flight Of The Valkyries
06. The Circle Of Five
07. Lady Of The Woods
08. Thrall
09. Omen
10. Nine Worlds
11. For Eternity
12. Dragon's Dream
13. Eternal Frost

Gilberto Gil lança o clipe de “Do Guarani Ao Guaraná”, canção em parceria com Lenine; assista

Música integra o projeto “Festival Demarcação Já Remix”, um dos principais eventos culturais em defesa da causa indígena.

A canção, de autoria de  Carlos Rennó e Chico César, tivera o seu clipe divulgado. Assista no player abaixo:

quinta-feira, 18 de março de 2021

Pink Floyd: livro compila todas as letras escritas por Syd Barrett

"The Lyrics of Syd Barrett" chegará em 6 de maio próximo, via Omnibus Press, trazendo toda a obra escrita pelo Louco Diamante, em 52 canções, seja para a banda que ele criara, o Pink Floyd, seja em seus discos solo, somadas a fotos raras e obras de arte, para formar este livro belamente ilustrado.

O material fora compilado em colaboração com o espólio de Syd Barrett e apresentando um prefácio do ex-empresário do Pink Floyd, Peter Jenner, além de uma introdução abrangente do biógrafo Rob Chapman, "The Lyrics of Syd Barrett" investiga profundamente uma das mentes mais criativas e ardentes do rock'n'roll.

PRÉ-VENDA.

quarta-feira, 17 de março de 2021

Corehum revive o rock n roll e traz os anos 70 de volta com toques de contemporaneidade no lançamento de “Let me see”

Formada na cidade de Campo Limpo Paulista, São Paulo, a Corehum traz consigo toda a visceralidade das décadas de 1960 e 1970 para a atualidade.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A banda acaba de lançar o single intitulado “Let me see” em todas as plataformas de streaming. 

A Corehum traz um panorama diferenciado na atualidade com uma devida e considerável potência sonora. Reviver o rock n roll, trazer os anos 70 de volta com toques de contemporaneidade.

A letra da faixa foi inspirada na primeira desilusão amorosa que Adelmo, vocalista, compositor e um dos fundadores da banda teve em sua vida por amar uma garota que não poderia o amar, pois ela gostava de garotas e por ser transgênero. A música se chama “Let me see” por dois motivos, um porque o músico sonhava em poder vê-la como sua amada e por ser um nome legal e subjetivo.

Apesar do considerável tempo de existência, a banda entrou em vigor a cerca de um ano, estreando um set totalmente autoral. Anteriormente a isso, enquanto mergulhavam em sólidas composições, desfrutavam de tributos a clássicas referências, de Beatles a Black Sabbath.

A Corehum conta com uma versatilidade incrível na realização de jams, com improvisos de rock n roll extremamente puristas, e variações virtuosas que remetem ao jazz e à música clássica.

Os vocais de Adelmo Henrique trazem a devida sujeira debochada do rock setentista, um misto da densidade de Ozzy Osbourne com potentes agudos de Ian Gillan. Marcus Aliano traz de forma visceral o instrumento ícone do gênero, a guitarra. Os agudos bends proclamados por uma Gibson SG trazem o revival de um legado construído a mais de 40 anos. Leandro Carvalho (baixo) e Ewerton Gonçalves (bateria), completam a banda e a mesma se faz firme e gradativa, aliando elementos de peso e classe das cozinhas do heavy metal e rock tradicional.

No momento, a banda vem trabalhando na produção e gravação do seu primeiro álbum de estúdio, que apresenta um set vigoroso e com altas referências.

Confira “Let me see”: https://song.link/s/3n7rFIbTPAHfF0MEDq33Br

Dramón: texturas, ruídos e tensões no single "Vencer o Sol"

Música antecede lançamento de "Áspero", primeiro disco cheio, que sai no final de março pela Sinewave Label

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Dramón, projeto experimental do músico e produtor Renan Vasconcelos, lança 'Vencer o Sol', single com ambientações fundidas a guitarras e que mostra as novas possibilidades e texturas no primeiro disco cheio do artista, "Áspero", que chega ao streaming no final deste mês de março via Sinewave Label.

Ouça Vencer o Sol aqui: https://tratore.ffm.to/vencerosol.

"Vencer o Sol" é uma música que faz a fusão do passado com o momento atual do Dramón. É uma música que tanto tende para o rock, por causa das guitarras e da levada, mas que possui os ingredientes que pavimentam o projeto, como samples, climas e experimentações. É uma faixa sombria, com tensões e dramas progressivos.

Vasconcelos comenta sobre "Vencer o Sol" e o disco "Áspero". "Esta faixa é a que melhor transita entre os dois universos, do passado e do presente. O disco também transita entre o rock e a experimentação, e é diferente de tudo que já lancei anteriormente".

Este já é o segundo lançamento do Dramón em 2021. Em janeiro, Vasconcelos soltou nas plataformas digitais o EP de duas músicas "Bétula" // "Membrana" (ouça aqui).

"Áspero"

Primeiro álbum de Dramón, cuja discografia conta com quatro EPs (Bétula // Membrana, de 2021; Oscilar, de 2020; Equilíbrio Utopia, de 2019, e Ansiedade Morte, de 2018) e o single Afã (2020).

O lançamento acontece dia 26 de março pelo selo Sinewave.

O disco terá oito faixas, todas compostas por Renan Vasconcelos em 2020. Como explica o músico e compositor, "Áspero" pode ser visto como mais uma peça na construção de um mosaico distópico na discografia, uma recusa em acomodar-se nos horizontes fechados do realismo capitalista".

O músico

Músico, produtor e design gráfico, Renan Vasconcelos é natural do Rio de Janeiro e atualmente reside em São Paulo capital. Em 2018 tocou na banda de post-rock Avec Silenzi, que lançou cinco álbuns.

No Dramón, Renan traz a base das experimentações da antiga banda e potencializa as composições com uso minimalista de guitarras, drum machine e synths.

terça-feira, 16 de março de 2021

Cat Arcade divulga single "Outro Lugar"

A banda Cat Arcade está divulgando o single “Outro Lugar”, sétima faixa do primeiro álbum da banda com lançamento marcado para o dia 30 de março. O disco foi gravado no estúdio Trilha Hub Cultural, em Sapucaia do Sul, nos meses de janeiro e fevereiro. A produção, mix e master é assinada por Jeferson Marchetto e Rodrigo Rysdyk. A arte da capa é de Nilton Rogers. O som está disponivel nas plataformas de streaming: https://linktr.ee/CatArcade .

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Outro Lugar” é uma música com fortes sentimentos. O som aborda um sentimento de não pertencer, de estar em um lugar e não sentir que deveria estar ali. Um sentir-se nas sombras e tomar coragem de sair e buscar o seu verdadeiro eu. Com uma atmosfera quase sombria, mas que rasga o peito em busca de liberdade. E realmente assim que ela foi feita, com muitos sentimentos, sendo finalizada em meio a um momento caótico de pandemia, porém um momento de grande realização para o grupo. A música foi apresentada primeiramente em uma versão no violão. A letra é de autoria do baterista Fábio. O som foi desenvolvido no estúdio durante o processo de gravação. A vocalista Nina entrou com a linha de voz e a música foi ganhando corpo e alma com o decorrer das sessões. 

Com início em 2019, a Cat Arcade é formada por Nina Barcellos no vocal, Paulinha Lencina no contrabaixo, Pedro Henrique na guitarra, Cass Fraga na guitarra e sintetizador e Fábio Gonçalves na bateria. O álbum de estreia será lançado no dia 30 de março e conta com financiamento da Lei Aldir Blanc viabilizada por edital da Prefeitura de Canoas.

Prelúdio X: homenagem à banda Signum Regis em vídeo tributo

Enquanto se prepara para o lançamento de um novo single inédito, que sucederá a épica e intensa faixa “The Entrance”, o grupo pernambucano de Heavy/Power Metal Prelúdio X preparou um vídeo tributo em homenagem à banda eslovaca Signum Regis.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Segundo o vocalista Leandro Silva, “o nosso guitarrista Gerson que apresentou a Signum Regis para a Prelúdio X. Após isso nós fomos conhecer mais a fundo o trabalho deles e me surpreendi ao saber que o vocalista era brasileiro, o J. Fortinho, com uma voz potente e monstruosa”.

 “Para mim foi um desafio para mim cantar uma música com um vocal tão “enérgico” assim do início ao fim e “Never Surrender” tanto por seus arranjos e letra vai de encontro com o que nós da Prelúdio X gostamos de tocar” conclui o músico.

O video tributo para “Never Surrender” pode ser conferido logo abaixo:

Chegou "The Metal Opera by Magnus Karlsson", 1º álbum do Heart Healer; ouça

"The Metal Opera by Magnus Karlsson", debut do Heart Healer, novo projeto de Magnus Karlsson, multi-instrumentista do Primal Fear, chegara no dia 12 de março último, via Frontiers.

O trabalho conta com 7 marcantes vocalistas da cena metal, sendo eles Adrienne Cowan (Seven Spires, Sascha Paeth's Masters Of Ceremony, Avantasia), Ailyn (Her Chariot Awaits, ex-Sirenia), Netta Laurenne (Smackbound, Laurenne/Louhimo), Youmna Jreissati (Ostura), Noora Louhimo (Noora's corner official, Battle Beast), Margarita Monet (Edge Of Paradise), e Anette Olzon (The Dark Element, ex-Nightwish).

PRÉ-VENDA.

A história conta sobre a Heart Healer (Curadora de Corações), personagem que acorda um dia sem nenhuma memória e sem saber o próprio nome, e aos poucos descobre o que tem o poder de curar as pessoas com o toque, mas, ficando mais fraca toda vez que o utiliza.*

* Informações adicionais via @playfonic.

Ouça na íntegra:

Tracklist:.

1. Awake ft. Adrienne Cowan

2. Come Out Of The Shadows ft. Youmna Jreissati, Margarita Monet, Netta Laurenne

3. Who Can Stand All Alone ft. Adrienne Cowan, Anette Olzon

4. Back To Life ft. Margarita Monet, Ailyn, Adrienne Cowan

5. Into The Unknown ft. Noora Louhimo

6. When The Fire Burns Out ft. Ailyn, Netta Laurenne

7. Evil’s Around The Corner ft. Noora Louhimo, Adrienne Cowan

8. Mesmerized ft. Anette Olzon

9. Weaker ft. Adrienne Cowan

10. This Is Not The End ft. Adrienne Cowan, Ailyn, Youmna Jreissati, Netta Laurenne, Noora Louhimo, Margarita Monet, Anette Olzon.

Oi Futuro apresenta Semana PodSim, que debate participação das mulheres no universo dos podcasts

Ana Claudino - Debate sobre Mídias Periféricas

Evento online gratuito, de 23 a 25 de março, traz oficinas, palestras, mesas e shows de artistas independentes

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A Podsim, única produtora de podcasts do Brasil formada exclusivamente por mulheres, realiza entre os dias 23 e 25 de março a Semana Podsim, evento online e gratuito com palestras sobre produção e conteúdo a respeito da mídia falada que tem caído nas graças dos usuários de internet. A Semana Podsim tem patrocínio da Oi com apoio do Oi Futuro.

Entre os destaques da programação estão oficinas de áudio criativo e de consciência vocal, debate sobre mídias periféricas e universo do podcast no Brasil, além de shows de artistas independentes. A Semana Podsim será transmitida pelo YouTube da Podsim (programação completa abaixo; inscreva-se no canal para ser notificado).

Kellen Moraes - Debate sobre o Mercado do Podcast no Brasil

Nascida em 2019 no Rio de Janeiro pelas mãos de um grupo de mulheres que atua no campo da música, áudio, voz e sonoplastia, a Podsim é a primeira central de podcasts produzidos só por mulheres e também ajuda empresas e iniciativas a realizarem todas as etapas da criação de um podcast. A produtora oferece serviços de identidade sonora, produção, edição, narração, distribuição, captação de áudio, roteiro e métricas.

A Podsim dá suporte às podcasters e também atua como rede de divulgação e curadoria de oportunidades. No portfólio, a produtora tem oito podcasts autorais dos mais diversos temas como saúde da mulher e entretenimento, incluindo a produção do Podcast de Respeito, um projeto da Uber para conscientizar motoristas e usuários sobre temas como racismo, machismo e LGBTfobia.

"Nosso objetivo é estimular a maior participação feminina e periférica produzindo e consumindo podcasts”, comenta Luiza Sales, diretora de produção da PodSim.

Segundo pesquisa mais recente da ABPod (Associação Brasileira de Podcasters) de 2018, de 1.300 podcasts feitos no Brasil apenas 11% declaram ter mulheres na equipe. É nesse panorama que a PodSim se insere para buscar um ajuste fino na equidade de gêneros no setor da produção de podcasts.

Ainda de acordo com outro levantamento da ABPod, de 2019, que avaliou apenas o recorte da audiência, o panorama passa a ser mais promissor: enquanto em 2018, 16% delas formavam o público ouvinte, em 2019 passaram para 27%. Mas elas são novatas no universo dos ouvintes e isso é apontado na declaração da pesquisa de que mulheres passaram a consumir a mídia nos últimos dois anos enquanto homens declaram já ter o hábito nos últimos cinco.

