Confraria Floydstock: divulgação
Mostrando postagens com marcador divulgação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador divulgação. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Weight of Emptiness: Banda ganha importante prêmio da música chilena

Há algumas semanas, foi divulgado que o Weight of Emptiness havia sido indicado em 2 categorias para o "Escuchar", o prêmio mais importante da música independente chilena.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

E o Weight of Emptiness ganhou um dos prêmios mais importantes do "Escuchar 2021" , o de "Melhor Disco do Metal Extremo" com o álbum "Conquering The Deep Cycle", lançado em 2019. O evento foi realizado no último domingo (31/01) e veio para coroar todo o trabalho árduo que os chilenos vem fazendo desde 2015, ano de sua fundação.

Sobre o prêmio de Melhor Disco do Metal Extremo, o guitarrista Juan Acevedo comenta: “Este prêmio que recebemos é muito importante para nós, pois destaca o trabalho de bandas independentes de rock e metal no Chile. Ser destacado como Melhor Disco de Metal Extremo, em um país onde existem grandes bandas do estilo, é uma verdadeira honra e nos dá energia para continuar trabalhando duro, como temos feito desde que a banda começou. Isso nos encoraja a continuarmos firmes"

O Weight of Emptiness, que desde sua fundação, já lançou 2 full álbuns ("Anfractuous Moments For Redemption" e "Conquering The Deep Cycle"), além de shows por Argentina e tours no México e na Europa, está compondo o seu terceiro álbum, que ainda não tem previsão de lançamento.

Confira abaixo o vídeo clipe de "The Flame", lançado no álbum "Conquering The Deep Cycle":

Banda canadense July Talk busca esperança em um mundo caótico no clipe “The News”

Faixa está no climático álbum “Pray For It

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

Diretamente de Toronto, a July Talk é uma banda de indie rock com tons de blues que dialoga com temas contemporâneos de desesperança e desencontros urbanos em suas canções. Trazendo uma nova estética, eles buscam cores e alegrias em meio a um mundo caótico em seu novo clipe “The News”. Sem perder a reflexão pessoal que marca “Pray For It”, seu terceiro disco e de onde vem o single, a banda traz um novo olhar para um ano que começa. 

Fundada em 2012, a July Talk conta com os cantores Peter Dreimanis e Leah Fay, o guitarrista Ian Docherty, o baixista Josh Warburton e o baterista Danny Miles em sua formação.  No álbum homônimo lançado no primeiro ano de jornada, a banda apresentou um som pop radiofônico e evoluiu em canções sobre intimidade e tensões sociais em “Touch” (2016). Agora, eles buscam encontrar um novo equilíbrio com “Pray For It”. Com canções viscerais, os músicos querem reconhecer o poder da vulnerabilidade como uma maneira de começar de novo E isso aparece no disco, que tem tons de trilha sonora cinemática, ao explorar os desequilíbrios de poder, riqueza e autenticidade (“Governess Shadow”), a solidão (“Pay for It”) ou a busca por um amor de verdade (“Identical Love”). 

O disco foi produzido por Burke Reid (Courtney Barnett), Graham Walsh (Holy Fuck, Metz), David Plowman (Brendan Canning, Young Clancy), Milan Sarkadi (Mute Choir, Said The Whale) e e pelo compositor de trilhas sonoras Ben Fox. A mixagem é assinada por Rob Schnapf (Beck, Cat Power) e esse é um lançamento no Brasil da BMG.

Assista ao clipe “The News”:

Ouça “Pray For It”: https://smarturl.it/PrayForIt

F.Snipes lança "Satori", projeto de inédita vai de encontro com a fonte do Punk Rock dos anos 90

O pernambucano radicado em Miami acaba de lançar o seu segundo EP intitulado “Satori” em todas as plataformas de streaming.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

O projeto conta com 03 faixas inéditas que bebem da fonte do Punk Rock dos anos 90, com bastante influência de bandas como Green Day, Rancid e Descendents. Snipes continua apostando em letras com mensagens positivas, porém, provoca conversas sobre evolução da igualdade de gênero e respeito à diversidade.

Novo Norte” é a faixa que abre o EP, abordando o cenário atual do Punk Rock nacional: “Acredito que a cena aos poucos começa novamente a ganhar força, temos muitas bandas e artistas talentosos aparecendo e conteúdo sendo criado diariamente. É o início de uma transformação, um resgate de uma cena que ganhou proporções que ninguém imaginava.”, revela F.Snipes. O álbum segue com “Piscina de Ilusões”, na qual o artista aborda uma visão sobre o decadente pensamento patriarcal, que ainda está entranhado na cultura brasileira. “Estado Beta Permanente” fecha o EP com uma singela mensagem sobre a jornada da vida.

Satori” foi gravado no Hillvalley Studio em POA e produzido por Davi Pacote, produtor responsável pelos outros trabalhos já lançados por F.Snipes e que, também já trabalhou com artistas como Badke, Zumbis do Espaço, Carbona, entre outros. A capa ficou por conta do ilustrador e músico Paulo Rocker e o EP leva a assinatura da Grudda Records, selo que tem se destacado na cena nacional com lançamentos de bandas na linha do Punk Rock Bubblegum.

O projeto musical de F.Snipes teve início em julho de 2020, quando o músico sentiu a vontade de se reconectar com a música em meio ao isolamento social por conta da pandemia de covid 19. Com um nome presente na cena punk rock e hardcore, F.Snipes, apresenta em seu novo material uma evolução não só musical, mas como interna. 

Confira “Satorihttps://bit.ly/3oKX2yH.

Conjurer: Banda assina contrato mundial com a Nuclear Blast

A banda de ​​pós-metal do Reino Unido, Conjurer, assinou um contrato mundial com a Nuclear Blast Records. Seu segundo álbum, ainda sem título, dará seguimento ao álbum de estréia de 2018 chamado "Mire", aclamado pela crítica. O álbum novo está programado para ser lançado ainda este ano.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

Brady Deeprose (guitarra e vocal) do Conjurer comenta:

O Conjurer está extremamente animado com a parceria com a Nuclear Blast em todo o mundo para o lançamento de nosso segundo álbum. Conhecemos o A&R da Nuclear Blast Monte Conner ano passado e nos consideramos sortudos por trabalhar não apenas com uma verdadeira lenda no mundo da música pesada, mas que continua a defender a arte com empolgação e com visão de futuro. Agora também fomos apresentados ao Barley e ao resto da equipe internacional da NB e é evidente que eles entendem nossa mentalidade e não querem nada mais do que apoiar e nutrir nossa criatividade. No que tem sido um ano terrível em tantos níveis, somos gratos por ter encontrado o lar certo para nossa música.

Estamos ansiosos para trabalhar junto com o NB para apresentar a vocês nosso segundo álbum em 2021 e muito mais nos anos que virão.

A lenda da A&R da Nuclear Blast, Monte Conner, afirma:

Estou emocionado em dar as boas-vindas ao poderoso Conjurer para a família NB no mundo. Devo enfatizar “mundialmente” porque originalmente os assinei apenas para a América do Norte, mas devido a uma mudança nas circunstâncias, consegui assiná-los novamente, e desta vez para o MUNDO! Então, eu acho que você poderia dizer que gostei tanto desses caras que os assinei DUAS VEZES! Quando o COVID finalmente for superado, certifique-se de vê-los ao vivo, pois eles irão surpreender você.

Nathan Barley Phillips, A&R da Nuclear Blast na Europa acrescenta:

Minha primeira experiência com Conjurer tocando ao vivo foi durante uma noite fria e miserável em Milton Keynes em 2016 - eu não achava que havia uma banda capaz de reaquecer radioativamente meus ossos ao mesmo tempo em queisto era combinado com o frio absoluto do tempo do lado de fora. O Conjurer conseguiu isso em massa e eu sou um fã desde então. Absolutamente feliz em servir como A&R europeu para a banda durante o próximo capítulo de sua carreira."

Você pode assistir ao vídeo de 'The Mire' e ouvir os dois primeiros lançamentos completos da banda aqui:

http://nblast.de/Conjurer-Catalogue


Brady Deeprose (guitarra, vocais)
Dan Nightingale (guitarra, vocais)
Conor Marshall (baixo)
Jan Krause (bateria)

Christian Liljegren (Narnia, The Waymaker): primeiro single de trabalho solo é lançado

Perto de completar 35 anos de carreira e 40 trabalhos já lançados, o vocalista sueco Christian Liljegren é sem sombra de dúvidas um workaholic do Metal, sempre brindando o público com materiais de extrema qualidade, seja com sua banda principal Narnia ou projetos tais como The WayMaker, Divine Fire, Wisdom Call dentre outros. E, para celebrar essa importante marca, neste ano de 2021 será lançado seu álbum solo  “Melodic Passion” e, nessa sugestiva data de 3 de fevereiro, quando Christian completa seu 50º aniversário, fora lançado o single “This Is My Love Song”.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Segundo Christian, “completei 50 anos agora e eu estou profundamente orgulhoso desta jornada tão distante na música. Este álbum é o meu jeito de dizer obrigado pela música, de mostrar meu tributo aos meus heróis musicais, assim como mostrar meu amor por todos aqueles que tem me dado suporte e apoio através desse caminho”.

 Tendo a participação especial de Svante Henryson no violoncelo, “This Is My Love Song” foi disponibilizada tanto como videoclipe como nas plataformas digitais, sendo ambos os formatos disponibilizados abaixo:

 “This Is My Love Song” – videoclipe:

This Is My Love Song” – plataformas digitais:

https://orcd.co/this-is-my-love-song

Com lançamento previsto para 26 de março de 2021, o álbum “Melodic Passion” terá nove faixas, todas elas compostas pelo próprio Christian em parceria com Stephen Carlson e será possível ouvir elementos vindos das principais influencias musicais do vocalista, vindo de bandas como Rainbow, The Sweet, Uriah Heep, Queen, Stryper e Europe, além de vocalistas como Ronnie James Dio, Brian Connolly, David Byron, Freddie Mercury, John Lawton, John Miles, Michael Sweet e John Tempesta.

Melodic Passion” contará com a participação de músicos com passagens por  bandas como Brotthogg, Audiovision, Royal Hunt, Avatarium, Pain Of Salvation, Astrakhan, entre outras, tendo a produção de Viktor Stenqvist (engenheiro de som do Narnia), Olov Andersson e Christian Liljegren e arte gráfica feita por Jonatan Samuelsson.

O lançamento acontecerá através do selo de mesmo nome, nos formatos CD, LP Gatefold (tradicional e roxo) e streaming com distribuição via Sound Pollution e já pode ser adquirido em pré-venda nos links abaixo:

CD: https://bit.ly/3nXEb3n

LP preto: https://bit.ly/366Hi2U

LP roxo: https://bit.ly/368TEYA

Confiram o teaser de apresentação do álbum “Melodic Passion” no link abaixo:

Line-up:

Christian Liljegren (Narnia, The WayMaker) – Vocais e backing vocals

Stephen Carlson (Brotthogg, Peter Carlson’s The Rise) – Guitarras e violões

Per Schelander (House Of Shakira, Astrakhan, ex Royan Hunt e Pain Of Salvation) - Baixo

Olov Andersson (Audiovision, Grand Stand, ex Veni Domine) – Teclados, Moog e Hammond

Andreas Johansson (Narnia, Royal Hunt, Avatarium, Doomsday Kingdom, ex Rob Rock) – Bateria

Broken Gate lança clipe de “Fighter”, em uma viagem psicodélica e minimalista pelo deserto da pandemia

Faixa faz parte do novo disco que será lançado em março

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A Broken Gate acaba de lançar seu novo vídeo para o single “Fighter”, presente no álbum “Fake North”, que será lançado dia 03 de Março via Dinamite records.

Diretamente de Juiz de Fora, a Broken Gate é mais um duo que entra para o catálogo do Dinamite Records, que já conta com grandes duos como Little Quake, Color For Shane, Sleeping Sapiens e Blizterin Sun’.

Consolidada em 2018, a Broken Gate é um duo formado pelo guitarrista e vocalista João Vicente Novaes e o baterista Leandro Lima . O duo já lançou 3 singles nadando contra a corrente e está lançando um lyric como aperitivo para seu novo álbum.

O vídeo, produzido e dirigido por Vitor Graf (Bizibeize) em parceria com a banda, é uma viagem psicodélica e minimalista pelo deserto da pandemia, que alimentou o projeto do vídeo feito totalmente à distância e usando o mínimo de equipamento possível. As cores vibrantes e efeitos semi-psicodélicos dão ar de nostalgia da década passada ao mesmo tempo que apontam para um novo caminho flertando com o passado, porém nadando em direção ao futuro. 

Com riffs marcantes, muito fuzz e o andamento na medida certa para encher os ouvidos, a banda vai do Delta Blues ao Stoner Rock em um álbum que promete ser um dos grandes trabalhos de 2021 e apresenta influências de bandas como The Black Keys, The White Stripes, Royal Blood, Jack White, Queens of the Stone Age e Black Pistol Fire.

Confira “Fighter”:

Lost in the Storm lança lyric video para a canção ‘Plague’

Após publicar o áudio da música ‘Resist’ no YouTube, a Lost in the Storm lança oficialmente um lyric video para a canção ‘Plague’. Antes de mais nada, a dupla formada por Fabio Andrey (guitarra e vocal) e Flavia Americano (vocal) se prepara para lançar o primeiro álbum completo. ‘Plague’ e sua antecessora se incumbiram de preparar o terreno para o full-length que também se chamará ‘Resist’.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O novo single possui um clima denso que tempera o peso, sugerindo um sentimento de medo. Entretanto, a pegada gerada no decorrer da música, reflete em uma autenticidade aquém de estilos como thrash metal, prog metal e industrial. ‘Plague’, que é cheia de existencialismo na letra, disserta sobre o “homem egoísta” que, em prol de si mesmo, esmaga quem estiver pela frente.

Sobre a arte do single, a capa desenhada pela Hug Your Chaos passou por reformulação, pois houve restrições das plataformas digitais à arte original. Para conferir a música do Lost in the Storm pelo Spotify é só clicar em http://spoti.fi/3j9HJP6 e para conferir  o lyric video ‘Plague’, basta clicar em https://bit.ly/3ajnMBd.

Este Lyric video é mais um trabalho da W. Designer, agência do baixista do Genocídio Wanderley Perna, que já fez ótimos trabalhos para bandas nacionais e de outros países.

Inspirado na MTV dos anos 90, Backdrop Falls, lança clipe de "Big Lie" sua faixa mais tocada

A Backdrop Falls acabou de lançar o videoclipe de “Big Lie", um dos destaques do disco de estreia da banda.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O vídeo, dirigido pelo baterista Roger Capone, foi inspirado na estética de clipes recorrentes na programação da antiga MTV Brasil nos anos 90 e 2000 e da própria emissora, alternando takes de performance ao vivo com cenas de atuação e mostrando dessa vez uma veia cômica da banda. Confira o clipe de “Big Lie":

Big Lie" encerra o ciclo do quarteto em torno de seu primeiro álbum. Os caras atualmente se encontram em processo de pré-produção do seu próximo disco de inéditas, com previsão de lançamento ainda para 2021.

"There 's no such place as home” foi lançado em 2019 pela Electric Funeral Records e distribuído em uma dezena de países, garantindo à banda uma turnê na Argentina e participação em grandes playlists nacionais e internacionais, splits e coletâneas.

A banda formada por Matheus Collyer (vocal e guitarra), Rafael Neutral (guitarra), Ilton Tiger (baixo) e Roger Capone (bateria) veteranos da cena musical na América Latina que dividiram palco com artistas como Sum 41, Face to Face e Against Me, e tendo tocado nos principais festivais de música brasileira, lançaram e distribuíram seu primeiro full intitulado  "There's no Such Place as Home" no formato CD e K7. O novo disco já está disponível em formato digital pela Electric Funeral Records, e a distribuição do álbum por vários selos está programado para ser Os selos envolvidos na distribuição são: Electric Funeral Records (Brasil), Geenger Records (Croácia), Duff Records (Itália), 20 Chords Records (Espanha), Infected Records (Portugal), Bomber Music (Reino Unido), Razor Records ( Argentina), Audioslam (Chile), Mevzu Records (Turquia) e Dinamite Records (EUA).

Confira aqui "There 's no such place as home”: https://sl.onerpm.com/2740810423

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

The Zasters recria Among Us em novo videoclipe de "Loose Lips"

Indie rock com Among Us. É com essa mistura que a The Zasters divulga o videoclipe de Loose Lips. A obra tem direção de Ian Veiga e integra o EP "What Just Happened?". O mini-álbum foi lançado recentemente e conta com outras três faixas: "Selfish Fetish, Meltdown e Tiny Terror Vol. II" - sendo que esta última conta com a participação especial do vocalista da Sugar Kane, Alexandre Capilé.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Na ocasião, o grupo experimentou as gravações à distância. Assim, "Loose Lips" destaca sentimentos comuns em meio ao isolamento social propiciado pela pandemia do COVID-19. O guitarrista da The Zasters, Rafa Luna, assina tanto a produção, quanto a mixagem e a masterização do "What Just Happened?".

Assista o videoclipe de "Loose Lips":

A vocalista Jules Altoé explica a forma como o grupo recriou o jogo Among Us. “A letra tem referências náuticas e aborda os relacionamentos pessoais, envolvendo o egoísmo. Então decidimos criar o mapa simulando um navio ao invés de uma nave. Nós nos divertimos muito fazendo o roteiro”.

O título do EP traduzido para o português significa “O que acabou de acontecer?”. E para a baterista Na Sukrieh, isso traz à tona o contexto em que "Loose Lips" está inserida. “O ano foi atípico, caótico e improvisado. Vimos que não íamos conseguir  seguir com os planos que tínhamos de lançar um álbum, mas trouxemos um conteúdo legal, misturando rock e indie pop. Nos inspiramos em nomes como Grimes, The Regrettes, Metronomy e Royal Blood”.

Escute o EP "What Just Happened?" via Spotify, Deezer ou Apple Music.

A The Zasters está em atividade desde meados de 2015 e também conta com o baixista André Vitor na formação. Anteriormente, a banda lançou o EP "This Is A Disaster" (2016) e os singles "Come See The Band" (2019) e "Going Down" (2019). Agora, o quarteto trabalha na produção do seu álbum de estreia, previsto para o decorrer de 2021.

Silent Winter lança lyric video para “Gates of Fire”, canção de seu novo álbum; assista

Gates of Fire” integra “Empire of Sins”, novo álbum da banda Silent Winter, que chegará no dia 26 de março próximo, via Pride and Joy Music.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Assista ao lyric video no player abaixo:

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

"Dust in the Wind" ganha versão classical crossover com Aline Happ

Uma das músicas mais populares do rock mundial, "Dust in the Wind", ganha uma versão classical crossover na voz de Aline Happ. A cantora também trabalhou nos arranjos da música original do Kansas, que inclui instrumentos como harpa, cello, violino, entre outros. A releitura está disponível no canal de Aline Happ, no YouTube, que já conta com versões do Linkin Park, John Lennon, Metallica entre outras.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A música faz parte do álbum “Point of Know Return” (1977), do Kansas, e estreou na 6ª posição da Billboard Hot 100, tornando-se o único single da banda a alcançar o Top 10. O título da canção “Dust in the Wind”, é uma referência a um trecho da Bíblia, em Eclesiastes: “Eu refleti sobre tudo que foi alcançado pelo homem na terra e concluí: Tudo que ele conseguiu foi fútil - como perseguir o vento!”. A canção versa sobre a mortalidade e a inevitabilidade da morte. Já para Aline Happ, a letra pode tocar de maneira diferente:

Há diversas maneiras de interpretarmos esta canção. Uma mais positiva é que devemos realmente viver a vida, curtir os bons momentos”, avalia Aline.

Conhecida mundialmente por seu trabalho como líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do rock e do metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado ainda neste ano.

Os vídeos postados no canal de Aline Happ contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Conhecidos mundialmente, o Lyria é uma banda carioca fundada em 2012 por Aline Happ. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, "Catharsis" (2014) e "Immersion" (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, entre outras.

Assista “Dust in the Wind”:

DIGAØ divulga parceria com a best-seller Jadna Alana. Ouça "Almas Rebeldes"

Autora dos romances "Os sete reinos de Olivarum" e "Riacho do jerimum" estreia na música com single inspirado em Smashing Pumpkins

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Viver pelo amor. Essa é a principal mensagem do novo single de DIGAØ, intitulado "Almas Rebeldes". A música trata-se de uma espécie de hino em prol da luta contra a opressão e os preconceitos como um todo, tendo sido inspirada em bandas como Smashing Pumpkins e ZWAN. O lançamento é disponibilizado pelo selo Musikorama Music Records.

A faixa conta com a participação especial da escritora Jadna Alana. Conhecida principalmente pelo sucesso dos romances "Os sete reinos de Olivarum" e "Riacho do jerimum", Jadna estreia no âmbito musical cantando em "Almas Rebeldes". Na ocasião, a canção foi gravada de forma remota.

Escute "Almas Rebeldes" via Spotify ou Deezer.

O título da faixa, por sua vez, é homônimo a um livro lançado por Khalil Gibran, em 1908. Segundo DIGAØ, ambos retratam o patriarcado. 

São obras que frisam a importância do respeito e reconhecem a existência maléfica de uma implícita regra social masculina de oposição à liberdade feminina e homoafetiva. Por isso, achei válido trazer uma real figura feminina para representar esta voz oprimida. A Jadna Alana realizou esse papel com uma interpretação esplêndida”.

A escritora - e agora cantora - conta que a música é um amor antigo e destaca a importância de Almas Rebeldes correlacionar-se com o âmbito literário. 

Isso é importante para mim, já que tenho vínculo com as duas áreas.  Desde pequena, sempre adorei cantar. Fiz parte de um grupo musical da escola e hoje gravo alguns covers nas redes sociais. Contudo, nada profissional. O convite surgiu em um momento inesperado, mas o DIGAØ me apoiou muito e isso fez toda a diferença. O resultado foi muito gratificante”.

"Almas Rebeldes" é o segundo lançamento de DIGAØ em 2021. Anteriormente, o músico divulgou o single "O Verão da Corrupção". O artista já prepara outras faixas para o decorrer deste ano, sendo que todas visam atender o universo dos leitores, trazendo-os para o espectro musical.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Nessa sexta Niles lança novo single “Infamous” que é parte do seu novo álbum, agora com bateria


O Projeto Niles, idealizado por Breno Casquet iniciou com as primeiras experiências no universo “Drone” com sons ambientados no universo psicodélico e meditativo. Tendo dois álbuns lançados nessa linha “Niles e Amor Fati”, agora a seleção e status atual do projeto busca incrementar o som com sintetizadores e bateria, em um estilo de música sem mais delongas.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

Como de praxe, esse novo material terá um viés conceitual que busca explorar a relação de sentimento mais profundo que um ser humano tem com o outro, com ênfase maior no amor. E nessa experiência o compositor mergulha em falas de Alan Watts e pretende trazer o peso e as distorções para divulgar esses sentimentos, trazendo uma dualidade entre estado físico/psicológico com o espiritual.

Além de multi instrumentista como seus irmão Felipe e Bruno, ele também é integrante da banda Casquetaria com os músicos e diz que nesse projeto também terá muitas novidades em breve.

O álbum tem data para ser lançado no dia 26 de fevereiro, fique ligado nas novidades seguindo as redes do selo oficial da banda IG:


quarta-feira, 27 de janeiro de 2021

Silver Lake: Projeto de Esa Holopainen (Amorphis) assina contrato com Nuclear Blast

A Nuclear Blast orgulhosamente anuncia a assinatura de contrato com o projeto solo do guitarrista do Amorphis Esa Holopainen, Silver Lake. Esa Holopainen aproveitou seu tempo em 2020 e realizou um sonho antigo gravando seu primeiro álbum solo nos estúdios Sonic Pump.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

"Como alguns de vocês devem ter notado, estou trabalhando em meu primeiro álbum solo. Bem, na verdade, prefiro chamar isso de um projeto que estou liderando, pois inclui diferentes músicos e vocalistas que tive grande privilégio de conhecer durante esses anos. Eu tive essa ideia na minha cabeça há anos e agora que a Covid-19 impactou as nossas vidas, era hora de ser criativo e começar este projeto. O projeto é intitulado Silver Lake de Esa Holopainen e estou muito feliz em anunciar que Silver Lake agora assinou contrato com a Nuclear Blast, o que foi uma escolha muito óbvia, já que NB também é a gravadora do Amorphis e conheço muito bem todo o pessoal da gravadora. Outra escolha natural foi a escolha da Gray Beard Concerts & Management, que também gerenciará meu trabalho solo. Estou ansioso para revelar mais novidades sobre os artistas que estão colaborando comigo no Silver Lake", comenta Esa Holopainen.

Markus Staiger, proprietário e CEO da Nuclear Blast Tonträger Produktion und Vertriebs GmbH acrescenta: “Uma velha amizade de quase três décadas, que remete aos primórdios do Amorphis, me conecta a Esa Holopainen. Naquela época, acabamos de licenciar a banda da Relapse para o mercado europeu. Esa Holopainen é um guitarrista notável, cuja forma inovadora de tocar é super-reconhecível. Você pode ouvir imediatamente se ele está envolvido e foi natural para nós trabalharmos juntos no lançamento de seu álbum solo. Fiquei muito surpreso com a diversidade do produto final e como Esa continua revelando lados ocultos de sua música. O fato de muitos amigos trabalharem no álbum como convidado faz com que este álbum fantástico seja completo e estou convencido de que não apenas os fãs do Amorphis irão adorar. Quero agradecer a Esa por sua lealdade e por conceder esta joia de álbum. É verdadeiramente lindo.

Mais informações sobre o próximo álbum do Silver Lake virão em breve, fiquem ligados!

Battle Beast: Banda renova contrato com a Nuclear Blast

Battle Beast e Nuclear Blast renovaram o vínculo de sua parceria de sucesso: O sexteto finlandês de heavy metal renova contrato com a maior gravadora de metal do mundo!

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Eero Sipilä, baixista do Battle Beast afirma: "Estamos entusiasmados em anunciar nossa renovação contratual com os titãs do metal Nuclear Blast Records. Com mais de 200 milhões de reproduções em vários serviços de streaming e com uma alta classificação em todo o mundo, não há absolutamente nenhuma dúvida que tivemos um fruto muito bom nesta nossa longa parceria. Os trabalhos para o próximo álbum do Battle Beast estão bem avançados e mal podemos esperar para pisar nos palcos ao redor do mundo assim que esta doença passar! Acreditamos que teremos muitos anos frutíferos adiante!"

Marcus Hammer, Diretor Executivo da Nuclear Blast Europa, comenta: “Estou muito feliz e orgulhoso por podermos estender a parceria com a Battle Beast e podermos continuar esta história de sucesso! Como podemos ver, ainda existem finais hollywoodianos para algumas histórias. Estamos muito felizes em começar juntos o próximo capítulo desta carreira notável.

Desde o álbum de estreia "Steel" de 2011, a banda atingiu mais de 200 milhões de audições em plataformas de streaming digital. Junto a este álbum, que conquistou o primeiro lugar em todas as paradas da Finlândia, seu álbum mais recente "Hollywood Endings" (2019) alcançou anotável 11ª posição nas paradas de colocação de álbuns mais vendidos na Alemanha.

Depois de conquistar a Europa em várias turnês e em todos os principais festivais, o Battle Beast fez sua primeira turnê na América do Norte em 2017, apoiando o Sabaton. No Brasil, o álbum “Hollywood Endings” (2019) foi lançado no Brasil pela parceria Shinigami/Nuclear Blast Records e pode ser adquirido através deste link.

A banda também fechou um acordo de gerenciamento para turnês com a Artist Group International (Metallica, Ghost, Sabaton) para a região da América do Norte e para a região européia a banda continua com a K2 (exceto Finlândia).

Battle Beast é:

Noora Louhimo | vocais

Eero Sipilä | baixo

Joona Björkroth | guitarra

Juuso Soinio | guitarra

Janne Björkroth | teclados

Pyry Vikki | bateria

FireWing anuncia lançamento de álbum e contrato com a Massacre Records

Disco de estreia da banda de symphonic metal sai no mês de abril

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A banda FireWing, baseada nos EUA, está com o lançamento marcado para seu primeiro álbum de estúdio, chamado "Resurrection". Para isto, o grupo assinou contrato com a importante Massacre Records. O trabalho chega às lojas no dia 23 de abril. A arte da capa foi desenvolvida por Junki Sakuraba. "Resurrection" também trará a participação de convidados de peso, que serão revelados em breve.

A proposta do grupo, que reúne músicos formados na conceituada Berklee College of Music, é trazer novos ares para o symphonic metal, ao unir a técnica do heavy metal com orquestrações melódicas. O grupo foi fundado pelo guitarrista Caio Kehyayan, reconhecido por sua técnica e formação. A banda internacional conta com músicos brasileiros e americanos em seu lineup.

O FireWing é formado por Airton Araujo (vocal), Chris Dovas (bateria),  Peter de Reyna (baixo), Bruno Oliveira (guitarra e orquestrações) e Caio Kehyayan (compositor e guitarrista). Caio tem formação em produção e engenharia de áudio pela Berklee College of Music. Ele assina a produção do primeiro disco da FireWing, assim como as músicas, letras e todo o conceito do trabalho. O vocalista Airton Araujo também integra o Age of Artemis, grande nome do metal brasileiro. Os músicos Chris Dovas e Peter de Reyna fazem parte da Seven Spires, banda americana cujos álbuns foram produzidos pelo renomado Sascha Paeth.

O jovem músico esteve nos grandes festivais e turnês de metal, como Morbid Fest Tour, Hell & Heaven Fest, Steel Fest e Freak Fest, entre outros. Desde 2019 atua como músico de turnê no grupo de death metal Vital Remains.

O FireWing surgiu em 2015 quando Caio e Airton começaram suas primeiras composições juntos. No ano seguinte, o guitarrista foi aos EUA para estudar música, e na Berklee conheceu os demais membros, Chris, Peter e Bruno. Eles estudaram concluíram o curso juntos, dando solidez aos alicerces do conjunto. O resultado de toda esta jornada é uma experiência de alto nível e conexão entre música, literatura e imagem, que poderá ser ouvida em "Resurrection."

Taboo busca a leveza nas montanhas da serra do norte mineiro no clipe “Descalço”

Faixa integra série de lançamentos da banda em preparo para seu primeiro álbum completo

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Expoente do cenário musical do norte de Minas, a banda Taboo celebra as pequenas alegrias da vida em contato direto com a natureza de sua região no novo clipe “Descalço”.  A faixa abre os trabalhos de 2021, ano em que o grupo lançará seu primeiro álbum completo após chamar atenção com o EP de estreia “Valência”. 

Taboo se uniu novamente a Neto Macedo (também diretor do clipe de “Manhã”), que escolheu as serras de Botumirim, na região de Montes Claros, como cenário para “Descalço”. O videomaker e fotógrafo guiou a banda e as atrizes Maria Carolina Vieira e Enmei por trilhas até o topo das montanhas. O cenário combina com a mensagem de otimismo da letra - mesmo quando “o céu tá todo errado”. Embora “Descalço” remeta a manter os pés no chão, a música é um convite a voar mais alto e por isso o roteiro do vídeo abraça seu caráter lúdico e até surreal.

Depois de um ano tão conturbado achamos que era uma boa começar 2021 de forma mais leve. Este sentimento foi um dos motivos que nos levou a escolher Descalço para o início deste ciclo. A música possui uma letra otimista que enaltece os pequenos prazeres da vida como resposta a toda carga negativa que o mundo nos empurra. A mensagem casa muito bem com a roupagem indie/folk, synths e tambores que a faixa possui”, analisa o baterista Matheus Leite. Além dele, a banda é formada por Lucas Nobre (vocal e guitarra); Michelle Marques (guitarra) e Max Dias (baixo). 

Taboo faz um rock alternativo com influências de diversas vertentes da música brasileira. O quarteto traz na discografia o single “A sua cor”, com o qual foi finalista do Troféu Imprensa do Norte de Minas, e além do EP “Valência”, produzido por Leonardo Marques (Maglore, Moons, Young Lights). 

Agora, os músicos se preparam para iniciar a jornada de seu primeiro álbum, viabilizado por uma bem-sucedida campanha de financiamento coletivo. Enquanto isso, é possível ouvir “Descalço” nas principais plataformas de streaming e conferir o clipe no YouTube.

Assista a “Descalço”: 

Ouça “Descalço”: https://smarturl.it/TabooDescalco

Voz principal: Lucas Nobre Backing

Vocal: Matheus Leite e John Longuinhos

Guitarras: Lucas Nobre e Michelle Marques

Baixo: John Longuinhos

Bateria: Matheus Leite

Percussões: Matheus Leite

Sintetizadores: Leonardo Marques 

Iggor Cavalera cria Patreon e oferece conteúdos exclusivos para fãs

Baterista apresenta soluções para celebrar sua carreira em variadas plataformas

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

O baterista Iggor Cavalera lançou criou uma conta no Patreon, onde irá disponibilizar conteúdos exclusivos e diferenciados para seus fãs. Há dois níveis de contribuição, com diversas recompensas. No último mês, Iggor lançou seu canal no YouTube, onde está postando a série de vídeos “Beneath the Drums”, onde disseca grandes momentos de toda sua carreira, tocando músicas e contando mais sobre seu processo de criação.

O Patreon de Iggor Cavalera oferece duas modalidades. Uma delas é a “Bloody Roots”, com valor mensal de 30 dólares, que dá direito ao fã de obter as faixas de bateria em formato wav para tocar junto e aprender, a lista completa de todos os equipamentos usados em suas gravações e diversos benefícios para compra de produtos de merchandise limitados. Além disto tudo, o colaborador poderá participar de pesquisas exclusivas, assistir cenas de bastidores e transmissões ao vivo.

O patreon VIP “Beneath the Drums” prevê, por 50 dólares mensais, além de todos os benefícios da modalidade anterior, conversas online via “Zoom” após cada estreia de vídeo da série que ele postar no YouTube. Na conversa com Iggor, o fã terá a chance de aprender com mais detalhes como ele trabalhou nas gravações, seguido de uma sessão de perguntas e respostas; e também acesso antecipado a notícias, ingressos e lançamentos.

Com esta iniciativa, Iggor Cavalera se aproxima de seu público e oferece uma visão exclusiva sobre sua obra musical e seu legado, inspirando fãs e músicos.

O Patreon é um serviço de financiamento coletivo, onde os fãs contribuem com valores pré-determinados para obter acesso exclusivo a conteúdos e recompensas.

O primeiro vídeo da série “Beneath the Drums”, no canal Iggor Cavalera, pode ser conferido no player abaixo:

Entre seus projetos musicais atuais, estão o eletrônico MixHell, na ativa desde 2006; o alternativo Soulwax e o mais recente Petbrick, duo industrial em parceria com Wayne Adams, do Big Lad. O último álbum de Iggor com o Cavalera Conspiracy, ao lado de seu irmão Max, é "Psychosis", de 2017. Depois, a dupla realizou turnês mundiais celebrando clássicos discos do passado, incluindo shows lotados pelo Brasil.

Informações:

https://www.youtube.com/IggorCavaleraDrums

Mauren McGee traz dub em música que canta com o rapper SóCiro

"Encontrar", que mostra lado mais doce de Mauren, fala de recomeço e esperança

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A cantora Mauren McGee inicia 2021 com uma canção pontual sobre o momento, que exalta boas vibrações e serenidade após um ano turbulento para a humanidade. O rapper SóCiro é o convidado especial em "Encontrar", que saiu em videoclipe (https://youtu.be/f2ePmkk7ijU) e nas plataformas digitais (https://sym.ffm.to/encontrar) via Canil Records.

'Encontrar' traz um balanço dub entre melodias que destacam a doçura da voz de Mauren. A música, como ela revela, surge num mundo em meio à pandemia para lembrar que a o sol sempre há de renascer, independente de qualquer escuridão.

Sister Nancy, cantora mãe do Dub Jamaicano, é a grande referência desta canção. SóCiro dá o contraponto em 'Encontrar', com sua voz grave, mas num tom calmo.

"Saber balancear a sombra e a luz é fundamental pra felicidade e crescimento de cada pessoa. Então essa música chega para mostrar que o caminho é longo e que ainda vamos encontrar muita coisa boa pela frente, agora mais forte do que nunca", comenta Mauren.

'Encontrar' é uma composição de Barro, Mauren McGee, Pedro Penna e SoCiro, com Serginho Machado (bateria, do Racionais, Metá Metá), Wes Maples (saxofone) e Fernando Ianni (mixagem). Penna também assina a masterização.


Não está tudo bem, mesmo que te façam achar que está. Assista ao novo clipe da Cervelet

Cervelet é uma banda criada no ano de 2013 em Jaboticabal, interior de São Paulo, que tem um álbum lançado em 2014 com destaque em sites e resenhas na época. Depois de alguns singles e o distanciamento geográfico entre os integrantes, o projeto anunciou em 2020 o álbum “Remoto”, composto por canções feitas à distância pelos integrantes, que será lançado através de singles no decorrer dos anos de 2020 e 2021.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria?
Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Em outubro foi lançado o primeiro single/clipe para “Utopias” (Veja o clipe aqui), agora a banda apresenta o clipe da canção “Coach”, lançado nos streamings no final de novembro (ouça no seu favorito aqui).

O clipe de "Coach" continua a série de "Remoto", agora em tons de roxo e violeta. A obra audiovisual segue um clima frio, ainda mais sombrio e carregado de carga emocional com a atuação do ator Eudes Costa. Ali, representa um personagem comum nas grandes cidades, alguém que acredita poder mais, querer mais e mais, nada é o bastante. O enredo se desenrola em uma das avenidas mais icônicas de Brasil, a Avenida Paulista. “Sozinho, procurando entender aquele mundo de gente, aquele mundo de escolhas, ele se vê marionete das suas próprias decisões, controlado implicitamente por um sistema socioeconômico, no qual somos transformados em máquinas e números, não temos controle, somos controlados”, fala Vitor Marini, guitarrista da Cervelet, sobre o clipe. “A estética, vezes clara e límpida, vezes obscura e esfumaçada é diretamente proporcional às ações e interesses de grandes companhias, empresários e mestres do sucesso, ou melhor, Coach”, complementa Guilherme Constant, diretor do clipe.

A banda ainda alerta sobre os números da doença conhecida como "Síndrome de Burnout", que causa sérios problemas psicológicos e físicos e que hoje o Brasil ocupa a segunda colocação entre os países com mais casos, com uma estimativa de 33 milhões de trabalhadores nessa condição.

Assista ao clipe: