Confraria Floydstock: álbuns

1XBET

1XBET
UTILIZE O CÓDIGO PROMOCIONAL 1x_431349 PARA DOBRAR SEU 1º DEPÓSITO
Mostrando postagens com marcador álbuns. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador álbuns. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Em memória de Aldir Blanc, novo EP do músico brasiliense apresenta 3 faixas autorais com tom de protesto

Tiago Sá é músico, produtor, cantor e compositor com influências que vão do rock ao reggae, passando pela música brasileira até a eletrônica. Ele começou sua carreira ainda na década de 1990, tocando em bandas de reggae da capital e na banda do músico Renato Matos, com quem lançou um álbum ao vivo em 2004.  Ele tem dois álbuns autorais lançados: “Reação da Alquimia” (2012) com produção de Lucas Santtana e “Música pra te aguçar” (2019). Ambos lançados de maneira física e fora dos serviços de streaming atuais.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com 

Agora, o artista lança digitalmente o EP “Querelas de Brasília” (ouça no spotify, deezer, apple music), que tem esse nome em referência a Aldir Blanc e ao complicado momento político do nosso país. O protesto dá o tom das letras do EP e a sonoridade viaja pelo rock, o dub, a música brasileira e a eletrônica ao longo das três faixas do trabalho. "O Brazil tá matando o Brasil. Os versos de Blanc permanecem atuais. Nesse pesadelo necropolítico a resistência é nos mantermos vivos junto com os nossos sonhos. Esse EP é em memória de Aldir Blanc e das vítimas do desgoverno Bolsonaro, é minha afirmação de oposição e ao mesmo tempo uma espécie de terapia. Apesar do horror não deixo de contemplar a beleza que resiste junto com a esperança”, comenta Tiago.

O EP, que foi produzido pelo próprio artista, conta com as participações do rapper Japão Viela 17 em “Quase Tudo Bem”, do guitarrista Marcelo Barbosa da banda Angra fazendo o solo da faixa “Querelas de Brasília” e da cantora Andressa Munizo da banda Binarious na canção “Anticorpos Antifascistas”. A arte de capa é da Imaginarte.

Além das faixas, o EP ainda será acompanhado por Lyric Videos, também produzidos pela Imaginarte para todas as canções. Os 3 lyrics são praticamente clipes já que são feitos 100% com filmagens, têm uma estética que lembra o punk rock dos anos 80 e cada vídeo tem uma cor predominante como na trilogia de Kieslowski. O primeiro video lançado foi do single “Anticorpos Antifascistas” em junho. Junto com o lançamento do EP, Tiago aproveita para lançar o Lyric Video da faixa que dá nome ao trabalho. O último lyric, da canção “Quase tudo Bem”, será lançado em seguida.

Veja o Lyric Video de "Querelas de Brasília":

O EP “Querelas de Brasília” tem letras e produção do Tiago Sá, com mix e master por Ricardo Ponte e será lançado pelo selo digital nordestino Hominis Canidae REC. Tiago é o primeiro artista autoral do cast, de fora da região mais amada e antifascista do Brasil. O selo aproveita pra avisar que também irá disponibilizar os outros álbuns autorais do cantor e compositor brasiliense em todos os streamings, ao longo deste segundo semestre.

Ouça o EP “Querelas de Brasília” em seu streaming favorito:

https://rec.hominiscanidae.org/2021/07/HC36TiagoSa.html

quarta-feira, 28 de julho de 2021

Chal lamenta a ganância política no Brasil em clipe com videografismo

Cantor e compositor goiano, com uma indicação ao Grammy Latino, faz apelo na forte canção folk rock "Sinto Muito".

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A reflexiva ‘Sinto Muito’, música na qual o cantor e compositor Chal escancara um Brasil atual carregado de ganâncias e problemas do passado e do presente, ganha movimentos e elucidações – ora subjetivas, ora fiéis à realidade – em um impactante videoclipe, com direção e animação de Thales Magno.

Assista aqui:

Sinto Muito’, a canção, foi lançada pelo selo Toca Discos no último mês de maio, como a primeira faixa bônus de outras remanescentes do disco ‘O Céu Sobre a Cabeça’, registro indicado ao Grammy Latino de 2019, que ganhará uma edição Delux.

O audiovisual ilustra a crítica de Chal diante de um país assombrado pelas escolhas individualistas do ser humano. No clipe, o cantor aparece dentro de um trem que anda para trás, cuja estética sugere o retrocesso do país, nas rédeas de políticos autoritários, corruptos e que a todo custo buscam normalizar a miséria, a fome e a desigualdade.

Para além das críticas racionais, ‘Sinto Muito’ é um brado cantado do fundo do coração de Chal. Sua performance intensa quer despertar a indignação e a empatia por meio de sua arte - a música.

A trama do clipe perpassa a dimensão espiritual da música, reforçada pelas imagens do clipe por meio da técnica de videografismo com animação 2D, que remete também à relação do cantor com a religiosidade e sua sensibilidade à força e trabalho do padre Júlio Lancellotti e do seu tio Dom Tomás Balduino, bispo emérito da Cidade de Goiás ligado a Pastoral da Terra e aos movimentos Campesinos.

O roteiro, assinado por Chal junto a Thales, é expressado no clipe com uso de elementos antigos para reforçar – graficamente – como os problemas da construção da nação ainda refletem num presente igualmente desastroso e perigoso.

