head> Confraria Floydstock: Stevie Nicks faz poema comovente em homenagem a Taylor Hawkins: 'I Feel the Pain' ("eu sinto a dor")

quinta-feira, 31 de março de 2022

Stevie Nicks faz poema comovente em homenagem a Taylor Hawkins: 'I Feel the Pain' ("eu sinto a dor")

Não é segredo que os artistas geralmente produzem seus trabalhos mais considerados e criativos a partir das emoções menos favoráveis. A cantora do Fleetwood Mac, Stevie Nicks, experimentou seu quinhão de tristeza ao longo de sua carreira de cinco décadas, e seu incrível talento para composições emotivas muitas vezes atingiu o pico durante os momentos mais dolorosos de sua vida.

Ao escrever a música para a obra-prima do Fleetwood Mac, "Rumours", por exemplo, ela estava no meio de um problema de drogas em espiral, e seu relacionamento com a colega de banda Lindsey Buckingham estava no ponto de ruptura. Durante esse período difícil, Nicks encontrou uma saída em sua criatividade que serviu como uma terapia lucrativa.

Na última sexta-feira (25 de março) recebemos a trágica notícia de que o baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins, havia falecido aos 50 anos. Hawkins foi encontrado em seu quarto de hotel em Bogotá, Colômbia, poucas horas antes da banda subir ao palco para encabece um festival na cidade como parte de uma turnê sul-americana.

Foo Fighters: Taylor Hawkins tinha 10 substâncias diferentes em seu organismo no momento de sua morte, diz autoridade colombiana.

Paul McCartney homenageia o saudoso baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins.

Os últimos dias foram repletos de homenagens de amigos e fãs de Hawkins, de Liam Gallagher a Paul McCartney. Mas, um dos tributos mais memoráveis ​​foi o poema comovente de Stevie Nicks intitulado 'I Feel the Pain', que ela escreveu para seu falecido amigo.

Nicks foi ao Instagram para postar uma imagem dela e Hawkins em uma cabine de fotos. “Eu só tenho que dizer”, Nicks legendou a foto, “Graças a Deus pela cabine de fotos no estúdio do Foo Fighters. Por causa dessas fotos, minha amizade com Taylor estará sempre ao meu alcance.

Acrescentando: “Ele sempre vinha aos meus shows. Ele e seu melhor amigo Dave até me deixaram ser uma Foo Fighter por um tempo. Gravamos uma versão foda de "Gold Dust Woman" [ao vivo] e no final da música eu gritei ‘Best Gold Dust Woman ever’ e eu quis dizer isso. Taylor era muito bonito e ele era muito fofo. Às vezes, essa combinação é muito melhor do que 'linda'. Acho que é tudo. Ele tinha um coração enorme e um sorriso glorioso. Quando ele entrou na sala, todos olharam para cima. Quando ele saiu da sala, todos estavam tristes”.

No final da legenda de Nicks havia seu poema emotivo sobre a falta de Hawkins, que reflete lindamente sua dor:

I am sad now/ I am really sad/It’s like rolling thunder/ Yes, that’s what I said/It’s like a bad dream/ Comes like a wave/ Gives you a moment/ And then drags you away/ Our hearts are broken/ We will never be the same/ As I write these words/ I feel the pain/ But I will always remember/ That the laughter and the fame/ Brought us together/ To play the game/ And we played it, again and again and again/ And it was extraordinary.

Estou triste agora/ Estou muito triste/ É como um trovão/ Sim, foi o que eu disse/ É como um sonho ruim/ como uma onda/ Te dá um momento/ E então te arrasta para longe/ Nossos corações estão partidos/ Nós nunca mais seremos os mesmos/ Enquanto escrevo essas palavras/ Eu sinto a dor/ Mas eu sempre vou lembrar/ Que o riso e a fama / Nos uniu / Para jogar o jogo / E jogamos, de novo e de novo e de novo / E foi extraordinário.

Nicks concluiu com a legenda: “Não se esqueça de nós, ‘T’, estaremos aqui. Amo você, Stevie.

Via FAR OUT.

Assista Stevie Nicks tocar 'Gold Dust Woman' do Fleetwood Mac com o apoio de seu falecido amigo Taylor Hawkins abaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário