Confraria Floydstock: iron maiden
Mostrando postagens com marcador iron maiden. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador iron maiden. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 3 de setembro de 2021

Iron Maiden: ouça o novo álbum "Senjutsu", que chegou hoje

Banda lança primeiro álbum em seis anos.

"Senjutsu", chegara hoje, como um álbum duplo com duração de 82 minutos. O álbum foi gravado em Paris com o produtor de longa data da banda Kevin Shirley e co-produzido por Steve Harris. O título japonês se traduz livremente em "tática e estratégia", e a obra de arte inspirada em samurai foi criada por Mark Wilkinson a partir de uma ideia de Harris.

Escolhemos gravar no Guillaume Tell Studio na França novamente porque o lugar tem uma vibração muito relaxada”, diz Harris. “A configuração lá é perfeita para as nossas necessidades; o prédio costumava ser um cinema e tem um teto muito alto, então há um ótimo som acústico. Gravamos este álbum da mesma forma que fizemos com The Book of Souls, em que escreveríamos uma música, ensaiaríamos e, em seguida, montaríamos imediatamente enquanto tudo estava fresco em nossas mentes.

Ele acrescenta: “Existem algumas músicas muito complexas neste álbum que deram muito trabalho para que soassem exatamente como queríamos, então o processo às vezes foi muito desafiador, mas Kevin é ótimo em capturar a essência do banda e acho que valeu a pena! Estou muito orgulhoso do resultado e mal posso esperar que os fãs ouçam.

O vocalista Bruce Dickinson disse: “Estamos todos muito animados com este álbum. Gravamos no início de 2019 durante uma pausa na turnê Legacy para que pudéssemos maximizar nossa turnê, mas ainda assim teríamos um longo período antes do lançamento para preparar uma ótima arte de álbum e algo especial como um vídeo. Claro, a pandemia atrasou mais as coisas, tanto para os melhores planos, ou deveriam ser ‘estratégias’!? As canções são muito variadas, e algumas delas são bastante longas. Há também uma ou duas canções que soam bem diferentes do nosso estilo usual, e acho que os fãs do Maiden ficarão surpresos - no bom sentido, espero!”.

Ouça o álbum na íntegra:

Tracklist:

1. Senjutsu

2. Stratego

3. The Writing on the Wall

4. Lost in a Lost World

5. Days of Future Past

6. The Time Machine

7. Darkest Hour

8. Death of the Celts

9. The Parchment

10. Hell on Earth

quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Iron Maiden divulga 'Stratego", 2ª canção de seu novo álbum; ouça

Banda lançará primeiro álbum em seis anos em setembro.

Na esteira de seu single bíblico "The Writing on the Wall", o Iron Maiden anunciara "Senjutsu", seu 17º álbum de estúdio e o primeiro da banda em seis anos.

Agora chegou o single "Stratego", 2ª canção do novo trabalho, que você pode conferir no player mais abaixo.

"Senjutsu", chegará em 3 de setembro, como um álbum duplo com duração de 82 minutos. O álbum foi gravado em Paris com o produtor de longa data da banda Kevin Shirley e co-produzido por Steve Harris. O título japonês se traduz livremente em "tática e estratégia", e a obra de arte inspirada em samurai foi criada por Mark Wilkinson a partir de uma ideia de Harris.

Escolhemos gravar no Guillaume Tell Studio na França novamente porque o lugar tem uma vibração muito relaxada”, diz Harris. “A configuração lá é perfeita para as nossas necessidades; o prédio costumava ser um cinema e tem um teto muito alto, então há um ótimo som acústico. Gravamos este álbum da mesma forma que fizemos com The Book of Souls, em que escreveríamos uma música, ensaiaríamos e, em seguida, montaríamos imediatamente enquanto tudo estava fresco em nossas mentes.

Ele acrescenta: “Existem algumas músicas muito complexas neste álbum que deram muito trabalho para que soassem exatamente como queríamos, então o processo às vezes foi muito desafiador, mas Kevin é ótimo em capturar a essência do banda e acho que valeu a pena! Estou muito orgulhoso do resultado e mal posso esperar que os fãs ouçam.

O vocalista Bruce Dickinson disse: “Estamos todos muito animados com este álbum. Gravamos no início de 2019 durante uma pausa na turnê Legacy para que pudéssemos maximizar nossa turnê, mas ainda assim teríamos um longo período antes do lançamento para preparar uma ótima arte de álbum e algo especial como um vídeo. Claro, a pandemia atrasou mais as coisas, tanto para os melhores planos, ou deveriam ser ‘estratégias’!? As canções são muito variadas, e algumas delas são bastante longas. Há também uma ou duas canções que soam bem diferentes do nosso estilo usual, e acho que os fãs do Maiden ficarão surpresos - no bom sentido, espero!”.