SERVIÇO:

Semana PodSim

Data e horário: 23 a 25 de março (a partir das 14h)

Local: Canal da PodSim no YouTube

Evento Gratuito

Classificação etária: Livre

Programação:

Dia 23 de março

14h - Oficina de Bateria Para Garotas, com Julie Sousa

15h30 - Debate sobre o Corpo Feminino e Saúde da Mulher, com Victoria Castro (Diga Vulva) e Myrella Pontes (Ella Vulva) mediado por Ana Gabriela Nascimento (Podcast Ventre Nós)

17h - Show Meninas do Brasil - Luiza Sales recebe Ilessi e Marina Iris

Dia 24 de março

14h - Oficina de Áudio Criativo com Irla Franco

15h30 - Debate sobre Mídias Periféricas com Ana Claudino, criadora do canal de YouTube Sapatão Amiga, com Renata Aratykyra (Podcast Originárias) e Julie Sousa (Podcast Bora Marcar)

17h - Show Originárias, Renata Aratykyra recebe Daua Puri

Dia 25 de março

14h - Oficina de Consciência Vocal com Carolina Faria

15h30 - Debate sobre o Mercado do Podcast no Brasil, com Kellen Moraes ( Diretora de Estratégia e Inovação da Rádio Novelo), Fábio Silveira (Gerente de Podcasts em Serviços e Produtos Digitais da Globo) mediado por Val Becker (Rádio Graviola)

17h - Show Soul+ - RAIZZA recebe Anderson Primo e Helô Tenório

sexta-feira, 12 de março de 2021

Aline Happ faz releitura classical crossover para “Losing my Religion” do R.E.M

Uma das canções mais conhecidas do R.E.M, "Losing my Religion", ganha versão classical crossover por Aline Happ. O canto lírico encontra lugar ao lado da letra melancólica da banda americana de rock alternativo. A releitura composta por Aline Happ une elementos do folk e da música celta, incluindo instrumentos como harpa e flauta. A canção foi divulgada no canal de Aline Happ no YouTube, que já conta com versões do Scorpions, Linkin Park, Metallica, entre outros.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O R.E.M já tinha uma influência folk, então fiz isso ainda mais presente, adicionando elementos celtas e fazendo uma versão no estilo classical crossover. A música contou com diferentes elementos de percussão, harpa, sintetizadores, flauta e uma atmosfera mais etérea e medieval.”, conta Aline Happ sobre a faixa.

Conhecida mundialmente por seu trabalho como líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do rock e do metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado ainda neste ano.

Os vídeos postados no canal de Aline Happ contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Conhecidos mundialmente, o Lyria é uma banda carioca fundada em 2012 por Aline Happ. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, "Catharsis" (2014) e "Immersion" (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, entre outras.

Assista “Losing my Religion”:

Marcus Marques mistura brasilidade, soft rock e música progressiva em "Teatro de Estrelas", seu álbum de estreia

O cantor e compositor Marcus Marques acaba de lançar o seu álbum de estreia. O trabalho é intitulado "Teatro de Estrelas" e é composto por seis faixas. Ao decorrer da obra, o cantor frisa o sentimentalismo enquanto traz nuances de soft rock, MPB, jazz e rock progressivo.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Escute o álbum "Teatro de Estrelas" via Spotify, Deezer ou Apple Music.

O repertório conta duas inéditas: a faixa-título "Teatro de Estrelas" e a canção "They Are Among Us". Esta última, inclusive, ainda obtém uma versão intimista e instrumental incluída no setlist. Os singles "Você E Eu", "Foi Um Sonho", "Lá no Cipó" também integram o álbum.

O material foi registrado na capital paulista, com sessões de gravação nos estúdios Space Blues, Buena Familia Sounds e Trama Nacena. 

Tanto a produção quanto os arranjos são assinados por Danilo Santana. A mixagem, por sua vez, foi realizada por Pepê Monnerat e Luís Paulo Serafim “LP”. Já a masterização ficou a cargo de Maurício Gargel. Segundo Marcus, explica o título do álbum "Teatro de Estrelas".

É um disco que aborda o universo e o oferece a quem amamos. Por isso, escolhi este nome. Também sinto que ele dialoga com a música dos anos 70 e com a brasilidade de artistas mineiros e gaúchos que admiro. Concebi este trabalho visando uma estética específica, que retrata a sinergia entre os arranjos e a mensagem de cada canção”.

Durante o período de gravação, Marcus Marques contou com uma série de músicos de apoio. Tais como Kuki Stolarski (bateria), Adriano Trindade (bateria). Fernando Nunes (baixo), Ricardo Vignini -  (viola), Federico Puppi  (cello), Toninho Ferragutti (acordeão), entre outros.

Chegou "Nature's Light", o novo álbum do Blackmore's Night; ouça

"Nature's Light", o novo álbum do Blackmore's Night, chegara hoje, em diversos formatos.

Blackmore's Night libera clipe de "Nature's Light"; faixa-título de seu novo álbum; assista.

Blackmore's Night libera "Four Winds"; canção de seu novo álbum; ouça.

Blackmore's Night anuncia novo álbum e libera lyric video da canção "Once Upon December"; assista.

Blackmore's Night lança EP natalino e libera lyric video da canção "O Little Town Of Bethlehem".

Ouça "Nature's Light" integralmente no player abaixo:

Tracklist:

01. ONCE UPON DECEMBER
02. FOUR WINDS
03. FEATHER IN THE WIND
04. DARKER SHADE OF BLACK (INSTRUMENTAL)
05. THE TWISTED OAK
06. NATURE’S LIGHT
07. DER LETZTE MUSKETIER (INSTRUMENTAL)
08. WISH YOU WERE HERE (2021)
09. GOING TO THE FAIRE
10. SECOND ELEMENT

quinta-feira, 11 de março de 2021

Circus Rock alerta sobre perigo da desinformação à democracia

Com mensagem poderosa, música ‘1317’, do elogiado disco "Transmissão" (2020), ganha videoclipe

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Existe um ecossistema que usa a desordem da informação em seu favor e a provoca ativamente. Ele é intencional, organizado e tem muito dinheiro. É assim que a desinformação corrói sociedades e fragiliza democracias, um artifício que até mesmo mata.

Este é um ciclo do mal – entre tantos – que foram empregados com sucesso em diversas estruturas do Brasil e que deve ser compulsivamente combatido, aliás, o conceito do videoclipe da banda carioca de hardcore melódico Circus Rock para a música "1317", presente no elogiado disco ‘Transmissão’ (2020).

Assista ao videoclipe: 

"1317", a música, descreve o cenário político brasileiro dos últimos anos, que a banda pontua a partir do impeachment de Dilam Rousseff até os dias atuais, de um governo enveredado entre fake news e movimentos controversos. Tem uma típica sonoridade hardcore, rápida, direta, com letra que coloca o dedo na ferida, cantada em português.

O cenário do clipe ilustra a mensagem da letra. A banda montou a cronologia do golpe que destituiu a presidente até as eleições de 2018. “Entendemos que é uma mensagem poderosa, que deve ser dada igual um ponta pé na cara, a partir daí, surge a energia da banda tocando, passando a mensagem com toda força e dinamismo possível”, comenta ao vocalista Bernardo Tavares.

A fotografia, edição e roteiro do videoclipe é assinada por Daniel Marques (@danielfugaa), enquanto a produção e direção ficou com a Circus Rock.

Além disso, é uma música forte, com uma mensagem muito importante ao futuro próximo do Brasil, e por isso foi escolhida para ser a primeira produção audiovisual da banda neste início de 2021. “Nela discorremos sobre o processo das campanhas políticas, tudo isso se relacionado às fake news no jogo do marketing eleitoral”.

Repercussão do álbum "Transmissão"

Transmissão foi destaque em diversos sites e blogs especializados em rock, além de músicas incluídas em playlists nas plataformas digitais, rádios rock e clipes em canais de TV. A banda comenta o resultado positivo:

Demoramos aproximadamente um ano para produzir esses 20 e poucos minutos. Pra banda, o poder das oito faixas é imenso. Mostra nossa história, nossa mensagem, nosso potencial, nosso esforço. Tem pessoas de fora do nosso ciclo comentando, galera nova se interessando, além do público que já nos acompanhava. Acreditamos que entregamos o que eles imaginavam ou além”.

Ouça "Transmissão" aqui: https://bit.ly/3mVnzJc.

O disco mescla a potência dos riffs do quinteto carioca com uma lírica pungente e necessária ao Brasil atual e teve participações de peso: Arthur Mutanen (Bullet Bane), Caio Weber (Cefa), Milton Aguiar (Bayside Kings), Renato Rasta (NDR), o rapper Marcão Baixada e Rodrigo Lima (Dead Fish).