Confraria Floydstock: Metal
Mostrando postagens com marcador Metal. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Metal. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

Revengin: Banda lança videoclipe de “When Fate Calls”

Uma das grandes referências do Symphonic Metal no Brasil, a banda Revengin lançou na última sexta o videoclipe do single “When Fate Calls” em seu canal no Youtube.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

When Fate Calls” é o mais novo lançamento da banda e fará parte do “Inner Dark” que está previsto para sair em mídia física.

A produção do vídeo foi feita pela própria banda, edição por Max Volta da Volta Team da Argentina e a produção e gravação da música foi feita por Romulo Pirozzi no Piro-Z Studios no Rio de Janeiro, com mixagem e masterização por René Heimans da MaXxive Productions da Holanda.

A gravação do videoclipe foi realizada na Escola de Bateristas Jorge Casagrande no Rio de Janeiro.

Confira abaixo o videoclipe de “When Fate Calls”:

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Aline Happ lança versão de canção do filme Um Amor para Recordar

Uma das canções-tema do filme Um Amor para Recordar (2002), “Only Hope”, ganha novos ares em uma releitura rock sinfônica da cantora Aline Happ. A música é um dos lançamentos que antecipam o disco de estreia em carreira solo da artista, conhecida por seu trabalho à frente do Lyria, banda de metal sinfônico conhecida mundialmente. A versão está disponível no canal de Aline Happ.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Originalmente lançada pelo grupo Switchfoot, em 1999, a música alcançou sucesso ao figurar na trilha sonora do filme "Um Amor Para Recordar", baseado no livro homônimo de Nicholas Sparks. Na versão audiovisual, a cantora e atriz Mandy Moore faz uma versão cover da canção, em uma das cenas mais marcantes do filme, quando os personagens principais se apaixonam.

Conhecida mundialmente por seu trabalho como líder, vocalista e compositora do Lyria, Aline Happ é hoje uma das vozes mais famosas do metal brasileiro. Em seu projeto solo, a artista promove releituras Gothic/Folk/Celtic de canções do rock e do metal mundial que estão disponíveis em seu canal no YouTube. Graças ao apoio dos fãs, a cantora arrecadou mais de 200% da meta do financiamento coletivo para o seu disco solo de estreia, que será lançado ainda neste ano.

Os vídeos postados no canal de Aline Happ contam com o apoio de fãs no Patreon e no Padrim. Conhecidos mundialmente, o Lyria é uma banda carioca fundada em 2012 por Aline Happ. De lá pra cá, o grupo lançou dois discos com apoio de crowdfunding, "Catharsis" (2014) e "Immersion" (2018) e tocou em diversas cidades brasileiras como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, São Paulo, entre outras, além de transmitir shows online com venda de ingressos para o mundo todo.

Assista “Only Hope”:

Adquira o álbum em pré-venda: https://www.lyriaband.com/alinehappbr

Fanzine Mosh Vol. 20 com Crypta, Edu Falaschi & Go Ahead And Die

Com um brinde sensacional da Xaninho Discos, acaba de sair a edição número 20 do Fanzine Mosh que tem na sua capa os artistas Crypta, Edu Falaschi & Go Ahead And Die.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Representando a cena atual nacional com trabalhos novos de grande repercussão no Brasil e internacionalmente, a edição número 20 do Fanzine Mosh traz os artistas Edu Falaschi, Fernanda Lira (Crypta), Max Cavalera e seu filho Igor (Go Ahead And Die) na capa ilustrando este momento criativo. Além das entrevistas exclusivas com as bandas da capa a edição se completa com as entrevistas do Accept, Enforcer, Desalmado e Charlie Curcio, conhecido músico e escritor. Entre a apostas da revista estão as bandas Child O’ Flame, Brutal Desire, Forkill e Hylidae. E fechando esta edição temos a “união” entre “Mosh For Ever” e “Mosh For Death” para contar a história do Possessed. 

Dentro do Fanzine Mosh Vol. 20 vem de brinde um sensacional ‘Não Perturbe’ exclusivo. Uma cortesia da Xaninho Discos.

O Fanzine Mosh não é vendido. O Fanzine Mosh é um brinde, um presente para quem comprar um item em nossa loja ou comprar algum item em algum dos nossos parceiros. Ou seja, se você quiser apoiar a revista basta comprar qualquer item da loja e você irá receber de graça a última edição da revista.  

Loja do Fanzine Mosh: https://bit.ly/3zjKc0O

Alternativamente, você também pode comprar algum outro item em algum de nossos parceiros e também solicitar a sua cópia junto com seu pedido. Relação de lojas parceiras pelo link: https://bit.ly/3vjexdC

Fanzine Mosh Vol. 20

( Brinde: ‘Não Pertube’ da Xaninho Discos )

Capa: Crypta, Edu Falaschi & Go Ahead And Die

4Ever + 4Death:  Possessed

Mosh Interview:  Accept, Enforcer, Charlie Curcio & Desalmado

Mosh New Bands:  Forkill, Hylidae, Child O’ Flames & Brutal Desire

Pôster: Cannibal Corpse 

Loja: https://bit.ly/3zjKc0O

Aonde encontrar: https://bit.ly/3vjexdC

Site: www.FanzineMosh.com.br


sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Assista Floor Jansen entoando "Agape", cover do Kadawatha

A frontwoman do Nightwish, Floor Jansen, lançara mais um de seus vídeos solo, onde ela brilhantemente entoa canções de outros artistas.

A agraciada da vez pela voz potente da soprano fora "Agape", canção da banda sueca Kadawatha.

Assista no player abaixo:

Chegou "Wallflowers", o novo álbum da banda Jinjer; ouça

"Wallflowers", novo álbum da banda de prog/groove metal Jinjer, chegara hoje, em diversos formatos, via Napalm Records.

Jinjer libera clipe de "Wallflower", faixa-título de seu novo álbum; assista.

Jinjer libera clipe de "Mediator", canção de seu novo álbum; assista.

Jinjer libera clipe de "Vortex", canção de seu novo álbum; assista.

"O álbum é experiência mais intensa, frenética e pessoal que gravamos até agora, e podemos dizer honestamente, sem dúvida, da música ao visual, que este é o melhor material que temos escrito até agora. Estamos muito animados em compartilhar isso com você." - disse a banda em nota.

Ouça no player abaixo:

Tracklist:

01 Call Me a Symbol

02 Colossus

03 Vortex

04 Disclosure!

05 Copycat

06 Pearls and Swine

07 Sleep of the Righteous

08 Wallflower

09 Dead Hands Feel No Pain

10 As I Boil Ice

11 Mediator

sexta-feira, 20 de agosto de 2021

Anette Olzon lança "Fantastic Fanatic", 3ª canção de seu novo álbum; ouça

"Fantastic Fanatic" integra "Strong", 2º álbum solo da vocalista Anette Olzon (Nightwish, The Dark Element, Allen/Olzon), que chegará no dia 10 de setembro próximo, via Frontiers Music Srl.

Anette Olzon lança canção dedicada a quem sofreu abusos e maltratos; ouça.

Anette Olzon celebra seus 50 anos com clipe de música nova; assista.

Todo álbum consiste em canções da própria Anette em parceria com o músico e produtor Magnus Karlsson, guitarrista do Primal Fear.

Ouça "Fantastic Fanatic" no player abaixo:


Tracklist:

1 Bye Bye Bye

2 Sick of You

3 I Need to Stay

4 Strong

5 Parasite

6 Sad Lullaby

7 Fantastic Fanatic

8 Who Can Save Them

9 Catcher of My Dreams

10 Hear Them Roar

11 Roll the Dice

A Banda:

Anette Olzon – vocal

Magnus Karlsson – guitarra

Johan Husgafvel – baixo

Anders Köllerfors – bateria


quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Iron Maiden divulga 'Stratego", 2ª canção de seu novo álbum; ouça

Banda lançará primeiro álbum em seis anos em setembro.

Na esteira de seu single bíblico "The Writing on the Wall", o Iron Maiden anunciara "Senjutsu", seu 17º álbum de estúdio e o primeiro da banda em seis anos.

Agora chegou o single "Stratego", 2ª canção do novo trabalho, que você pode conferir no player mais abaixo.

"Senjutsu", chegará em 3 de setembro, como um álbum duplo com duração de 82 minutos. O álbum foi gravado em Paris com o produtor de longa data da banda Kevin Shirley e co-produzido por Steve Harris. O título japonês se traduz livremente em "tática e estratégia", e a obra de arte inspirada em samurai foi criada por Mark Wilkinson a partir de uma ideia de Harris.

Escolhemos gravar no Guillaume Tell Studio na França novamente porque o lugar tem uma vibração muito relaxada”, diz Harris. “A configuração lá é perfeita para as nossas necessidades; o prédio costumava ser um cinema e tem um teto muito alto, então há um ótimo som acústico. Gravamos este álbum da mesma forma que fizemos com The Book of Souls, em que escreveríamos uma música, ensaiaríamos e, em seguida, montaríamos imediatamente enquanto tudo estava fresco em nossas mentes.

Ele acrescenta: “Existem algumas músicas muito complexas neste álbum que deram muito trabalho para que soassem exatamente como queríamos, então o processo às vezes foi muito desafiador, mas Kevin é ótimo em capturar a essência do banda e acho que valeu a pena! Estou muito orgulhoso do resultado e mal posso esperar que os fãs ouçam.

O vocalista Bruce Dickinson disse: “Estamos todos muito animados com este álbum. Gravamos no início de 2019 durante uma pausa na turnê Legacy para que pudéssemos maximizar nossa turnê, mas ainda assim teríamos um longo período antes do lançamento para preparar uma ótima arte de álbum e algo especial como um vídeo. Claro, a pandemia atrasou mais as coisas, tanto para os melhores planos, ou deveriam ser ‘estratégias’!? As canções são muito variadas, e algumas delas são bastante longas. Há também uma ou duas canções que soam bem diferentes do nosso estilo usual, e acho que os fãs do Maiden ficarão surpresos - no bom sentido, espero!”.

Tracklist:

1. Senjutsu

2. Stratego

3. The Writing on the Wall

4. Lost in a Lost World

5. Days of Future Past

6. The Time Machine

7. Darkest Hour

8. Death of the Celts

9. The Parchment

10. Hell on Earth

"Se Floor Jansen sair do Nightwish a banda acaba", diz Tuomas

O líder do Nightwish, Tuomas Holopainen, disse que a banda se separaria se a vocalista Floor Jansen decidisse sair.

Holopainen, que formou o grupo em 1996 com o guitarrista Emppu Vuorinen e a vocalista original Tarja Turunen, fez o comentário enquanto discutia a recente saída do baixista/vocalista de longa data Marko "Marco" Hietala.

Pressionado pela revista britânica Metal Hammer sobre sua declaração de 2019 de que a banda se separaria se outro membro optasse por sair, Tuomas disse: "Foi assim que me senti em 2019, e também como me senti quando Marko saiu. Retiro minhas palavras quando se trata disso. Mas se for a Floor indo embora, é o fim do Nightwish. Com certeza, 100%."

Questionado sobre como ele se sentiria sobre o fim se a banda desistisse amanhã, ele disse: "Se o NIightwish acabar, foi uma grande corrida, uma aventura maravilhosa de 25 anos. Então eu teria que inventar algo novo."

Jansen fez sua estréia ao vivo como a vocalista do Nightwish em 1º de outubro de 2012 no Showbox Sodo em Seattle, Washington após a saída abrupta da vocalista da banda por cinco anos, Anette Olzon.

Jansen se juntou oficialmente ao grupo em 2013 e fez sua estreia em estúdio no álbum "Endless Forms Most Beautiful" de 2015.

Turunen foi demitida no final da turnê da banda em 2005 ao ser "presenteada" com uma carta aberta que foi publicada no site oficial ao mesmo tempo. Na carta, os outros membros do Nightwish escreveram: "Para você, infelizmente, negócios, dinheiro e coisas que nada têm a ver com emoções tornaram-se muito mais importantes."

Holopainen mais tarde chamou a decisão de se separar de Turunen de "a coisa mais difícil que já tive de fazer". Por sua vez, Tarja disse que a maneira como foi expulsa do grupo provou que seus ex-companheiros de banda não eram seus amigos. "Talvez um dia eu perdoe, mas nunca esquecerei", disse ela.

Em 2019, Turunen provocara especulações na Internet sobre seu possível retorno depois de sua reunião no palco em dezembro de 2017 com Hietala durante um show "Raskasta Joulua" em Hämeenlinna, Finlândia.

"Eu sei que muitos fãs adorariam ver algo acontecer, mas é uma distância muito longa", disse ela à Kerrang! “Pessoalmente, não vejo nada acontecendo comigo e com eles, para ser sincera. Marko entrou um pouco mais tarde na banda; ele não estava lá desde o início. Ele sempre foi um cara de quem eu era próxima. Tuomas Holopainen, no entanto, não nos vemos há muito tempo ... mas temos estado em contato. Não é ruim. O passado é o que é; não podemos mudar isso. Só podemos mudar o futuro."

Via Blabbermouth.

Armored Dawn revela capa do novo álbum "Brand New Way"

O quarto álbum autoral do grupo brasileiro será lançado em 2022.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A banda brasileira Armored Dawn segue uma trajetória ascendente dentro do cenário da música pesada. Encerrando um ciclo vitorioso com o aclamado álbum "Viking Zombie, a banda de heavy metal começa a revelar informações sobre o próximo disco de estúdio. Intitulado "Brand New Way", o quarto álbum do grupo tem previsão de lançamento para 2022 e apresenta conceito intimista e minimalista.

O álbum foi produzido e gravado no conceituado Dharma Studios, em São Paulo, por Rodrigo Oliveira e Heros Trench, mixado por Chris Lord-Alge e masterizado por Ted Jensen, dois nomes do alto escalão da produção musical norte-americana. Consagrado profissional na ativa desde os anos 1980, tendo recebido 5 Grammys, Chris Lord-Alge trabalhou com algumas das maiores lendas da música mundial, como James Brown, Prince, Joe Cocker e Tina Turner, além de trilhas sonoras lendárias, como Rocky IV e Batman.

O engenheiro de som Ted Jensen, reconhecido por seu currículo no consagrado estúdio Sterling Sound, masterizou álbuns de Eagles, Jean Michel Jarre, Santana e Norah Jones, pelo qual recebeu um Grammy em 2002. Nos campos mais pesados da música, trabalhou no mais recente disco do The Pretty Reckless, Death by Rock & Roll, em Death Magnetic, do Metallica, além de álbuns de bandas como Korn, Disturbed, Alice in Chains e Papa Roach.

O recente single do Armored Dawn, “Stronger Together”, lançado em abril, criou expectativas nos fãs para este próximo trabalho de estúdio. O primeiro registro da atual formação do grupo apresentou uma proposta diferente dentro do mercado do heavy metal na América Latina e recebeu boas críticas da mídia e amplo destaque em rádios comerciais em vários países do continente.

Em julho, o grupo estreou o Portal AD, uma iniciativa inédita que disponibiliza conteúdos diversos para estimular o gosto pelo rock e metal e o aprendizado da música em todos os seus caminhos. Usando suas próprias composições como ferramenta, os integrantes compartilham suas experiências musicais e técnicas em tutorais em vídeo.

Conheça: https://www.portalad.com.br/

Recentemente foi confirmada a participação do grupo no mega festival Knotfest que terá sua primeira edição no Brasil em dezembro de 2022 e conta com gigantes do metal mundial no line-up.


Undying Sun lança seu 1° álbum "WhereAll Begins"

Após seu primeiro clipe, "The Dark Decay", alcançar mais de 2 milhões de  visualizações no  Youtube,  "WhereAll Begins", álbum de estreia do Undying Sun  foi  lançado em 25 de junho último e está disponível digitalmente em todas as plataformas e em formato físico através de  seu site.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

"Where All Begins" é um álbum conceitual que  relata uma história que passa por todas as canções, sobre uma pessoa que se esforça para lutar contra a escuridão de sua mente e as sombras de sua  vida para se levantar e perseguir  seus objetivos e sonhos depois  de ficar em enorme tristeza, dor e desespero.

O álbum contém elementos clássicos do Power Metal que todos os seus seguidores amam tanto, assim como outros mais frescos, elegantes e novos que nos farão sentir emoções diferentes.

Luar Shadow Ligth é o cantor, compositor e criador da Undying Sun e ele capturou parte de si mesmo nas  canções, tentando abordar questões vitais e emocionais que podem afetar a todos nós em algum momento de nossas vidas para perder a esperança sobre sua superação.

A produção

Undying Sun aparece com um trabalho em que a produção musical tem sido cuidada ao máximo, destacando tanto a personalidade da voz, como a força da música e um trabalho cuidadoso com o som, colocando-a no auge das grandes produções do "Power Metal".

A produção do álbum foi realizada por um produtor histórico como Jesús Yanes  (Malú, Alejandro Sanz, Paco de Lucía, Rocío Jurado, Mónica Naranjo, Chayanne, Bisbal, Paulina Rubio, etc.),  que além de seu nome estar ligado a grandes cantores solo, ele também tem uma longa carreira como produtor e engenheiro de som para grandes bandas de pop, rock e "metal", entre elas: Los Asfalto, Los Planetas, Blonde Australiano, Avulsed, Sacrofobia, Antropomorfia, Hemorage, Spontaenus Combustion, Los Peter Sellers.


Tracklist:

quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Royal Blood divulga clipe de "Sad But True", cover do Metallica; assista

"Sad But True" integra a "The Metallica Blacklist", que celebra os 30 anos do "Black Album" e chegará no dia 10 de setembro próximo.

"The Metallica Blacklist" é uma homenagem adequada e ilimitada, que apresenta bandas que dividiram o palco com o Metallica ao lado de artistas que são mais jovens do que o álbum original. É uma assembléia verdadeiramente impressionante, às vezes mistificadora de músicos, dezenas dos quais têm pouco ou nada em comum além da paixão compartilhada pela música que os uniu neste álbum: 1 Álbum. 12 músicas. 53 Artistas. Possibilidades ilimitadas.

"The Metallica Blacklist" estará disponível em formatos que incluem digital, quatro CDs e uma edição limitada de sete LPs de vinil.

Todos os lucros do "The Metallica Blacklist" serão divididos igualmente entre a fundação All Within My Hands e mais de 50 instituições de caridade escolhidas pelos artistas que tocam no álbum. All Within My Hands foi fundado pela banda em 2017 como uma forma de toda a família Metallica retribuir às comunidades que apoiaram a banda, apoiando a educação da força de trabalho, a luta contra a fome e outros serviços locais essenciais.

Assista ao clipe de "Sad But True" com o duo Royal Blood no player abaixo:


Tracklist:

* ALESSIA CARA & THE WARNING - Enter Sandman
* MAC DEMARCO - Enter Sandman
* GHOST - Enter Sandman
* JUANES - Enter Sandman
* RINA SAWAYAMA - Enter Sandman
* WEEZER - Enter Sandman
* SAM FENDER - Sad But True (Live)
* JASON ISBELL - Sad But True
* MEXICAN INSTITUTE OF SOUND FEAT. LA PERLA & GERA MX - Sad But True
* ROYAL BLOOD - Sad But True
* ST. VINCENT - Sad But True
* WHITE REAPER - Sad But True
* YB - Sad But True
* BIFFY CLYRO - Holier Than Thou
* THE CHATS - Holier Than Thou
* OFF! - Holier Than Thou
* PUP - Holier Than Thou
* COREY TAYLOR - Holier Than Thou
* CAGE THE ELEPHANT - The Unforgiven
* VISHAL DADLANI, DIVINE, SHOR POLICE - The Unforgiven
* DIET CIG - The Unforgiven
* FLATBUSH ZOMBIES FEAT. DJ SCRATCH - The Unforgiven
* HA*ASH - The Unforgiven
* JOSÉ MADERO - The Unforgiven
* MOSES SUMNEY - The Unforgiven
* J BALVIN - Wherever I May Roam
* CHASE & STATUS FEAT. BACKROAD GEE - Wherever I May Roam
* THE NEPTUNES - Wherever I May Roam
* JON PARDI - Wherever I May Roam
* SEBASTIAN - Don't Tread On Else Matters
* PORTUGAL. THE MAN FEAT. AARON BEAM - Don't Tread On Me
* VOLBEAT - Don't Tread On Me
* THE HU - Through The Never
* TOMI OWÓ - Through The Never
* PHOEBE BRIDGERS - Nothing Else Matters
* MILEY CYRUS FEAT. WATT, ELTON JOHN, YO-YO MA, ROBERT TRUJILLO, CHAD SMITH - Nothing Else Matters
* DAVE GAHAN - Nothing Else Matters
* MICKEY GUYTON - Nothing Else Matters
* DERMOT KENNEDY - Nothing Else Matters
* MON LAFERTE - Nothing Else Matters
* IGOR LEVIT - Nothing Else Matters
* MY MORNING JACKET - Nothing Else Matters
* PG ROXETTE - Nothing Else Matters
* DARIUS RUCKER - Nothing Else Matters
* CHRIS STAPLETON - Nothing Else Matters
* TRESOR - Nothing Else Matters
* GOODNIGHT, TEXAS - Of Wolf And Man
* IDLES - The God That Failed
* IMELDA MAY - the god that failed
* CHERRY GLAZERR - My Friend Of Misery
* IZÏA - My Friend Of Misery
* KAMASI WASHINGTON - My Friend Of Misery
* RODRIGO Y GABRIELA - The Struggle Within

Lyria é headliner do festival online Into the Noise Metal

Evento inova ao trazer diversas bandas com mulheres na formação.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Uma das principais bandas de metal sinfônico do Brasil, o Lyria é a atração principal do Into the Noise Metal Fest, que acontece neste sábado (21), às 15h, no YouTube. Com 16 bandas no line up, o evento gratuito criado pela Hammerhead Records reúne bandas de diversos gêneros do metal, tais como: Hamen, Urantia, Arcantis, Evollution, Beyond the Existence, Evictus, Exortta, Finita, Goaten, Les Memoires Fall, Liliths Revenge, Morkt, Ode Insone, Revengin e Thy Dying Star.

Fundada em 2012 por Aline Happ (voz), o Lyria é a banda de metal sinfônico mais conhecida no Brasil, chegando a contar com quase 100 mil curtidas no Facebook. O segundo álbum, “Immersion”, contou com um financiamento coletivo para ser produzido, arrecadando mais de 13 mil dólares. Feitos extraordinários para uma banda independente de metal brasileira.

Com refrãos marcantes, arranjos bem trabalhados e temas de superação, o Lyria reúne fãs de todos os cantos do globo, principalmente na Europa, Estados Unidos e Brasil. Além de Aline, o Lyria conta com Rod Wolf (guitarra), Thiago Zig (baixo) e Thiago Mateu (bateria). Atualmente a banda segue lançando materiais extras e inéditos em seu canal oficial no YouTube, além de participar de festivais online durante a quarentena.

Serviço:

Into the Noise Metal Fest

Data: 21/08/2021 (sábado)

Horário: 15h

Link: https://www.youtube.com/c/IntoTheNoiseFest

Evento gratuito

Classificação etária: Livre

terça-feira, 17 de agosto de 2021

Monica Possel, da Hamen, canta e toca em música-tema de The Witcher

A cantora e compositora Monica Possel, conhecida por seu trabalho à frente da Hamen, banda de power metal sinfônico de Santa Catarina, homenageia a série e o jogo The Witcher com uma versão acústica de “Toss a Coin to Your Witcher”, que ficou famosa na trilha sonora da série na Netflix. Esta é a primeira vez que a artista mostra seus talentos também no violão acústico, que a acompanha na música. 

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Queria muito gravá-la, mas eu queria produzir ela do zero. Tinha pedido para o Cadu Puccini (guitarrista da Hamen) gravar o violão, mas por causa de agendas, principalmente da Hamen, ele não conseguiu. Foi quando eu ouvi novamente e pensei que seria possível tocá-la eu mesma. Foi então que começou a minha saga de voltar a tocar violão e tirar a música.”, relembra Monica Possel.

Sendo uma música muito especial para a artista, que também realizou toda a produção da faixa, ela buscou um cenário diferente dos vídeos anteriores do canal. Assim ela encontrou esta locação do vídeo, que fica no interior de Santa Catarina, e foi gravado no inverno num dia frio ao pôr do sol.

Fã da série de jogos The Witcher, Monica Possel também acabou tornando-se fã da série, que terá a segunda temporada com estreia marcada para 17 de dezembro na Netflix.

Joguei no PC antes de lançarem a série, Também assisti a série e curti muito a música-tema, e muitos amigos meus pediram pra fazer o cover dela. Principalmente um colega meu do trabalho que praticamente todos os dias me pedia. Eu dizia que assim que conseguisse tirá-la no violão iria gravar. Foi durante a pandemia que tive mais horas para treinar violão novamente e consegui gravar.”, conta Monica.

Baseado na série de livros Wiedźmin, do escritor polonês Andrzej Sapkowski, o jogo RPG The Witcher se passa em um mundo de fantasia medieval e segue a história de Geralt de Rívia, um dos últimos bruxos restantes na Terra. Caçador de monstros e andarilho, o personagem principal possui capacidades físicas sobrenaturais e passa por diversas quests que contam com um sistema de “escolhas morais” que alteram o enredo do jogo. A série estreou na Netflix em 2019 e traz Henry Cavill como o intérprete de Geralt.

A canção conta com Monica Possel (voz, violão, produção musical e roteiro), Alexandre Pedro (mixagem, masterização e edição) e Fernanca Schenker (guitarra).

A vocalista Monica Possel é uma cantora soprano de Joinville, em Santa Catarina, com mais de 10 anos de experiência. Frontwoman e principal letrista da banda Hamen, de power metal sinfônico, ela traz em seu currículo a atuação como soprano no Coro de Câmara do Conservatório Villa-Lobos, da Casa da Cultura de Joinville, e com a banda Hamen lançou o EP "Altar" (2015) e o álbum debut, "Unreflected Mirror" (2018). No ano de 2020, a cantora foi agraciada com o prêmio Best Operatic Vocals” (Melhor Vocal Operístico, em tradução livre), pelo site europeu FemMetal. Nesta ocasião a artista foi a única latinoamericana indicada, desbancando vozes femininas da Europa e América do Norte.

Com oito anos de carreira, a Hamen traz em sua discografia o EP “Altar” (2015) e o disco de estreia, “Unreflected Mirror” (2018), que contou com participação especial de Marcelo Barbosa (Angra). De lá para cá, a banda participou de coletâneas internacionais e festivais online durante a pandemia, se tornando uma das representantes do power metal sinfônico brasileiro. Liderada por Monica Possel (voz) o grupo também conta com Cadu Puccini (guitarra).

Assista “Toss a Coin to Your Witcher”:

quinta-feira, 12 de agosto de 2021

Iron Maiden: Bruce Dickinson diz que testou positivo para a COVID-19

O cantor do Iron Maiden, Bruce Dickinson, testou positivo para COVID-19 após ser vacinado.

Iron Maiden anuncia novo álbum duplo ‘Senjutsu.

O músico de 63 anos, que mora em Londres, Inglaterra, revelou seu diagnóstico positivo em uma entrevista à Rolling Stone na manhã de hoje.

Dickinson testou positivo para COVID-19 poucos dias depois de adiar abruptamente as duas últimas datas de sua turnê de palestras no Reino Unido porque um membro de sua família imediata contraiu a doença causada pelo novo coronavírus.

Bruce disse que fez um teste COVID de fluxo lateral depois que começou a sentir que estava pegando um resfriado, e deu positivo.  "Eu pensei, 'Oh, bem, merda'", disse ele.  "Eu estava espirrando um pouco. Por alguns dias, me senti um pouco tonto, meio que com uma gripe, e foi isso. E eu tenho 63 anos. Não tenho dúvidas de que se não tivesse tomado as duas doses da vacina, poderia estar com sérios problemas."

Dickinson continuou dizendo que não acredita pessoalmente que os fãs que vão aos shows devam ser vacinados, chamando isso de "uma escolha pessoal". No entanto, ele disse que espera que todos recebam a injeção. "Pessoalmente, acho que as pessoas são muito mal aconselhadas se não forem e levarem uma punhalada dupla o mais rápido possível, não por motivos de ir a shows, mas por sua própria saúde", disse ele. "Dito isso, mesmo que você tenha recebido uma injeção dupla, você ainda pode pegar COVID e, portanto, pode espalhar para outras pessoas que podem não ter sido vacinadas e podem ficar muito doentes e morrer. Agora você não pode legislar contra  mortalidade. Há muitas coisas neste mundo que matam pessoas e não são ilegais, mas são infelizes. O câncer mata muitas pessoas. Ataques cardíacos matam muitas pessoas. A obesidade mata muitas pessoas. A malária mata um monte de gente  todos os anos ... Então, em algum momento, temos que apenas dizer, 'Provavelmente teremos que conviver com isso. E se vamos conviver com isso, então você terá sua vacinação.' "

Via Blabbermouth.

Charlotte Wessels lança versão eletro-acústica de "Masterpiece", canção de seu 1º álbum solo; assista

A cantora neerlandesa Charlotte Wessels, desligada em fevereiro último da banda Delain com mais 3 integrantes, liberara um vídeo no qual ela reapresenta a canção "Masterpiece", em formato eletro-acústico, aqui acompanhada às 6 cordas por Timo Somers, também egresso do Delain, no Tim Tronckoe's Studio 23.

A canção integrará o 1º álbum solo da cantora, "Tales From Six Feet Under", que chegará em 17 de setembro próximo, em LP e digital, via Napalm Records.

Charlotte Wessels lança versão eletro-acústica de "Victor", canção de seu 1º álbum solo; assista.

Charlotte Wessels lança versão eletro-acústica de "Soft Revolution", canção de seu 1º álbum solo; assista.

Ex-vocalista do Delain, Charlotte Wessels, anuncia o seu 1º álbum solo.

Charlotte Wessels, ex-Delain, lança clipe de "Victor", sua nova canção como artista solo; assista.

Charlotte Wessels, ex-Delain, mostra "Soft Revolution", sua nova canção como artista solo; assista.

A vocalista vem se projetando de forma independente, contando com o plano de patrocínio dos fãs, o Patreon, onde disponibiliza seus trabalhos solo e outras interações com seu público.

Assista ao vídeo de "Masterpiece" no player abaixo:

Tracklist:

Side A

01. Superhuman

02. Afkicken

03. Masterpiece

04. Victor

05. New Mythology

06. Source Of The Flame

Side B

07. Cry Little Sister

08. Lizzie (a duet with Alissa White-Gluz)

09. FSU (2020)

10. Soft Revolution

quarta-feira, 11 de agosto de 2021

Megadeth recruta o baixista James Lomenzo para a próxima turnê

Em apenas nove dias, "The Metal Tour Of The Year" co-encabeçada pelo Megadeth e Lamb Of God irá devastar cidades da América do Norte. Enquanto a tão esperada jornada finalmente chega à estrada, o Megadeth acaba de anunciar que o ex-membro James LoMenzo, se juntará a eles para cuidar das tarefas de baixo nesta turnê.

O líder do grupo, Dave Mustaine, comentou:

"Estou feliz em anunciar que o ex-baixista e ex-aluno do Megadeth James LoMenzo graciosamente entrou na 'The Metal Tour Of The Year'. Os ensaios da turnê acabaram de começar, e mal podemos esperar para começar a esmagar a América do Norte."

LoMenzo acrescentou:

"Estou super feliz por voltar ao Megadeth para a próxima 'Metal Tour Of The Year'. Não há fãs melhores do que os fãs do Megadeth, mal posso esperar para chegar lá e destruir com algumas músicas do Megadeth com todos vocês."

LoMenzo juntou-se à banda em 2006 e apareceu em dois dos álbuns de estúdio do grupo, "United Abominations" de 2007 e "Endgame" de 2009. Ele foi demitido da banda em 2010 e substituído pelo retorno do baixista original David Ellefson.

Além do Megadeth, LoMenzo tocou com Ozzy Osbourne, Zakk Wylde e White Lion. Nos últimos oito anos, LoMenzo tem se apresentado com o icônico roqueiro John Fogerty.

Mustaine ainda não revelou quem tocou baixo no novo álbum do Megadeth depois que as faixas de David Ellefson foram removidas do LP após sua saída da banda no final de maio.

Ellefson gravou suas faixas de baixo no décimo sexto LP do grupo em maio de 2020 em um estúdio em Nashville, Tennessee.

Em julho, Mustaine anunciou durante um episódio de seu programa Gimme Radio "The Dave Mustaine Show" que as faixas de baixo de Ellefson não seriam usadas no novo LP do Megadeth.

No início de maio, no mesmo dia em que mensagens com toques sexuais e vídeos explícitos envolvendo Ellefson foram postados no Twitter, ele divulgou um comunicado no Instagram negando todas as conversas nas redes sociais de que ele "preparou" um fã menor. Ele também entrou com um relatório no departamento de polícia em Scottsdale, Arizona, alegando distribuição ilegal de imagens sexualmente explícitas de Ellefson por criminosos desconhecidos. No relatório, Ellefson admitiu que vinha trocando mensagens de texto sexuais com um adolescente holandês, que capturou um vídeo de vários de seus "encontros de se masturbar" virtuais sem seu consentimento e os compartilhou com amigos. (De acordo com Ellefson, a mulher tinha 19 anos na época de seu primeiro encontro sexual virtual.) Ellefson, de 56 anos, que mora em Scottsdale, tomou conhecimento do vídeo em 9 de maio, quando alegou "David Ellefson do Megadeth é um pedófilo"apareceu no Instagram. Ellefson disse à polícia que foi notificado em 14 de maio pelo Megadeth de que a banda se separaria dele. Três dias depois, ele foi despedido.

Em 24 de maio, Mustaine, que formou o Megadeth com Ellefson em 1983, anunciou a saída do baixista da banda. Dois dias depois, Ellefson divulgou um comunicado no qual prometeu abrir um "processo por difamação" contra a pessoa que "postou ilegalmente um vídeo muito privado" do baixista e fez "falsas alegações" contra ele. Ele também disse que estava trabalhando com a polícia em Scottsdale "na investigação das acusações de pornografia de vingança contra a pessoa que postou o vídeo. Essa pessoa será processada em toda a extensão da lei", escreveu Ellefson. Ele continuou dizendo que estava "aproveitando esse tempo para estar com minha família" e desejou a seus "companheiros de banda" o melhor em sua próxima turnê.

Ellefson estava no Megadeth desde o início da banda em 1983 a 2002, e novamente de 2010 até sua última saída.

Via Blabbermouth.

terça-feira, 10 de agosto de 2021

Livro: biografia de Tarja chegará em português no Brasil via Liberation

O livro "Singing In My Blood" ("Cantar Está no meu Sangue"), onde a cantora Tarja Turunen discorre sobre sua vida pessoal e artística, ganhará edição nacional, lançada pela Liberation.

PRÉ-VENDA.

Confira o anúncio oficial:

"Com grande satisfação, anunciamos que o livro oficial da TARJA, "Cantar Está no meu Sangue", terá uma edição especial em português lançada pela editora da Liberation. 

Os 100 primeiros compradores também receberão um book plate autografado pela TARJA.

Todos os fãs que comprarem o livro através da pré-venda até o dia 20 de outubro terão seus nomes impressos no Rol de Honra do livro. 

Pré-venda: https://www.libtours.com/.../tarja-cantar-esta-no-meu...

Lançamento: 01/12/2021 

Versão: capa dura 

Número de páginas: 210

‘Cantar está no meu sangue. Desde pequena, gosto de me apresentar... mas como não pude estar no palco em 2020, passei muito tempo olhando álbuns de fotos, vendo todas aquelas cenas felizes da minha infância, de crescer e fazer música, poder conhecer meus fãs e viajar pelo mundo gravando e me apresentando, me divertindo. Essas memórias preenchem este livro’.

Frustrada por não poder se apresentar ao vivo e ver seus fãs no último ano, Tarja viu milhares e milhares de fotos de sua vida. Ela observou as artes, sessões de fotografias, turnês, imagens de sua vida... e viu como cresceu. Isso trouxe muitas memórias maravilhosas e elas estão todas em "Cantar Está no meu Sangue".

A edição nacional, que será lançada no Brasil pela editora Liberation em dezembro de 2021, terá capa dura, acabamento e impressão especiais, oferecendo aos fãs uma visão da intimidade e dos bastidores da Tarja fazendo música no estúdio, no palco e em casa. O livro também incluirá fotografias jamais divulgadas, assim como contribuições de alguns dos amigos mais próximos e companheiros da Tarja."

segunda-feira, 9 de agosto de 2021

Rejeitados Pelo Ódio lança EP hardcore ‘A Guerra Vai Continuar’

Lançamento é composto por seis faixas originais.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Banda de punk rock/hardcore da zona norte de Porto Alegre-RS, Rejeitados Pelo Ódio acaba de lançar seu Primeiro EP “A Guerra vai Continuar”. O trabalho é composto por seis músicas originais. São elas as canções "Ídolos decadentes'',  "Não me sinto à vontade nesta sociedade”, “Vou pra que lado”, “Projeto robôs do governo”, “Nasce um monstro” e a faixa-título “A guerra vai continuar”.

Rejeitados Pelo Ódio tem como principais bandeiras as críticas às instituições de repressão estatal, contudo agrega outros temas que são do cotidiano dos integrantes, como a luta diária contra os padrões impostos pela sociedade. Rejeitados  representa os gays, trans, lésbicas, os mendigos, os drogados, os punks, os pichadores, e a todos aqueles que figuram na linha de frente das lutas sociais, não tolerando de forma alguma nacionalismo, fascismo, preconceitos e atitudes reacionárias.

RxPxÓ  está lançando seu primeiro EP , intitulado “A Guerra Vai Continuar”, pelo selo Sub_Discos Label Distro, contendo 6 faixas com letras que remetem a ideologia da banda e falam do cotidiano, de resistência dos integrantes e foi gravado no Estúdio Hurricane

Já a arte do disco, ficou por conta da produção da Sub Discos.

Quando Recebemos o material da banda para a produção do disco identificamos logo de cara que o a logo da banda e sua identidade visual eram perfeitas para representar visualmente o conteúdo do sonoro do EP e fortalecer a imagem da banda, Para os lançamentos digitais que sairão agora entre final de agosto e início de setembro, uma das possibilidades é cada música ter sua própria identidade visual.  Estamos todos muito felizes com o resultado inicial, e isso é só o início, pois a primeira tiragem não durou uma semana na mão da banda, esgotou e já está rodando a segunda tiragem, com alterações na capa de uma pra outra.”  Diz Tchaina, fundador do Selo Sub Discos.

Para adquirir o CD, diretamente com a banda. Pelo Facebook:

https://www.facebook.com/rejeitadospeloodio/

Interessados em adquirir CDS A partir de 10 unidade para Revendas (Lojistas, varejistas e distribuidores em geral) entre em contato pelo WhatsApp: UatisApi_Subdiscos.

sábado, 7 de agosto de 2021

Charlotte Wessels lança versão eletro-acústica de "Victor", canção de seu 1º álbum solo; assista

A cantora neerlandesa Charlotte Wessels, desligada em fevereiro último da banda Delain com mais 3 integrantes, liberara um vídeo no qual ela reapresenta a canção "Victor", 2º single de sua autoria e produzido pela própria, em formato eletro-acústico, aqui acompanhada às 6 cordas por Timo Somers, também egresso do Delain, no Tim Tronckoe's Studio 23.

A canção integrará o 1º álbum solo da cantora, "Tales From Six Feet Under", que chegará em 17 de setembro próximo, em LP e digital, via Napalm Records.

Charlotte Wessels lança versão eletro-acústica de "Soft Revolution", canção de seu 1º álbum solo; assista.

Ex-vocalista do Delain, Charlotte Wessels, anuncia o seu 1º álbum solo.

Charlotte Wessels, ex-Delain, lança clipe de "Victor", sua nova canção como artista solo; assista.

Charlotte Wessels, ex-Delain, mostra "Soft Revolution", sua nova canção como artista solo; assista.

A vocalista vem se projetando de forma independente, contando com o plano de patrocínio dos fãs, o Patreon, onde disponibiliza seus trabalhos solo e outras interações com seu público.

Assista ao vídeo de "Victor" no player abaixo:

Tracklist:

Side A

01. Superhuman

02. Afkicken

03. Masterpiece

04. Victor

05. New Mythology

06. Source Of The Flame

Side B

07. Cry Little Sister

08. Lizzie (a duet with Alissa White-Gluz)

09. FSU (2020)

10. Soft Revolution

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Black Sabbath lançará edição deluxe de "Technical Ecstasy" remasterizado por Steven Wilson

O Black Sabbath adotou a mudança em 1976 quando os inovadores do heavy metal começaram a se autogerenciar e a explorar diferentes sons no sétimo álbum de estúdio da banda, "Technical Ecstasy". O trabalho alcançou a 13ª posição no Reino Unido e foi certificado ouro nos EUA

BMG homenageia este álbum ousado com uma coleção que inclui uma versão do original, remasterizado por Steven Wilson, além de mais de 90 minutos de outtakes inéditos, mixes alternativos e faixas ao vivo. "Technical Ecstasy: Super Deluxe Edition" estará disponível em 1º de outubro como um conjunto de 4 CDs e 5 LPs em vinil preto de 180 gramas. Ambas as versões de 4 CDs e 5 LP estão disponíveis para pré-venda agora. O álbum de estúdio remasterizado estará disponível no mesmo dia em serviços de download e streaming digital. A nova versão remasterizada de "Back Street Kids" já está disponível digitalmente.

No verão de 1976, Ozzy Osbourne, Tony Iommi, Geezer Butler e Bill Ward foram a Miami para gravar "Technical Ecstasy" no famoso Criteria Studios. A banda estava saindo de uma turnê mundial para seu álbum anterior, "Sabotage", que encontrou suas performances ao vivo evoluindo para incluir teclados e sintetizadores. Esses instrumentos e sons recém-incorporados foram então introduzidos no processo de gravação em "Technical Ecstasy". As novas canções abrangiam uma ampla gama de estilos, desde a pesada "Back Street Kids" e a balada "It's Alright" ao funky "All Moving Parts (Stand Still)" e a progressiva "Gypsy". O álbum também contou com o single "It's Alright", que foi a primeira música do do grupo a apresentar os vocais principais de Ward. "Deluxe Edition" apresenta uma nova versão remasterizada do álbum de oito faixas, junto com um mix inteiramente novo do álbum criado por Steven Wilson usando as fitas analógicas originais.

"Technical Ecstasy: Super Deluxe Edition" vem com oito outtakes inéditos e mixagens alternativas. Entre eles estão diferentes mixagens de "You Won't Change Me" e "Rock 'N' Roll Doctor", bem como versões outtake e instrumental de "She Gone". A coleção termina com 10 faixas ao vivo inéditas gravadas durante a turnê mundial "Technical Ecstasy" de 1976-77. As músicas tocam em diferentes épocas da história da banda, com faixas anteriores como "Black Sabbath" e "War Pigs", ao lado de novas canções "Gypsy" e "Dirty Women".

A coleção vem com um livreto extenso com obras de arte, encarte, lembranças raras e fotos da época, além de uma réplica do livro de concertos da turnê mundial de 1976-77 e um grande pôster colorido.

Tracklist:

Disc One: Original Album 1976 (2021 Remaster)

01. Back Street Kids

02. You Won't Change Me

03. It's Alright

04. Gypsy

05. All Moving Parts (Stand Still)

06. Rock 'N' Roll Doctor

07. She's Gone

08. Dirty Women

Disc Two: New Steven Wilson Mix

01. Back Street Kids *

02. You Won't Change *

03. It's Alright - Mono Version

04. Gypsy *

05. All Moving Parts (Stand Still) *

06. Rock 'n' Roll Doctor *

07. She's Gone *

08. Dirty Women *

Disc Three: Outtakes & Alternative Mixes

01. Back Street Kids – Alternative Mix *

02. You Won't Change Me – Alternative Mix *

03. Gypsy – Alternative Mix *

04. All Moving Parts (Stand Still) – Alternative Mix *

05. Rock 'n' Roll Doctor – Alternative Mix *

06. She's Gone – Outtake Version *

07. Dirty Women – Alternative Mix *

08. She's Gone – Instrumental Mix *

Disc Four: Live World Tour 1976-77

01. Symptom Of The Universe *

02. War Pigs *

03. Gypsy *

04. Black Sabbath *

05. All Moving Parts (Stand Still) *

06. Dirty Women *

07. Drum Solo / Guitar Solo *

08. Electric Funeral *

09. Snowblind *

10. Children Of The Grave *

LP One: Original Album Remastered

Side One

01. Back Street Kids

02. You Won't Change Me

03. It's Alright

04. Gypsy

Side Two

01. All Moving Parts (Stand Still)

02. Rock 'n' Roll Doctor

03. She's Gone

04. Dirty Women

LP Two: New Steven Wilson Mix

Side Three

01. Back Street Kids *

02. You Won't Change Me *

03. It's Alright – Mono Single

04. Gypsy *

Side Four

01. All Moving Parts (Stand Still) *

02. Rock 'n' Roll Doctor *

03. She's Gone *

04. Dirty Women *

LP Three: Outtakes & Alternative Mixes

Side Five

01. Back Street Kids – Alternative Mix *

02. You Won't Change Me – Alternative Mix *

03. Gypsy – Alternative Mix *

04. All Moving Parts (Stand Still) – Alternative Mix *

Side Six

01. Rock 'n' Roll Doctor – Alternative Mix *

02. She's Gone – Outtake Version *

03. Dirty Women – Alternative Mix *

04. She's Gone – Instrumental Mix *

LP Four: Live World Tour 1976-77

Side Seven

01. Symptom Of The Universe *

02. War Pigs *

03. Gypsy *

Side Eight

01. Black Sabbath *

02. All Moving Parts (Stand Still) *

LP Five: Live World Tour 1976-77

Side Nine

01. Dirty Women *

02. Drum Solo / Guitar Solo *

Side Ten

01. Electric Funeral *

02. Snowblind *

03. Children Of The Grave *

* previously unreleased

Via Blabbermouth.