Enquanto Chal viaja em um trem dando ré, tendo como pano de fundo a construção de Brasília, diversas imagens sugerem à cena, bastante sugestivos: a vacina, um ditador com cloroquina em mãos, gado, tocos de madeira pegando fogo, a dicotomia fome/petróleo, um punho cerrado de resistência, uma cidade construída cheia de figuras tenebrosas (políticos e suas ganâncias), morte na pandemia, censura contra liberdade de expressão, pedidos por mais amor etc.

Um importante elemento do clipe é a maçã que tanto acompanha Chal ao longo da viagem como surge em diversas situações externas aos trilhos. A maçã comida representa a entrega humana a essa ganância, enquanto a maçã apodrecida representa uma esperança para uma consciência menos egoísta, a deixa urgente à pergunta final de ‘Sinto Muito’: “Vai ficar assim? Diz pra mim”.


terça-feira, 27 de julho de 2021

Fryer busca a luz em meio à escuridão em conceitual álbum “The Moth - Before the Darkness”

Lançamento é do selo Nightbird Records

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Tal qual uma mariposa desesperada à procura da luz, Fryer busca um olhar para o futuro através da escuridão em seu álbum de estreia. Usando com referência sons góticos, industriais e pós-punk com um viés contemporâneo, “The Moth - Before the Darkness” é um curto e cru trabalho cheio de ambiências que dialogam com o cenário de caos sócio-político do Brasil atual. O lançamento é realizado pelo selo norte-rio-grandense Nightbird Records em todas as plataformas de streaming. 

Ouça “The Moth - Before The Darkness: https://smarturl.it/TMBTDFryer

Esse é um disco conceitual que aborda várias figuras presas em um ambiente escuro onde ninguém sabe onde está, como chegou ali ou para onde está indo. Quase uma referência a Beckett. O álbum funciona como uma sátira nostálgica e atual do momento político e social que vivemos abordando temas como o narcisismo nas redes sociais e os desdobramentos políticos do Brasil nos últimos anos”, resume o artista.

Fryer é um artista visual e compositor piauiense que aborda em suas obras múltiplas questões sociais e políticas e suas ligações com temas psicológicos e emocionais. Natural de Teresina, ele traz o um olhar ao mesmo tempo enquanto pessoa nordestina e como ser humano em um mundo caótico, se conectando com as pessoas em suas exposições ou canções. A capa, de sua autoria a partir de uma colagem digital de fotografias, traz a sensação de desconforto e estranhamento proposto como ponto de partida para o início do disco.

A ausência do rosto vem justamente para representar os pensamentos e a consciência social sendo diluídas. Não é uma persona específica. Somos todos nós perdidos. Sem ambições, sem perspectivas, sem uma imagem clara do futuro e sem rosto. O objetivo era criar uma imagem que conseguisse transmitir essa personalidade quase concreta se dissolvendo em um ambiente abstrato, no escuro, como um inseto lentamente desaparecendo na noite. A figura está suspensa nesse ambiente para significar a todos nós, que nesse momento, não sabemos para onde ir ou como seguir devido aos fatos que nos cercam em 2021”, reflete ele, que preparou artes para cada uma das faixas.

O álbum foi idealizado por Fryer ao longo de 2019. A pré-produção foi feita em um processo colaborativo com sua banda, composta por Izídio Cunha (baixo), Flávio Lopes (bateria) e Jean Medeiros (guitarra). As gravações das faixas principais ocorreram no início de 2020, de modo analógico para manter a estética proposta, no ForestLAB em Petrópolis (RJ). As faixas de transição foram gravadas em Teresina (PI), ao longo da pandemia do coronavírus em uma abordagem mais experimental. Debut do artista em formato disco, “The Moth - Before the Darkness” pode ser ouvido em todos os serviços de streaming de música.

A Banda:

Sintetizadores, vocais e guitarras: Fryer

Guitarras: Jean Medeiros

Baixo: Izídio Cunha

Bateria: Flávio Lopes

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Com rock psicodélico e blues, Ancestral Diva divulga álbum de estreia homônimo

Rock psicodélico, blues e resistência. É com esse espírito que a banda Ancestral Diva divulgara o seu álbum de estreia no dia 23 de julho. Homônimo, o disco é inspirado na música setentista e versa sobre a liberdade, a paz e o amor.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Escute o álbum Ancestral Diva

Ao todo, 11 faixas integram o álbum. Entre elas, estão a faixa Lamento, gravada em colaboração com a drag queen, Dolly Piercing, e os singles "Macumbeira" e "Dançando no Inferno". Esta última, inclusive, conta com uma performance teatral de Ricardo Righi na introdução. 

As sessões de gravação ocorreram no estúdio Última Gota, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Na ocasião, a banda contou com o suporte do produtor artístico e engenheiro de áudio, Vitor Lopes. A masterização ficou a cargo de Fred Chamone. 

O vocalista Babo Gruppi explica o significado de “Ancestral Diva”. 

É um nome inspirado no simbolismo das árvores milenares que resistem ao tempo. Elas têm suas raízes enterradas, mas seguem vivas respirando. E esse sentimento de que é preciso resistir para sobreviver, está presente em todo o nosso disco”, frisou. 

O guitarrista Zé Mário Sousa, por sua vez, frisa que o grupo teve um caldeirão de influências durante o processo de produção do álbum. 

Nós gostamos da sonoridade stoner/blues. Por isso, nos inspiramos em novos nomes como All Them Witches e Royal Blood. No entanto, também curtimos muita coisa nacional e ouvimos desde de Secos & Molhados a Pabllo Vittar. No Brasil, o Jards Macalé foi a principal referência. Ele lançou uma obra prima chamada ‘Besta Fera'. Esse álbum nos influenciou bastante”.

A banda Ancestral Diva está em atividade desde 2019 e é oriunda do projeto The Spacetime Ripples, que em 2017 excursionou nos Estados Unidos. Além de Babo e Ze, a formação ainda é constituída pelos músicos Luce Lee (baixo, piano e synths) e Saulo Ferrari (bateria e percussão).

Tracklist:

Enterrado Vivo (Parte I)

Lamento (feat. Dolly Piercing)

Fim Distante

Escancarado

Macumbeira

Levada da Breca

Dançando no Inferno

Despertamente

Enterrado Vivo (Parte II)

Pindorama

Samba Para o Fim do Mundo

sexta-feira, 23 de julho de 2021

Joe Bonamassa lança clipe de "Notches", sua nova canção; assista

"Notches" integrará o vindouro álbum do guitarrista, o sucessor de "Royal Tea" (2020), que chegará até o final deste ano.

Assista no player abaixo:

Yngwie Malmsteen lança seu novo álbum; ouça

"Parabellum", novo álbum do guitarrista Yngwie Malmsteen, o seu 22º, que chegará hoje, via Music Theories Recordings/Mascot Label Group.

Yngwie Malmsteen lança lyric video de "Wolves At The Door", canção de seu novo álbum; assista.

Ouça no no player abaixo:

Tracklist:

01. Wolves At The Door
02. Presto Vivace in C# minor
03. Relentless Fury
04. (Si Vis Pacem) Parabellum
05. Eternal Bliss
06. Toccata
07. God Particle
08. Magic Bullet
09. (Fight) The Good Fight
10. Sea Of Tranquility

Ouça The Hour of Wrath, novo single do Mortemia (Alessia "Melany" Scolletti)

"The Hour of Wrath", novo single do Mortemia, projeto paralelo de Morten Veland, guitarrista e líder do Sirenia, com a participação especial da frontwoman, Alessia "Melany" Scolletti (Temperance).

Assista ao lyric video de "Death Turns a Blind Eye", novo single do Mortemia (feat. Marcela Bovio).

Ouça "The Enigmatic Sequel", novo single do Mortemia (feat. Madeleine Liljestam, do Eleine).

Sirenia lança lyric video de "This Curse Of Mine", canção de seu novo álbum; assista.

Sirenia: entrevista exclusiva com a vocalista Emmanuelle Zoldan / exclusive interview with vocalist Emmanuelle Zoldan.

Alessia é uma cantora incrível com uma voz excepcional e poderosa e um alcance impressionante. A voz dela se encaixa perfeitamente nesta música, que é uma faixa de metal muito poderosa e épica. Tenho a certeza de que vai explodir todos vocês!

Sinto-me realmente privilegiado por ter a Alessia a bordo deste projeto. Mal posso esperar para partilhar esta música com todos vocês. - disse Veland em nota.

Este é o 1º trabalho do projeto desde o álbum único "Misere Mortem" (2010).

Ouça no player abaixo:

Ouça “The Ice Bridge”, canção do novo álbum do Yes

The Ice Bridgeintegra "The Quest", 22º álbum de estúdio do Yes, que chegará em 1º de outubro próximo. É a primeira coleção de canções originais desde "Heaven and Earth" (2014).

É o primeiro disco de canções inéditas desde que o baixista fundador Chris Squire morreu em 2015.

É simplesmente uma honra para mim ter a oportunidade de reunir os membros da banda no desenvolvimento de um conjunto bem refinado de músicas que capturam o verdadeiro potencial da banda”, disse o guitarrista Steve Howe em um comunicado. “Grande parte da música foi escrita no final de 2019 com o resto em 2020. Encomendamos várias orquestrações para aumentar e aprimorar o som geral dessas novas gravações, esperando que nossa ênfase na melodia, juntamente com algumas quebras de solo instrumental expansivo, continue o impulso para nossos ouvintes.

"The Quest" apresenta 11 músicas em um disco e três faixas extras em um “disco bônus” e será lançado em vinil, Blu-ray 5.1 e CD via InsideOutMusic/Sony Music. A arte da capa foi criada pelo artista Roger Dean, cuja passagem pelo Yes remonta aos anos 1970 e a álbuns clássicos como "Fragile" e "Tales From Topographic Oceans".

Estou muito feliz em dar as boas-vindas ao Yes na gravadora e estou ansioso para ver a reação dos fãs da banda ao novo álbum”, disse o gerente da gravadora Thomas Waber em um comunicado. “Sendo um fã de longa data, estou muito animado com o novo material. Steve Howe conseguiu capturar muitos dos elementos importantes que todos nós amamos no Yes!

Os sete anos desde o último álbum do Yes foram extremamente tumultuados e desafiadores para a banda. O baixista fundador Chris Squire morreu em 2015. Ele foi substituído por Billy Sherwood, que foi um guitarrista adicional da banda nos anos noventa. O baterista Alan White, por sua vez, tem sofrido problemas de saúde nos últimos anos que o tornam impossível tocar bateria durante todo o show. Ele ainda excursiona com a banda, mas geralmente permanece no palco apenas para algumas músicas por noite. Jay Schellen lida com grande parte do trabalho pesado no palco, e seu trabalho também é destaque no "The Quest".

A banda também enfrentou um rival significativo na estrada quando os ex-membros Jon Anderson, Rick Wakeman e Trevor Rabin começaram a se apresentar como Anderson, Rabin e Wakeman - e mais tarde Yes featuring Jon Anderson, Trevor Rabin e Rick Wakeman. Eles atingiram muitos dos mesmos mercados que o Yes entre 2016 e 2018, mas acabaram se separando silenciosamente antes de poderem gravar um novo álbum.

As duas facções conseguiram tocar juntas quando o Yes foi introduzido no Rock & Roll Hall of Fame em 2017, mas Howe disse à Rolling Stone em 2020 que os fãs não devem esperar ver isso acontecer novamente. “Não acho que os fãs devam ficar acordados até tarde da noite se preocupando com isso”, disse ele. “Há muito espaço entre as pessoas. Estar em uma banda ou mesmo fazer outra turnê como o "Union" (1991) é completamente impensável.

Em 22 de maio de 2022, o Yes estará lançando uma extensa turnê europeia que contará com uma apresentação completa de seu LP "Relayer", de 1974, em todos os shows.

Ouça “The Ice Bridge” no player abaixo:

Tracklist:

Disc 1

“The Ice Bridge”

“Dare To Know”

“Minus The Man”

“Leave Well Alone”

“The Western Edge”

“Future Memories”

“Music To My Ears”

“A Living Island”

Disc 2

“Sister Sleeping Soul”

“Mystery Tour”

“Damaged World”

Via Rolling Stones.

terça-feira, 20 de julho de 2021

Yes: Tony Kaye anuncia seu 1º álbum solo, "End Of Innocence"

A lenda do teclado, Tony Kaye anunciara o lançamento de seu primeiro álbum solo, "End Of Innocence", em 10 de setembro de 2021 pela Spirit Of Unicorn Music (distribuído pela Cherry Red Records) para marcar o 20º aniversário do 11 de setembro.

Você pode encomendar o álbum aqui: https://www.cherryred.co.uk/product/tony-kaye-end-of-innocence/

Yes anuncia o novo álbum ‘The Quest’.

Tendo se aposentado da música em 1996, Kaye foi movido, pelos acontecimentos de 11 de setembro de 2001, a comprometer seus pensamentos e sentimentos em uma interpretação musical pessoal sincera.

"End Of Innocence" é um réquiem para aqueles que perderam suas vidas e todos aqueles tocados pelos horríveis acontecimentos de 11 de setembro. Principalmente orquestrado, "End Of Innocence" é uma suíte poderosa e emocional que é bela e sinistra, refletindo as forças das trevas em ação naquele dia. Orienta o ouvinte ao longo do dia e toca na resposta, para alcançar a esperança de que a paz e a calma prevaleçam.

Assim como muitos milhões, Kaye assistiu aos horrores do 11 de setembro em sua tela de TV. “No dia seguinte, desempacotei meus teclados pela primeira vez em muito tempo”, lembra Kaye. “Eu não sabia o que fazer. Foi uma daquelas coisas que aconteceu, inspiração a nível musical.

A suíte começa na noite antes do 11 de setembro, mas, enquanto a esposa de Kaye, Dani Torchia, canta uma canção de ninar inocente, tempestades ameaçadoras estão se formando. A bela abertura do 11 de setembro foi a primeira peça composta por Kaye, no dia seguinte. “Eu não tinha nenhum equipamento de gravação, apenas um gravador de fita cassete de 8 canais e algumas dessas gravações se tornaram o que você ouve agora.

Kaye continua a criar imagens vívidas da vida na cidade de Nova York e uma vibração ao redor do World Trade Center (285 Fulton Street) antes que o terror comece e capture os medos dos que estão nos aviões, o vôo 11 retratando as conversas que as aeromoças tiveram com a torre. A faixa inclui um solo de bateria poderoso do amigo de Kaye, Jay Schellen (Circa, Yes), refletindo as lutas a bordo.

Após o colapso das torres, Dani Torchia canta seu lamento Sweetest Dreams e o álbum olha para o Aftermath e os Heroes antes de se concentrar na resposta.

Eu queria, musicalmente, que tratasse daquele dia”, diz Kaye, “mas me senti compelido a estendê-lo para lidar com as repercussões do que aconteceu. Musicalmente, foi bastante desafiador fazer a cena de batalha e depois o Hope And Triumph, um hino patriótico e as consequências da guerra. O Marco Zero é a esperança para o futuro, a reconstrução.

A arte do álbum foi criada por Roger Dean, conhecido por seu trabalho com o YesS e Asia, imagens poderosas que refletem a jornada da música.

Tracklist:

Twinkle Twinkle Little Star/Twilight Time

911 Overture

NYC Blues

Battle Cry

285 Fulton Street

Let’s Roll

Tug of War

Flight 11

Towers Fall

Sweetest Dreams

Aftermath

Heroes

The Battle

Hope and Triumph

Homecoming

Ground Zero

segunda-feira, 19 de julho de 2021

Anette Olzon lança canção dedicada a quem sofreu abusos e maltratos; ouça


"Sick Of You" integra "Strong", 2º álbum solo da vocalista Anette Olzon (Nightwish, The Dark Element, Allen/Olzon), que chegará no dia 10 de setembro próximo, via Frontiers Music Srl.

Sick Of You" é uma música para "aqueles que foram usados, abusados, enganados e maltratados repetidamente e agora estão retomando o controle de suas vidas." - explica a vocalista.

