Confraria Floydstock: Ozzy Osbourne diz 'eu sei que posso voltar ao palco', antes da performance no intervalo da NFL

quinta-feira, 8 de setembro de 2022

Ozzy Osbourne diz 'eu sei que posso voltar ao palco', antes da performance no intervalo da NFL

Seu equilíbrio não é grande, mas o madman diz que está pronto para agitar o palco durante o intervalo do início da temporada da NFL na noite desta quinta-feira (8 de setembro).

Tem sido alguns anos difíceis para o ícone do heavy metal Ozzy Osbourne. Entre cirurgias para tratar uma infecção por estafilococos em 2018, a revelação de seu diagnóstico de doença de Parkinson em 2019, uma batalha de pneumonia que foi seguida por uma queda em casa em 2020, bem como uma grande cirurgia no pescoço em junho e um diagnóstico positivo de COVID-19. ano, o Príncipe das Trevas foi assolado por problemas de saúde.

Mas na noite desta quinta-feira (8 de setembro), o mestre do metal está programado para fazer sua primeira apresentação nos EUA em mais de dois anos, quando tocar no intervalo durante o jogo de abertura da temporada 2022-23 da NFL, entre os campeões do Super Bowl, o Los Angeles Rams. e os Buffalo Bills. Em uma nova entrevista à Kerrang!, Ozzy, 73, disse que está pronto para agitar um palco americano novamente pela primeira vez desde que colaborou com Travis Scott e Post Malone no American Music Awards de 2019 em “Take What You Want”.

Ozzy Osbourne lança “Nothing Feels Right” (Feat. Zakk Wylde), 3° single de seu novo álbum; ouça.

Ozzy Osbourne lança “Degradation Rules” (Feat. Tony Iommi), 2° single de seu novo álbum; ouça.

Ozzy Osbourne lança clipe de “Patient Number 9”, faixa-título de seu novo álbum; assista.

Black Sabbath: Políticos britânicos convocam a rainha para condecorar a banda.

Black Sabbath: Tony Iommi explica a ausência de Geezer Butler na performance nos jogos de Commonwealth.

Ozzy Osbourne voltará a morar no Reino Unido porque está 'farto' dos tiroteios em massa nos EUA.

Vou colocar 110 por cento de mim lá. O tempo é meu bem mais valioso agora. Tenho 73 anos. Não acho que estarei aqui em mais 25 anos”, disse Ozzy à revista hard rock. “Eu tenho um objetivo: o objetivo é voltar ao palco. Fiz minha última cirurgia em junho, não posso fazer mais. Então, o que quer que eu faça disso depende inteiramente de mim agora. Mesmo que eu caia em um show. Mas sei que vou continuar. Eu sei que posso vencê-lo. Eu sei que posso voltar ao palco. É só eu  levantar minha bunda e ir em frente.

O cantor disse que está trabalhando para conseguir seu “ritmo de novo”, admitindo que “meu equilíbrio está fodido, mas tenho que continuar. Quer dizer, eu provavelmente sempre vou mancar. Mas eu não me importo, contanto que eu possa andar por aí sem cair de cabeça. Eu tenho um objetivo: que no próximo verão eu esteja no palco. Se eu me esforçar e ainda não conseguir, pelo menos não posso dizer que não tentei.” O lançamento da turnê "No More Tours 2" de Osbourne foi repetidamente adiada devido à pandemia e aos vários problemas médicos de Ozzy e atualmente está programada para iniciar a perna europeia no início de 2023.

Na entrevista, Osbourne também discutiu a sensação calorosa e estranha de se reunir com um de seus companheiros do Black Sabbath para tocar “Paranoid” nos Jogos da Commonwealth em sua cidade natal de Birmingham, Inglaterra. “Onde eu estava tocando deve ter sido cerca de um quarto de milha de onde ficava a escola [Birchfield Road]”, disse ele sobre sua alma mater de infância.

Foi para lá que Tony [Iommi e eu fomos quando garotos. Se alguém me dissesse naquela época que eu estaria lá tocando nos Jogos da Commonwealth quando eu tivesse 73 anos, eu diria: 'De que porra você está falando?!' Eu estava tocando isso e se eu tivesse parado nos degraus da escola e apontado na direção certa, eu provavelmente poderia ter visto onde eu estaria. Foi fantástico. Isso significou muito mais para mim do que o Sabbath sendo o banco em Birmingham, porque quando eu e Tony fomos para aquela escola, éramos vistos como os párias!"

O 13º álbum solo de Ozzy, "Patient Number 9", será lançado na sexta-feira (9 de setembro), com uma lista de convidados que inclui Iommi, Zakk Wylde, o baterista do Red Hot Chili Peppers, Chad Smith, o guitarrista do Pearl Jam, Mike McCready, e Duff McKagan, do Guns N' Roses, o falecido baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins, entre outros.

Via BILLBOARD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário