Confraria Floydstock: imagens

1XBET

1XBET
UTILIZE O CÓDIGO PROMOCIONAL 1x_431349 PARA DOBRAR SEU 1º DEPÓSITO
Mostrando postagens com marcador imagens. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador imagens. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 5 de novembro de 2020

Pink Floyd: David Gilmour tira sarro de tabloide que classificou suas roupas como luxuosas

O eterno guitarrista floydiano, David Gilmour, usara as suas redes sociais para, com muita ironia, cutucar o tabloide The Argus, que dissera que ele é "conhecido por seus trajes luxuosos".

No texto, o canal discorre sobre Gilmour aparecer com sua neta em meio a brincadeiras em registro feito pela esposa, Polly Samson:

 "Conhecido por seus trajes luxuosos, o guitarrista do Pink Floyd é visto com um chapéu de feltro branco e um par de botas de veludo sujas, usadas para caminhar pelo campo alagado"

David então, postara uma série de imagens suas, onde habitualmente usa camisetas simples e sem estampa, com a legenda irônica utilizada na matéria do The Argus: "Conhecido por seus trajes luxuosos".

Confira abaixo:


Ver essa foto no Instagram

Splish splosh

Uma publicação compartilhada por Polly Samson (@pollysamson) em

Ver essa foto no Instagram

“Known for his lavish outfits”

Uma publicação compartilhada por David Gilmour (@davidgilmour) em

domingo, 30 de agosto de 2020

Black Sabbath: Ozzy Osbourne reaparece grisalho, quase irreconhecível


Ozzy Osbourne fora visto em Los Angeles nesta semana, sendo sua primeira aparição pública em meses, durante sua batalha contra a Doença de Parkinson.

O vocalista do Black Sabbath, de 71 anos, estava quase irreconhecível depois de permitir que seus cabelos negros ficassem grisalhos.

Ele prendeu o cabelo em um rabo de cavalo e se acomodou no banco do passageiro de seu carro enquanto sua esposa de longa data, Sharon Osbourne, dirigia.

A certa altura, ele ergueu a mão na frente do rosto e parecia bocejar sentado sozinho no veículo depois que Sharon saiu.

Sharon, que usava um penteado rosa curto, também foi vista sozinha naquele dia ao fazer compras em uma loja de roupas local.

terça-feira, 11 de agosto de 2020

Show histórico da Dave Matthews Band será transmitido na internet no dia 12/08


Apresentação em Nova York foi registrada por fotógrafo brasileiro; confira fotos

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Conhecida por seus longos e energéticos shows que lotam casas por todo mundo, a Dave Matthews Band encontrou um modo de manter seu público por perto em tempo de pandemia. É o DMB Drive-in, onde a cada quarta-feira às 21h (horário de Brasília), a banda disponibiliza shows completos e inéditos em vídeo, de várias eras diferentes. E a cada semana, uma instituição ou causa é colocada em evidência e recursos arrecadados. No próximo dia 12/08, o show transmitido será uma apresentação histórica no Madison Square Garden, em 2018.

Confira o projeto: https://www.davematthewsband.com/drivein/

Quem estava na apresentação em Nova York era o fotógrafo carioca Rodrigo Simas, que começou a fotografar a banda em 2010 e já teve imagens até em capa de álbuns da DMB, além de ter feito exposições pelo mundo. “O legal é que, na maioria desses shows transmitidos, eu estava fotografando. O próximo show é importantíssimo. Fizemos duas noites completamente esgotadas. O show que passaremos é o da segunda noite”, conta ele.

Com quase 30 anos de estrada, 9 álbuns de estúdio e inúmeros registros ao vivo, a Dave Matthews Band une rock, pop, jazz fusion e folk em um clima de jam sessions. Eles já venderam mais de 38 milhões de discos de 20 milhões de ingressos para shows.

O show poderá ser conferido em https://www.davematthewsband.com/drivein/

Confira as fotos de Rodrigo Simas em https://www.rodrigosimas.fot.br.


Siga o trabalho de Rodrigo Simas:

Rodrigo no Madison Square Garden

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Metallica: James Hetfield faz 1ª aparição pública ao deixar reabilitação. Veja


Aconteceu ontem (30/01), durante um evento no Petersen Automotive Museum, em Los Angeles.

Metallica adia turnê na Oceania para James Hetfield tratar sua dependência química

O frontman do Metallica, James Hetfield, que havia se recolhido desde setembro último numa Rehab, a fim de tratar sua dependência química (álcool), aparecera pela primeira vez em público.

Confira no vídeo e nas imagens:




sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Divulgada a primeira foto de filme sobre David Bowie. Confira

À esquerda o ator e cantor Johnny Flynn e à direita David Bowie.

O filme "Stardust" retratará a primeira passagem do camaleão do rock pelos EUA em 1971, viagem essa que o inspirou a desenvolver seu alter ego Ziggy Stardust, protagonista do então vindouro álbum icônico "The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders From Mars".

O cantor ator Johnny Flynn (das séries "Lovesick" e "Genius") interpretará o jovem Bowie, enquanto a atriz Jena Malone (de "Jogos Vorazes") fará o papel de Angie, a primeira esposa de David Bowie.

Como David Bowie foi banido durante o pouso na Lua

A película contará ainda com Marc Maron (De "Glow), interpretando o executivo da gravadora do cantor e terá a direção de Gabriel Range ("A Morte de George W. Bush") com roteiro de Christopher Bell.

As filmagens começaram em junho último e o lançamento está previsto para 2020.

A primeira foto oficial da película, contendo Johnny Flynn caracterizado como Ziggy Stardust, pode ser vista logo abaixo:

terça-feira, 23 de julho de 2019

Pink Floyd: quando Syd Barrett assistiu Bob Dylan tocar com a guitarra de George Harrison


...Syd estava de volta a Londres no final de agosto de 1969, relaxado e bronzeado depois de suas férias em Formentera. Ele participou sorrateiramente de um pequeno segmento do filme Psicodelia e depois se preparou para o ansiosamente aguardado festival Isle of Wight. Ele viajou para lá junto com Margaretta "Gretta" Barclay e provavelmente também com seu amigo Rusty Burnhill.

O festival atraiu um público de cerca de 150.000 pessoas, graças ao retorno de Bob Dylan no palco. David Gilmour e Syd Barrett foram ambos grandes fãs de Bob Dylan. David recebeu algumas das primeiras importações de álbuns de Dylan no Reino Unido. Syd havia escrito sua própria música sobre Dylan, um pequeno número engraçado que David adorava e meio ano depois pedia para ele gravar, apenas para trazer a gravação de volta para casa e mantê-la lá por muitos anos.


Uma página na Word Magazine, em junho de 2004, captura David Gilmour e Syd Barrett na platéia do festival Isle of Wight. No entanto, apesar da legenda, a foto de David é de 1970 (quando ele acabou mixando o som para Jimi Hendrix). A foto de Syd (não identificada pela revista), no entanto, é de 1969, onde ele está sentado entre o público em geral ao lado de Gretta.

Os organizadores do festival fizeram um grande feito quando conseguiram a presença de Dylan, e literalmente o roubaram de Woodstock, bem na esquina de onde ele morava. Depois de semanas de negociações, ele foi mostrado um filme da herança literária da ilha e isso apelou para Dylan. George Harrison era um bom amigo e cuidou dele e de sua família na chegada com um acetato do álbum "Abbey Road" na mão, concluído no dia anterior (com um certo Alan Parsons como engenheiro assistente). George colocou em um toca-discos e "havia muita inveja no ar ... mas ele estava se lamentando sobre como John e Paul não o deixariam ter mais de duas músicas e como isso era injusto".

Em 31 de agosto, tarde da noite, Dylan subiu ao palco com a guitarra de George Harrison. Ele tinha sido pouco ouvido desde seu acidente de moto em julho de 1966. Na verdade, o concerto "Judas" em Manchester foi um dos últimos antes de desaparecer do público, depois de um período muito intensivo e criativo. Inspirando tudo e todos ao cabelo encaracolado de Syd Barrett e Jimi Hendrix.

No dia anterior, John Lennon e Ringo Starr chegaram à ilha, junto com Keith Richards e Eric Clapton. Graças aos rumores de que um ou todos os Beatles iriam se juntar a ele no palco, o show de retorno de Dylan se tornou "inflado para o show da década". Para Dylan, no entanto, pode não ter sido a experiência que ele esperava. Seu próximo show foi daqui a três anos e ele só voltou a turnê em 1974.

No mesmo dia em que Dylan, Gary Farr se apresentou com um certo Meic Stevens ao seu lado, também conhecido como o galês Bob Dylan. “Eu toquei com Gary Farr em seu álbum "Take Something With You", então toquei com ele no Isle of Wight. Eu nunca vi tantas pessoas - eu apenas puxei meu chapéu sobre os olhos e fiquei preso à música. ”Meic era a essa altura um bom amigo de Syd. Possivelmente esta é a performance que ele está assistindo nesta foto...

Via Men on the Border

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Andre Matos: confira vídeos e fotos da sua Missa de Sétimo Dia

A Igreja da Nossa Senhora da Consolação postou em sua página no Facebook imagens em vídeos e fotos da emocionante Missa de 7º Dia no dia 15 de junho, sábado último, em intenção do saudoso vocalista Andre Matos.


O guitarrista Rafael Bittencourt do Angra entoara algumas canções da banda ao violão.


Só uma pessoa especial que fez o bem poderia unir o heavy metal e o erudito da maneira como o Andre fez”, disse o Padre José Roberto, durante a celebração.

Clique na imagem abaixo para ver o álbum completo com os vídeos e fotos da cerimônia:


terça-feira, 30 de outubro de 2018

Os Coelhos Brancos de Grace Slick


A maior cantora ainda viva dos tempos da contracultura aniversaria hoje, completando 79 primaveras, vivendo tudo o que era possível viver.

Grace pegou uma das mais emblemáticas canções na sua voz, "White Rabbit" e fora além da música, se inspirando para tematizar a sua outra paixão: a pintura.

Ela pintou vários quadros contendo o Coelho Branco de "Alice no País das Maravilhas", além da obra contendo todo o contexto do livro em sí.


Grace Slick: Sim, o blues-rock psicodélico ainda tem uma mulher que é lenda viva
A verdadeira história épica de Grace Slick e Jefferson Airplane

Confira abaixo mais de seus trabalhos:


quinta-feira, 26 de abril de 2018

Queen: reveladas novas imagens do filme Bohemian Rhapsody


Foram reveladas duas imagens referentes à cinebiografia do Queen, "Bohemian Rhapsody", que chegará aos cinemas no dia 2 de novembro próximo.

As imagens, que você pode ver acima e abaixo deste texto mostram os atores Rami Malek (Freddie Mercury), LR: Gwilym Lee (Brian May), Ben Hardy (Roger Taylor) e Joe Mazzello (John Deacon), todos devidamente caracterizados e uma delas entrega inclusive uma cena alusiva ao histórico concerto em Wembley no ano de 1986.

A direção é de Dexter Fletcher e o roteiro de Justin Haythe e Anthony McCarten.



segunda-feira, 23 de abril de 2018

Confira a imensa árvore genealógica dos Rolling Stones


Na minuciosa imagem vê-se mapeadamente os cinco membros stonianos, suas esposas, filhos, netos e bisnetos...  (clique na imagem para ampliá-la).

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Rock ’n' Roll Billboards of the Sunset Strip: os impressionantes outdoors em Los Angeles


A Sunset Strip é uma das regiões mais musicais de Los Angeles, cheia de bares de rock, clubes noturnos, casas de shows, restaurantes e lojas de grandes marcas. E durante a década de 1970, no auge da indústria fonográfica, onde milhões e milhões de discos eram vendidos todos os dias, foi uma das áreas preferidas pelas gravadoras para anunciarem seus novos lançamentos.

O fotógrafo Robert Landau, que cresceu em Los Angeles durante os anos 1960 e 1970, registrou grande parte desses outdoors e compilou suas fotos no livro Rock ’n' Roll Billboards of the Sunset Strip, publicado em novembro de 2016 e disponível para compra neste link.

Selecionamos algumas das melhores imagens abaixo, um recorte de um tempo em que a música era muito mais presente na vida das pessoas e no cotidiano da sociedade:

VIA COLLECTORS ROOM