Todo álbum consiste em canções da própria Anette em parceria com o músico e produtor Magnus Karlsson, guitarrista do Primal Fear.

Assista ao lyric video no player abaixo:

Tracklist:

1 Bye Bye Bye

2 Sick of You

3 I Need to Stay

4 Strong

5 Parasite

6 Sad Lullaby

7 Fantastic Fanatic

8 Who Can Save Them

9 Catcher of My Dreams

10 Hear Them Roar

11 Roll the Dice

A Banda:

Anette Olzon – vocal

Magnus Karlsson – guitarra

Johan Husgafvel – baixo

Anders Köllerfors – bateria

Iron Maiden anuncia novo álbum duplo ‘Senjutsu’

Banda lançará primeiro álbum em seis anos em setembro.

Na esteira de seu single bíblico "The Writing on the Wall", o Iron Maiden anunciara "Senjutsu", seu 17º álbum de estúdio e o primeiro da banda em seis anos.

"Senjutsu", chegará em 3 de setembro, como um álbum duplo com duração de 82 minutos. O álbum foi gravado em Paris com o produtor de longa data da banda Kevin Shirley e co-produzido por Steve Harris. O título japonês se traduz livremente em "tática e estratégia", e a obra de arte inspirada em samurai foi criada por Mark Wilkinson a partir de uma ideia de Harris.

Escolhemos gravar no Guillaume Tell Studio na França novamente porque o lugar tem uma vibração muito relaxada”, diz Harris. “A configuração lá é perfeita para as nossas necessidades; o prédio costumava ser um cinema e tem um teto muito alto, então há um ótimo som acústico. Gravamos este álbum da mesma forma que fizemos com The Book of Souls, em que escreveríamos uma música, ensaiaríamos e, em seguida, montaríamos imediatamente enquanto tudo estava fresco em nossas mentes.

Ele acrescenta: “Existem algumas músicas muito complexas neste álbum que deram muito trabalho para que soassem exatamente como queríamos, então o processo às vezes foi muito desafiador, mas Kevin é ótimo em capturar a essência do banda e acho que valeu a pena! Estou muito orgulhoso do resultado e mal posso esperar que os fãs ouçam.

O vocalista Bruce Dickinson disse: “Estamos todos muito animados com este álbum. Gravamos no início de 2019 durante uma pausa na turnê Legacy para que pudéssemos maximizar nossa turnê, mas ainda assim teríamos um longo período antes do lançamento para preparar uma ótima arte de álbum e algo especial como um vídeo. Claro, a pandemia atrasou mais as coisas, tanto para os melhores planos, ou deveriam ser ‘estratégias’!? As canções são muito variadas, e algumas delas são bastante longas. Há também uma ou duas canções que soam bem diferentes do nosso estilo usual, e acho que os fãs do Maiden ficarão surpresos - no bom sentido, espero!”.

Tracklist:

1. Senjutsu

2. Stratego

3. The Writing on the Wall

4. Lost in a Lost World

5. Days of Future Past

6. The Time Machine

7. Darkest Hour

8. Death of the Celts

9. The Parchment

10. Hell on Earth

Via Rolling Stone.

sexta-feira, 16 de julho de 2021

Com membros do Strokes, Natalie Imbruglia lança single “Maybe It’s Great”

Álbum “Firebird” será lançado no dia 24 de setembro próximo, via BMG.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A cantora e compositora australiana Natalie Imbruglia continua a antecipar novidades de seu primeiro álbum de inéditas em seis anos. “Firebird” será lançado no dia 24/09 via BMG, e além da já lançada “Build It Better”, apresenta novas sonoridades com “Maybe It’s Great”, um rock alternativo com forte veia indie composto junto do guitarrista do The Strokes, Albert Hammond Jr., e o produtor musical e colaborador da banda, Gus Oberg.

Eu e o Albert Hammond Jr somos amigos há muito tempo, mas eu estava muito nervosa para trabalhar com ele porque também sou uma grande fã. Nós conversamos sobre trabalhar juntos em Los Angeles, mas eu estava indo para a Austrália no Natal. Então ele disse, 'Por que eu simplesmente não vou também?' Os estúdios Rockinghorse ficam no interior de Byron Bay, então não poderia encontrar um cenário mais mágico para uma sessão de composição”, conta Natalie.

Imbruglia estourou nos anos 90, começando sua carreira na música no topo das paradas com o hit global “Torn”. Prestes a lançar seu sexto trabalho de estúdio, ela tem 10 milhões de álbuns vendidos e 1 bilhão de streams, junto de uma coleção de prêmios invejável. Para a produção de “Firebird”, a artista buscou sair da sua zona de conforto.

O novo álbum foi realizado em sessões de composição ao redor do mundo com grandes nomes como Romeo Stodart, do The Magic Numbers; KT Tunstall; Eg White (Adele, Dua Lipa, Sam Smith); Luke Fitton (Little Mix, Girls Aloud); Fiona Bevan (One Direction, Ed Sheeran); Rachel Furner (Little Mix, Jason Derulo, Craig David); entre outros. O resultado foi um disco plural que aborda a busca por independência, o poder de ser vulnerável em uma comparação de força e fragilidade fruto de uma artista confiante e feliz consigo mesma. 

O disco foi gravado inteiramente à distância durante a pandemia com produção de Natalie e MyRiot (Aurora, London Grammar, Birdy, James Morrison, Primal Scream) com detalhes adicionais de Albert Hammond Jr, Gus Oberg (The Strokes) e Romeo Stodart (The Magic Numbers).

Assista ao clipe “Build It Better”:

Fazer este álbum foi uma experiência profunda e satisfatória. Tendo passado por um longo período do que essencialmente era um bloqueio criativo, era difícil imaginar que chegaria a este lugar. Antes da pandemia, comecei o processo de escrever este álbum em Londres e logo depois, fui para Nashville. A cada sessão e a cada novo colaborador, comecei a ganhar confiança, reencontrar minha voz e criar o som e o estilo que pareciam autênticos para mim. É um privilégio trabalhar com tantos talentos no ‘Firebird’. Mal posso esperar que as pessoas finalmente ouçam”, conta Natalie.

Maybe It’s Great” está disponível para audição e o novo álbum “Firebird”, para pré-venda.

Ouça “Maybe It’s Great”: https://natalie.lnk.to/MaybeItsGreatPR

Garanta “Firebird” na pré-venda: https://natalie.lnk.to/firebirdPR

quinta-feira, 15 de julho de 2021

Diane Warren anuncia disco e lança single unindo rock e hip hop com G-Eazy e Santana

She's Fire” é o primeiro lançamento do álbum de estreia da compositora.

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

A icônica e multipremiada compositora Diane Warren lança o primeiro single do seu disco de estreia “The Cave Sessions Vol. 1”. O álbum vai trazer composições de Warren nas vozes de artistas plurais como um portifólio da versatilidade do trabalho de uma das artífices da música pop das últimas décadas. A primeira faixa revelada, junto de um lyric vídeo, conta com o rap de  G-Eazy com as guitarras da lenda do rock Santana. Este é um lançamento BMG.

Estou tão animada para que todos ouçam ‘She’s Fire’! Ter a oportunidade de trabalhar com Carlos Santana sempre foi um sonho meu. Eu também queria muito colaborar com G-Eazy e essa parecia ser a música perfeita para os dois fazerem juntos. Eu esperava que fosse ótimo, e ficou ainda melhor do que eu imaginava, pura energia”, conta ela.

Autora de clássicos de artistas que vão de Celine Dion a Cher, de Alice Cooper a Aerosmith, de Lady Gaga a Rihanna, Diane Warren acumula mais de 40 décadas de sucessos. Uma das compositoras mais famosas da música m,oderna, ela é autora de 9 hits #1 e 32 top 10 na Billboard Hot 100. Vencedora do Grammy, Emmy e Globo de Ouro, ela já recebeu 12 indicações ao Oscar, incluindo esse ano pela música original “Io Si (Seen)” do filme “Uma Vida à Sua Frente”, feita junto de Laura Pausini. “She’s Fire” abre um projeto colaborativo que marca uma nova fase na premiada carreira da artista.

Diane tem um dom incrível, com a capacidade de pintar um quadro e transportar o ouvinte a um lugar de emoção e paixão. Suas letras e arranjos fazem parte da base da música mundial e devem ser apreciados para sempre”, conta Carlos Santana. “Foi uma experiência incrível trabalhar ao lado de Diane e Carlos, que são duas lendas da música. Diane realmente me levou para um próximo nível, vocalmente, durante todo o processo", completa G-Eazy.

She’s Fire” está disponível em todas as plataformas de streaming.

Assista “She's Fire ft. G-Eazy & Santana”:

Ouça “She's Fire ft. G-Eazy & Santana”: https://dianewarren.lnk.to/ShesFire

Iron Maiden lança clipe de "The Writing on the Wall", música de seu vindouro álbum; assista

"The Writing on the Wall", 1ª canção inédita do Iron Maiden em 6 anos, deverá integrar o 17º álbum de estúdio da Velha Donzela, com o título e data, por ora especulados, Belshazzar's Feast, chegando em setembro próximo.

Trata-se de uma guitarrista Adrian Smith e do vocalista Bruce Dickinson, com clipe superproduzido pelo estúdio londrino BlinkInk.

"Eu tinha uma ideia bastante clara do conceito para acompanhar a música e quando conheci Mark e Andrew, pelo Zoom, rapidamente ficou claro que estávamos todos na mesma vibração. Isso foi reforçado com a adição de Nicos Livesey e sua jovem equipe da BlinkInk. Nossas reuniões semanais da equipe Zoom eram geralmente criativas e muito divertidas" - explicara o frontman Bruce Dickinson.

"As pessoas estavam literalmente se atirando em mim para participar de um vídeo do Maiden. Tivemos mais de 60 pessoas em 13 países, do Brasil à França, da Romênia aos Estados Unidos, para adicionarem algo ao vídeo" - disera o diretor do videoclipe, Nicos Livesey.

Assista ao clipe no player abaixo:

Jethro Tull anuncia novo álbum para 2022

O Jethro Tull confirmou que lançará seu próximo álbum "The Zealot Gene" no início de 2022 através da nova gravadora InsideOutMusic/Sony Music.

A banda ainda não anunciou uma tracklist ou uma data de lançamento firme para o projeto, que o líder da banda Ian Anderson já havia divulgado em março. A formação atual conta com o frontman (vocais, flauta, violão, gaita) ao lado do guitarrista Joe Parrish-James, do tecladista John O'Hara, do baixista David Goodier e do baterista Scott Hammond. (O guitarrista Florian Opahle é creditado como "apenas para o álbum".)