Tracklist:

1. Senjutsu

2. Stratego

3. The Writing on the Wall

4. Lost in a Lost World

5. Days of Future Past

6. The Time Machine

7. Darkest Hour

8. Death of the Celts

9. The Parchment

10. Hell on Earth

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Iron Maiden: Bruce Dickinson diz que testou positivo para a COVID-19

O cantor do Iron Maiden, Bruce Dickinson, testou positivo para COVID-19 após ser vacinado.

Iron Maiden anuncia novo álbum duplo ‘Senjutsu.

O músico de 63 anos, que mora em Londres, Inglaterra, revelou seu diagnóstico positivo em uma entrevista à Rolling Stone na manhã de hoje.

Dickinson testou positivo para COVID-19 poucos dias depois de adiar abruptamente as duas últimas datas de sua turnê de palestras no Reino Unido porque um membro de sua família imediata contraiu a doença causada pelo novo coronavírus.

Bruce disse que fez um teste COVID de fluxo lateral depois que começou a sentir que estava pegando um resfriado, e deu positivo.  "Eu pensei, 'Oh, bem, merda'", disse ele.  "Eu estava espirrando um pouco. Por alguns dias, me senti um pouco tonto, meio que com uma gripe, e foi isso. E eu tenho 63 anos. Não tenho dúvidas de que se não tivesse tomado as duas doses da vacina, poderia estar com sérios problemas."

Dickinson continuou dizendo que não acredita pessoalmente que os fãs que vão aos shows devam ser vacinados, chamando isso de "uma escolha pessoal". No entanto, ele disse que espera que todos recebam a injeção. "Pessoalmente, acho que as pessoas são muito mal aconselhadas se não forem e levarem uma punhalada dupla o mais rápido possível, não por motivos de ir a shows, mas por sua própria saúde", disse ele. "Dito isso, mesmo que você tenha recebido uma injeção dupla, você ainda pode pegar COVID e, portanto, pode espalhar para outras pessoas que podem não ter sido vacinadas e podem ficar muito doentes e morrer. Agora você não pode legislar contra  mortalidade. Há muitas coisas neste mundo que matam pessoas e não são ilegais, mas são infelizes. O câncer mata muitas pessoas. Ataques cardíacos matam muitas pessoas. A obesidade mata muitas pessoas. A malária mata um monte de gente  todos os anos ... Então, em algum momento, temos que apenas dizer, 'Provavelmente teremos que conviver com isso. E se vamos conviver com isso, então você terá sua vacinação.' "

Via Blabbermouth.

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Iron Maiden anuncia novo álbum duplo ‘Senjutsu’

Banda lançará primeiro álbum em seis anos em setembro.

Na esteira de seu single bíblico "The Writing on the Wall", o Iron Maiden anunciara "Senjutsu", seu 17º álbum de estúdio e o primeiro da banda em seis anos.

"Senjutsu", chegará em 3 de setembro, como um álbum duplo com duração de 82 minutos. O álbum foi gravado em Paris com o produtor de longa data da banda Kevin Shirley e co-produzido por Steve Harris. O título japonês se traduz livremente em "tática e estratégia", e a obra de arte inspirada em samurai foi criada por Mark Wilkinson a partir de uma ideia de Harris.

Escolhemos gravar no Guillaume Tell Studio na França novamente porque o lugar tem uma vibração muito relaxada”, diz Harris. “A configuração lá é perfeita para as nossas necessidades; o prédio costumava ser um cinema e tem um teto muito alto, então há um ótimo som acústico. Gravamos este álbum da mesma forma que fizemos com The Book of Souls, em que escreveríamos uma música, ensaiaríamos e, em seguida, montaríamos imediatamente enquanto tudo estava fresco em nossas mentes.

Ele acrescenta: “Existem algumas músicas muito complexas neste álbum que deram muito trabalho para que soassem exatamente como queríamos, então o processo às vezes foi muito desafiador, mas Kevin é ótimo em capturar a essência do banda e acho que valeu a pena! Estou muito orgulhoso do resultado e mal posso esperar que os fãs ouçam.

O vocalista Bruce Dickinson disse: “Estamos todos muito animados com este álbum. Gravamos no início de 2019 durante uma pausa na turnê Legacy para que pudéssemos maximizar nossa turnê, mas ainda assim teríamos um longo período antes do lançamento para preparar uma ótima arte de álbum e algo especial como um vídeo. Claro, a pandemia atrasou mais as coisas, tanto para os melhores planos, ou deveriam ser ‘estratégias’!? As canções são muito variadas, e algumas delas são bastante longas. Há também uma ou duas canções que soam bem diferentes do nosso estilo usual, e acho que os fãs do Maiden ficarão surpresos - no bom sentido, espero!”.

