Confraria Floydstock: foo fighters
Mostrando postagens com marcador foo fighters. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador foo fighters. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Rock and Roll Hall of Fame elege Tina Turner e Foo Fighters à indução, deixando Iron Maiden de fora

O Rock and Roll Hall of Fame divulgara hoje a lista dos 6 artistas dentre todos os indicados a serem induzidos à sua calçada no dia 30 de outubro de 2021, em Cleveland, EUA, com transmissão posterior da HBO e HBO Max

Os induzidos neste ano são: Tina Turner, Carole King, Todd Rundgren, The Go-Go's, Jay-Z e Foo Fighters, sendo que estes 2 últimos puderam ser elegíveis pela 1ª vez e já foram agraciados de cara.

Também receberão a honraria, o Kraftwerk, Gill Scott Heron e Charley Patton, na categoria Early Influence Award, uma espécie de premio por pioneirismo, Randy Rhoads, Billy Preston e LL Cool J, na categoria Musical Excellend Awards, algo como um "conjunto da obra", além de Clarence Avant, CEO da Gravadora Sussex Records, na categoria Ahmet Ertegun Award.

Como critério para ser elegível, o artista e/ou banda deve ter lançado um single ou álbum relevante há pelo menos 25 anos.

A escolha fora aberta ao voto popular, através do site do Museu, porém o peso deste é minimizado, tendo o valor de 1 jurado dentre um grande montante destes.

O iron Maiden chegou a constar entre os 5 preferidos pelos fãs, porém ficou do fora das escolhas dos jurados.

Confira abaixo todos os indicados:

Mary J. Blige

Kate Bush

Devo

Foo Fighters (induzido)

The Go-Go's (induzido)

Iron Maiden

Jay-Z (induzido)

Chaka Khan

Carole King (induzida)

Fela Kuti

LL Cool J (induzido)

New York Dolls

Rage Against the Machine

Todd Rundgren (induzido)

Tina Turner (induzida)

Dionne Warwick

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Assista ao clipe de "Chasing Birds", canção do novo álbum do Foo Fighters

"Chasing Birds" integra "Medicine at Midnight", novo álbum do Foo Fighters, o 10º do grupo, que chegara no dia 5 de fevereiro último, via RCA/Sony Music.

Rolling Stones e Foo Fighters: Mick Jagger e Dave Grohl lançam a canção "Eazy Sleazy"; ouça.

Ele tem essas músicas na pegada de hinos, grandiosas, para cantar junto. É estranho, pois é quase um álbum de música dance de um jeito estranho – não EDM (electronic dance music), discoteca ou dance moderno. É pelo groove. Para mim, é como o nosso ‘Let’s Dance’, de David Bowie. É o que queríamos fazer, pois o pensamento era: ‘vamos fazer um disco pra cima e divertido’.” - declarara Dave Grohl à rádio Alt 98.7.

Assista ao clipe de "Chasing Birds" no player abaixo:

Ouça o álbum na íntegra no player abaixo:

Sequenciando, assista ao clipe de "Shame Shame" e ouça "No Son of Mine", liberado anteriormente.


Tracklist:

01. Making A Fire
02. Shame Shame
03. Cloudspotter
04. Waiting On A War
05. Medicine At Midnight
06. No Son Of Mine
07. Holding Poison
08. Chasing Birds
09. Love Dies Young

terça-feira, 13 de abril de 2021

Rolling Stones e Foo Fighters: Mick Jagger e Dave Grohl lançam a canção "Eazy Sleazy"; ouça

A faixa surpresa dos frontmen do Foo Fighters e The Rolling Stones fora compartilhada no YouTube nesta tarde (13 de abril), tendo sido escrita por Jagger durante o lockdown pelo coronavírus.

Jagger faz os vocais e toca guitarra, com Grohl tocando bateria, guitarra e baixo. Um vídeo oficial mostra a dupla gravando a música remotamente de seus respectivos espaços de estúdio.

Eazy Sleazy’ encontra a referência de Jagger "chamadas de zoom", estando em "casa nestas paredes da prisão", aplausos falsos e uma "dança estúpida TikTok", enquanto olha para a vida pós-COVID e o "jardim das delícias terrenas" esperando.

É uma música que escrevi sobre como sair do bloqueio, com um certo otimismo muito necessário”, explicou Jagger. “Obrigado a Dave Grohl por pular na bateria, baixo e guitarra, foi muito divertido trabalhar com ele - espero que vocês gostem de‘ Eazy Sleazy ’.”

Grohl acrescentou: “É difícil colocar em palavras o que gravar esta música com Sir Mick significa para mim. Está além de um sonho tornado realidade. Bem quando eu pensei que a vida não poderia ficar mais louca ... e é a música do verão, sem dúvida !!"

Foo Fighters apareceu como a banda de apoio de Mick Jagger durante uma festa de encerramento do Saturday Night Live em 2012, com Grohl relembrando a experiência "incrível" de tocar juntos anos depois, em 2017.

E então a festa começa e nós o vemos e pensamos,‘ Pleeeease, Mick Jagger’, e ele apareceu e fez ‘Bitch’ e foi incrível”, lembrou ele. “Ele estava tão envolvido e o público estava tipo, 'Oh, meu Deus', e nós vamos direto para 'Miss You' para ter certeza de que ele não sai do palco e foi louco porque você não percebe como Mick é super legal. Ele é um cara ótimo.

Via NME.