Anderson comemorou o novo contrato com a gravadora em um comunicado. “Depois de 54 anos no mundo da gravação de música, é com grande prazer que agora tenho um contrato do Jethro Tull para uma gravadora que me lembra, em muitos aspectos, o antigo selo Chrysalis - tanto como independente como em seus últimos anos em parceria com a EMI”, escreveu ele. “Aqui estão caras da música de verdade, apaixonados pelo melhor e mais criativo do rock. Esperamos um relacionamento longo e frutífero e mais lançamentos por vir."

O compositor apresentou uma prévia de "The Zealot Gene" - o primeiro álbum com o nome Jethro Tull desde o LP de Natal do grupo em 2003 - em uma entrevista em março para a Rolling Stone. A banda começou a trabalhar no álbum em 2017 e, na época desse bate-papo, já estava em três quartos da gravação. Ele também fez referência à faixa-título do disco, citando a letra, "Bee buzzing in your bonnet / and a wasp right up the bum / a V8 under hood / a cocked hammer under thumb.'"

Anderson deu a notícia enquanto detalhava o livro "Silent Singing", que compila todas as suas letras no Jethro Tull,de sua estreia em 1968, com "This Was", até "The Zealot Gene". Três variações estão disponíveis para pré-encomenda.

"The Zealot Gene" marcará o primeiro álbum oficial do Jethro Tull em quase duas décadas. No entanto, Anderson lançou vários LPs nos últimos anos, incluindo "Thick as a Brick 2" de 2012, "Homo Erraticus" de 2014 e "Jethro Tull - The String Quartets (with John O'Hara & Carducci String Quartet)", de 2017.

Via UCR.

sexta-feira, 9 de julho de 2021

Edge of Paradise lança clipe de "My Method Your Madness", canção de seu novo álbum; assista

"My Method Your Madness" integra "The Unknow", 4º álbum da banda Edge of Paradise, que chegará no dia 17 de setembro próximo, via Frontiers Music Srl.

Edge of Paradise lança clipe para o single "Digital Paradise"; assista.

Assista ao clipe no player abaixo:

Tracklist:

Digital Paradise

My Method Your Madness

Tidal Wave

The Unknown

Believe

False Idols

You Touch You Die

One Last Time

Leaving Earth

Bound To The Rhythm

My Method Your Madness (Industrial Remix) Bonus Track

quinta-feira, 8 de julho de 2021

Assista ao clipe de "Walk Away", canção do novo álbum solo de Nancy Wilson

"Walk Away" integra "You and Me", 1º álbum solo da guitarrista do Heart, Nancy Wilson, que chegara no dia 7 de maio último, via Carry On Music.

Nancy Wilson lança "You and Me", seu 1º álbum solo; ouça e assista clipe.

Assista ao clipe no player abaixo:

Ouça o álbum na íntegra no player abaixo:

Tracklist:

01. You And Me

02. The Rising

03. I’ll Find You

04. Daughter

05. Party At The Angel Ballroom (feat. Duff McKagan & Taylor Hawkins)

06. The Boxer (feat. Sammy Hagar)

07. Walk Away

08. The Inbetween

09. Dreams (feat. Liv Warfield)

10. The Dragon

11. We Meet Again

12. 4 Edward

quarta-feira, 7 de julho de 2021

Plebe Rude lança lyric video para "68", seu novo single

Canção, embebida em crítica política, integra o vindouro álbum "Evolução - Vol. II", celebrando os 40 anos da banda brasiliense.

Assista no player abaixo:


A Banda:

Andre X: Baixo e Voz
Philippe Seabra: Voz e Guitarra
Clemente: Guitarra e Voz
Marcelo Capucci: Bateria

Yes anuncia o novo álbum ‘The Quest’

É o primeiro disco de canções inéditas desde que o baixista fundador Chris Squire morreu em 2015.

O Yes revelara planos de lançar seu 22º álbum de estúdio, "The Quest", em 1º de outubro. É a primeira coleção de canções originais desde "Heaven and Earth" (2014).

É simplesmente uma honra para mim ter a oportunidade de reunir os membros da banda no desenvolvimento de um conjunto bem refinado de músicas que capturam o verdadeiro potencial da banda”, disse o guitarrista Steve Howe em um comunicado. “Grande parte da música foi escrita no final de 2019 com o resto em 2020. Encomendamos várias orquestrações para aumentar e aprimorar o som geral dessas novas gravações, esperando que nossa ênfase na melodia, juntamente com algumas quebras de solo instrumental expansivo, continue o impulso para nossos ouvintes.

"The Quest" apresenta 11 músicas em um disco e três faixas extras em um “disco bônus” e será lançado em vinil, Blu-ray 5.1 e CD via InsideOutMusic/Sony Music. A arte da capa foi criada pelo artista Roger Dean, cuja passagem pelo Yes remonta aos anos 1970 e a álbuns clássicos como "Fragile" e "Tales From Topographic Oceans".

Estou muito feliz em dar as boas-vindas ao Yes na gravadora e estou ansioso para ver a reação dos fãs da banda ao novo álbum”, disse o gerente da gravadora Thomas Waber em um comunicado. “Sendo um fã de longa data, estou muito animado com o novo material. Steve Howe conseguiu capturar muitos dos elementos importantes que todos nós amamos no Yes!

Os sete anos desde o último álbum do Yes foram extremamente tumultuados e desafiadores para a banda. O baixista fundador Chris Squire morreu em 2015. Ele foi substituído por Billy Sherwood, que foi um guitarrista adicional da banda nos anos noventa. O baterista Alan White, por sua vez, tem sofrido problemas de saúde nos últimos anos que o tornam impossível tocar bateria durante todo o show. Ele ainda excursiona com a banda, mas geralmente permanece no palco apenas para algumas músicas por noite. Jay Schellen lida com grande parte do trabalho pesado no palco, e seu trabalho também é destaque no "The Quest".

A banda também enfrentou um rival significativo na estrada quando os ex-membros Jon Anderson, Rick Wakeman e Trevor Rabin começaram a se apresentar como Anderson, Rabin e Wakeman - e mais tarde Yes featuring Jon Anderson, Trevor Rabin e Rick Wakeman. Eles atingiram muitos dos mesmos mercados que o Yes entre 2016 e 2018, mas acabaram se separando silenciosamente antes de poderem gravar um novo álbum.

As duas facções conseguiram tocar juntas quando o Yes foi introduzido no Rock & Roll Hall of Fame em 2017, mas Howe disse à Rolling Stone em 2020 que os fãs não devem esperar ver isso acontecer novamente. “Não acho que os fãs devam ficar acordados até tarde da noite se preocupando com isso”, disse ele. “Há muito espaço entre as pessoas. Estar em uma banda ou mesmo fazer outra turnê como o "Union" (1991) é completamente impensável.

Em 22 de maio de 2022, o Yes estará lançando uma extensa turnê europeia que contará com uma apresentação completa de seu LP "Relayer", de 1974, em todos os shows.

Tracklist:

Disc 1

“The Ice Bridge”

“Dare To Know”

“Minus The Man”

“Leave Well Alone”

“The Western Edge”

“Future Memories”

“Music To My Ears”

“A Living Island”

Disc 2

“Sister Sleeping Soul”

“Mystery Tour”

“Damaged World”

Via Rolling Stones.

Acústicos & Valvulados celebram 30 anos de carreira com coletânea recheada de participações de peso

Disco tem participação especial de nomes como Beto Bruno, Henrique Portugal (Skank) e Rafa Machado (Chimarruts)

Quer anunciar sua banda/artista/eventos/notícias/produtos musicais na Confraria? Mande seu material para confrariafloydstock@gmail.com

Com um caldeirão de participações especiais, os Acústicos & Valvulados divulgam a coletânea "Diamantes Verdadeiros Vol.II – With a Little Help From Our Friends". O álbum é uma celebração aos 30 anos de estrada da banda e reúne releituras de canções de toda a trajetória do quinteto.

O repertório inclui os hits "A Minha Cura" e "Ao Vivo e a Cores", que respectivamente têm participações de Duda Calvin (Tequila Baby) e Beto Bruno (ex-vocalista do Cachorro Grande). 

Escute o álbum "Diamantes Verdadeiros Vol.II – With a Little Help From Our Friends" com exclusividade

As sessões de gravação ocorreram no Estúdio Tabuleiro, em Porto Alegre (RS), com produção de Diego Lopes e Felipe Magrinelli. O disco tem 10 faixas ao todo, sendo que 9 dessas foram disponibilizadas como singles ao decorrer dos últimos meses. 

Mesmo assim, "Diamantes Verdadeiros Vol.II – With a Little Help From Our Friends", mostra frescor ao trazer uma versão para a canção "Cinco Frases", contando com a participação especial de Frank Jorge (Graforréia Xilarmônica), ícone do Rock Gaúcho.

Além de Frank, Beto e Duda, o disco ainda reúne parceria com músicos como Henrique Portugal (Skank), Rafa Machado (Chimarruts), Serginho Moah (ex-Papas da Língua),  Alemão Ronaldo, Carlinho Carneiro (Bidê ou Balde/Império da Lã), Fabrício Beck (Vera Loca), Luciano Albo (ex-Cascavelletes), Jacques Maciel (Rosa Tattooada), Luciano Leães e Vicente Guedes. 

Compre a edição física do CD "Diamantes Verdadeiros Vol.II – With a Little Help From Our Friends".

O baterista e principal compositor dos Acústicos & Valvulados, Paulo James, frisa que a coletânea almeja levar a sonoridade do grupo a novos ouvidos. 

Quando decidimos revisitar nosso repertório, a ideia era destacar certas músicas que achamos que mereciam ser ouvidas com mais atenção, que mereciam estar na vitrine. As releituras partiram da sonoridade original  dessas faixas, mas certamente ganharam arranjos melhores. Tudo fica ainda mais interessante com os feats de tantos artistas legais, que admiramos e que são nossos parceiros de estrada”, frisou.

Tracklist:

A Minha Cura feat. Duda Calvin (Tequila Baby)

Ao Vivo e a Cores feat. Beto Bruno

Em Pouco Tempo feat. Alemão Ronaldo 

Cinco Frases feat. Frank Jorge 

A Espera feat. Serginho Moah (ex-Papas da Língua)

Pra Mim feat. Carlinhos Carneiro (Bidê ou Balde/Império da Lã)

Fervura feat. Fabrício Beck (Vera Loca)

Bilhete feat. Luciano Albo (ex-Cascavelletes)

Se Você For Assim feat. Jacques Maciel (Rosa Tattooada)

Junto a Mim feat. Rafa Machado (Chimarruts)

Observação: 

As faixas "Pra Mim" e "Fervura", contam respectivamente com os instrumentistas Henrique Portugal (Skank) e Luciano Leães tocando Hammond. O percussionista Vicente Guedes também atuou como músico de apoio no disco.