Tracklist:

1. Senjutsu

2. Stratego

3. The Writing on the Wall

4. Lost in a Lost World

5. Days of Future Past

6. The Time Machine

7. Darkest Hour

8. Death of the Celts

9. The Parchment

10. Hell on Earth

Via Rolling Stone.

quinta-feira, 15 de julho de 2021

Iron Maiden lança clipe de "The Writing on the Wall", música de seu vindouro álbum; assista

"The Writing on the Wall", 1ª canção inédita do Iron Maiden em 6 anos, deverá integrar o 17º álbum de estúdio da Velha Donzela, com o título e data, por ora especulados, Belshazzar's Feast, chegando em setembro próximo.

Trata-se de uma guitarrista Adrian Smith e do vocalista Bruce Dickinson, com clipe superproduzido pelo estúdio londrino BlinkInk.

"Eu tinha uma ideia bastante clara do conceito para acompanhar a música e quando conheci Mark e Andrew, pelo Zoom, rapidamente ficou claro que estávamos todos na mesma vibração. Isso foi reforçado com a adição de Nicos Livesey e sua jovem equipe da BlinkInk. Nossas reuniões semanais da equipe Zoom eram geralmente criativas e muito divertidas" - explicara o frontman Bruce Dickinson.

"As pessoas estavam literalmente se atirando em mim para participar de um vídeo do Maiden. Tivemos mais de 60 pessoas em 13 países, do Brasil à França, da Romênia aos Estados Unidos, para adicionarem algo ao vídeo" - disera o diretor do videoclipe, Nicos Livesey.

Assista ao clipe no player abaixo:

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Rock and Roll Hall of Fame elege Tina Turner e Foo Fighters à indução, deixando Iron Maiden de fora

O Rock and Roll Hall of Fame divulgara hoje a lista dos 6 artistas dentre todos os indicados a serem induzidos à sua calçada no dia 30 de outubro de 2021, em Cleveland, EUA, com transmissão posterior da HBO e HBO Max

Os induzidos neste ano são: Tina Turner, Carole King, Todd Rundgren, The Go-Go's, Jay-Z e Foo Fighters, sendo que estes 2 últimos puderam ser elegíveis pela 1ª vez e já foram agraciados de cara.

Também receberão a honraria, o Kraftwerk, Gill Scott Heron e Charley Patton, na categoria Early Influence Award, uma espécie de premio por pioneirismo, Randy Rhoads, Billy Preston e LL Cool J, na categoria Musical Excellend Awards, algo como um "conjunto da obra", além de Clarence Avant, CEO da Gravadora Sussex Records, na categoria Ahmet Ertegun Award.

Como critério para ser elegível, o artista e/ou banda deve ter lançado um single ou álbum relevante há pelo menos 25 anos.

A escolha fora aberta ao voto popular, através do site do Museu, porém o peso deste é minimizado, tendo o valor de 1 jurado dentre um grande montante destes.

O iron Maiden chegou a constar entre os 5 preferidos pelos fãs, porém ficou do fora das escolhas dos jurados.

Confira abaixo todos os indicados:

Mary J. Blige

Kate Bush

Devo

Foo Fighters (induzido)

The Go-Go's (induzido)

Iron Maiden

Jay-Z (induzido)

Chaka Khan

Carole King (induzida)

Fela Kuti

LL Cool J (induzido)

New York Dolls

Rage Against the Machine

Todd Rundgren (induzido)

Tina Turner (induzida)

Dionne Warwick

terça-feira, 27 de abril de 2021

Tears of the Dragon ganha versão folk com voz de Aline Happ

Canção é um clássico da carreira solo de Bruce Dickinson

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O vocal melódico e poderoso de Bruce Dickinson é substituído pela bela voz de Aline Happ, que traz uma nova roupagem para “Tears of the Dragon”, com uma versão classical crossover. Em uma releitura voltada para o folk, a cantora e produtora musical dá uma nova vida para o clássico da carreira solo do vocalista do Iron Maiden. A canção faz parte de uma série de releituras que Happ realiza em seu canal no YouTube, o qual já conta com versões de Rihanna, Linkin Park, Iron Maiden, e até mesmo, The Mandalorian. Algumas das canções também estão disponíveis nas principais plataformas de streaming e download.

Lançada originalmente em 1994, a canção “Tears of the Dragon” foi o primeiro single do segundo disco de Bruce Dickinson, "Balls to Picasso”. A letra fala sobre as aflições do vocalista quando saiu do Iron Maiden, em 1993, retornando apenas em 1999.

Conhecida mundialmente por seu trabalho como líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do rock e do metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado ainda neste ano.

Os vídeos postados no canal de Aline Happ contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Conhecidos mundialmente, o Lyria é uma banda carioca fundada em 2012 por Aline Happ. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, "Catharsis" (2014) e "Immersion" (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, entre outras, além de transmitir shows online com venda de ingressos para o mundo todo.

Assista a versão de “Tears of the Dragon”: